Naruto Survival 4.0



 
CalendárioInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
» Pedido de Narrador/Avaliador
por Netero Hyūga Hoje à(s) 07:55

» Farmácia
por Kazumii Hoje à(s) 05:31

» País do Fogo x Mar Sakuru
por Hisoka Kurayami Hoje à(s) 05:06

» Templo Chimei-Tekina
por Nikki Hoje à(s) 05:04

» Floresta das Árvores Mortas
por The Almighty Hoje à(s) 04:42

» Florestas e Bosques
por Hisoka Kurayami Hoje à(s) 04:18

» Banco de Atualizações Gerais
por Lauts Hoje à(s) 03:22

» Fronteiras do País do Ferro
por Fiora Hoje à(s) 03:14

» Igreja Jashin
por Kazumii Hoje à(s) 03:08

Acesso Rápido
Quem está conectado
Não há nenhum usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e nenhuma Visita :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 39 em 2/10/2016, 21:50
Calendário do RPG
Inverno

Estação: Inverno
Ano: X019
Procurados
Parceiros
http://pt-br.naruto.wikia.com/wiki/Wiki_Naruto
RPG - Hogwarts SchoolFórum grátisShinki RPGPokéMytushttp://www.heroisdoolimporpg.com/Pokémon Agenda RPGhttp://poke-mythical.forumeiros.com/http://narutorpgakatsuki.com.br/Shinobi Origens

Nosso Banner









Tópicos similares

Compartilhe | 
 

 Primeiro Campo de Treinamento

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3 ... 15 ... 30  Seguinte
AutorMensagem
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5321
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Primeiro Campo de Treinamento   18/2/2015, 14:28



Primeiro Campo de Treinamento

Um espaço reservado entre um cercado de arame, que abriga uma área considerável dotada de algumas árvores e um pequeno lago em seu centro. Assim é o primeiro campo de treinamento de Konoha, este assim como outros locais de Konoha, foi preparado essencialmente para treinos de shinobi como uma tentativa de atrair os genins que vão treinar nos arredores da aldeia.

Em determinado trecho apos e até mesmo antes do lago do campo de treinamento, se nota incongruência no solo e um rastro de destruição e arvores partidas causados por uma técnica altamente nivelada, esta que não só destruiu como alterou a flora e fauna do local, expulsando não só animais da região como criando um breve conduto do lago tornando assim um corredor alagado no local. Ao que tudo indica fora obra de Moryo Minomaru treinando uma técnica aperfeiçoada.
Mestre de Treinamento

Citação :

Nome: Taiga
Especialização: Ninjutsu (Jutsu), Taijutsu (Jutsu), Genjutsu (Jutsu);
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
Nastyavatar
Exibir perfil



Mensagens : 66
Data de inscrição : 27/09/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   3/10/2015, 19:40


Ao encerrar a sua missão, Johanan é tomado por um enorme tédio. Resolve ir treinar. Ao chegar no campo de treinamento fica meio indeciso sobre o que treinar. Porem no final decide que vai treinar sua velocidade. Basicamente iria correr afinal ele não era tão familiarizado com tal habilidade, para que pudesse tentar uma variação.  Seu objetivo era cruzar o campo de treinamento em sessenta segundos. Começava sua primeira tentativa, corria na maior velocidade que conseguia alcançar, uma perna atrás da outra, movimento perfeito pelo menos era o que parecia pra ele porem depois de sessenta segundos ele ainda não estava nem na metade do trajeto.

- É parece que sessenta segundos é demais. –

Foi como um choque de realidade pra Johanan, afinal ele se considerava rápido sempre saia na frente dos outros alunos de sua classe quando o assunto era tal habilidade.  Resolveu estipular uma nova meta, agora ele teria que chegar à metade do trajeto em quarenta segundos. Voltava ao inicio para mais uma tentativa. Começava a correr, corria  como um animal atrás de sua presa.  Era intenso parecia realmente que ele ia conseguir porem por um segundo perde a concentração e a execução do movimento se torna falho e ele perde velocidade. Infelizmente não consegue voltar ao pique novamente.

- Merda! -

Um grito de frustração de Johanan. Era comum afinal ele além de não conseguir vencer sua primeira meta não vencia também a segunda. Porém isso não era nada, afinal Johanan era como um soldado, seu estilo de vida sempre foi espartano. Voltava novamente ao inicio, e começava a correr com perfeição e toda sua concentração se focou no movimento. Desta vez ele corria realmente como uma besta, quem estivesse por perto certamente sentira a pressão da sua concentração. Porem não seria tão fácil assim sua concentração era focada somente no movimento e acabou não percebendo a pedra no caminho que acabará fazendo-o tropeçar, antes de seu objetivo.


- Ahhhh!!! –

Outro grito mais desta vez era de ódio. De quem? De si mesmo por não ter prestado atenção no que acontecia em sua volta. O grito desaparecia no ar, mais ainda não era sinal de desistência, levantava agora mais motivado. Apesar de não ter conseguido por tropeçar na pedra ele sabia que conseguia atingir a sua segunda meta, agora podia voltar firme para a primeira meta. Ele estava certo que iria conseguir. Voltava novamente ao inicio certo de que dessa vez ele conseguiria correr todo centro  de treinamento em 60 segundos.

Pela quarta vez começava a correr, quase não dava pra ver. O movimento estava perfeito desde o peito estufado até ao pé empurrando o seu corpo para frente com exímio. Era ainda mais rápido que a ultima vez, e desta vez ele estava concentrado em tudo que estava acontecendo em sua frente. Sem perder a concentração ele passava cada centímetro do trajeto em linha reta. E com 20 segundos ele já tinha chegado no meio do trajeto. Ao chegar no final percebeu que não só conseguiu vencer a sua meta inicial como conseguiu um extra de 10 segundos, finalizando todo o trajeto em 50 segundos. Depois de terminar ia embora satisfeito.

Hp: 200
Ch: 200
St: 200


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5321
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   3/10/2015, 20:36

Você descreveu com vontade sua concentração, demonstrou um espírito de guerreiro no treino e narrou corretamente as tentativas de acertar o circuito. Mas, um treino não se faz apenas com empenho, se você está focando uma área física, deve encontrar maneiras de aumentar a força de seus membros.
Você pode ver treinos de jogadores de futebol no youtube, treinos de musculação, etc. Pode fortalecer suas pernas fazendo chutes dentro de rio, por exemplo. Treinos de taijutsu são fáceis por serem inúmeros, veja isso em seus próximos treinos.

Aprovado

+1 em Velocidade;
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5321
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   4/10/2015, 00:28

Reprovado

Paige Nigth, você não postou saindo da mansão Hyuuga. Post anulado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
Teiruavatar
Exibir perfil



Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/10/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   4/10/2015, 11:10

Caminhava em direção ao capo de treinamento para “treinar”. Sim, não era a primeira vez que se ausentava de alguma inconveniência para ir “treinar”, ou como dessa vez, que era reprimido pelos familiares por não o fazer. Assim, era nada menos do que obrigado a sair de casa e resistir à tentação de passar a tarde na vila passeando. Já acabou por cair em tal tentação anteriormente, porém duvidava se sua família sabia de tais desvios, e sentia que estava sendo observado. Assim, não mais podia fazer do que vagar em direção ao campo de treino, para “treinar”. Uma vez que adentrasse o campo de treino, algum possível vigia que o seguisse consideraria sua missão como cumprida, e o abandonaria. Mas estaria tudo perdido em relação ao desejo notório o de cabular o treino? Não, ele ainda poderia “treinar”.
“Trinar” refere-se a nada menos do que o singelo ato de permanecer no campo de treinamento, sem de fato treinar. Não, nunca conseguiria ficar parado sob uma árvore observando as nuvens por uma tarde inteira, não tinha paciência para isso. Essa era a principal razão para que os familiares, que muito sabiam disso, considerassem uma vitória sua entrada no campo de treinamento. Porém havia uma coisa com a qual não contavam: Ao entrar no campo de treinamento, sempre estava acompanhado de ninguém menos do que seu melhor amigo. E é de conhecimento geral que, ao misturar um dever trabalhoso com amizade, as coisas saem do controle.
De fato, saíram muitas vezes. Houveram dias em que revessou todo seu dia de treinamento para duas simples coisas. Realmente não se importava que vissem, apenas pedia para que quem visse não comentasse com ninguém, ou realmente tomaria uma grande bronca. Bom, vamos às duas coisas: A primeira referir-se-á nada menos do que a mais singela coisa que a imaginação pode imaginar ao pensar em ficar horas isolado ao lado de um cão amigo. Jogara gravetos em diferentes distâncias, alturas e lugares para que o cão o buscasse, forçando-o a, muitas vezes, escalar árvores para recupera-lo. A segunda é um pouco mais exótica que a primeira: Pedira para que qualquer homem, mulher ou criança que estivesse disponível, muitas vezes sendo esses ninjas descansando de seus treinos, a jogar gravetos o mais longe possível. Porém, dessa vez não era o cão que os trazia de volta na boca, mas sim o próprio Teiru. Não encontrava problemas nisso, mesmo que os outros achassem esquisito. Divertia-se com isso, e na realidade acabava por exercitar muito as pernas (e os braços) com isso, transformando involuntariamente em um treino.

Enfim chegou ao campo de treinamento, e logo foi até seu local de “treino” usual. Uma árvore com grandes margens de sombra fresca, a poucos metros do lago. Sentou-se sobre a macia grama, não aquecida por conta da sombra, e encostou-se no tronco, onde tiraria um rápido cochilo com seu amigo sobre o colo.
No cochilo acordou diferente... Por algum motivo realmente gostaria de treinar! Não se sabe o porquê de tal mudança, mas estava decidido a treinar. Claro, não havia o que reclamar sobre. Conversou com o cão até encontrar a atividade perfeita, e então tudo estava combinado.
Sua vontade de treinar se concretizou em um “treino”. Com um graveto de tamanho mediano em mãos, realizou um lançamento oblíquo, atirando-o para bem longe. Tanto ele quanto o chão não tinham problemas para encontrar o graveto, ambos o farejaram antes de ser lançado, mas era assim que a competição ficava acirrada. Sim, era uma competição: O ganhador seria o que recuperasse o graveto primeiro. Após uma contagem regressiva, deram a largada juntos.
Como havia sido jogado para o lado oposto do lago, correram afanando-se de tal. Teiru não mediu esforços revelando todo o seu potencial, abandonando o bipedismo. Estava ganhando do companheiro, por pouco, porém logo as coisas começaram a ficar difíceis. Arbustos espinhosos começaram a cobrir o chão de tempos em tempos, conforme avançavam. Obrigados assim eram a planejar bem seus passos para não os pisotear, e foi o que tentou fazer. Teiru acabou cortando as pernas com eles, mas não podia deixar de correr.
Elas doíam, machucadas, mesmo que não fosse algo tão grave. Porém, isso acabou por fazer o shinobi perder o ritmo, e o cão o passou. Perdeu-o de vista e, ao ver novamente, já voltava com o graveto sobre a mandíbula. Reclamando do caminho, exigiu que a competição fosse feita mais uma vez, e assim o fizeram.
Desta vez, tentou o caminho oposto. Jogou o graveto sobre o lago, que o atravessou sem nenhuma dificuldade, e sumiu atrás das árvores. Mais uma vez houve a contagem regressiva, e ambos se atiraram no lago. Porém, já havia caminhado 15 metros sobre a água quando o cão reclamou. Não seria justo isso, seria? O shinobi discutiu, mas foi vencido, tendo a competição de ser reiniciada. Dessa vez, atiraram-se sobre o lago de águas frias. Embora o cão continuasse a passo lento nadando caracteristicamente, o Inuzuka parou no começo reclamando do frio. Sem ser ouvido pelo cão, que era protegido por seu pelo, deve de continuar.
Muito mais difícil que caminhar, a água dificultava o movimento das pernas por ser ridiculamente mais resistente. Porém, isso acabou por de fato auxilia-nos em tal desenvolvimento. A água gelada cobria seus ferimentos, e finalmente via-se pronto para nadar como nunca havia nadado antes.
Sobre a água, movimentava as pernas agilmente, e a água gelada o afastava da fadiga junto ao espírito competitivo. Foi, aos poucos, passando o cão, e chegou à outra margem primeiro. No momento em que o cão deixou o lago, o shinobi aparecia sobre a copa de uma árvore com o graveto entre os dentes, sob ocasionais folhas que grudaram em seu corpo molhado. Após isso, voltou ainda nadando com o graveto na boca, tentando mantê-la erguida. Tendo ganho a competição, literalmente caiu sob a árvore esperando ofegante o cão retornar. A água fria havia sido de grande ajuda, e resolveram continuar na beira do lago por um tempo, até recuperarem suas pernas que ardiam por esforço excessivo, antes de deixar o campo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5321
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   4/10/2015, 13:11

Reprovado

Teiru, você não postou saindo do Posto de Atribuição. Post anulado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
Teiruavatar
Exibir perfil



Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/10/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   4/10/2015, 15:05

OFF: Lamento pela inconveniência...
Caminhava em direção ao capo de treinamento para “treinar”. Sim, não era a primeira vez que se ausentava de alguma inconveniência para ir “treinar”, ou como dessa vez, que era reprimido pelos familiares por não o fazer. Assim, era nada menos do que obrigado a sair de casa e resistir à tentação de passar a tarde na vila passeando. Já acabou por cair em tal tentação anteriormente, porém duvidava se sua família sabia de tais desvios, e sentia que estava sendo observado. Assim, não mais podia fazer do que vagar em direção ao campo de treino, para “treinar”. Uma vez que adentrasse o campo de treino, algum possível vigia que o seguisse consideraria sua missão como cumprida, e o abandonaria. Mas estaria tudo perdido em relação ao desejo notório o de cabular o treino? Não, ele ainda poderia “treinar”.
“Treinar” refere-se a nada menos do que o singelo ato de permanecer no campo de treinamento, sem de fato treinar. Não, nunca conseguiria ficar parado sob uma árvore observando as nuvens por uma tarde inteira, não tinha paciência para isso. Essa era a principal razão para que os familiares, que muito sabiam disso, considerassem uma vitória sua entrada no campo de treinamento. Porém havia uma coisa com a qual não contavam: Ao entrar no campo de treinamento, sempre estava acompanhado de ninguém menos do que seu melhor amigo. E é de conhecimento geral que, ao misturar um dever trabalhoso com amizade, as coisas saem do controle.
De fato, saíram muitas vezes. Houveram dias em que revessou todo seu dia de treinamento para duas simples coisas. Realmente não se importava que vissem, apenas pedia para que quem visse não comentasse com ninguém, ou realmente tomaria uma grande bronca. Bom, vamos às duas coisas: A primeira referir-se-á nada menos do que a mais singela coisa que a imaginação pode imaginar ao pensar em ficar horas isolado ao lado de um cão amigo. Jogara gravetos em diferentes distâncias, alturas e lugares para que o cão o buscasse, forçando-o a, muitas vezes, escalar árvores para recupera-lo. A segunda é um pouco mais exótica que a primeira: Pedira para que qualquer homem, mulher ou criança que estivesse disponível, muitas vezes sendo esses ninjas descansando de seus treinos, a jogar gravetos o mais longe possível. Porém, dessa vez não era o cão que os trazia de volta na boca, mas sim o próprio Teiru. Não encontrava problemas nisso, mesmo que os outros achassem esquisito. Divertia-se com isso, e na realidade acabava por exercitar muito as pernas (e os braços) com isso, transformando involuntariamente em um treino.

Enfim chegou ao campo de treinamento, e logo foi até seu local de “treino” usual. Uma árvore com grandes margens de sombra fresca, a poucos metros do lago. Sentou-se sobre a macia grama, não aquecida por conta da sombra, e encostou-se no tronco, onde tiraria um rápido cochilo com seu amigo sobre o colo.
No cochilo acordou diferente... Por algum motivo realmente gostaria de treinar! Não se sabe o porquê de tal mudança, mas estava decidido a treinar. Claro, não havia o que reclamar sobre. Conversou com o cão até encontrar a atividade perfeita, e então tudo estava combinado.
Sua vontade de treinar se concretizou em um “treino”. Com um graveto de tamanho mediano em mãos, realizou um lançamento oblíquo, atirando-o para bem longe. Tanto ele quanto o chão não tinham problemas para encontrar o graveto, ambos o farejaram antes de ser lançado, mas era assim que a competição ficava acirrada. Sim, era uma competição: O ganhador seria o que recuperasse o graveto primeiro. Após uma contagem regressiva, deram a largada juntos.
Como havia sido jogado para o lado oposto do lago, correram afanando-se de tal. Teiru não mediu esforços revelando todo o seu potencial, abandonando o bipedismo. Estava ganhando do companheiro, por pouco, porém logo as coisas começaram a ficar difíceis. Arbustos espinhosos começaram a cobrir o chão de tempos em tempos, conforme avançavam. Obrigados assim eram a planejar bem seus passos para não os pisotear, e foi o que tentou fazer. Teiru acabou cortando as pernas com eles, mas não podia deixar de correr.
Elas doíam, machucadas, mesmo que não fosse algo tão grave. Porém, isso acabou por fazer o shinobi perder o ritmo, e o cão o passou. Perdeu-o de vista e, ao ver novamente, já voltava com o graveto sobre a mandíbula. Reclamando do caminho, exigiu que a competição fosse feita mais uma vez, e assim o fizeram.
Desta vez, tentou o caminho oposto. Jogou o graveto sobre o lago, que o atravessou sem nenhuma dificuldade, e sumiu atrás das árvores. Mais uma vez houve a contagem regressiva, e ambos se atiraram no lago. Porém, já havia caminhado 15 metros sobre a água quando o cão reclamou. Não seria justo isso, seria? O shinobi discutiu, mas foi vencido, tendo a competição de ser reiniciada. Dessa vez, atiraram-se sobre o lago de águas frias. Embora o cão continuasse a passo lento nadando caracteristicamente, o Inuzuka parou no começo reclamando do frio. Sem ser ouvido pelo cão, que era protegido por seu pelo, deve de continuar.
Muito mais difícil que caminhar, a água dificultava o movimento das pernas por ser ridiculamente mais resistente. Porém, isso acabou por de fato auxilia-nos em tal desenvolvimento. A água gelada cobria seus ferimentos, e finalmente via-se pronto para nadar como nunca havia nadado antes.
Sobre a água, movimentava as pernas agilmente, e a água gelada o afastava da fadiga junto ao espírito competitivo. Foi, aos poucos, passando o cão, e chegou à outra margem primeiro. No momento em que o cão deixou o lago, o shinobi aparecia sobre a copa de uma árvore com o graveto entre os dentes, sob ocasionais folhas que grudaram em seu corpo molhado. Após isso, voltou ainda nadando com o graveto na boca, tentando mantê-la erguida. Tendo ganho a competição, literalmente caiu sob a árvore esperando ofegante o cão retornar. A água fria havia sido de grande ajuda, e resolveram continuar na beira do lago por um tempo, até recuperarem suas pernas que ardiam por esforço excessivo, antes de deixar o campo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5321
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   4/10/2015, 19:20

Classifiquei seu post como um treinamento de resistência, de acordo com as adversidades que você e seu cão enfrentaram. Você treinou juntamente com seu cão e ambos colheram resultados, contudo, pelo que pude ver seu treino começou a realmente ser contado a partir deste trecho:

@Teiru escreveu:
"Enfim chegou ao campo de treinamento, e logo foi até seu local de “treino” usual. (...)"

Sendo assim, não atingiu o requisito de palavras (750 para o clã Inuzuka). Você pode reforçá-lo se quiser e postar novamente.

Reprovado

Treino não atingiu as 750 palavras
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
Teiruavatar
Exibir perfil



Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/10/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   4/10/2015, 21:32

Caminhava em direção ao capo de treinamento para “treinar”. Sim, não era a primeira vez que se ausentava de alguma inconveniência para ir “treinar”, ou como dessa vez, que era reprimido pelos familiares por não o fazer. Assim, era nada menos do que obrigado a sair de casa e resistir à tentação de passar a tarde na vila passeando. Já acabou por cair em tal tentação anteriormente, porém duvidava se sua família sabia de tais desvios, e sentia que estava sendo observado. Assim, não mais podia fazer do que vagar em direção ao campo de treino, para “treinar”. Uma vez que adentrasse o campo de treino, algum possível vigia que o seguisse consideraria sua missão como cumprida, e o abandonaria. Mas estaria tudo perdido em relação ao desejo notório o de cabular o treino? Não, ele ainda poderia “treinar”.
“Treinar” refere-se a nada menos do que o singelo ato de permanecer no campo de treinamento, sem de fato treinar. Não, nunca conseguiria ficar parado sob uma árvore observando as nuvens por uma tarde inteira, não tinha paciência para isso. Essa era a principal razão para que os familiares, que muito sabiam disso, considerassem uma vitória sua entrada no campo de treinamento. Porém havia uma coisa com a qual não contavam: Ao entrar no campo de treinamento, sempre estava acompanhado de ninguém menos do que seu melhor amigo. E é de conhecimento geral que, ao misturar um dever trabalhoso com amizade, as coisas saem do controle.
De fato, saíram muitas vezes. Houveram dias em que revessou todo seu dia de treinamento para duas simples coisas. Realmente não se importava que vissem, apenas pedia para que quem visse não comentasse com ninguém, ou realmente tomaria uma grande bronca. Bom, vamos às duas coisas: A primeira referir-se-á nada menos do que a mais singela coisa que a imaginação pode imaginar ao pensar em ficar horas isolado ao lado de um cão amigo. Jogara gravetos em diferentes distâncias, alturas e lugares para que o cão o buscasse, forçando-o a, muitas vezes, escalar árvores para recupera-lo. A segunda é um pouco mais exótica que a primeira: Pedira para que qualquer homem, mulher ou criança que estivesse disponível, muitas vezes sendo esses ninjas descansando de seus treinos, a jogar gravetos o mais longe possível. Porém, dessa vez não era o cão que os trazia de volta na boca, mas sim o próprio Teiru. Não encontrava problemas nisso, mesmo que os outros achassem esquisito. Divertia-se com isso, e na realidade acabava por exercitar muito as pernas (e os braços) com isso, transformando involuntariamente em um treino.

Enfim chegou ao campo de treinamento, e logo foi até seu local de “treino” usual. Uma árvore com grandes margens de sombra fresca, a poucos metros do lago. Sentou-se sobre a macia grama, não aquecida por conta da sombra, e encostou-se no tronco, onde tiraria um rápido cochilo com seu amigo sobre o colo.
Do cochilo acordou diferente.... Por algum motivo realmente gostaria de treinar! Não se sabe o porquê de tal mudança, mas estava decidido a treinar. Claro, não havia o que reclamar sobre. Conversou com o cão até encontrar a atividade perfeita, e então tudo estava combinado.
Sua vontade de treinar se concretizou em um “treino”. Com um graveto de tamanho mediano em mãos, realizou um lançamento oblíquo, atirando-o para bem longe. Tanto ele quanto o chão não tinham problemas para encontrar o graveto, ambos o farejaram antes de ser lançado, mas era assim que a competição ficava acirrada. Sim, era uma competição: O ganhador seria o que recuperasse o graveto primeiro. Após uma contagem regressiva, deram a largada juntos.
Como havia sido jogado para o lado oposto do lago, correram afanando-se de tal. Teiru não mediu esforços revelando todo o seu potencial, abandonando o bipedismo. Estava ganhando do companheiro, por pouco, porém logo as coisas começaram a ficar difíceis. Arbustos espinhosos começaram a cobrir o chão de tempos em tempos, conforme avançavam. Obrigados assim eram a planejar bem seus passos para não os pisotear, e foi o que tentou fazer. Teiru acabou cortando as pernas com eles, mas não podia deixar de correr.
Elas doíam, machucadas, mesmo que não fosse algo tão grave. Porém, isso acabou por fazer o shinobi perder o ritmo, e o cão o passou. Perdeu-o de vista e, ao ver novamente, já voltava com o graveto sobre a mandíbula. Reclamando do caminho, exigiu que a competição fosse feita mais uma vez, e assim o fizeram.
Desta vez, tentou o caminho oposto. Jogou o graveto sobre o lago, que o atravessou sem nenhuma dificuldade, e sumiu atrás das árvores. Mais uma vez houve a contagem regressiva, e ambos se atiraram no lago. Porém, já havia caminhado 15 metros sobre a água quando o cão reclamou. Não seria justo isso, seria? O shinobi discutiu, mas foi vencido, tendo a competição de ser reiniciada. Dessa vez, atiraram-se sobre o lago de águas frias. Embora o cão continuasse a passo lento nadando caracteristicamente, o Inuzuka parou no começo reclamando do frio. Sem ser ouvido pelo cão, que era protegido por seu pelo, deve de continuar.
Muito mais difícil que caminhar, a água dificultava o movimento das pernas por ser ridiculamente mais resistente. Porém, isso acabou por de fato auxilia-nos em tal desenvolvimento. A água gelada cobria seus ferimentos, e finalmente via-se pronto para nadar como nunca havia nadado antes.
Sobre a água, movimentava as pernas agilmente, e a água gelada o afastava da fadiga junto ao espírito competitivo. Foi, aos poucos, passando o cão, e chegou à outra margem primeiro. No momento em que o cão deixou o lago, o shinobi aparecia sobre a copa de uma árvore com o graveto entre os dentes, sob ocasionais folhas que grudaram em seu corpo molhado. Após isso, voltou ainda nadando com o graveto na boca, tentando mantê-la erguida. Tendo ganho a competição, literalmente caiu sob a árvore esperando ofegante o cão retornar. A água fria havia sido de grande ajuda, e resolveram continuar na beira do lago por um tempo, até recuperarem suas pernas que ardiam por esforço excessivo, antes de deixar o campo.
Sim, um lindo dia! Os campos de treinamento eram os melhores parques, sem dúvidas quanto a isso. Sempre bem cuidados, sem o barulho chato da vila, e muito espaço. Kiiroi adorava os campos de treinamentos, e de “treinar”. Porém, ao chegarem à árvore habitual, o sol morno e a brisa agradável culminaram em um cochilo em conjunto.
Fora acordado do cochilo pelo movimento do shinobi, sobre o qual dormia. Este, ao vê-lo acordado, começou a propor treinar. Quando o “treino” predileto de ambos foi proposto, um latido confirmou o desafio. Era uma competição.
O graveto foi lançado e, rastreando-o pelo cheiro, o cão ninja seguiu logo ao lado do oponente ao encontro do graveto. A floresta estava densa, e plantas pouco amigáveis apareceram. Conseguia passar pelos espinhos sem problemas por conta de seu tamanho diminuto, mas podia ver que o amigo foi retardado por eles. Acreditando que não era nada grave, continuou a corrida até encontrar o graveto, e trouxe-o de volta para o local de lançamento. Estava cansado, e sentou-se sobre a grama, enquanto o dono caminhava de volta, com as pernas aranhadas. Podia perceber que estava decepcionado, Teiru odiava perder. Assim, quanto foi proposto outro desafio, teve de aceitar, mesmo cansado.
Após pequenos problemas sobre o lago durante a primeira largada, ambos se jogaram no lago de aguas frias. Kiiroi não sentia muito frio, a água não estava assim tão fria, mas não gostava da maneira que os pelos grudavam no corpo. Além disso, suas habilidades de natação estavam intimamente ligadas com o tamanho de suas patas, que não eram muito grandes. Assim, ao chegar à outra margem, o shinobi já havia conseguido pegar o graveto. Suspirou, e retornou ao lago.
Uma vez novamente sob a árvore, o Inuzuka deixou o graveto cair, logo antes de realizar a mesma ação. O cão ainda estava na água, e parou metros antes do tronco da árvore, exausto. Balançou o corpo tentando livrar-se da água, antes de deitar sobre a grama macia.
Demoraria quase uma hora de conversa desestimulada até estarem recuperados para deixarem o campo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5321
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   4/10/2015, 23:03

Aprovado

+1 em Resistência;
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
Roukanavatar
Exibir perfil



Mensagens : 21
Data de inscrição : 21/10/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   25/10/2015, 04:20


Training



O Primeiro Campo de Treinamento parecia estar vazio, ao menos, aos olhos do shinobi. Uma leve brisa balançava os seus cabelos rubros, enquanto os seus olhos de cores heterogêneas contrastavam um ao outro, enquanto o jovem observava os arredores do local. Não era exageradamente grande, mas possuía uma área considerável - ao menos, o suficiente para que seu treinamento não fosse interrompido mesmo que houvesse mais alguém por ali. O Kurama tinha em mente fortalecer os seus Genjutsus, e tinha feito uma espécie de plano antes de chegar até o local; uma estratégia de treinamento que, com sorte, o ajudaria a controlar melhor o próprio chakra. Após observar o céu e ver que ainda tinha um bom tempo antes de anoitecer, Roukan foi até a margem do pequeno lago, para iniciar o seu treino.

Um único momento antes de colocar os pés na água, o Kurama concentrou o seu chakra nas solas dos mesmos, de modo a utilizar o Mizu no Kinobori, uma técnica que visa em concentrar o chakra do usuário para permitir uma locomoção normal sobre a água. O jovem eu os primeiros dois ou três passos com uma certa insegurança, pois não era todo dia que utilizava aquele jutsu, e não tinha certeza se podia confiar no seu uso por completo. Porém, depois disso, percebeu que não haviam quaisquer problemas, e logo dirigiu-se até uma área mais profunda da água. Lá, respirou fundo uma, duas, três vezes. Tirou todos os pensamentos desnecessários de sua mente, para que pudesse focar apenas naquilo que importava naquele momento; o seu treinamento. Juntando ambas as mãos, o Gennin realizou um único selo: o selo da Cobra, que era um selo bastante usado em Genjutsus - estes que, por sua vez, eram a sua especialidade quando se tratando destas técnicas. A estratégia do treinamento era simples, mas não era muito fácil de ser executada sem muita concentração e foco. Roukan teria de manter o fluxo de chakra constante na sola de seus pés, para que não afundasse, ao mesmo tempo que concentraria-se para fazer a sua energia fluir por meio do selo de mão - o que podia atrapalhar as coisas com a técnica de andar sobre a água. Quanto mais tempo conseguisse, melhor, e a sua meta era aumentá-lo cada vez mais.

Os primeiros minutos foram bastante tensos; o ninja mantinha uma respiração regular para não descontrolar o fluxo do chakra, ao mesmo tempo que se concentrava para moldá-lo como queria, do mesmo modo que se faz quando se realiza um jutsu. Porém, ele não estaria usando este chakra para isso, e sim para simplesmente se acostumar com esse controle que se deve exercer sobre ele toda vez que é preciso utilizar uma dessas técnicas. Enquanto isso, no entanto, tinha de se preocupar com o chakra que ficava sob os seus pés, mantendo-o de pé sobre a água. Roukan concentrou-se com tudo o que tinha, e, aos poucos, foi conseguindo fazer a energia fluir pelo seu corpo da maneira que queria; era uma tarefa complicada, mas com o passar dos minutos, o fluxo se tornava algo menos mecânico, travado, e ia ficando um pouco mais natural e suave. Porém, depois de uns seis ou sete minutos algo deu errado. O seu foco no controle do fluxo do chakra foi tão grande que fez com que a parte que mantinha o Mizu no Kinobori ativo foi ficando cada vez mais débil, até que finalmente se esvaiu e o Kurama só pôde sentir o seu corpo afundando na água gelada. Surpreso com o susto que tinha tomado, ele nadou até a margem novamente, com a respiração pesada. - Droga...eu preciso de foco...eu preciso me focar nos pés também... - murmurava, enquanto se preparava para voltar ao treinamento.

Não foram poucas as vezes nas quais o jovem caiu dentro da água. Assim que voltou de sua primeira queda, Roukan acabou por durar menos ainda - cerca de uns três minutos, mais ou menos - por ter ficado estressado demais com a surpresa anterior. Isso acabou por lhe desconcentrar na hora de controlar a corrente de chakra, e só resultou em mais um banho de água gelada. Suas roupas já estavam encharcadas, e por isso, nem se quer se importou de tirá-las, àquela altura. Na terceira vez, depois de colocar na cabeça que precisava ficar calmo e ter foco, ao invés de simplesmente apressar as coisas, a performance do ninja melhorou substancialmente. Ele sentia que a corrente fluía com mais liberdade por dentro de seu corpo, e, em seus pés, ele já não sentia mais tanta dificuldade de manter o Mizu no Kinobori ativo. Ainda assim, após quase dez minutos de pé na água, concentrando-se com todas as suas forças, o chakra na sola de seus pés não aguentou mais e, novamente, dissipou-se, fazendo o Gennin molhar-se de novo. A água gelada parecia uma ótima ideia para um dia ensolarado e quente, mas naquela situação, aonde a concentração e o foco eram tudo, ela mais atrapalhava do que ajudava em alguma coisa. Afinal de contas, quando o shinobi saía da água, o vento que batia em seu corpo parecia frio como uma nevasca, graças à pele e roupa molhada, e isso o dava ainda mais trabalho no treinamento.

Depois de pouco mais de uma hora de treinamento, tendo caído na água ao menos umas cinco vezes, Roukan deixou o lago por já estar morrendo de frio, decidindo que era melhor tentar uma abordagem um pouco diferente, antes de pegar um resfriado. Porém, o seu esforço definitivamente não fora em vão - se comparados aos sete minutos iniciais, depois de bastante treinamento, os vinte minutos que o jovem alcançara eram bastante surpreendentes. Após descansar por alguns breves momentos (principalmente para recuperar-se do frio) o Kurama foi até uma árvore bastante alta que ficava próxima do lago, e sentou-se de pernas cruzadas, suas costas tocando o grande tronco de madeira. Fazendo, mais uma vez, o selo da Cobra, ele começou a concentrar-se no seu chakra mais uma vez; o objetivo de tudo aquilo era bem mais específico do que um simples aprimoramento das habilidades no controle de sua energia. O ninja pretendia botar em uso um novo jutsu que tinha desenvolvido, mas que ainda estava imperfeito justamente pelo seu controle inábil do chakra. Ele concentrou-se, resoluto, e começou a controlar a corrente do chakra que ficava dentro de seu corpo - dessa vez, podia focar-se completamente nela, e, com o passar dos minutos, Roukan já conseguia sentir o fluxo "obedecê-lo", como se, ao invés de ser uma energia misteriosa e difícil de controlar ou entender, o seu chakra passasse a ser uma parte de seu corpo - uma parte do próprio jovem. Meditou desta maneira por cerca de meia hora, antes de levantar-se para ver se todo aquele esforço realmente traria resultados. Porém, como a técnica que desenvolvera era um Genjutsu, ele precisava de um alvo para testar a sua efetividade...

...e foi aí que apareceu o pequeno animal. Não era um gato, nem um cachorro; e sim algo parecido com uma lebre, apesar do Gennin não ter absoluta certeza. O mamífero o fitava com seus grandes olhos, como se se perguntasse quem era a criatura de cabelos ruivos e molhados que estava ali, sentada sob a sombra de uma grande árvore. "É a minha chance." O jovem pensou, levantando-se devagar. O animal ficou alerta, suas grandes orelhas levantadas e as pernas traseiras já prontas para tirá-lo dali ao mínimo sinal de perigo. Concentrando o seu chakra e rapidamente fazendo os selos da Cobra e do Rato, Roukan pronunciou em voz baixa o nome de seu genjutsu, executando-o: - Magen: Jigoku Genzai! - sentiu o chakra queimar em seus olhos (que eram o ponto de onde o chakra escapava para realizar o jutsu) e olhou fixamente para a criatura para que ela recebesse a técnica. Mas nada aconteceu. A lebre ficou imóvel, fitando-o com um olhar confuso. Por um momento, a decepção tomou o Kurama. "Foi tudo...em vão?" Perguntou-se em pensamento, até que olhou novamente para o animal. Não. Não podia deixar aquilo acabar daquele jeito. Respirou fundo três vezes, como fizera anteriormente. Mais uma vez, realizou os selos. - Agora vai! Magen: Jigoku Genzai! - disse, em voz alta e liberou o jutsu. O animal se assustou, e se preparou para correr, mas...não conseguiu. Ele se debatia incansavelmente, mas era como se estivesse preso por alguma coisa invisível. E, realmente, era o caso, pois o jutsu que Roukan utilizara fazia o alvo acreditar estar preso por diversas correntes. - Sucesso! - ele dizia, comemorando o aprendizado de um novo jutsu. Apesar de todo o cansaço, o esforço definitivamente valera a pena...


HP: 200
CH: 190 -60 (Mizu no Kobori + Jigoku Genzai) = 130
ST: 200


OFF: Se, por acaso, não ficou óbvio, o treinamento visa os dois pontos para o Controle de Chakra. E, quanto ao jutsu usado, trata-se daquele que você avaliou anteriormente. Todo o treinamento também fazia parte do aprendizado do mesmo, uma vez que focava-se no controle de chakra. Se não for possível fazê-lo, peço que ignore a última parte - uma vez que mesmo sem esse parágrafo, o treinamento chega às mil palavras (por pouco xD).

Link do Jutsu: Magen: Jigoku Genzai
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5321
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   25/10/2015, 13:55

O treino da Concentração de Chakra foi bem frisado ao utilizar o Mizu no Kinobori como segunda fonte, uma vez que seu personagem já possui pontos consideráveis neste Sub-Status permitiu que sua adaptação com o treino fosse alcançada mais rapidamente.

O jutsu aprendido também teve sucesso, já que sendo criado por você não precisou de pergaminhos ou conhecimento de algum de outro meio. Já pode fazer o pedido de adição em sua ficha.

Aprovado

+2 em Concentração de Chakra;
Jutsu Aprendido;
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
Roukanavatar
Exibir perfil



Mensagens : 21
Data de inscrição : 21/10/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   25/10/2015, 15:09


Training - END



Roukan tinha ficado exausto com todo aquele treinamento - e com muito frio, também - mas, uma vez que conseguira aprender a controlar o seu novo jutsu, e ainda melhorar as suas habilidades com o fluxo de seu chakra, ele sabia que aquilo não tinha sido em vão. Pensou, enquanto descansava encostado na grande árvore, em ir para casa e dormir de uma vez; no entanto, ele sentia que ainda podia fazer mais alguma coisa antes de dar um fim àquele dia, e uma segunda missão certamente daria conta do recado - com o dinheiro obtido nesta, quem sabe, ele poderia passar na loja de Jutsus para se aperfeiçoar ainda mais. Decidido, o Kurama levantou-se e espreguiçou-se, partindo logo em seguida para o Posto de Atribuição de Missões, esperançoso de que, dessa vez, talvez conseguisse uma tarefa de Rank maior.


HP: 200
CH: 130
ST: 200

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kosukeavatar
Exibir perfil



Konoha | Genin
Mensagens : 246
Data de inscrição : 16/10/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
100/150  (100/150)
Reputação Reputação: 1
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   26/10/2015, 00:00

O último treino de Kosuke tinha sido seu esforço físico, mas por agora desejava algo que precisasse do mesmo esforço, mas que não fosse necessariamente físico. Sem contar que não poderia ficar cansado, já que deveria encontrar a sua equipe e sensei aproveitou para ir até o mesmo lugar e treinar.

Ao chegar ficou feliz com o local, era grande, com grama curta cobrindo a maior parte, enquanto possuía diversas árvores e ainda um lago no centro. Já que não havia ninguém por ali resolveu ficar um pouco perto das árvores, onde era mais tranquilo para o que ia fazer, e ainda possuía algumas sombras, algo que tinha certa afinidade.

Então sentou fazendo a posição comum de meditação, seu pé esquerdo em cima da coxa direita e o pé direito em cima da coxa esquerda, mas as suas mãos estavam diferentes, já que juntas faziam o símbolo do carneiro, o selo básico de controle de chakra.

Fechou os olhos e imaginou a si mesmo em um fundo preto. De início forçou para que seu chakra fluísse por todo o corpo, sentindo a energia em cada parte. Não que realmente tivesse a habilidade de conseguir enxergar, mas em sua mente conseguia ver uma chama azul desordenada em volta de si.

Ele sabia o porquê daquele jeito, era porque estava fazendo de qualquer jeito. Logo começou a focar para que a energia ficasse em seus braços. Seu controle de chakra não era o comum, por isso não teve tantas dificuldades quanto achava. O principal desafio era moldar de verdade para que em sua mente a aparência de fogo virasse uma aura contínua e ordenada. Respirou fundo e tentou liberar um pouco menos.

- Calma. Tranquilidade. Simples. – Repetiu as palavras-chaves em sussurros.

Sentiu a energia em seu corpo começar a diminuir levemente, assim como acompanhava em sua visão. Por poucos segundos variava entre desordem e ordem, porém com mais foco conseguiu controlar até o jeito que desejava. Seu objetivo estava concluído e já poderia passar para o próximo treino.

Parou com liberação de chakra e não precisava mudar de posição do corpo, apenas as das mãos que fariam os círculos clássicos de meditação, já que treinaria a sua mente. Dessa vez focaria em pequenos sons próximos, tentando controlar em seus pensamentos.

Perto dele havia alguns pássaros cantando, o do vento passando pelas folhas e o das águas do rio se movendo. Escolheu o último, não sabia o porquê, mas confiaria na intuição.

- Água. Suiton. – Respondeu a si mesmo com um sorriso de canto de boca.

O som da água era a sua primeira inspiração. Em sua mente, onde tudo estava preto, avistava uma pequena gota caindo e fazendo pequenas reverberações. O número de gotas começou a aumentar e as ondas revelaram um lago, começando a ter movimento e gerar um rio.

Este agora estava em foco, sendo de cor azul quase branco contrastando com a escuridão de plano de fundo. A visão de Kosuke mudou e a água foi diminuindo, até que ele percebeu que era o ponto de vista. Agora era como se visse de cima e o pequeno rio mostrava-se uma nascente e se espalhava, criando afluentes que se ramificavam em diversas curvas e direções. Aquilo lembrava de certo modo o seu jutsu Kagemane.

Por fim esses afluentes, apesar de locais diferentes, se juntavam em algum momento, criando um enorme oceano. Sua visão voltou a ser em primeira pessoa, vendo apenas o mar. Por pouco tempo ficou apenas crescendo, até que a água começou a subir em pouquíssimas quantidades. Quando o volume chegou à metade a cena virou de ponta cabeça e as gotas voltaram a cair, formando a primeira cena novamente.

Kosuke abriu os olhos e sorriu, apesar de seu corpo estar levemente desconfortável, por dentro possuía uma sensação boa. Porém viu que ninguém ainda tinha chego, levantou, alongou seu corpo e continuou esperando enquanto soltava um longo e leve bocejo.



HP:200/200
CH:200/200
ST:200/200
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5321
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   26/10/2015, 08:42

Faltou especificar o treino, de resto tudo certo.

Aprovado

+1 em Concentração de Chakra;
+1 em Constituição Mental;
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5321
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   26/10/2015, 12:31

Um vulto transpareceu-se entre as árvores do campo ao mesmo tempo em que Kosuke sentia um calafrio. A presença suspeita veio a se mostrar logo que chegou ao centro do local, era nada menos que Harumi, a sensei do time 1.

- Parece que só você chegou antes da hora. - Disse referindo-se ao Nara que ali se acostava.

- Aqueles vermes malditos!! Onde eles estão? Que péssimo exemplo fazer sua sensei esperar no primeiro dia de equipe! - A expressão da Sarutobi era bem nítida, sua fúria parecia afligir até mesmo o mais calmo dos monges, a forma como seu punho balançava refletia bem isso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
Shiroavatar
Exibir perfil



Mensagens : 22
Data de inscrição : 18/10/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   26/10/2015, 12:38

Chegara ao local justo no momento em que ouvia nossa atual sensei reclamar de alguma coisa.

- Aqueles vermes malditos!! Onde eles estão?... - Era o que proferia sua professora sobre eles. Eu achei melhor me apresentar logo enquanto ouvia isso, interrompendo os xingamentos da professora com uma saudação.

- Bom dia a todos! Perdão pelo meu leve atraso, prometo que não se repetirá, Sensei. - Disse enquanto me curvava e esperava uma resposta de sua mestre, estava morto de vergonha e desapontado comigo mesmo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Teiruavatar
Exibir perfil



Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/10/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   26/10/2015, 12:45

Os passos não eram nem um pouco discretos: acertavam o chão com força enquanto corriam. Estava atrasados, muito atrasados! Era certo de que haviam tirado um cochilo durante o dia, mas a real culpada era a mulher da recepção que veio com ele brigar a respeito do seu local de cochilo. Não que a culpa fosse dele por ter escolhido o lugar sem falar com ninguém primeiro...
Mas era isso. Tudo que esperava era que não fosse o último, odiava ser o último. Porém os gritos eram claros, mesmo que ainda não tivessem colocado os pés dentro do campo de treinamento. Não conseguia entender o que era falado, mas claramente era a sensei, com raiva.
Uma vez que chegou, já encontrou todos lá. Kiiroi sentou-se, abaixando a cabeça como pedido de desculpas.
-Desculpa... Acabei me enrolando com o horário.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5321
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   26/10/2015, 15:17

As veias sobressalientes da face da Sarutobi ficaram ainda maiores assim que os dois últimos chegaram. Primeiramente apresentou-se com um pedido de desculpas o Hyuuga, cuja chegada fora rápida e silenciosa, talvez fruto do Juuken de seu clã, mesmo assim não escapou dos olhares furiosos da sensei. Em seguida, contrastando-se com o primeiro, surgiu uma figura extremamente alarmante, seus passos pesados não só indicavam fortemente sua presença como também afastava todos os pássaros que descansavam sobre as árvores, este era Teiru o garoto Inuzuka de sua equipe. Aquela equipe iria lhe dor de cabeça, pensava.

A sensei estava tão abismada com o fato de ambos a deixarem esperando, que de alguma maneira ela incluiu o Nara nessa porção de culpa e descontou nos três com um pesado murro sobre a cabeça.

- O que vocês pensam que estão fazendo, seus idiotas!? E se o companheiro de vocês estivesse defendendo sozinho uma fronteira e vocês chegassem tarde demais!? Vocês... - Harumi até teria continuado com os sermões, mas resolveu respirar fundo e manter a calma, precisava, afinal não queria ter de começar seu dia já espalhando mal humor.

- Tudo bem, vamos começar com isso. - Disse já tomando um ar mais controlado. - Espero que vocês tenham treinado muito, pois depois do que aconteceu aqui eu definitivamente não vou pegar leve.

Harumi desvencilhou um Tantō de suas vestes e ficou de frente aos genins, após a ação usou-o para lixar suas unhas já que o metal de sua arma fora fabricado exclusivamente para ela e como tal, continha uma lixa de unha na contra-lâmina do objeto. Calmamente, ela ficou acostada sobre uma árvore e emitiu algumas palavras enquanto dava forma à suas unhas.

- Antes eu quero que me falem um pouco de vocês. Objetivos, passatempos, tudo que eu puder saber de interessante. E é melhor começarem logo. - Mais uma vez as veias faciais de Harumi eram exaltadas, ela definitivamente não estava para brincadeiras.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
Teiruavatar
Exibir perfil



Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/10/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   26/10/2015, 18:31

Estranhamente ela não parecia nada contente com a chegada de Teiru. Na verdade, por algum motivo, ela parecia brava. Certo, o motivo era evidente, estavam atrasados. Ela se aproximava do rapaz, que esperava algum tipo de pergunta sobre o motivo do atraso: já ensaiava uma mentira. Não se orgulhava do motivo real, mas a cama de lá era boa...
-Ai!-Grunhiu o garoto ao receber o murro, fechando os olhos.
O cão havia, por algum motivo, sido poupado da agressão destinada aos três shinobi. Ele estava profundamente arrependido, enquanto Teiru Olhava para o chão emburrado, acreditando que não havia necessidades para tal agressão.
Achou curioso o tanto, porém uma vez que lhe foi dada a possibilidade de pronunciar-se, tomaria a dianteira. Dando um passo para frente, começou a falar.
-Meu nome é Inuzuka Teiru!
-Arf!-Completou o cachorro logo após.
-Ele falou que seu nome é Kiiroimaru-Falou ao perceber o silêncio-Nós gostamos de correr e brincar de buscar-As palavras do garoto eram seguidas de acenos positivos do cão com a cabeça-Um dia nós seremos os mais famosos do mundo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shiroavatar
Exibir perfil



Mensagens : 22
Data de inscrição : 18/10/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   26/10/2015, 19:34

- Eu me chamo Hyuuga Shiro. Eu não tenho tempo para passatempos, pois se eu tivesse significa que não estou me esforçando o suficiente para treinar. Tenho apenas um objetivos, esse é, tornar-me forte o suficiente para poder elevar o nome dos Hyuugas. - Disse sendo direto e com orgulho de minha ambição.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kosukeavatar
Exibir perfil



Konoha | Genin
Mensagens : 246
Data de inscrição : 16/10/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
100/150  (100/150)
Reputação Reputação: 1
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   26/10/2015, 19:54

Kosuke tinha visto um vulto pelas árvores e ficou preocupado, até que a sua sensei, Harumi, revelou-se. Ela estava visivelmente nervosa com o atraso dos outros, seu punho parecia querer socar o que estivesse mais perto e sua raiva quase fazia certo calor no rosto dele.

Por um momento ficou sem saber o que falar, não sabia se acalmava ou concordava, qualquer movimento parecia ser muito arriscado, mas não precisou fazer nenhum dois já que seus companheiros de equipe chegaram ao exato momento.

Porém foi quando tudo piorou. Primeiro recebeu o soco na cabeça sem ter nenhuma culpa, o que achou estranho, mas de certo modo justo, já que eram um time. Depois também teve que ouvir os sermões. O fim não foi tão ruim quanto achou, já que a Harumi retirou um tanto e ficou de frente para eles. Com a raiva que ela estava Kosuke já não duvidava de mais nada, mas felizmente ela apenas lixou a unha com uma parte especial.

- Antes eu quero que me falem um pouco de vocês. Objetivos, passatempos, tudo que eu puder saber de interessante. E é melhor começarem logo. – Ela falou enquanto algumas veias saltavam de seu rosto.

Aquilo tinha pegado Kosuke de surpresa, ele não sabia direito e olhou rapidamente o lago. Sentia-se exatamente como o que observava: era livre, só seguia o ritmo natural da vida. Mas ficou com certo receio de dizer isso e irritar ainda mais sua sensei.

Quando pensou no que iria dizer o garoto Inuzuka Teiru, com seu cachorro Kiiroimaru, deram um passo para frente e se apresentaram. Por fim disse que queriam ser famosos por todo mundo. Em seguida foi o próximo, Hyuuga Shiro, falando que não possuía passatempos e queria elevar o nome de seu clã.

Logo era a vez de Kosuke, que passando a mão na nuca começou a dizer.

- Eu sou Nara Kosuke e, bem, não sou usuário de taijutsu, então não gosto dessa coisa de correr e aumentar a força, mas se quiser atividade mental, meditação, shogi ou alguma coisa assim pode me chamar... – Deu uma breve pausar para respirar enquanto pensava na outra parte. – Objetivo? Não sei direito. Só vou seguindo. Conhecer novos lugares, novas experiências e continuar por aí até talvez achar outro objetivo serve? – Terminou com um sorriso forçado pensando em como tanta gente diferente conseguiria ficar junta por longos períodos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5321
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   27/10/2015, 00:21

Harumi escutou com atenção aqueles três genins, muito embora estivesse chateada com eles, algo despertou sua curiosidade: a incrível disparidade de personalidades de seu time. Talvez estes formassem a equipe mais desigual da aldeia, o compromisso do Hyuuga com a honra, a ambição do Inuzuka e seu cão e o espírito despreocupado do Nara, tudo isso agora era a personalidade do time 1, juntamente com Harumi que parecia se orgulhar num singelo sorriso da originalidade de sua equipe.

Contudo, um time não é só formado de opiniões, ele precisa de bases rígidas que o sustentem, em uma única palavra: Força. Esse pensamento seria logo mais aplicado pela Sarutobi, um teste especial onde aqueles indivíduos poderiam despertar suas verdadeiras habilidades. Entretanto havia algo que deveria dizer antes.

- Bom, eu devo admitir que nunca havia trabalhado com um time de tanta divergência de opiniões. Vocês três me parecem muito promissores, embora tenham objetivos diferentes ou até mesmo não os tenham ainda, mas eu não vou realmente saber até que os testem numa batalha, quero ver o quão habilidosos vocês são.

O Tantō que agitava-se de um lado para outro, agora fora guardado de volta às vestes da sensei. Sua posição também mudara, ela não acostava mais na árvore em que estivera até o certo momento, tratava-se agora de por-se frente aos genins com uma mão repousada na cintura e a outra solta sobre seu corpo. Estava mais confortável, mas igualmente séria, foi então que ela prosseguiu.

- Espero que entendam o motivo pelo qual estão aqui, pois hoje será o teste da equipe de vocês. Pois bem, vou ditar as instruções e regras do teste. É melhor estarem bem atentos, pois não vou repetir. O que vocês devem fazer é... - Antes que pudesse continuar, retirou um carimbo de um de seus bolsos traseiros e o mostrou aos jovens, tratava-se de marcador com o kanji "消" (eliminar) marcado em sua superfície. Após isso, ela pode dar continuação à sua explicação: - ...marcar-me com este símbolo.

Harumi certificou-se de que aquela explicação simples não fosse informação o suficiente para os garotos, portanto, complementou sua fala com as demais instruções daquela tarefa.

- Este selo será posto na mão direita ou esquerda de apenas um de vocês três... - Embora pudesse prosseguir, Harumi notou que em companhia do jovem Teiru, habitava seu adorável cachorro a qual a sensei tinha certo apego. - Sinto muito, mas isso não te inclui, pequenino. - Disse referindo-se ao fato de que não poderiam escolher Kiiroi como uma dessas pessoas.

- Enquanto um de vocês que possuí este selo tenta me marcar, os outros dois deverão ajudá-lo e protege-lo para que não seja nocauteado. Pois caso for, os três irão fracassar. Pois bem, se a pessoa que possuí o selo conseguir me marcar somente ela receberá um treinamento especial da sensei, este treino pode ser sobre qualquer coisa, desde uma técnica a um treino para aumentar o genjutsu, taijutsu, kenjutsu, etc. E sim, vocês devem escolher entre si a pessoa que ficará com o tal selo. Mas não esperem que eu fique parada enquanto vocês tentam me marcar.
Estas eram as orientações do teste, Harumi esperaria para ver qual seria a escolha dos jovens, mas decidiu colocar uma nova orientação para tornar as coisas ainda mais divertidas: - Mais uma coisa! A pessoa que conseguir me marcar poderá escolher o treino especial ou então eliminar alguém do grupo, permanentemente. Boa sorte a todos! - O riso mergulhado em sarcasmo marcou o final das explicações de Harumi, a partir dali ela não explicaria mais nada, somente esperaria quem seria o escolhido para marcá-lo. Aquele que fosse, deveria dar um passo a frente e esticar a mão para receber o tal carimbo na palma de sua mão.

Aparência da Sensei:
 

Considerações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
Kosukeavatar
Exibir perfil



Konoha | Genin
Mensagens : 246
Data de inscrição : 16/10/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
100/150  (100/150)
Reputação Reputação: 1
MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   27/10/2015, 18:10

Kosuke achou que sua sensei ficaria muito nervosa, mas no final ela até demonstrava um sorriso e elogiou a equipe. Das possibilidades que ele tinha pensado essa era realmente a mais distante.

Então a Harumi começou a dizer o que deveriam fazer. Um dos três seria carimbado na mão com um símbolo kanji de eliminado e deveria marcar a sensei, ao final ele teria a chance de ganhar um treino especial ou fazer um membro da equipe sair definitivamente. Aquilo surpreendeu Kosuke, porém primeiro deveria pensar para o time, depois depositar sua confiança em quem fosse escolhido.

“Certo...” – Pensou olhando para os outros dois, observando e tentando descobrir qualquer detalhe que pudesse ajudar.

Parou por um segundo e então teve uma ideia. Por isso puxou um pouco para longe seus companheiros e, de costas para sensei, sussurrou a eles o que tinha pensado. Quando terminou de dizer virou para ela.

- Eu não quero esse carimbo, depois eu que me complico... – Disse enquanto batia de leve nas costas de Teiru.




Armas:
 


HP:200/200
CH:400/400
ST:200/200
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado
Exibir perfil



MensagemAssunto: Re: Primeiro Campo de Treinamento   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Primeiro Campo de Treinamento
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 30Ir à página : 1, 2, 3 ... 15 ... 30  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Campo de Treinamento Zeroth
» Primeiro Campo de Treinamento
» Avaliem campo de treinamento na floresta(tile Inq)
» [Campo de Treinamento] Hyuugas de Kiri/Sensei: Kyo
» Segundo Campo de Treinamento

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Survival 4.0 :: País do Fogo :: Konohagakure no Sato :: Localidades-
Ir para: