Naruto Survival 4.0



 
CalendárioInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
» Criações da Yami
por Yamii Hoje à(s) 10:38

» Fronteiras do País do Som
por Yamii Hoje à(s) 10:17

» [Konoha] Clã Hatake
por Survival Hoje à(s) 10:06

» Criações de Mugen;
por Mugen' Hoje à(s) 03:02

» [Criações] Takeda Yoshida
por Takeda Yoshida Hoje à(s) 02:28

» Banco de Atualizações Gerais
por Hisoka Kurayami Hoje à(s) 02:15

» Posto de Atribuição de Missões
por Hisoka Kurayami Hoje à(s) 02:14

» Entrada de Kiri
por Nikki Hoje à(s) 02:03

» Floresta do Silêncio
por Nikki Hoje à(s) 02:02

Acesso Rápido
Quem está conectado
1 usuário online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e nenhuma Visita :: 1 Motor de busca

Yamii

O recorde de usuários online foi de 39 em 2/10/2016, 21:50
Calendário do RPG
Outono

Estação: Outono
Ano: X019
Procurados
Parceiros
http://pt-br.naruto.wikia.com/wiki/Wiki_Naruto
Pokémon RealForceRPG - Hogwarts SchoolFórum grátisShinki RPGPokéMytushttp://www.heroisdoolimporpg.com/Pokémon Agenda RPGhttp://poke-mythical.forumeiros.com/http://narutorpgakatsuki.com.br/http://talesofwinterfall.forumeiros.com

Nosso Banner









Tópicos similares

Compartilhe | 
 

 (Casa) Lenor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: (Casa) Lenor   11/11/2016, 15:20

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   11/11/2016, 15:59

Treinamento de 2x Controle de Chakra

Cheguei em casa e fui logo me deitar pois já estava de noite e após a missão me sentia altamente cansado. Não consegui nem mesmo chegar até a minha cama, caí alí mesmo no sofa já dormindo. As horas se passaram, a noite se tornou dia e os primeiros raios de sol adentraram pela janela me fazendo acordar e me levantar do sofá. Fui até a cosinha e lá tomei meu café seguindo para fora em seguida.

Aquela hora da manhã mesmo com todo aquele frio eu estava sentado a beira da piscina. Sentia a leve ventania tocando meu rosto, sentindo o frio tomando meu corpo por inteiro. Achei aquele clima frio ótimo para treinar, ele me ajudaria bastante. Sentindo frio retirei minha capa e a joguei ao lado no chão, retirei também minha blusa ficando assim com a parte superior do meu corpo descoberto. Diziam por aí que a meditação ajudava bastante em ralação ao seu próprio autocontrole, e porque não testar essa teoria em mim mesmo? Ver se a meditação surtiria efeito ao ponto de me fazer parar de sentir frio? Era o que eu queria. Me coloquei de pernas cruzadas na posição de Lótus e fechei meus olhos gradativamente em seguida.

O frio era muito, meu corpo estava tremendo devido a ele. Mas dessa forma eu comecei a respirar tranquilamente para me acalmar, o que não estava sendo nada fácil. Perdido em meio a escuridão interna comecei a dispensar os vários pensamentos que passavam em minha mente involuntariamente. Em meio ao branco do vazio que ficou minha mente comecei a criar um tipo de mundo paralelo ao que me encontrava. Esse tipo de exercicio era usado na maioria das vezes na desassociação do que era real do que era falso. Era uma técnica usada mais por pessoas da inteligencia shinobi ao serem pegos. Na hora da tortura eles iam para o mundo falso de modo a não sentir as dores da tortura no momento. Claro que havia um longo caminho para chegar a esse ponto.

Fui pensando em lugar cheio de grama, árvores mais ao longe, um lindo sol a brilhar no céu desprovido de nuvens. Pouco a pouco esse local foi se formando em minha mente, com a maior realidade possível. Enquanto fazia esse pequeno exercício percebi que o frio sentido por mim havia reduzido um pouco, mas não o bastante. Fui me acalmando cada vez mais ao diminuir minha frequencia respiratória, junto a isso veio a adaptação parcial do meu corpo ao tempo frio. Não queria dizer que não estava sentindo mais frio, eu ainda estava mesmo que pouco. Estar em um mundo ilusório criado em minha própria mente também me ajudava. Minha respiração se manteve em um ritmo lento durante todo o momento, minha concentração estava no apce e assim me mantive durante uma hora e meia.

O tempo se passou, o frio já não era mais problema. Eu não o sentia mais. Estava totalmente concentrado, manipulando o chakra até ele se acalmar assim como o resto do corpo. Meus músculos já não tremiam mais, estavam totalmente relaxados em meio a friagem que não sentia mais. Havia aprendido naquele momento como me desassociar da realidade para não sofrer com os ocorridos do passado, presente e nem os que viriam ocorrer no futuro.

Ainda me mantive ali sentado, com os olhos fechados me lembrando do treinamento feito com Takumi. Minha manipulação de chakra ainda não era a das melhores foi o que ele disse, mas eu estava caminhando aos poucos rumo ao melhoramento. Pensei então nas rochas que tinha derrubado. Usaria aquele tipo de exercício naquele local ali mesmo. Não em pedras pois ali não tinha, mas na própria água da piscina. Um exercício de empurrar a água de um lado para o outro, porque não? Não me cansaria muito pois não necessitaria de tento esforço, já que a água é leve. Foi isso então o que fiz. Fechei meus olhos caindo na escuridão em meu interior começando a focalizar em um unico lugar, a água.

Deixei uma certa quantidade de chakra ser expelida do meu corpo do seu interior para o exterior ficando a pairar sobre a minha pele. Senti seu toque, meus pelos começaram a se levantar sendo influenciados por ele. Sentia total controle o que me levou a lança-lo até a água. Pude senti-la interagindo com ele, e assim comecei a movimenta-la aos poucos. Por se tratar de uma quantidade pequena não houve uma movimentação consideravel, mas ainda sim visivel. Mas aos poucos, totalmente concentrado, fui acrescentando mais e mais chakra. Por cerca de quase uma hora eu fiquei ali fazendo aquilo, sentindo a movimentação da água aumentar cada vez mais indo de um lado para o outro. Realmente eu conseguia move-la sem nenhuma preocupação. Fiquei durante horas executando o mesmo exercício até me sentir cansado. Acabei desmaiando de tanto cansaço.

HP: 200/200
CH: 400/400
ST: 200/200


Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   11/11/2016, 18:40

Aprovado

+ 25 exp
+ 2 Controle de Chakra
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   13/11/2016, 15:48

Treinamento de Jutsu e 2x Controle de Chakra

Acordava pela manhã com uma luz aquecendo meu rosto já bem cedo sentindo-me meio sonolento. Tentava abrir meus olhos com dificuldade, a luz também atrapalhando me fazendo colocar a mão na frente do rosto. Logo em seguida o dispertador tocou, e foi aí que dei um pulo da cama na mesma hora. Fiz tudo o que tinha que fazer dentro de casa e saí assim que terminei. Fui direto pro quintal, sempre com aquele sorriso largo em meu rosto que impedia as pessoas de enxergar meus olhos.

O dia estava lindo. O sol nascendo atrás de uma montanha, a ventania suave que refrescava o local e o cantar dos passaros que acalmava minha alma. Chegava perto de uma enorme árvore que havia atrás da minha casa, onde me sentava as vezes para me concentrar. Como em todos os outros dias a usaria em meu treinamento. Hoje treinaria novamente minha habilidade de controlar meu próprio chakra utilizando o mesmo metodo usado na academia. Subir nas árvores com os pés.

Pegava minha kunai de dentro da pochete enquanto me lembrava do quanto eu fui ruim na academia e o quanto melhorei após meus diversos treinamentos de manipulação de chakra. Posicionava-me de frente para a árvore observando bem sua altura. Chegava a mais ou menos uns cinco metros, o bastante para mim. Fechava meus olhos enquanto diminuia a frequencia respiratória e limpava a kinha mente de qualquer tipo de pensamentos até aquele momento, a deixando totalmente em branco. Feito aquilo pude sentir meu fluxo de chakra percorrendo meu corpo na maior tranquilidade. Com isso, em meio a alta concentração, comecei a leva-lo até as plantas dos pés onde o canalizei até então. Com tudo certo, impulsionei-me contra o solo sendo empurrado até o tronco onde pus meus pés rapidamente dando inicio a subida. Corria na direção do topo para chegar lá o mais rápido possivel. Subia e subia sentindo o tronco abaixo dos meus pés vibrando a cada toque dado pelas minhas solas. Percebi que aquilo não era bom, e que se eu continuasse provavelmente seria jogado contra o chão assim como acontecia sempre na academia. Isso me fez reduzir o ritimo e diminuir a quantidade de chakra usado nos pés enquanto subia. Senti logo a diferença quando a vibração que estava acontecendo antes no tronco parou. Foi ai que continuei subindo cada vez mais. Chegava a uma altura de mais ou menos três metros de altura em pouquissimo tempo. No entanto eu não conseguia mais me prender na árvore. Ao perceber que ia cair marquei a árvore, dando um mortal para trás onde me dirigi diretamente até o chão caindo em pé sobre o gramado. Olhei na direção da árvore vendo a altura que alcancei, sentindo-me um pouco orgulhoso do meu avanço. No entanto, ainda não estava como eu gostaria que estivesse e isso me fez tentar mais uma vez.

Bebi um pouco de água, e respirei bem fundo logo depois para tomar folego antes de tentar mais uma vez. Assim que me hidratei voltei a me posicionar de frente para a árvore. Fechava os olhos enquanto isso caindo em meu abismo interior aonde minha alma, minha mente e meu corpo se encontravam criando uma conexão entre os três. Minha respiração regular relaxava meus musculos, minha mente esvaziava até virar um branco completo, e assim minha concentração extrema me deu a liberdade de sentir o fluxo continuo e seredo de chakra que percorria dentro de mim. Impulsionei-me contra o solo mais uma vez saltando diretamente contra seu tronco dando inicio a uma correria até o topo o qual era meu objetivo principal. Subia e subia cada vez mais, com muita vontade de chegar até o topo. Levei mais ou menos alguns segundos para passar a marca feita anteriormente pela minha kunai, até então só fazia subir olhando para o topo da árvore. Chegava a uma altura de quatro metros de altura, quase em seu topo, mas minhas pernas já estavam fraquejando naquele momento. Percebi alí que poderia cair a qualquer momento. Mas não parei. Respirei fundo e segui rumo ao meu objetivo sem me preocupar se ia cair ou não. Só o que passava em minhamente er a vontade de chegar ao topo. Pois bem eu estava conseguindo, mesmo com o tremor tomando todo o meu corpo e a exaustão consumindo. Minha força de vontade estava sendo maior do que tudo nesse momento. A pesar de tudo acabei conseguindo chegar ao topo, mas não me mantive por muito tempo e caí. Lógico que não morreria, talvez me machucaria. Usei minhas ultimas forças para cair de pé. Sentia-me orgulhoso, e altamente cansado.

Sentei-me após terminar aquele treinamento me sentindo cansado o suficiente para continua-lo. Tive que deitar um pouco para descansar e acabei apagando ali mesmo, sem mais nem menos. O tempo se passou, e acordei após três horas sentindo-me mais disposto. Levantei-me do chão limpando minha roupa suja com poeira. Após isso segui até o gramado de casa começando a liberar chakra doton por toda a extensão do meu corpo. Senti-me conectado a ele após o contato entre ele e o meu chakra. Fui respirando aos poucos, sentindo o controle sobre a terra. Tal respiração me ajudou, de forma a me manter concentrado. De certa forma a terra já fazia parte de mim. Dessa forma criei uma pequena esfera de terra compactada, forte o suficiente ara quebrar ossos. Ao longo do tempo fui criando outras mais, dando mais resistencia, controlando-as mais facilmente e atirando em uma árvore para treinar minha mira. No final de tudo pude então sair para uma missão.

HP: 200/200
CH: 400/400-75=325
ST: 200/200

Jutsu Aprendido:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Lautsavatar
Exibir perfil



Alcunha Garoto Demônio
Maior Atividade Maior Contribuição
Mestre do Genjutsu Mestre do Ninjutsu Mestre do Fūinjutsu Konoha | Chūnin
Mensagens : 4570
Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 15
Localização : Por ai *--*

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
345/1300  (345/1300)
Reputação Reputação: 13- Neutro
MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   13/11/2016, 15:55


Treinamento Aprovado

+25 de Exp (125 > 150);
+2 Pontos em Controle de Chakra;
[+] Jutsu Aprendido
Código:
[font=Verdana][color=black][b]Boruasu[/b]
(Esferas de Terra)
[b]Selos[/b]: N/A
[color=#009900][b]Rank[/b]: C[/color]
[b]Classe[/b]: Ninjutsu
[b]Descrição[/b]: Libero meu chakra por todo o corpo conectando-me ao solo sob meus pés. Dessa forma ganho o controle sobre o mesmo. Cinco esferas de terra erguem do chão começando a circundar o meu corpo continuamente. O tamanho delas pode variar, tendo a forma de uma bola de golfe até uma de tenis. De acordo com a minha vontade elas podem sofrer uma leve mutação, ficando ponteagudas o que aumenta sua letalidade.
[b]Notas[/b]: Tamanho minimo: 5 centimetros de diametro; Tamanho maximo: 10 centimetros de diametro.
[b]Notas2[/b]: Tem alcance de até 20 metros de distancia.
[b]Notas3[/b]: Alcança a velocidade de 25 m/s[/color]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   13/11/2016, 22:42

Prolonguei meu dia seguindo para meu trabalho.

HP: 200/200
CH: 400/400-75=325
ST: 200/200

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   17/11/2016, 15:01

Treinamento 2x Controle de Chakra

Após a minha chegada precisei dormir para descansar. O tempo foi passando, até que o dia seguinte viesse. Acordava pela manhã com uma luz aquecendo meu rosto já bem cedo sentindo-me meio sonolento. Tentava abrir meus olhos com dificuldade, a luz também atrapalhando me fazendo colocar a mão na frente do rosto. Logo em seguida o dispertador tocou, e foi aí que dei um pulo da cama na mesma hora. Fiz tudo o que tinha que fazer dentro de casa e saí assim que terminei. Fui direto pro quintal, sempre com aquele sorriso largo em meu rosto que impedia as pessoas de enxergar meus olhos.

O dia estava lindo. O sol nascendo atrás de uma montanha, a ventania suave que refrescava o local e o cantar dos passaros que acalmava minha alma. Chegava perto de uma enorme árvore que havia atrás da minha casa, onde me sentava as vezes para me concentrar. Como em todos os outros dias a usaria em meu treinamento. Hoje treinaria novamente minha habilidade de controlar meu próprio chakra utilizando o mesmo metodo usado na academia. Subir nas árvores com os pés.

Pegava minha kunai de dentro da pochete enquanto me lembrava do quanto eu fui ruim na academia e o quanto melhorei após meus diversos treinamentos de manipulação de chakra. Posicionava-me de frente para a árvore observando bem sua altura. Chegava a mais ou menos uns cinco metros, o bastante para mim. Fechava meus olhos enquanto diminuia a frequencia respiratória e limpava a kinha mente de qualquer tipo de pensamentos até aquele momento, a deixando totalmente em branco. Feito aquilo pude sentir meu fluxo de chakra percorrendo meu corpo na maior tranquilidade. Com isso, em meio a alta concentração, comecei a leva-lo até as plantas dos pés onde o canalizei até então. Com tudo certo, impulsionei-me contra o solo sendo empurrado até o tronco onde pus meus pés rapidamente dando inicio a subida. Corria na direção do topo para chegar lá o mais rápido possivel. Subia e subia sentindo o tronco abaixo dos meus pés vibrando a cada toque dado pelas minhas solas. Percebi que aquilo não era bom, e que se eu continuasse provavelmente seria jogado contra o chão assim como acontecia sempre na academia. Isso me fez reduzir o ritimo e diminuir a quantidade de chakra usado nos pés enquanto subia. Senti logo a diferença quando a vibração que estava acontecendo antes no tronco parou. Foi ai que continuei subindo cada vez mais. Chegava a uma altura de mais ou menos três metros de altura em pouquissimo tempo. No entanto eu não conseguia mais me prender na árvore. Ao perceber que ia cair marquei a árvore, dando um mortal para trás onde me dirigi diretamente até o chão caindo em pé sobre o gramado. Olhei na direção da árvore vendo a altura que alcancei, sentindo-me um pouco orgulhoso do meu avanço. No entanto, ainda não estava como eu gostaria que estivesse e isso me fez tentar mais uma vez.

Bebi um pouco de água, e respirei bem fundo logo depois para tomar folego antes de tentar mais uma vez. Assim que me hidratei voltei a me posicionar de frente para a árvore. Fechava os olhos enquanto isso caindo em meu abismo interior aonde minha alma, minha mente e meu corpo se encontravam criando uma conexão entre os três. Minha respiração regular relaxava meus musculos, minha mente esvaziava até virar um branco completo, e assim minha concentração extrema me deu a liberdade de sentir o fluxo continuo e seredo de chakra que percorria dentro de mim. Impulsionei-me contra o solo mais uma vez saltando diretamente contra seu tronco dando inicio a uma correria até o topo o qual era meu objetivo principal. Subia e subia cada vez mais, com muita vontade de chegar até o topo. Levei mais ou menos alguns segundos para passar a marca feita anteriormente pela minha kunai, até então só fazia subir olhando para o topo da árvore. Chegava a uma altura de quatro metros de altura, quase em seu topo, mas minhas pernas já estavam fraquejando naquele momento. Percebi alí que poderia cair a qualquer momento. Mas não parei. Respirei fundo e segui rumo ao meu objetivo sem me preocupar se ia cair ou não. Só o que passava em minhamente er a vontade de chegar ao topo. Pois bem eu estava conseguindo, mesmo com o tremor tomando todo o meu corpo e a exaustão consumindo. Minha força de vontade estava sendo maior do que tudo nesse momento. A pesar de tudo acabei conseguindo chegar ao topo, mas não me mantive por muito tempo e caí. Lógico que não morreria, talvez me machucaria. Usei minhas ultimas forças para cair de pé. Sentia-me orgulhoso, e altamente cansado. Voltei para dentro então para descansar.

HP: 200/200
CH: 600/570
ST: 200/200


Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   17/11/2016, 16:34

Aprovado

+ 2 Controle de Chakra
+ 25 exp
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   17/11/2016, 21:14

Acordava após horas sonhando com meu futuro onde ser o mais forte seria tudo. Tive que sair bem rápido já que não queria perder mais tempo.

HP: 200/200
CH: 600/600
ST: 200/200


Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   19/11/2016, 13:21

Treinamento 2x Controle de Chakra


Acordava pela manhã com uma luz aquecendo meu rosto já bem cedo sentindo-me meio sonolento. Tentava abrir meus olhos com dificuldade, a luz também atrapalhando me fazendo colocar a mão na frente do rosto. Logo em seguida o dispertador tocou, e foi aí que dei um pulo da cama na mesma hora. Fiz tudo o que tinha que fazer dentro de casa e saí assim que terminei. Fui direto pro quintal, sempre com aquele sorriso largo em meu rosto que impedia as pessoas de enxergar meus olhos.

O dia estava lindo. O sol nascendo atrás de uma montanha, a ventania suave que refrescava o local e o cantar dos passaros que acalmava minha alma. Chegava perto de uma enorme árvore que havia atrás da minha casa, onde me sentava as vezes para me concentrar. Como em todos os outros dias a usaria em meu treinamento. Hoje treinaria novamente minha habilidade de controlar meu próprio chakra utilizando o mesmo metodo usado na academia. Subir nas árvores com os pés.

Pegava minha kunai de dentro da pochete enquanto me lembrava do quanto eu fui ruim na academia e o quanto melhorei após meus diversos treinamentos de manipulação de chakra. Posicionava-me de frente para a árvore observando bem sua altura. Chegava a mais ou menos uns cinco metros, o bastante para mim. Fechava meus olhos enquanto diminuia a frequencia respiratória e limpava a kinha mente de qualquer tipo de pensamentos até aquele momento, a deixando totalmente em branco. Feito aquilo pude sentir meu fluxo de chakra percorrendo meu corpo na maior tranquilidade. Com isso, em meio a alta concentração, comecei a leva-lo até as plantas dos pés onde o canalizei até então. Com tudo certo, impulsionei-me contra o solo sendo empurrado até o tronco onde pus meus pés rapidamente dando inicio a subida. Corria na direção do topo para chegar lá o mais rápido possivel. Subia e subia sentindo o tronco abaixo dos meus pés vibrando a cada toque dado pelas minhas solas. Percebi que aquilo não era bom, e que se eu continuasse provavelmente seria jogado contra o chão assim como acontecia sempre na academia. Isso me fez reduzir o ritimo e diminuir a quantidade de chakra usado nos pés enquanto subia. Senti logo a diferença quando a vibração que estava acontecendo antes no tronco parou. Foi ai que continuei subindo cada vez mais. Chegava a uma altura de mais ou menos três metros de altura em pouquissimo tempo. No entanto eu não conseguia mais me prender na árvore. Ao perceber que ia cair marquei a árvore, dando um mortal para trás onde me dirigi diretamente até o chão caindo em pé sobre o gramado. Olhei na direção da árvore vendo a altura que alcancei, sentindo-me um pouco orgulhoso do meu avanço. No entanto, ainda não estava como eu gostaria que estivesse e isso me fez tentar mais uma vez.

Bebi um pouco de água, e respirei bem fundo logo depois para tomar folego antes de tentar mais uma vez. Assim que me hidratei voltei a me posicionar de frente para a árvore. Fechava os olhos enquanto isso caindo em meu abismo interior aonde minha alma, minha mente e meu corpo se encontravam criando uma conexão entre os três. Minha respiração regular relaxava meus musculos, minha mente esvaziava até virar um branco completo, e assim minha concentração extrema me deu a liberdade de sentir o fluxo continuo e seredo de chakra que percorria dentro de mim. Impulsionei-me contra o solo mais uma vez saltando diretamente contra seu tronco dando inicio a uma correria até o topo o qual era meu objetivo principal. Subia e subia cada vez mais, com muita vontade de chegar até o topo. Levei mais ou menos alguns segundos para passar a marca feita anteriormente pela minha kunai, até então só fazia subir olhando para o topo da árvore. Chegava a uma altura de quatro metros de altura, quase em seu topo, mas minhas pernas já estavam fraquejando naquele momento. Percebi alí que poderia cair a qualquer momento. Mas não parei. Respirei fundo e segui rumo ao meu objetivo sem me preocupar se ia cair ou não. Só o que passava em minhamente er a vontade de chegar ao topo. Pois bem eu estava conseguindo, mesmo com o tremor tomando todo o meu corpo e a exaustão consumindo. Minha força de vontade estava sendo maior do que tudo nesse momento. A pesar de tudo acabei conseguindo chegar ao topo, mas não me mantive por muito tempo e caí. Lógico que não morreria, talvez me machucaria. Usei minhas ultimas forças para cair de pé. Sentia-me orgulhoso, e altamente cansado.

HP: 200/200
CH: 600/600
ST: 200/200


Voltar ao Topo Ir em baixo
Lautsavatar
Exibir perfil



Alcunha Garoto Demônio
Maior Atividade Maior Contribuição
Mestre do Genjutsu Mestre do Ninjutsu Mestre do Fūinjutsu Konoha | Chūnin
Mensagens : 4570
Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 15
Localização : Por ai *--*

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
345/1300  (345/1300)
Reputação Reputação: 13- Neutro
MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   19/11/2016, 18:12


Treinamento Aprovado

+25 de Exp (100 > 125);
+2 Pontos em Controle de Chakra.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   19/11/2016, 18:32

Acordava após horas sonhando com meu futuro onde ser o mais forte seria tudo. Tive que sair bem rápido já que não queria perder mais tempo.

HP: 200/200
CH: 600/600
ST: 200/200


Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   23/11/2016, 15:12

Dirigia-me até a parte de trás da minha casa aonde daria inicio ao meu treinamento.

HP: 200/200
CH: 600/600
ST: 200/200


Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   23/11/2016, 15:38

Treinamento de Jutsu + 2× Constituição Mental


Iniciava mais um dia e lá estava ele, sobre a tora de madeira que mantinha seu telhado suspenso. Estava de pé sobre ele, se equilibrando enquanto mantinha seus olhos fechados. Encontrava-se aparentemente concentrado, focando em seu equilibrio para não despencar daquela altura de mais de dois metros de altura. Chegou a cambalear de um lado para o outro. A ventania não o ajudava, mas não chegou a cair embora tivesse meio sem equilibrio. Levou poucos segundos até voltar a se equilibrar sobre a madeira. Sua respiração era serena, seu corpo estava bastante relaxado, visivelmente podia-se se ver a grande concentração que se forçava a ter. Mais uma vez o vento começou a lhe empurrar, mas dessa vez um pouco mais forte. Em seu estado de total concentração sentiu seu corpo envergar cada vez mais para o lado enquanto suas mãos balançavam em pleno ar como se estivessem procurando um apoio. Era bem isso o que tentava fazer. Por questão de centimetros quase foi ao chão, mas aquela ventania também não o derrubou. Conseguiu se estabelizar novamente. Se ajeitou um pouco mais, colocou seu pé direito a frente do esquerdo ao mesmo tempo em que manteve seus braços abertos para distribuir o peso igualmente para ambos os lados. Dessa forma ele se manteria equilibrado. Respirava mais e mais, mantendo sua respiração sempre vagarosa. Isso o levou a calmaria, seu fluxo cardiaco estava bastante relaxado e não interferia de maneira negativa em seu treinamento.

Uma hora se passou e até aquele momento tudo estava indo como ele queria. Estava bastante concentrado, se equilibrando enquanto sentia o frescor do vento bater em seu rosto. Só não contava com uma forte ventania repentina que o pegou desprevenido. Tentou se manter equilibrado, mas sua tentativa foi falha. O vento soprou um pouco mais forte daquela vez. Se debateu no ar tentando se manter em cima da madeira até cair de vez no chão. Não chegou a se machucar, somente caiu de pé no gramado. Ele não se irritou, até porque já havia considerado esse acontecimento. Apenas soltou de leve um suspiro antes de saltar para cima da madeira mais uma vez. Lógico que esperou a ventania diminuir, não tinha condições de ficar ali em cima com a força da pressão do vento contra ele. Agora sim, pode se posicionar e se equilibrar mais uma vez. Ficou sobre a tora de madeira da mesma forma que estava antes de cair. Pé esquerdo atrás do direito, braços abertos na mesma altura e olhos fechados sentindo seu corpo por inteiro. Claro que não era somente o seu corpo que estava sentindo, mas também o toque do vento fresco em seu rosto. Sua frequencia cardiaca permanecia baixa, seus musculos bem relaxados, sua respiração suave focando-se em apenas se manter equilibrado. A cada minuto que passava se sentia mais confiante. O vento até então permanecia calmo, por isso resolveu se equilibrar em um unico pé. Começou a tirar seu pé direito de cima da madeira o deixando suspenso no ar. Logo estigou sua perna para o lado abaixando seu braço e deixando apenas o oposto ainda esticado. Naquela brincadeira acabou cambaleando, chegando a quase cair, mas conseguiu se estabelecer. Sua concentração o estava ajudando bastante. Ficou daquela forma durante uns trinta minutos até ser jogado ao chão por uma ventania novamente. Não se machucou ao cair, pois caiu de pé sobre o gramado esverdeado. Resolveu naquele momento deitar um pouco para esperar a ventania passar.

Sentado em meio aquela ventania percebeu que podia fazer algo novo, como manipula-la a sua vontade. Mas o que fazer? O que seria util em uma batalha? Pensou. Alguns minutos se passaram até uma ideia lhe passar pela cabeça. Criar um tipo de campo de vacuo, isso sim seria muito bom. Dessa forma o jovem começou a manipular parte do vento que soprava a sua volta. Durante os primeiros minutos daquele treinamento o garoto percebeu que não seria algo simples de se fazer. Ficou horas a fio até conseguir manipular o ar, somente, mas não era isso o que queria. Olhando para frente sua mão extendeu-se diante de seu corpo de forma a reunir uma certa quantidade de vento. Fazendo isso um campo de vento se formou. Sua manipulação estava melhorando cada vez mais, a medida que o tempo passava. De certa forma o campo a sua frente permaneceu mas o ar em seu interior não. Aquilo sim seria util. Seu desgaste foi grande o bastante para lhe fazer desmaiar.

Jutsu Treinado:
 

HP: 200/200
CH: 600/600-100=500
ST: 200/200


Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   23/11/2016, 16:29

Aprovado

+ 25 exp;
+ 2 Constituição Mental;
Jutsu Aprendido;
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   24/11/2016, 11:20

Acordei e tomei o café rapidamente. Em seguida me retirei seguindo diretamente até a secretaria de missões.

HP: 200/200
CH: 1000/1000
ST: 200/200


Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   3/12/2016, 12:07

Levei apenas alguns segundos para viajar do monumento até minha casa. Logo chegara em passos lentos. Direcionei-me direto para a piscina, aonde faria um novo treinamento.

HP: 200/200
CH: 1000/850
ST: 200/200

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   3/12/2016, 12:38

Treinamento de 2x Velocidade

O vento forte não parava de soprar e por isso resolveu se jogar diretamente na piscina para iniciar seu treinamento de velocidade. A água da piscina ajudaria bastante devido a força oposta mantida no corpo da pessoa que estivesse correndo em seu interior. Ele então se colocou na ponta da piscina e respirou profundamente antes de iniciar. Pronto, começou a correr no interior da piscina com vontade. Sentiu a dificuldade de se movimentar em seu interior, pois a água o impediu de prosseguir com facilidade, e por isso demorava a andar. A pressão intensa o empurrava mais e mais para trás a medida que corria. Levou cerca de um minuto até chegar ao meio da piscina, mesmo forçando-se ao máximo. Cada vez mais ele corria a medida que o tempo passava, mas parecia que ele não estava saindo do lugar de nenhuma forma. Mais dois minutos e ele finalmente havia chegado na outra ponta da piscina. Assim que o fez se virou na direção da outra ponta e começou a correr novamente. Lá foi ele correndo e correndo, sentindo a pressão da água o empurrando para o lado oposto da sua tragetória. Lógico que suas pernas sentiam o esforço, mesmo apesar de ser menos do que se fosse fora da piscina. Prosseguiu em seu esforço sem parar em momento algum, sentindo-se meio desgastado por não estar acostumado com tal esforço. Como estava um pouco fora de forma acabou diminuindo seu ritmo um pouco mais, demorando agora mais de um minuto para chegar apenas até a metade da piscina. Mais e mais ele correu, mais e mais ele se esforçou e a cerca de dois minutos e meio ele chegou ao outro lado da piscina sentindo suas pernas um pouco tremulas. -Um, dois, três, quatro, ... Ele contava a medida que ia correndo de um lado ao outro. -Cinco, seis, sete, oito, nove, dez... Continuou a contar após se virar para começar a correr novamente, mas agora para a outra direção. A pressão era ainda mais forte naquele momento, não porque ela estava mais forte, mas sim porque suas pernas estavam mais cansadas. Não só isso, suas pernas estavam mais pesadas do que o de costume devido a quantidade de água sugada por elas. Ele saiu de dentro da piscina sentindo o pesar de suas pernas a cada passada que dava. Ficou de pé perto da escadaria e começou a correr ao redor da piscina. -Um, dois, três, quatro, cinco, ... Levou uns três minutos até dar uma volta inteira naquela piscina enquanto contava em voz alta. Se sentiu sem energia para continuar a correr, por isso se sentou um pouco para descansar enquanto a água retida em suas pernas saiam da mesma. A névoa tomava um pouco mais o local, ainda mais agora após ter se passado uma hora sentado. Levantou-se da beira da piscina e voltou a correr sentindo suas pernas mais leves do que antes. Começou a correr ao redor da piscina, sentindo mais facilidade em se mover. -Um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, ... A cada número que contava dava uma passada mais, correndo mais e mais sem parar para nada. Ele logo voltou para dentro da piscina e começou a correr mais dentro dela. Agora que estava com as pernas sem água seria mais fácil de correr em seu interior. -Onze, dose, trese, quatorze, quinze, ... E por aí foi. Levou cerca de quarenta segundos até chegar na metade da piscina, e mais outros até chegar ao outro lado. Assim que chegou se virou começando a correr mais uma vez. A pressão estava o impedindo de correr, mas nem por isso ele parava, apenas continuou em sua correria até alcançar sua outra ponta. Mais uma hora se passou, e assim veio o cansaço. Devido a isso deitou-se no gramado para descansar.

Horas se passaram e enfim estava melhor. Descansado o suficiente para voltar a treinar me levantei. De inicio começou a respirar fundo, começando a se concentrar. Dado o inicio do treino da técnica estava plenamente concentrado, o fluxo do chakra se mantinha regulado e fluindo constantemente enquanto sua natureza transmutava, se tornando vento. O jovem estava sentindo o vento ao seu redor como se o mesmo estivesse conectado a ele. Logo iniciou sua manipulação. Durou cerca de horas, até algum resultado começar a aparecer. Seu corpo começou a flutuar devido o impulso dado pelo vento contra o chão. Desse modo o garoto começou a flutuar de um lado para o outro durante um longo tempo, quando pode perceber que também voava. Durante algumas horas se manteve ajustando os erros até enfim para para descansar.

HP: 200/200
CH: 1000/850-40=810
ST: 200/200

Jutsu Treinado:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hatori Ayakoavatar
Exibir perfil



Pacificador de Chatbox Kiri | Genin
Mensagens : 756
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 20
Localização : Jacareí - SP

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
155/250  (155/250)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   3/12/2016, 15:50

Aprovado

+ 25 Exp.
+ 2 Velocidade.
+ Jutsu Aprendido.

Código:
Būsuto Bōfū
(Impulso do Vendaval)
Selos: N/A
Rank: A
Classe: Ninjutsu
Descrição: A partir da sua manipulação do vento, Lenor é capaz de flutuar sendo impulsionado pelo mesmo, ao ponto de deslizar pelo chão como se o mesmo não existisse. Desde já o jovem pode também voar aumentando a intensivada do fluxo de vento que o impulsiona. Tal técnica aumenta a velocidade de movimentação do garoto, dando a ele um acréssimo de 20 m/s. Devido a manipulação do ar a sua volta, Lenor anula a força oposta do ar que é posta sobre seu corpo enquanto se movimenta.
Notas: Custo para seu uso se assemelha ao custo de jutsus continuos, por ser uma técnica simplesmente suporte.



A arte está, na beleza de imaginar, o imaginável.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   3/12/2016, 18:58

Acordei e tomei o café rapidamente. Em seguida me retirei seguindo diretamente até a secretaria de missões.

HP: 200/200
CH: 1000/1000
ST: 200/200


Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   9/12/2016, 02:01

Minha casa estava arrumada como sempre, não havia o que fazer nela. Tinha o tempo livre, usaria ele de uma boa maneira dormindo. Cai sobre o sofá e alí mesmo dormi.


HP: 200/200
CH: 1000/830
ST: 200/200

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   9/12/2016, 22:44

Era manhã, cerca de umas seis horas pelo menos. Eu já estava acordado, havia dormido bem o bastante no sofá ao ponto de conseguir acordar pela manhã. Tinha tomado meu café da manhã, tomado um bom banho para sair e resolver algumas coisas. Antes e mais nada tive que pegar meus equipamentos ninja, para que somente assim saisse.


HP: 200/200
CH: 1000/1000
ST: 200/200

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   11/12/2016, 22:09

Treinamento de 2x Constituição Mental

Acabei mudando de ideia e fiquei em casa um pouco mais, para treinar. Foi na piscina, em sua beira que iniciei meu treinamento. O frio era muito, meu corpo estava tremendo devido a ele. Mas dessa forma eu comecei a respirar tranquilamente para me acalmar, o que não estava sendo nada fácil. Perdido em meio a escuridão interna comecei a dispensar os vários pensamentos que passavam em minha mente involuntariamente. Em meio ao branco do vazio que ficou minha mente comecei a criar um tipo de mundo paralelo ao que me encontrava. Esse tipo de exercicio era usado na maioria das vezes na desassociação do que era real do que era falso. Era uma técnica usada mais por pessoas da inteligencia shinobi ao serem pegos. Na hora da tortura eles iam para o mundo falso de modo a não sentir as dores da tortura no momento. Claro que havia um longo caminho para chegar a esse ponto.

Fui pensando em lugar cheio de grama, árvores mais ao longe, um lindo sol a brilhar no céu desprovido de nuvens. Pouco a pouco esse local foi se formando em minha mente, com a maior realidade possível. Enquanto fazia esse pequeno exercício percebi que o frio sentido por mim havia reduzido um pouco, mas não o bastante. Fui me acalmando cada vez mais ao diminuir minha frequencia respiratória, junto a isso veio a adaptação parcial do meu corpo ao tempo frio. Não queria dizer que não estava sentindo mais frio, eu ainda estava mesmo que pouco. Estar em um mundo ilusório criado em minha própria mente também me ajudava. Minha respiração se manteve em um ritmo lento durante todo o momento, minha concentração estava no apce e assim me mantive durante uma hora e meia.

O tempo se passou, o frio já não era mais problema. Eu não o sentia mais. Estava totalmente concentrado, manipulando o chakra até ele se acalmar assim como o resto do corpo. Meus músculos já não tremiam mais, estavam totalmente relaxados em meio a friagem que não sentia mais. Havia aprendido naquele momento como me desassociar da realidade para não sofrer com os ocorridos do passado, presente e nem os que viriam ocorrer no futuro.

Ainda me mantive ali sentado, com os olhos fechados me lembrando do treinamento feito com Takumi. Minha manipulação de chakra ainda não era a das melhores foi o que ele disse, mas eu estava caminhando aos poucos rumo ao melhoramento. Pensei então nas rochas que tinha derrubado. Usaria aquele tipo de exercício naquele local ali mesmo. Não em pedras pois ali não tinha, mas na própria água da piscina. Um exercício de empurrar a água de um lado para o outro, porque não? Não me cansaria muito pois não necessitaria de tento esforço, já que a água é leve. Foi isso então o que fiz. Fechei meus olhos caindo na escuridão em meu interior começando a focalizar em um unico lugar, a água.

Deixei uma certa quantidade de chakra ser expelida do meu corpo do seu interior para o exterior ficando a pairar sobre a minha pele. Senti seu toque, meus pelos começaram a se levantar sendo influenciados por ele. Sentia total controle o que me levou a lança-lo até a água. Pude senti-la interagindo com ele, e assim comecei a movimenta-la aos poucos. Por se tratar de uma quantidade pequena não houve uma movimentação consideravel, mas ainda sim visivel. Mas aos poucos, totalmente concentrado, fui acrescentando mais e mais chakra. Por cerca de quase uma hora eu fiquei ali fazendo aquilo, sentindo a movimentação da água aumentar cada vez mais indo de um lado para o outro. Realmente eu conseguia move-la sem nenhuma preocupação. Fiquei durante horas executando o mesmo exercício até me sentir cansado. No entanto havia algo que eu gostaria bastante de testar antes de descansar. Um estilo de luta próprio, que ninguém jamais havia visto até então. A manipulação do próprio som, gerado pela fricção entre o ar e o meu chakra constantemente movimentado. Horas se passavam, o som parecia exalar do meu corpo, mas era só imprensão. Cada vez mais ficava mais alto e até mesmo chegava a empurrar algumas folhas que estavam no chão a minha volta. O cansaço era trmendo, mas ainda sim consegui me manter por mais algumas horas em meio aquele treinamento até que o jutsu fosse finalizado. Dormir foi muito facil após terminar aquele treinamento, mas não apaguei aonde eu queria verdadeiramente, dormi alí mesmo sobre o gramado.




HP: 200/200
CH: 1000/1000-100=900
ST: 200/200

Voltar ao Topo Ir em baixo
Fioraavatar
Exibir perfil



Mestre do Ninjutsu Nenhuma Hoshi | Genin
Mensagens : 953
Data de inscrição : 08/08/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
5/550  (5/550)
Reputação Reputação: +3 - Neutro
MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   11/12/2016, 22:36


Reprovado
Mandarei o motivo por MP
* Os outros treinos ficarão em Observação, como os anteriores e futuro.


Fiora
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   11/12/2016, 23:29

Treinamento de 2x Constituição Mental

Acabei mudando de ideia e fiquei em casa um pouco mais, para treinar.  O vento me soprava de cima do telhado de casa, mas sem conseguir me derrubar. Meu corpo ainda meio que cambaleou para um lado, para o outro, mas não despencou no chão. Isso porque o vento não estava tão forte naquela noite de luar, e meu equilibrio estava um pouco melhos, resultado de um treinamento que havia feito anteriormente, mas isso não significava que eu estava livre de quedas, arranhões ou feridas um pouco mais graves. Olhos fechados, respiração profunda, serena e continua, batimentos ritmados e fluxo de chakra calmo. Era esse o resultado de tantos e tantos treinos ao longo da minha pequena jornada. Alí me sentia conectado diretamente com a natureza, meditando sobre o telhado, de pé sobre uma pequena superficie que certamente me faria cair caso eu perdesse minha concentração ou se um vento um pouco mais forte do que insistia em me tocar aparecesse alí repentinamente.

Até o momento o som dos bixos noturnos me acompanhavam em meio ao treino, me fazendo sentir totalmente integrado a natureza. Aquilo sim podia ser chamado de meditação. Experimentar a conexão com a natureza enquanto buscava o superamento fisico e mental ao mesmo tempo. Porém aquela calmaria acabara sendo interrompida por um sopro mais um pouco mais forte e por minha falta de equilibrio e cordenação naquele momento, tanto que fui de encontro ao chão em questão de segundos. Minhas habilidades não me permitiram cair de mal jeito e me machucar, pelo contrario, caí de pé como na maioria das vezes. Se me senti irritado? Não. Estava me sentindo em paz, com aquela noite maravilhosa de luar enquanto o sereno me tocava.

Retomei minha posição, de fato aquela pequena superficie foi o lugar ideal para aquele treinamento escolhido por mim. Aquele vento se mantinha um pouco forte, logo me precisei me esforçar para me manter equilibrado. Meu corpo foi para um lado, para o outro, para frente e para trás, com as mãos e os braços esticados em busca de algo para me apoiar, mas sem sucesso. Eles foram uteis para me manter equilibrado, não me deixando cair, mas isso não queria dizer que conseguia me manter parado alí normalmente com todo aquele vento me empurrando de um lado para o outro. Sim, consegui me manter alí em cima mesmo com um pouco de dificuldade, mas isso não foi motivo o suficiente para me fazer parar, não durante aquela sensação indescritivel que estava sentindo naquele momento.

Sentia o frescor do vento em meu rosto, relaxando todo o meu corpo. Tudo aquilo fazia parte de uma ótima meditação ao meu ver. Nada melhor do que a natureza e tudo o que havia nela para trazer paz para minha alma. Eu estava precisando de certa maneira, tinha me lembrado de certos acontecimentos passados em meio ao treinamento com Takumi, que me fez perder o auto controle que tanto busquei. Mas alí, me equilibrando sobre aquele minimo espaço, tendo controle sobre minha mente e corpo, percebi que podia mudar esse fato. Que minha alma não chegou a ser corrompida pelo ódio e pela vingança contra aqueles que destruiram minha familia.

Foi sobre aquela supercie, enquanto ouvia o canto dos passaros, que surgiu uma ideia em minha mente. Criar um estilo de luta próprio, que ninguém jamais havia visto até então. A manipulação do próprio som, gerado pela fricção entre o ar e o meu chakra constantemente movimentado. Horas se passavam, o som parecia exalar do meu corpo, mas era só imprensão. Cada vez mais ficava mais alto e até mesmo chegava a empurrar algumas folhas que estavam no chão a minha volta. O cansaço era trmendo, mas ainda sim consegui me manter por mais algumas horas em meio aquele treinamento até que o jutsu fosse finalizado. Dormir foi muito facil após terminar aquele treinamento, mas não apaguei aonde eu queria verdadeiramente, dormi alí mesmo sobre o gramado.




HP: 200/200
CH: 1000/1000-100=900
ST: 200/200

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado
Exibir perfil



MensagemAssunto: Re: (Casa) Lenor   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
(Casa) Lenor
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Uma casa de doces?! (missão)
» [Game Of Thrones] Teste qual a sua casa.
» [Casa] Eight
» [Suna] Casa dos Griffin's
» Sistemâ de Compra de Casa

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Survival 4.0 :: País do Fogo :: Konohagakure no Sato :: Centro Residencial-
Ir para: