Naruto Survival 4.0



 
CalendárioInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
» Criações da Esgrimista
por Hatake Iori Hoje à(s) 15:05

» [Criações] Lauts 2.0
por Hatake Iori Hoje à(s) 15:04

» [Criações] Takeshi
por Hatake Iori Hoje à(s) 15:03

» Criações - Akame
por Hatake Iori Hoje à(s) 14:59

» [Criações] Takeda Yoshida
por Hatake Iori Hoje à(s) 14:58

» Criações de Henry & Clary;
por Hatake Iori Hoje à(s) 14:57

» Mansão Hyūga
por Netero Hyūga Hoje à(s) 14:53

» [Criações] Lanake
por Hatake Iori Hoje à(s) 14:50

» [Criações] Hyuga Richard
por Hatake Iori Hoje à(s) 14:44

Acesso Rápido
Quem está conectado
4 usuários online :: 3 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 1 Visitante :: 1 Motor de busca

Hatake Iori, Lauts, Mizon Massacre

O recorde de usuários online foi de 39 em 2/10/2016, 21:50
Calendário do RPG
Inverno

Estação: Inverno
Ano: X019
Procurados
Parceiros
http://pt-br.naruto.wikia.com/wiki/Wiki_Naruto
RPG - Hogwarts SchoolFórum grátisShinki RPGPokéMytushttp://www.heroisdoolimporpg.com/Pokémon Agenda RPGhttp://poke-mythical.forumeiros.com/http://narutorpgakatsuki.com.br/Shinobi Origens

Nosso Banner









Tópicos similares

Compartilhe | 
 

 Mansão Hyūga

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 11 ... 19  Seguinte
AutorMensagem
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5315
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Mansão Hyūga   2/10/2015, 10:52

Relembrando a primeira mensagem :




Mansão Hyūga

A Mansão Hyūga é uma estrutura extensa e retangular de Konohagakure, e, certamente a casa dos integrantes do Clã Hyūga. A residência é amplamente dividida em quartos, salas, cozinhas e zonas de treinamento, onde os membros do clã podem se dispor a treinar e testar suas habilidades com outros membros.

A disposição retangular de corredores ao longo do edifício, possibilita o acesso à todos estes lugares, além de contornar o pátio do ambiente, um lugar privativo para o clã e o único a não possuir um chão de madeira, como é comum em outras divisões da casa, listadas à seguir:

Genkan: O genkan é o local onde se descalçam os sapatos, como forma de evitar que as sujeiras da rua que vieram com a pessoa entrem dentro da casa. Ele é construído num nível inferior ao chão da residência, onde se podem deixar os calçados. Entrar de pés descalços no ambiente é uma forma respeitável de se apresentar, seja um Hyuuga ou não.

Cozinha: Se caracteriza como uma cozinha comum japonesa, dotada de algum balcão em suas laterais e uma Chabudai (mesa baixa sem cadeiras) no centro do cômodo. O chão é recoberto com tatâmi em tom amarelo, e as paredes levam característica de Fusumas, painéis deslizantes feitos de papel de arroz e madeira.

Quartos: Os quartos dos membros são todos iguais, preenchidos com uma cama simples, guarda roupa, balcão e cadeira para estudos. Cada Hyuuga possuí um quarto em sua identificação, não há mais distinção hierárquica entre as famílias, graças ao Hokage Naruto Uzumaki.

Dojo: Se caracteriza como um local extenso e isolado. Há poucos móveis no ambiente, dentre eles alguns bonecos de madeira para treino. Este salão é utilizado para inúmeros testes feitos pelo líder do clã.

Pátio: Se caracteriza como um zona ao ar livre no interior da construção retangular, tem uma árvore em uma de suas laterais que dá ao silencioso local o som de suas folhas balançando. É um espaço alternativo para treinos e testes do clã, além de servir como um ambiente de meditação.

Sala de Conferência do Clã: Se caracteriza como uma área extensa com vários assentos onde os membros são convocados a participar de determinados assuntos importantes do clã, foi utilizada ao ser feita a escolha do líder das linhas de frente do clã na Quarta Guerra Mundial Ninja.

Banheiros: Há quatro banheiros, um para cada lado da estrutura. Metade destes são reservados aos membros masculinos e a outra aos femininos. Eles são simples e portão características comuns como de qualquer outro banheiro de casa.[/quote]




Mestre de treinamento:
Citação :

Nome: Senhor Hô
Especialização: Jūken (Estilo de luta), Byakugan (Dōjutsu), Taijutsu (Jutsu);

Quartos

Hyuugas não precisam criar residências, basta postar aqui e escolher seu quarto.

Citação :
Disposição dos quartos
Quarto 1: Yui;
Quarto 2: --;
Quarto 3: --;
Quarto 4: --;
Quarto 5: -- ;
Quarto 6: -- ;
Quarto 7: Panzer;
Quarto 8: Netero Hyūga;
Quarto 9: -- ;
Quarto 10: Ah Gou;
Quarto 11: -- ;
Quarto 12: -- ;


Última edição por Survival em 17/3/2017, 15:00, editado 29 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com

AutorMensagem
Soraavatar
Exibir perfil



Mensagens : 199
Data de inscrição : 05/12/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   23/12/2015, 01:57

Treino de força e resistência e dominação de jutsu








Um belo dia nascia para todos os cidadãos de konoha, poucas nuvens e um vento um tanto quando gostoso era sentido, ótimas condições para um treinamento diferente. Sora tomaria seu café da manhã e após uma digestão calma e tranquila iria direto para o Dojo. Chegando por lá pegaria um dos pergaminhos que ali se encontrava e dava um lida rápida sobre o mesmo e logo tomava sua conclusão. Perfeito, era exatamente aquilo que eu estava precisando, um jutsu ofensivo e bastante versátil. Iria para uma área mais reservada ali do dojo e começaria a leitura cuidadosamente. Um breve tempo se passaria e logo pude capitar tudo que ali estava escrito.


A técnica que estava descrita ali é semelhante, na prática, com a Oito Trigramas Palmas Giratórias do Céu, mas tem um alvo específico, em vez de uma área geral. Aquilo era exatamente o que eu queria, um jutsu de alvo especifico, logo lia uma parte interessante do pergaminho. ´´Para realizá-lo, o usuário aponta precisamente para os pontos vitais do inimigo com o Byakugan e libera um impulso com a palma da mão em alta velocidade.

A "rajada de vácuo" compactado usando o Punho Gentil é formada para atacar os órgãos vitais do oponente de uma certa distância, lançando-os para longe com uma força tremenda antes mesmo de perceber que eles foram atingidos.´´ Entendo, Logo  fecharia os meus olhos e com uma leve concentração, as veias laterais dos meus olhos se dilatavam graças ao ativamente do meu byakugan. Começaria assim realizando movimentos do meu estilo de luta juuken fazendo uma espécie de ‘’dança’’ e logo começaria o processo de concentração.

Tentaria deixar minhas mão leves e dançantes de acordo com o meu fluxo de chakra, iria fazer a primeira tentativa da técnica. Fazendo um movimento em linha reta com a mão com o punho aberto liberando assim em alta velocidade um impulso de vácuo comprimido, a principio nada grande foi visto, apenas uma leve onda era solta pela minha tentativa, porém com isso dava para se ver que
Respirava fundo e tentaria mais uma vez agora com uma convicção que so tinha a melhorar, então começava a ‘’dança’’ e logo depois realizava novamente o movimento de disparar um golpe com a palma aberta em linha reta. Graças ao impulso liberado a rajada feita desta vez foi bastante forte comparada a primeira, porém, ainda não era aquilo que eu estava almejando queria algo maior.

Meu progresso na técnica já era bastante grande e ficar treinado ela no dojo seria perigoso, sendo visto isso iria para uma área de melhor prevenção de destruir algo. Chegando nesse local, me sentia mas livre para me ‘’soltar’’ nesse treinamento, começaria novamente a repetir os movimentos feitos e logo o domínio da técnica aparecia. Estampava um sorriso sobre meu rosto e partia agora para um treino focado em resistência e força.

Ali mesmo iria fazer meus treinamentos de resistência. Começaria realizando um treino especifico para a parte do joelho, iria flexionando o meu joelho esquerdo e botando o peso do corpo por cima enquanto deixava a outra perna estirada, Iria fazendo movimentos leves para pressionar o local que estava sendo trabalhado, fazia isso por cerca de dois minutos. Sem descanso algum, realizava o mesmo fundamento com a outra perna com a mesma intensidade que a primeira.

Agora iria realizar um treino mais concentrado nos músculos do braço e peito, ficaria de barriga ao chão flexionando os braços e realizando movimentos repetidos, começaria uma sequência de ‘’marinheiro’’, a dor era vista no meu rosto , aquilo era apenas um aquecimento mas o mesmo levaria tudo bem a sério. Nem teria motivo de pegar leve, ele queria resultados e fazer isso certamente não traria os esperados resultados, Descansaria por um curto período de tempo para amenizar um pouco as dores e logo tomava folego para uma próxima atividade.

Logo depois pegava uma espécie de corda que estaria pendurada ali perto, de pé, e com as pernas semiflexionadas e abertas na linha dos ombros, deixaria os braços estendidos ao lado do corpo, segurando cada extremidade da corda com uma das mãos. Posicionava a corda atrás dos pés e rotacionava para a frente, passando a corda por cima da cabeça, e saltando com os dois pés juntos quando ela tocava o chão. Ficava ali por um bom tempo ate ser visto a vasta quantidade de suor que escorria sobre meu corpo, estaria chegando na exaustão e teria que aproveitar todo o meu treino.

Realizaria agora uma espécie de treino de Step, pegaria um objeto semelhante para usar-me nesta atividade. Ficaria de pé atrás daquele objeto, pernas paralelas e braços estendidos ao longo do tronco. Flexionava uma das pernas e subia sobre o objeto, certificando-me de pisar no centro dele. Subia o outro pé e descia, apoiando uma perna de cada vez no chão. Voltava ao início e recomeçava com a outra perna. Isso pode parecer bobo, porém com um tempo iria aparecendo o efeito da atividade, as panturrilha juntamente com os outros diversos músculos da perna iriam sendo trabalhado ali.


Tomaria um pouco do tempo para descansar, ficar repetindo aquilo ali mil vezes sem descansar não iria levar a nada. Fazia polichinelos em velocidade mediana, e depois de algumas repetições aumentaria a velocidade assim exigindo mais do meu físico. Logo após isso daria um descanso de trinta segundos e voltaria para o aquecimento, dessa vez algo um pouco diferente, o aquecimento seria para o abdome, se deitaria e dobrando seus joelhos começaria uma sequência de repetições mais concentradas, depois de longas repetições era vista a cara de dor de sora, mas sem dor, sem resultados, e logo ele tentaria afastar tais pensamento de aumentar o tempo de descanso. O jovem ousaria mais e diminuiria cinco segundos do Seu tempo normal de descanso fazendo assim apenas vinte e cinco segundos.

Dessa vez iria pegar dois pesos improvisados que se encontravam próximos no local de treino, séria perfeito para meu treinamento focado na força. Ficaria de pé com as costas contra a parede, segurava aqueles pesos firme em uma posição de pegada fechada. Levantava eles até os ombros e logo em seguida os abaixava dando uma curta pausa, mantendo sempre minha postura ereta. Logo em seguida largava aqueles pesos e iria para uma sequencia de flexões para terminar meu treino.


Jutsu treinado:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizaki Inagashiavatar
Exibir perfil



Konoha | Genin
Mensagens : 558
Data de inscrição : 25/11/2015
Idade : 18
Localização : Konoha

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   23/12/2015, 02:16

Aprovado

Não deixou muito a desejar, más a separação de jutsu e treino comum foi um tanto estranha para mim. Más considerei que você treinou pressão sobre os músculos no treino do jutsu, de qualquer forma, é treino também. Suas descrições, pausas, exercícios e etc estão ótimos como de costume, considerando essa parte e contabilizando o treino como um todo acredito que esteja aprovado; Contudo, enquanto treina o jutsu, se preocupe com os músculos também, principalmente quando estiver treinando sub-status junto, é interessante de ler treinos a partir deste conceito. Sua evolução é notável, variando os exercícios, também deve pesquisar antes de faze-los aqui, merece seu credito por isso que é um tanto inovador.

Contudo, daqui pra frente, exija mais de seus treinos. Você já treinou bastante e com tais habilidades para narrar/treinar, é natural que nos avaliadores peçamos mais de você conforme você evolui no forum.

+1 Resistência
+1 Força
Jutsu aprendido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Soraavatar
Exibir perfil



Mensagens : 199
Data de inscrição : 05/12/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   2/1/2016, 22:02

Treino de controle de chakra e constituição mental


O dia estava belo e radiante, os ventos frescos e totalmente relaxante, clima perfeito para um bom dia de treino. Sora, pensava dessa forma, sem treino sem evolução e com certeza aquilo não seria de seu agrado. Iria até um local especifico da mansão hyuuga para realizar um treino dessa vez, raro do mesmo realizar, controle chakra e constituição mental. Chegaria sobre tal local e logo iria me alocando ao local, sentaria e botando o pé direito na coxa esquerda e o pé esquerdo na coxa direita, e assim dano início.


Começaria fazendo um selo de bode de forma a se concentrar e assim exalar seu chakra por todos os poros de seu corpo, coisa que o clã hyuuga tinha tremenda facilidade. Deixaria tal chakra fluir de forma a ser visto por todos em volta do meu corpo, iria mantendo aquela ‘’armadura’’ sobre mim por algo em volta de 2 minutos exigindo assim de meu controle a longo prazo, em seguida tentaria faze-lo em apenas um ponto do meu corpo, para ser mais exato sobre minhas mãos que estavam fazendo o selo, fazendo assim uma imensa ‘’bola’ sobre elas. Manter aquele formato arredondado era mais difícil do que se parecia, exigindo um esforço maior em tal treinamento. Aquilo estaria longe de ser ruim, estaria de certa forma conseguindo controla-lo com aptidão conforme iria tentando.

Desta vez tentaria variar um pouco, iria novamente exalando meu chakra de forma a criar uma ‘’armadura’’ Novamente. Agora seria um pouco diferente, tentaria dividir meu chakra no meio, deixando assim do meu ombro esquerdo pro lado com chakra, minha cabeça e tórax sem nada e da mesma forma que o outro ombro, deixaria o ombro direito pro lado com chakra. Fazendo assim uma falta de chakra no meio de tal ‘’armadura’’.

Dividir aquilo exigia muito, porém iria me dedicando ali, sabia que dar-me a dificuldade não iria me fazer forte, então manteria tal treino por algo em torno de 3 minutos. Depois de certo treino daria uma pausa para beber agua, sabia que aquele treino não era uma área que eu tinha certo domínio, então iria aos poucos aumentando a dificuldade de forma que meu corpo, chakra e resistência não fosse desgastada de forma desnecessária.  Agora iria começar o treino de constituição mental, após a leve pausa que havia dado para evitar o desgaste e assim me dedicar da mesma forma que o treino de chakra.

Começaria me assentando novamente e realizando o mesmo processo de pé direito na coxa esquerda e da mesma forma o pé esquerdo na coxa direita. Dessa vez faria um símbolo diferente, um símbolo que simbolizaria a paz interior, deste modo começaria imaginando uma tocha em uma espécie de sala escura, tal tocha simbolizaria o ódio e aquilo não poderia continuar assim, tentaria mudar aquele símbolo de tocha de modo a exigir da minha capacidade mental, teria que mudar a cor da mesma para uma cor branca e começaria me focando no sentimento de paz, assim tentando fazer engolir o sentimento de ódio e mudar a cor da tocha.


Controlar o sentimentos e trabalhar a mente era algo um pouco complicado admito, porém o controle emocional era algo fácil para o meu clã, então não teria muitas dificuldades. Meu sentimento teria quer ser puro o bastante para ter sucesso em tal atividade, tentaria e diversas formas e logo teria um devido progresso, a base da tocha começaria a mudar sua tonalidade ficando esta com uma cor de prata. A tocha iria aos pouco começando a ficar em tonalidade branca, na minha cabeça começava uma espécie de luta entre essas duas tonalidades, suor era visto escorrendo sobre minha testa e minha concentração era tremenda. Por fim, a tocha finalmente mudaria de cor e aquilo me deixava feliz e calmo de certa forma, ficaria contente em controlar meu sentimento de ódio que carregava ao peito em tal momento, e o controle mental... sim aquilo estava ótimo. Me Desfazia do local e iria tomar um banho para repor as energias e assim ir para uma próxima etapa no treinamento.

TREINO DE JUTSU


Voltava do banho após realizar tais atividades, aproveitaria o embalo do meu treinamento de controle de chakra e constituição mental para realizar um domínio de um jutsu que a um tempo me chamava atenção, Sim o oito trigramas e trinta e duas palmas. Iria até a área que disponibilizava os jutsus do meu clã e pegava o seu respectivo pergaminho, sentaria e começava uma leitura detalhada sobre a técnica.  Tal técnica é feita com o intuito de violar o fluxo de Chakra ao acertar uma meta de trinta e dois pontos de chakra do Sistema de circulação de chakra do seu inimigo. Isso elimina as chances do alvo em usar ou controlar seu Chakra em algum tempo e faz o inimigo ficar vulnerável e com muita falta de movimentação.

Sendo visto isso, começaria o treino de domínio. Faria a posição do estilo de luta do meu clã e começava a realizar os movimentos que eram descritos ali no pergaminho, era complicado acompanhar o ritmo que aumentava a cada golpe desferido, a velocidade da técnica era algo incrível, porém dominável. Iria realizando os movimento com cautela evitando me apressar e assim acabar com meu progresso, tentava de modo a concentrar o chakra sobre as pontas dos meus dedos algo bem fácil para quem dominou o estilo do punho gentil. Agora começaria a desferir a primeira ‘‘rajada’’ e iria aumentando a velocidade de acordo com os acerto no boneco, confesso que a velocidade requerida para tal jutsu era algo de assustar até a mim o utilizador, porém iria conseguindo com feição.

O problema real seria a ultima rajada, a sequência era tremenda de forma ao boneco rachar mesmo não realizando a técnica com total perfeição. Aquilo teria que mudar, focaria no meu treino de controle de chakra e de alguns momentos que vi membros utilizarem essa técnica e começava, dois, quantro, oito, dezesseis, trinta e duas. O boneco se destroçava, seus componentes pairavam sobre o arma e alguns rebatiam sobre meu corpo, por fim poderia dizer que dominei aquela técnica, porém deveria relaxar meus punho por um tempo já que a do era grande.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem
Soraavatar
Exibir perfil



Mensagens : 199
Data de inscrição : 05/12/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   3/1/2016, 23:56

Treino de controle de chakra e constituição mental



Mas um vez o gennin se encontrava sobre sua mansão hyuuga, estaria ali, estirado sobre sua cama criando coragem de levantar, pois bem, uma queda o fez despertar e mesmo que obrigatoriamente, sair da cama. Iria se dirigindo ao banheiro onde daria inicio ao seu banho, em seguida iria comer algo antes de partir para o dojo. Pois bem, mais um treino iria ser realizado por sora, se aproximando do meio do dojo, o mesmo se sentaria e começaria o seu treinamento.

Começaria fazendo o selo de bode ainda em pé para dar uma ’’aquecida’’ no seu chakra, fazendo assim ele fluir e se manifestar mesmo que pouco. Logo se sentaria enquanto matinha o selo, começando a concentrar ele ainda mas de forma a fluir para fora do seu corpo. Aquilo era algo simples para um hyuuga, saber expelir ou fluir seu chakra sobre os poros do corpo, Sora conseguiria fazer aquilo com êxito. Tentaria moldar o chakra em alguns pontos específicos, começando pela perna direita.

Iria concentrado o chakra apenas naquela região e logo iria formando uma grande ‘’armadura’’ sobre a mesma. Tentaria soltar aos poucos, aquilo de concentrar em pontos específicos era mais dureza do que se parecia, teria que me concentrar ainda mais na hora de liberar para outro local. Pois bem, lentamente iria liberando o chakra moldado na perna direita dessa vez para minhas mãos que estariam formando o selo, iria tentando formar uma grande bola de chakra sobre ela, algo que seria ainda mais complicado, juntar em uma área específica já era difícil, agora juntar e moldar... teria que me dedicar.

Começaria primeiramente no processo de juntar, em seguida tentaria liberar um pouco de cada vez o excesso e assim aos poucos tentando dar a sua forma. Iria aos poucos tendo um certo avanço no processo, nada tão grande assim, porém todo pequeno avanço é menos passos para a perfeição. Algumas gotas de suor caiam sobre o tatame e minha concentração era vista apenas de olho o meu rosto, um pouco de tempo se passava e logo eu conseguia moldar tamanha bola sobre meus punhos.

Tentaria agora forçar meu chakra a fazer uma grande bola sobre meu corpo, Aquilo parecia meio impossível sendo vista a dificuldade que eu tive ao realizar apenas nos meus punho, porém não deixaria o medo de errar falar mais alto. Tentaria exalar uma grande quantidade de chakra sobre os poros do meu corpo e em seguida realizar o mesmo processo de liberar o chakra em excesso, assim de modo a deixar a suficiente para fazer uma bola mais ’’perfeita’’, já que quanto maior a quantidade de chakra que eu iria moldar mais complicado seria. Iria lembrando dos passos da atividade anterior de moldar nos punhos e logo tentaria apenas expandir os métodos, gotas de suor iriam descendo cada vez mais rápido sobre o tatame o tamanho esforço que eu estava fazendo era gigantesco. Muito tempo iria se passando, até que as primeiras formas iriam aparecendo e aos poucos se estabilizando a ponto de chegar em uma perfeita forma esférica.

Desfazia aquilo tudo rapidamente, não conseguia manter aquilo por muito tempo, minha respiração se alterava e eu teria que me recompor. Tentaria iniciar um controle mental sobre mim de modo a amenizar tais sintomas pois treino de controle de chakra, começaria tentando esvaziar minha mente e tentar ignorar aquela inquietação toda. Em seguida, tentaria canalizar meu eu interior de acordo com as batidas do meu coração, que se encontrava agitado. Tentaria deixar ele calmo, meu eu interior teria que ser mais ’’forte’’, a ponto de sobressair sobre meu cansaço. Aos poucos eu ia obtendo aquela paz, aquela calmaria toda, já estava sendo capaz de deixar fugir um sorriso de lado meio torcido um pouco. Tentaria começar a iniciar um repouso, a ponto de dormir após meu treino de modo a esquecer tudo isso. Nada melhor que uma boa noite de sono.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem
Tatsuoavatar
Exibir perfil



Mensagens : 32
Data de inscrição : 14/02/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   15/2/2016, 17:28

Estava exausto depois daquele treino, já não treinava com essa intensidade fazia muito tempo, acho que acabei enferrujando com o passar do tempo. Agora estava indo rumo a minha nova casa, a mansão Hyuuga. Sempre achei estranho não morar lá, recentemente fui alocado e movido para a base de meu clã. Ainda não tinha dado as caras, então seria bom eu me apresentar.

Estava de frente com a construção, tomei coragem e bati na porta levemente. - Alguém em casa?- Perguntei, esperando alguma resposta do outro lado.

HP: 200/200
CH: 200/200
ST: 200/200
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem
Tatsuoavatar
Exibir perfil



Mensagens : 32
Data de inscrição : 14/02/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   15/2/2016, 20:16

A porta se abria e um homem era relavado a minha frente. Ele era bem velho, pelo menos era o que parecia. - Boa tarde. - Respondia prontamente ao senhor de idade avançada. Ele abria a porta por completo, parecia que ele sabia meu propósito ali, não achei estranho, até porque não era muito difícil dizer que eu era um Hyuuga apenas por minha aparência. Dava alguns passos a frente, descalçando as sandálias e deixando-as pelo solo notavelmente inferior ao da mansão.

Depois disso, entrava no local, novamente escutando as palavras que seriam dirigidas à mim. - Agradeço a hospitalidade, senhor... - Dizia de uma maneira que fizesse com que o sujeito percebesse que eu desconhecia seu nome. - Eu me chamo Tatsuo. - Falei logo em seguida. Depois das apresentações, seguia em direção ao primeiro quarto que avistava, sendo ele o de numeração 1. Era um quarto aconchegante, não tinha do que reclamar. Não fiquei enrolando muito, depois de conhecer meu novo lar, deitei sobre a cama, adormecendo depois daquele dia árduo.

HP: 200/200
CH: 200/200
ST: 200/200
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem
Tatsuoavatar
Exibir perfil



Mensagens : 32
Data de inscrição : 14/02/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   15/2/2016, 21:08

Depois de um breve cochilo, levantei da cama, erguendo os braços para cima e me espreguiçando. Iria em direção do Genkan, calçando os solados com minhas sandálias. Estava pronto para sair, abrindo a porta corrediça e fechando-a novamente depois de sair do local, indo em direção à acadêmia ninja de Konoha.

HP: 200/200
CH: 200/200
ST: 200/200
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kaeshiavatar
Exibir perfil



Mensagens : 3
Data de inscrição : 22/02/2016
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   22/2/2016, 17:23



FRASE_MÉDIA_OU_GRANDE_VEM_AQUI_LIMD
InHouse OH

Lá estava eu, bem diante dos portões da mansão Hyüga. Meus olhos calmos e serenos apenas observavam aquela bela paisagem, até o momento em que eu me decidia voltar a caminhar, retirando minhas sandálias e as carregando com a mão esquerda, indo em direção a qualquer pessoa que estivesse por ali, abordando-a de maneira gentil, requisitando um quarto, mas, caso não encontrasse ninguém no recinto, anunciaria a minha presença num tom consideravelmente alto, esperando que alguém pudesse me ouvir e então viesse até mim, parara que eu pudesse, enfim, requisitar um quarto.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tatsuoavatar
Exibir perfil



Mensagens : 32
Data de inscrição : 14/02/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   26/2/2016, 18:28

Caminhava calmamente, ainda que com certa pressa até a mansão Hyuuga. Estava animado e talvez ansioso pelo que estava por vir, e era por isso que eu queria treinar pelo menos um pouco antes de partir direto para a segunda etapa. Era óbvio que não seria fácil, e os desafios que eu teria de enfrentar seriam muitos.

Não perdi tempo, logo que cheguei, fui direto para o dojo. Tinha sido informado que era lá que guardavam os pergaminhos secretos de meu clã, seria muito favorável se eu fosse para a Quadragésima Quarta Zona de Batalha conhecendo pelo menos um dos muitos jutsus de minha linhagem. Por acaso, escolhi um pergaminho aleatório, abrindo-o e lendo seu conteúdo. Hakke Kushou era o nome da técnica, sua descrição despertou um grande interesse em mim, resolvendo treina-la. O dojo não era um local apropriado para treinar esse tipo de hijutsu, poderia acabar destruindo a construção ao fazer isso ali, portanto fui no pátio com a escritura em mãos para dar início.

Começaria por fazer um aquecimento, sempre fazia isso antes de treinar qualquer coisa que seja. Um bom alongamento das juntas e ligamentos evitaria lesões e rompimentos, por isso o fiz, esticando os braços e fazendo movimentos básicos relacionados a isso. Para aquecer os músculos, faria uma rápida sequência de polichinelos, aquilo bastaria para que eu começasse o verdadeiro treino.

Para fazer um efeito como aquele descrito, seria necessário muito controle e também um bocado de força, obviamente. Criar uma pressão dessas com chakra a ponto de criar uma onda de vácuo seria uma tarefa difícil de se cumprir, mas eu estava disposto a sacrificar a minha energia para aprender aquilo. Agora, seria um bom começo aquecer ainda mais o meu corpo, algo como uma corrida prolongada poderia ajudar e aquele espaço do pátio não era um mal lugar para fazer-lo. Debatendo os solados sobre o solo, daria então passos acelerados, mantendo uma média de 8 m/s entre eles enquanto corria envolta do espaço aberto que era proporcionado pela estrutura da construção daquela mansão. Ficaria correndo desse modo até cansar, não ao ponto de não aguentar mais ficar em pé, se fizesse isso não conseguiria dar continuidade para o aprendizado do jutsu. Passaram-se poucos minutos e as primeiras gotas de suor começariam a aparecer e escorrer por minha face, já tinha contabilizado quase 80 voltas pelo percurso. Não era algo muito difícil de se completar, até porque aquela zona que eu perfazia não era tão grande assim. Mais um tempo depois e apurei 193 voltas, era o que eu achava bom o bastante de se fazer para o propósito dado.

Agora era o momento em que eu deveria concentrar minha atenção para a verdadeira finalidade de tudo aquilo: aprender o jutsu do pergaminho. Após limpar os resquícios de suor de meu rosto, estava apto a principiar aquela arte dos oito trigramas. "Vamos lá." - Pensei, determinado a concluir o exercício. Partia de um movimento com meu braço direito, deixando o palmo aberto e paralelo as paredes, formando exatos 90 graus a partir do solo. Repetia no ar algumas vezes até me acostumar com o tal, não podia errar. Posteriormente, já estaria familiarizado com a dinâmica que deveria fazer, agora bastava por em prática o que teria lido. Precisaria forçar toda a musculatura do braço em que eu gostaria de efetuar o Hakke Kushou, utilizando de uma leve quantia de chakra junto com o estilo já conhecido por mim para forçar uma reação sobre a atmosfera forte o suficiente para criar uma rajada de vácuo que pudesse ser precisa para atingir os órgãos de meu alvo. Era claro que eu teria de apontar as minhas tentativas para o céu, caso o contrário poderia acabar danificando a sustentação da residência e isso acarretaria muitos problemas para mim, os quais eu não estaria disposto a assumir. Assim, focalizava meu corpo em direção vertical superior, preparado para realizar o que achava que teria aprendido em um instante. Imediatamente reproduzia o movimento agora familiar, concentrando uma pequena soma de chakra por meu palmo reto, o que chegaria o ambiente, criando uma onda de vácuo que se estendia na direção onde teria apontado, era algo impressionante. Se utilizasse isso em uma batalha, poderia ter bons resultados, além de ter a vantagem de ser um ataque à longa distância.

Resolvi tomar um descanso para repor minhas energias, só assim ficaria prontificado para fase seguinte. Me dirigi ao meu quarto assim que repus o pergaminho em seu devido lugar, debruçando sobre o colchão e adormecendo consequentemente.

Jutsu treinado:
 

Citação :
Treino de Força, Resistência e Jutsu

HP: 200/200
CH: 140/200
ST: 100/200
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem
Tatsuoavatar
Exibir perfil



Mensagens : 32
Data de inscrição : 14/02/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   26/2/2016, 20:37

Tirei apenas um cochilo, não tinha tempo para descansar, caso demorasse muito poderia até mesmo reprovado por ausência. Portanto, apressei-me, indo diretamente para o local que fora ordenado por Harumi.

HP: 200/200
CH: 140/200
ST: 100/400
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizoraavatar
Exibir perfil



Mensagens : 8
Data de inscrição : 09/03/2016
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   10/3/2016, 22:35

O Meu Primeiro Dia
[…] Estava muito nervosa em saber que veria alguém tanto quanto especial hoje. Alguem que a muitos anos eu não havia visto por um período de tempo que em seguida pensei que estaria morto por todo esse tempo, muitas perguntas estavam surgindo em minha mente enquanto caminho entre essa floresta escura tentando desviar o olhar nela enquanto ando olhando para o chão escutando apenas os meus passos curtos e leves sobre as partículas das britas fazendo contato com o meu chinelo de borracha. – Mas que silêncio, parece tudo normal por aqui. – Disse para mim mesma enquanto avistava a mansão logo a beira do fim da estrada de terra que sempre leva aos visitantes para a mansão Hyuuga.

Cansada demais para continuar, resolvi por aquele peso todo envolvente pelos meus ombros por de cima daquele gramado esverdeado da mansão hyuuga, onde retirei meu chinelo como forma de educação para não sujar o piso do eucalipto. Assim que aguardei em uma posição mais relaxente, resolvi aguardar a chegada do tal.

Estava cheiorsa e minha meia brilhava de tão branco que estava. Afinal, eu era sempre vista limpa e de boa aparência, assim como o meu cabelo sempre penteado para não sair de forma a aparÊncia que representa o meu clã Hyuuga. Mais tarde, senti dores nas pernas e resolvir depositar meus joelhos curvando sem mais delongas os meus joelhos para baixo por aquela madeira fresca que aparentemente haviam acabado de passar pano onde escutava sos sábias cantando por aquelas arvores aos arredores da mansão e permanecia toda sorridente sem mostrar uma certa ansiedade diânte do kimono que escondia minha pele esbranqueçidas aguardando a chegada do meu primo devido as informações dada da sua volta a mansão.


HP: 200/200 CH: 200/200 ST:200/200


## Hyuuga...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Izumoavatar
Exibir perfil



Mensagens : 123
Data de inscrição : 30/11/2015

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
80/150  (80/150)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   11/3/2016, 12:06



Reencontro

Caminhava tranquilamente pelo corredor principal da mansão depois de sair do quarto que tinha a enumeração 6, tinha acabado de acordar e por esse motivo não estava trajando o meu quimono. Sabia que aquilo não era desculpa, o senhor Hô não apreciava esse meu tipo de atitude, mas era daquela maneira que eu me sentia confortável para começar o meu treino rotineiro.

Descalço, apenas com os pés enfaixados e as calças, pisava sobre o solo de madeira até passar pela entrada. Meu semblante estava calmo, porém, entediado. Fazia tempo que não lutava com alguém que eu classificava como poderoso, o que só aumentava o meu tédio, no momento a única coisa que podia fazer era treinar todos os dias. Assim que passei pelo genkan, notei uma figura sentada ali, parando os meus passos na metade do caminho. Encarava o rosto dela com meus olhos pálidos, reconheci quem era em apenas alguns momentos. - Ah, é você, Mizo-chan. - Cruzava os braços, continuava a olhar para a garotinha, soltando um leve sorriso em minha face. Era a minha prima mais nova, nunca soube o porque dela não ter vivido na mansão até agora, mas parece que seus pais mudaram de ideia e a enviaram novamente para cá, achei estranho. Não tinha interesse em lutar com ela, a considerava fraca emocionalmente e isso prejudica o desempenho em combate. Ainda assim, ela é nova, quem sabe quando crescer não se torne um bom adversário, potencial ela tinha.

Hisoka

HP: 200/200
CH: 200/200
ST: 200/200

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizoraavatar
Exibir perfil



Mensagens : 8
Data de inscrição : 09/03/2016
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   12/3/2016, 14:11

O Meu Primeiro Dia [PART.2]
[…] Estava sentindo aquela brisa passar pelos meus cabelos enquanto escutei os sábias cantando para as demais regiões da mansão. Estava tudo tranquilo, muito quieto até que escutei uma uma porta a se fechar sobre a mansão hyuuga e passos eram dados por meio da meias por parte de cima de madeira.

Em seguida, aquilo arrancou a minha atenção dando como perceber que era o meu primo cada vez mais que os passos eram lançados em linha reta daquela mansão toda. Até que ele falou comigo... aquilo parecia ter voltado no tempo, na época em que eramos crianças e que brincavamos, até o dia dele ter conhecido alguns estilos hyuuga e me bater todos os santos dias, acho que foi por ess emotivo dele ter se envolvido anto nesse rumo hyuuga que ele mesmo se afetou psicologicamente querendo sempre treinar de uma maneira mais brava possível.

Aqueles sentimentos me faziam recuaram pouco para tras, mas ao mesmo tempo expressei um sorriso sincero sobre a minha face pálida, enquanto o observei lentamente com os meus olhos esbranquiçados e sensíveis . - Hisoka-ku! Quanto tempo.. – Disse com um tom um pouco tanto quanto baixo sem se quer gaguejar.

Parecia um clima estranho entre nós, afinal, como é que uma pessoa pode desaparecer por tanto tempo e voltar em um dia após a outro? A questão era que esla estava devolta e estava disposta a seguir o seu primo do jeito que ela não conseguio acompanha-lo como antigamente enquanto observou o jardim tendo uma breve retrospectiva. – Lembra de quando a gente brincavamos com o Senhor Hô aqui nesse quintal? Afinal, onde esta ele? – Em seguida, a jovem voltava o seu olhar novamente para o jovem e se levantava aos poucos lhe atribuindo um abraço carinhoso.

HP: 200 CH: 200 ST:200


## Hyuuga...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5315
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   28/4/2016, 23:41

Hô aproximou-se com cautela, notando a estranha figura que surgia pelos corredores da mansão. - Quem está aí? - Perguntou revelando as palmas das mãos em sua frente, espreitava a silhueta da jovem em cada centímetro, como se estivesse buscando indícios de uma possível farsante. Hô sempre fora um sujeito astuto, em toda sua vida shinobi aprendeu a desconfiar até mesmo de seus amigos mais próximos, nunca se sabe o quão convincente pode ser um invasor, mesmo na presença do Byakugan.

- Segundo corredor à direita, quarto 3. - Indicou, recolhendo as mãos e dando espaço à jovem para que a mesma se encaminhasse até seus aposentos. - Quando estiver pronta compareça ao dojo, certifique-se que não ficarei a esperando.


HP: 2500/2500
CH: 4500/4500
ST: 3500/3500
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5315
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   29/4/2016, 15:59

Após a escolha de seu quarto, a garotinha se encaminhou até o dojo onde pode encontrar o senhor Hô a sua espera. Expressando austeridade no olhar o homem enviou-lhe um sinal para se aproximar e então curvou-se em sinal de respeito. - Antes de lutarmos demonstramos respeito com nosso adversário, faça o mesmo.

O ambiente ornamentado pelas velas refletia a simplicidade do tatame, não havia tralhas em qualquer canto do dojo e o espaço era amplo e harmônico, exuberando a presença do mestre em trajes brancos. - Me ataque. - Anunciou.


HP: 2500/2500
CH: 4500/4500
ST: 3500/3500
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5315
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   1/5/2016, 20:19

Assim que a ordem fora dada, a garotinha não se demorou em tentar atacar o velho com o que tinha, seus movimentos se resumiram numa sequência de golpes simples que foram devidamente perseguidos pelos olhos de Hô. Suas orbes giravam de um lado a outro captando cada passo de Keiko, graças a isso ele sabia prever cada lugar em que a Hyuuga depositaria suas palmas nuas.

Assim que a investida fora dada pela garota, Hô viu-se diante dela com um sorriso malicioso, suas mãos haviam deslizado de suas mangas para estapear os punhos de Keiko e afastá-los antes mesmo que os atingissem. - Muito previsível! - Anunciou, acompanhando o recuo da garota e se posicionando ao lado da mesma. - Você busca meus pontos cegos, mas deixa os seus à mostra. - Antes mesmo que Keiko tomasse tempo de reação para efetuar dois novos tapas, Hô mergulhou um de seus dedos nas costelas da Hyuuga, um golpe singelo como uma agulha, mas que viria a gerar resultados mais adiante, quando Keiko buscou atingi-lo com duas novas palmadas, mas acabou por ter seu controle de chakra perdido no mesmo momento.

Aproveitando-se de tal fraqueza instantânea, Hô deixou suas mãos ecoarem pelo ar novamente e da mesma forma as mergulhou ao corpo de Keiko, desta vez mirando seu apêndice e estômago, sucessivamente. Duas pontadas que foram o suficiente para travar dois novos tanketsus do corpo da jovem e dificultar ainda mais seu controle de chakra, Keiko podia sentir sua energia esvaindo-se descontroladamente por entre seus pulsos, era como se seu corpo parasse de responder com a mesma velocidade de seu cérebro. Se para ela isso era um problema, para Hô era uma oportunidade a mais de atacá-la sem dó, suas mãos viriam afligi-la novamente, ainda que esta se protegesse com os braços cruzados em sua frente nada fora o suficiente para impedir de ser arremessada para trás por uma palmada única do velho Hyuuga, ele encerrava seus movimentos com uma encarada austera em direção à kunoichi.

- Fracasso. Seus golpes estão dispersos e sem sentido, você deve saber sempre onde está atacando, caso contrário ficará à mostra para receber golpes de seu adversário, como aconteceu agora. - Suas mãos voltavam a guardar-se entre suas mangas, era visível a seriedade do momento. - Levante-se, vamos fazer isso novamente!

Orientações:
- Seus golpes foram confusos e não especificaram qual local atacaram em Kaita, você simplesmente disse que o atacou, quando isso acontece seu adversário pode simplesmente considerar qual foi a região que você tentou atacá-lo;
- Concentre-se em um golpe por vez, faça-os serem mortais em cada palmada e assim compreenderá o estilo;
- Lembre-se de postar a descrição do estilo Juuken ao final do seu post se tiver o usando;
- Lembre-se também do gasto de chakra e estamina contínuos do Juuken, no seu caso, já que tem resistência de 2 pontos você perderá 43 pontos de CH e ST cada vez que utilizar o Juuken. (Leia mais sobre a regra de resistência aqui: http://naruto-survival.forumeiros.com/t898-danos-e-custos);

Considerações:
- Desconte 50 pontos de HP;


HP: 2500/2500
CH: 4470/4500
ST: 3470/3500

Jutsus usados:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem
Conteúdo patrocinado
Exibir perfil



MensagemAssunto: Re: Mansão Hyūga   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Mansão Hyūga
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 19Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 11 ... 19  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Assustador! - Episódio 1 "A Mansão Velha"
» Capítulo 3 - A Mansão do Inferno
» Mansão Hyūga
» Mansão Kuran
» [KONOHA] Mansão do Hokage

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Survival 4.0 :: País do Fogo :: Konohagakure no Sato :: Centro Residencial-
Ir para: