Naruto Survival 4.1
Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» Monte Myōboku
Hoje à(s) 20:04 por Deijin

» Banco de Atualizações Gerais
Hoje à(s) 19:58 por Hatori Ayako

» [Criações.J] Kazuki
Hoje à(s) 19:56 por Hatori Ayako

» Mansão Hyūga
Hoje à(s) 19:54 por Juuzou

» Academia Ninja de Kiri
Hoje à(s) 19:46 por Kazuki

» Dojo de Kiri
Hoje à(s) 19:46 por Hagen

» [Residência] Kaguya Hagen
Hoje à(s) 19:37 por Hagen

» [Ficha] Uzumaki Red
Hoje à(s) 19:33 por Redd

» Mar Médio
Hoje à(s) 19:17 por Survival

» Ruínas de Rōran
Hoje à(s) 18:56 por Kodahma Sano

» [Ficha] Kalluto / Aluka
Hoje à(s) 18:46 por Shion

» País do Trovão x País da Geada
Hoje à(s) 12:54 por Deijin

» Academia Ninja de Konoha
Hoje à(s) 03:37 por Survival

» Parque Senju
Hoje à(s) 03:33 por Survival

» Parque Memorial
Hoje à(s) 03:21 por Survival

Acesso Rápido
Quem está conectado
9 usuários online :: 6 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 3 Visitantes

Juuzou, Kazuki, Kodahma Sano, Redd, Shion, Yuuki Uzumaki

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 39 em 2/10/2016, 21:50
Calendário do RPG
Primavera

Estação: Primavera
Ano: X020
Procurados
Parceiros
http://pt-br.naruto.wikia.com/wiki/Wiki_Naruto
RPG - Hogwarts SchoolFórum grátisShinki RPGPokéMytushttp://www.heroisdoolimporpg.com/Pokémon Agenda RPGhttp://poke-mythical.forumeiros.com/http://narutorpgakatsuki.com.br/

Nosso Banner









mensagens recentes
ambientação


novidades
00/00
Novidade número um,
00/00
Novidade número dois,
00/00
Novidade número três,
00/00
Novidade número quatro,
00/00
Novidade número cinco,
00/00
Novidade número seis,
00/00
Novidade número sete,,
00/00
Novidade número oito,
00/00
Novidade número nove,
00/00
Novidade número dez,
00/00
Novidade número onze,
00/00
Novidade numero doze,
acesso rápido

Floresta do Clã Nara

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Survival em 8/10/2015, 17:30




Floresta do Clã Nara

Esta floresta é uma grande extensão de terra de propriedade do Clã Nara de Konohagakure. Localizada nos arredores de Konoha, é uma floresta única dentro do País do Fogo. Muitos cervos residem aqui, sendo cuidados pelos membros do clã, e muitas vezes os Nara usam seus chifres em medicamentos, que é um remédio para o Clã Akimichi, as Três Pílulas Especiais. De acordo com Shikamaru Nara, ninguém além de membros do clã é autorizado a pisar na floresta sem permissão.

O membro da Akatsuki, Hidan - embora atualmente ainda vivo - está enterrado aqui, preso em uma cova propriamente feita para ele por Shikamaru. Quando Hidan foi sepultado, Shikamaru jurou a Hidan que os Nara iriam mantê-lo enterrado ali por toda a eternidade.

Sob o tronco de uma das árvores da floresta, ilustra-se a descrição das técnicas secretas do Clã Nara.


Nome: Souichi Natsume
Informação: Jutsu de Pergaminho do Clã Nara



Jutsus do Clã:

Kageyose no Jutsu

Rank: D
Classe: Ninjutsu, Hijutsu
Descrição: Este é um ninjutsu usando sombras materializadas, mas em comparação com o Kage Nui no Jutsu da mesma linha, esta técnica dá ênfase no minuto de controle dos movimentos da sombra. É preciso o suficiente para até mesmo fazer os tentáculos passarem por pequenos buracos. Basicamente, esta técnica leva a própria sombra e o usuário transforma e estende-a em incontáveis ​​tentáculos finos, que são então usados para pegar objetos e trazê-los. Além disso, pode-se habilmente fazer uso dos tentáculos de sombra em forma de tentáculo, utilizando-os para levantar e jogar armas como kunai e tal. Esta técnica tem muitas aplicações e usos possíveis. Não há selos de mão utilizados para esta técnica, mas os movimentos da mão lembram o Sabaku Kyū de Gaara.


Kagemane no Jutsu
Selos: Rato
Rank: C
Classe: Ninjutsu, Hijutsu
Descrição: A Técnica de Imitação das Sombras permite ao usuário estender a sua sombra sobre qualquer superfície (até mesmo água) e na medida em que quiser, desde que exista uma área suficiente. Uma vez que entra em contato com a sombra de um alvo, há a junção dos dois e o alvo é obrigado a imitar os movimentos do usuário. Portanto, os dois podem jogar shuriken um contra o outro ao mesmo tempo, se o usuário desejar que (é claro, para evitar ferir-se, basta o usuário ter o coldre de shuriken em um lugar onde você normalmente não tem, como a parte de trás, de modo que o oponente extrai nada quando o usuário pega uma shuriken). Se o alvo está fora do alcance da sombra, o usuário pode produzir uma melhor fonte de luz para aumentar o tamanho da sua sombra, ou depender das sombras pré-existentes para a sua sombra viajar livremente. Também é possível dividir a sombra, seja para prender mais oponentes de uma só vez, ou para criar uma distração. A sombra também pode ser ligada a pessoas sem controla-las, deixando a "vítima" se mover livremente. Isso tem a finalidade de que a pessoa, que a sombra está ligada, faça contato com uma terceira pessoa, para ligar o último com a sombra.
A principal desvantagem da Técnica de Imitação das Sombras é o fato de ser cansativo usar repetidamente; Hidan nota que a capacidade está sujeita a alguma forma de retorno decrescente e diminui em potência após o uso repetido (Shikamaru só pode mantê-la por 5 minutos por uso). Se o usuário está com pouco chakra, a taxa de desempenho do jutsu também se deteriora. A iluminação insuficiente fará com que a técnica seja menos eficaz. Um adversário muito forte também pode resistir à imitação forçada da sombra.


Kagemane Shuriken no Jutsu
Rank: C
Classe: Ninjutsu, Fluxo de Chakra, Shurikenjutsu, Hijutsu
Descrição: Shikamaru inventou esta técnica enquanto ensinava-se a usar os Aian Nakkuru de Asuma Sarutobi. Infundindo as lâminas com o seu próprio chakra de antemão, elas recebem o efeito de suas técnicas de sombra. Ao utilizar essas armas para perfurar as sombras dos inimigos, eles estarão paralisados ​​no lugar. Para perfurar a sombra, é necessário evitar o alvo por pouco — Shikamaru acrescentou selos explosivos falsos quando ele usou-os contra Kakuzu e Hidan para ajudar com isso. Uma vez que é mais difícil para o inimigo de notá-lo, este ninjutsu compensa o ponto fraco semelhante do Kagemane no Jutsu, sendo o seu alcance efetivo limitado. Não se sabe por quanto tempo este jutsu pode manter seus alvos paralisados​​, no entanto, pode ser interrompido pela simples remoção da lâmina ou pelo desaparecimento da sombra do adversário.
Nota: Requer Aian Nakkuru ou qualquer outra arma que seja condutora de chakra.


Kage–Kubishibari no Jutsu
Selos: Dragão, Tigre, Rato
Rank: B
Classe: Ninjutsu, Hijutsu
Descrição: A técnica desenvolvida a partir do Hiden do Clã Nara, o Kagemane no Jutsu com o combate em mente. É possível causar dano direto ao inimigo, transformando e movendo sombras dotadas de poder físico.
É possível atacar partes do corpo como dedos e transformar a sombra delgada para ligar ao corpo do oponente, a fim de contê-los. Foi dado o seu nome, porque, acima de tudo, o estrangulamento é o método mais eficiente. Quanto menor for a distância ao alvo, maior será o poder da sombra. Esta técnica não pode ser utilizada durante um período prolongado de tempo, uma vez que enfraquece a cada minuto.


Kuro Higanbana
Selos: Rato
Rank: B
Classe: Ninjutsu, Hijutsu
Descrição: Depois de prender o inimigo com a Kage Nui no Jutsu, o usuário manipula as sombras para fazer com que os inimigos sejam puxados até um ponto determinado. Esta técnica pode ser reforçada com um Shinran Enbu no Jutsu do Clã Yamanaka para botar os inimigos dentro da faixa de alcance do jutsu.

Shadouāmuzu
Selos: Javali, Tigre, Rato
Rank: B
Classe: Ninjutsu, Hijutsu
Descrição: Essa é uma evolução do Kageyose no Jutsu, onde o ninja materializa sua sombra fazendo ela tomar a forma de braços. Esses braços possuem a mesma função que um braço normal, podendo ser usado de diversas maneiras, até mesmo para atacar o inimigo.
Os braços possuem um alcance igual ao Kagemane no Jutsu, assim o usuário pode atacar o alvo fisicamente a distância.
Notas: A força dos braços é igual a controle do chakra/2. O numero inicial de braços é 2, aumentando em +2 a cada 20 em controle de chakra.


Kage Nui no Jutsu
Selos: Rato, Pássaro
Rank: B
Classe: Ninjutsu, Hijutsu
Descrição: Este é um ninjutsu que faz parte das técnicas secretas do clã Nara, que usa sombras materializadas para atacar e se ligam, em vez de apenas imobilizar e controlar, como o Kagemane no Jutsu. O usuário altera a forma de sua sombra em várias agulhas afiadas e controla cada uma separadamente. As sombras podem atacar vários alvos simultaneamente e, ao mesmo tempo, retirar a sua capacidade de se mover para poder prender seus alvos com as linhas de sombra. É uma agressão física e é impossível capturar alguém sem as danificar, mas por outro lado, uma vez que a velocidade de invocação e o tempo de duração são excelentes, ele pode ser usado quando a imobilização urgente é necessária.
Esta técnica é geralmente usada para atravessar o alvo e capturá-los, mas, dependendo do oponente, ela pode também ser utilizada como um ataque. Essa característica especial encontra o seu maior efeito quando usado como apoio estratégico. Após esta técnica atingir alguém, pode ser transformada diretamente de volta para o Kagemane no Jutsu.


Kagezukami no Jutsu
Selos: Rato
Rank: A
Classe: Ninjutsu, Hijutsu
Descrição: O usuário materializa e estende sua sombra ao longo de uma superfície, antes de se fundir com a do alvo pretendido, o que lhe permite agarrar e manipular o objeto em questão como eles desejam quase como se fosse uma extensão de si mesmos. Ao contrário do Kagemane no Jutsu, embora as duas sombras são conectadas, o alvo não é forçado a copiar os movimentos do usuário, permitindo-lhe manter a sua própria gama de movimento.


Técnica de Expansão das Sombras
Selos: Cobra ou Rato (controlar), e Coelho (expandir)
Rank: --
Classe: Ninjutsu
Descrição: Após ativar a técnica, o usuário é capaz de distorcer e controlar sua sombra até seu oponente para imobiliza-lo. Caso seja necessário, ele é pode expandir o alcance de sua sombra e formar um grande círculo negro que cobre o campo de batalha, podendo imobilizar múltiplos alvos. Ao expandir a sombra em uma forma circular para prender vários alvos, a técnica acaba ficando levemente enfraquecida, permitindo que seus alvos executem pequenos movimentos.


Kage Gijin no Jutsu
Rank: --
Classe: Ninjutsu
Descrição: Shikamaru materializa e personifica sua sombra em sua forma. Essas personificações podem ser utilizadas para atacar fisicamente o oponente.

Acesso: Floresta das Árvores Mortas
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Survival em 17/10/2015, 23:45


Atualizado

- Adicionado: Jutsus do Clã Nara;
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Kosuke em 20/10/2015, 19:44


Treinamento Nara



Kosuke estava levemente ansioso, já que sabia da floresta do clã, que tinha muito orgulho de pertencer, e essa seria a sua primeira vez para treinar os jutsus secretos únicos dos Nara. Quando chegou à floresta lembrou a história que contavam para ele sobre um estranho homem que tinha sido enterrado ali. Se era verdade ou não ele não sabia, mas continuaria naquele lugar de qualquer jeito.

A floresta era tranquila, já que só animais, principalmente os cervos, estavam calmos, e as enormes árvores deixavam um clima bom para descansar. Só para expressar sua felicidade ele pegou uma de suas kunais para entalhar o símbolo de seu clã em uma árvore e após terminar pegou a descrição de um dos jutsus, o Kagemane.

Ali estava escrito o que já sabia, era um jutsu feito para prender e comandar as ações do oponente. Kosuke leu as descrições mais detalhadas rapidamente, fez o selo rato e respirou fundo para dar início. Sabia que não conseguiria aprender a técnica de primeira, então faria o certo, começar aos poucos e evoluir até ficar fácil. Por isso concentrou seu chakra na sombra para muda-la de forma.

- Vamos, vamos. – Disse para si mesmo como forma de incentivo.

Sua sombra deu uma leve tremida e voltou a representar a forma do dono. Aquilo não estava nem perto do suficiente, mas era o necessário para acabar com a ansiedade de Kosuke, agora mais confiante. Para não perder tempo continuou tentando deixar diferente. Por momentos ela tremia de forma rápida e desordenada, como se estivesse recebendo mais quantidade do que precisava. Pelo menos assim também treinaria mais o seu controle de chakra.

Kosuke percebeu o óbvio, que deveria ser preciso. Nem mais nem menos. Por isso foi do zero, deixando a sombra parada e aumentando a quantidade aos poucos, vendo que ficava mais rápida e parecia estar faltando pouco para chegar ao jeito certo.

- Só mais um pouco. – Sussurrou enquanto focava para ter o ponto exato.

Com sua concentração conseguiu fazer a sombra parar de vibrar e esticar aproximadamente dez centímetros. Era isso! A situação mostrou que estava no caminho correto. Agora precisava deixa-la mais longa, sabia do seu limite e agora queria chegar o mais rápido possível. Então começou a controlar para que ela se esticasse cada vez mais. Por segundos a sombra parecia estar estagnada, até que seguiu em frente por mais quinze centímetros. Até esse momento Kosuke estava feliz, mas a ponta ficava cada vez mais fina, isso ainda naquela distância, e quanto mais persistia pior ficava.

- Droga!

Ele continuou insistindo, só que nada mudou. Por um momento a sombra voltou um pouco, fazendo-o lembrar da intenção de ir aos poucos, algo que definitivamente não estava respeitando. Então respirou fundo, fechou os olhos e ouviu o leve som da brisa passando pelas folhas. Sua cabeça estava cheia de informações inúteis no momento, ele queria aprimorar sua mente para depois o jutsu. Tinha que fazer algo como meditar e só assim iria estar preparado para aquele momento. Logo foi começando a remover diversos pensamentos negativos, como se um quadro com apenas grandes borrões vermelhos fosse dando espaço para um céu azul, cheio de nuvens se formando.

- É só ficar tranquilo. – Afirmou para si mesmo como se fosse um voto de confiança.

Todo o desespero de Kosuke para fazer de qualquer jeito foi começando a se transformar em um grande otimismo e os únicos sons que desejava escutar no momento eram os cervos passeando ali por perto. Assim cada batida de seus cascos na terra foi determinando como seria sua respiração, que parou de ser ofegante para ficar devagar e ritmado.

Agora com sua mente mais limpa voltou a abrir os olhos e tentou concertar o problema, ele só tinha que mais manter a sombra de um bom tamanho do que necessariamente fazer ela se esticar mais. O que, de fato, acontecia. Mesmo não indo tão longe a primeiro momento, sua largura continuava a mesma através dos poucos centímetros que ia seguindo.

O segredo era se concentrar agora no treinamento para depois apenas fluir naturalmente. Por isso a sombra seguia mais devagar e sempre que parecia começar a perder largura Kosuke a fazia voltar e só continuar quando estivesse normal. Sua mente estava realmente tranquila para poder seguir neste ritmo.

O tempo parecia não ser importante e ele não fazia ideia de quanto tinha realmente passado, mas o que estava acontecendo fora da floresta não era tão importante no momento. Sua atenção era usada para desenvolver o jutsu. Continuando a treinar até que calculou que tinha chegado ao limite de extensão da sombra.

- Finalmente! – Comemorou.

Agora faltavam apenas dois passos. Movimentar melhor e finalmente testá-lo. Então fez a sombra voltar totalmente e agora já tinha habilidade para controlar, o problema é que apesar de fazer leves curvas em sua grande maioria formava uma grande linha reta. Logo a estendeu pelo terreno tentando formar um zigue-zague. De primeira fazia apenas poucas voltas, mas depois pegou o jeito e foi mais fácil do achou que seria, fazendo diversas ondulações.

Para aproveitar, agora que estava comandando muito melhor, já queria treinar em um dos alvos principais dos ninjas que inventaram a técnica: Os cervos. O objetivo não seria a busca dos chifres, mas Kosuke gostava de pensar que agora estava cada vez mais parecido com eles.

Como o alvo não estava esperando e ameaçado com sua presença, as sombras conseguiram se conectar facilmente e Kosuke se sentiu muito bem quando o animal levantava uma de suas patas assim que ele mexia seus braços. Finalmente estava funcionando! Para terminar apenas foi criando mais pontas e usando seu jutsu em mais cervos. Ele conseguia fazer o Kagemane e aquilo chegava a ser quase emocionante.

Então libertou os animais, que estranhamente não se importaram muito e apenas voltaram a passear. Kosuke não sabia se era a animação ou certo nível de adrenalina, mas estranhamente ele não estava cansado. O mais provável era porque não tinha se desgastado fisicamente e sua mente estava tranquila, por isso ao invés de querer descansar simplesmente seguiu a caminho da vila.




Jutsu para ser aprendido:
Kagemane no Jutsu
Selos: Rato
Rank: C
Classe: Ninjutsu, Hijutsu
Descrição: A Técnica de Imitação das Sombras permite ao usuário estender a sua sombra sobre qualquer superfície (até mesmo água) e na medida em que quiser, desde que exista uma área suficiente. Uma vez que entra em contato com a sombra de um alvo, há a junção dos dois e o alvo é obrigado a imitar os movimentos do usuário. Portanto, os dois podem jogar shuriken um contra o outro ao mesmo tempo, se o usuário desejar que (é claro, para evitar ferir-se, basta o usuário ter o coldre de shuriken em um lugar onde você normalmente não tem, como a parte de trás, de modo que o oponente extrai nada quando o usuário pega uma shuriken). Se o alvo está fora do alcance da sombra, o usuário pode produzir uma melhor fonte de luz para aumentar o tamanho da sua sombra, ou depender das sombras pré-existentes para a sua sombra viajar livremente. Também é possível dividir a sombra, seja para prender mais oponentes de uma só vez, ou para criar uma distração. A sombra também pode ser ligada a pessoas sem controla-las, deixando a "vítima" se mover livremente. Isso tem a finalidade de que a pessoa, que a sombra está ligada, faça contato com uma terceira pessoa, para ligar o último com a sombra.
A principal desvantagem da Técnica de Imitação das Sombras é o fato de ser cansativo usar repetidamente; Hidan nota que a capacidade está sujeita a alguma forma de retorno decrescente e diminui em potência após o uso repetido (Shikamaru só pode mantê-la por 5 minutos por uso). Se o usuário está com pouco chakra, a taxa de desempenho do jutsu também se deteriora. A iluminação insuficiente fará com que a técnica seja menos eficaz. Um adversário muito forte também pode resistir à imitação forçada da sombra.




HP:200/200
CH:100/200
ST:200/200
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Kosuke em 24/10/2015, 00:56


Hora de (des)cansar



Agora com uma equipe Kosuke sabia que teria que treinar mais, não poderia ser o peso morto, queria fazer diferença e o único jeito de resolver era treinando. Por isso foi para a floresta de seu clã, aonde iria se esforçar, pelo menos na teoria.

Começou com um simples alongamento. Esticou seu corpo e tentou alcançar seus pés, depois deu alguns pulos baixos e por fim girava seu tronco de um lado para outro. Então fez dois riscos com pé na terra, tendo a diferença de dez metros de um até o outro.

Logo fez o óbvio, iniciou sua corrida. Ele se esforçava e conseguia chegar rapidamente, levando menos de dois segundos para ir até o outro ponto. Continuou mais algumas vezes até achar que mesmo sendo uma distância confortável deveria ser apenas um breve aquecimento e não o treino completo.

Por isso aumentou a distância para quinze metros. Kosuke sabia de sua velocidade máxima e mesmo não demorando a chegar, ele não completava a distância em menos de dois segundos para completar a distância, mesmo parecendo pouca coisa, aquilo já virava um pequeno defeito.

Continuou correndo por minutos, já sentindo o suor correr por sua testa e as pernas um pouco mais preparadas. Seu ritmo foi constante. Enquanto se esforçava para completar a trajetória, não tentava ir muito além, já que aquele não seria o único do seu dia. Para não ficar desgastado apenas com o primeiro decidiu sentar no próprio chão e esperar um pouco, assim seu treino para ter mais resistência começaria.

- E lá vamos nós. – Murmurou como se fosse obrigado.

Então aproveitou que estava sentando e apenas deitou. Faria algumas variações de abdominais, fortalecendo mais um pouco seus músculos. Primeiro esticou seu corpo, entrelaçou suas mãos atrás da cabeça e levantou suas pernas, uma mais esticada enquanto a outra estava flexionada. Começou o exercício que parecia estar andando em uma bicicleta invisível e quando um joelho ficava mais perto do próprio corpo encostava com o cotovelo do lado oposto.

Aquilo proporcionava força em suas pernas e abdômen. Seu ritmo começou devagar e ele contava o número toda vez para tentar alcançar mais. Quando chegou a fazer vinte vezes sentiu seus músculos fazerem um pouco mais de força, por isso quase dobrou a velocidade.

- Eu podia estar descansando, mas não... – Disse para si mesmo com um sorriso no rosto, como se fosse uma mistura de provocação com incentivo.

O treino aumentou assim como seus músculos pareciam fazer, porém quanto mais continuava mais sentia vontade de parar. Não por se algum tipo de desistente, mas estava chegando perto do número cem, algo que fez ele mesmo se surpreender.

- Imagina se eu fosse usuário de taijutsu. – E riu de si mesmo, como se tivesse mais alguém além dos animais para escutar sua piada boba.

Por um momento Kosuke pensou em simplesmente levantar e descansar, mas por quê? Já estava ali mesmo. Então pegou o pergaminho com jutsus e escolheu o mais simples devido a seu esforço do dia. Ele leu e escolheu o Kageyose, era como se fossem tentáculos de sombra materializada que poderiam segurar coisas, sendo preciso o suficiente para segurar kunais e shurikens.

Como não precisaria necessariamente ficar de pé apenas levantou um pouco e ficou sentado de pernas cruzadas no próprio chão. Primeiro esperou o calor da adrenalina abaixar um pouco e esfriar a sua mente. Quando se achou pronto foi começar o mais rápido possível.

Fez o selo do rato e esticou sua sombra, por já dominar o Kagemane agora não teria tanta dificuldade nisso como antes, agora o problema era a parte de materializá-la. Isso era muito diferente.

Com algum esforço tentou fazer sua sombra sair do chão. Não sabia exatamente algum truque que o ajudaria, apenas forçava com seu chakra para que ela levantasse. A princípio parecia que tudo daria errado, já que ela apenas fazia uma curva. Mesmo assim Kosuke não desanimou, sabia que continuando iria aperfeiçoar.

Concentrou-se um pouco e usando o controle de chakra que possuía conseguiu fazer com que sua sombra subisse quinze centímetros. Poderia parecer pouco para quem estivesse olhando de fora, porém era a primeira vez que fazia aquilo, então ficou mais feliz.

- Dessa vez vai ser mais rápido. – Disse com entusiasmo, enquanto segurava um bocejo.

Esperava que seu cansaço não o atrapalhasse e apenas prosseguiu. Achava que se desse muita atenção para o sono só ficaria pior. Tentou esquecer e focou em seu treino para fazer sua sombra levantar cada vez mais. De fato funcionava um pouco, forçava como se fosse uma sequência de seu corpo e notou que de dez tinha ido para quinze, depois para vinte e cinco.

Mas nem tudo estava tão bom. A parte de materializar estava funcionando, mas a de precisão ainda necessitava treino. A sombra levantava quase deformada, com certeza não segurava uma kunai.

- Acho que seu eu controlar melhor já ajeito a forma e o movimento ao mesmo tempo. Agora como? – Sussurrou pensativo.

O jeito era confiar em seu controle de chakra. Fechou os olhos para mais concentração, e ao mesmo tempo em que imaginou a sombra tomar uma forma mais condizente com a descrição, tentou moldá-la do mesmo jeito com a mão direita esticada. Sua vontade e esforço eram tantos que sua testa suava do mesmo jeito quando fez os exercícios físicos.

Para sua surpresa, ao abrir os olhos tudo realmente tinha acontecido e a forma como seu novo jutsu se comportava realmente o impressionava. Mas Kosuke queria testar mais, não estava satisfeito com apenas uma de pé, por isso fechou sua mão. Por conta disso sua sombra no chão se dividiu em vários ramos, que logo se materializaram e possuíam a forma perfeita. Todas conseguiam fazer curvas e se mexer, não sendo apenas estacas sem utilidade.

Querendo testar ainda mais tirou suas cinco kunais da pochete e jogou para frente. Com o controle sobre o jutsu suas sombras conseguiram passar exatamente no buraco, segurando todas as armas. Por fim apenas fez com que fossem em sua direção em uma fileira, e a cada kunai que pegava, cancelava seu respectivo tentáculo até não ter mais jutsu nenhum.

“Agora é hora do descanso.” – Pensou já se esticando enquanto bocejava.

Kosuke até queria levantar, mas aquele chão, por incrível que pareça, estava confortável e o clima morno só ajudava. Sem contar que sabia que a floresta era totalmente protegida, ninguém além do Clã Nara entraria ali. Por isso apenas deitou, se ajeitou e dormiu.




Jutsu para ser aprendido:
Código:
[b][u]Kageyose no Jutsu[/u][/b]
[color=#0033ff][b]Rank:[/b] D[/color]
[b]Classe:[/b] Ninjutsu, Hijutsu
[b]Descrição:[/b] Este é um ninjutsu usando sombras materializadas, mas em comparação com o Kage Nui no Jutsu da mesma linha, esta técnica dá ênfase no minuto de controle dos movimentos da sombra. É preciso o suficiente para até mesmo fazer os tentáculos passarem por pequenos buracos. Basicamente, esta técnica leva a própria sombra e o usuário transforma e estende-a em incontáveis tentáculos finos, que são então usados para pegar objetos e trazê-los. Além disso, pode-se habilmente fazer uso dos tentáculos de sombra em forma de tentáculo, utilizando-os para levantar e jogar armas como kunai e tal. Esta técnica tem muitas aplicações e usos possíveis. Não há selos de mão utilizados para esta técnica, mas os movimentos da mão lembram o Sabaku Kyū de Gaara.




HP:200/200
CH:50/200
ST:200/200
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Survival em 24/10/2015, 14:44


Os treinos foram bem descritos, mas pouco explorados. Senti algumas confusões em seu post, pelo fato de que correr de um lado para o outro pura e simplesmente usando o peso do próprio corpo é um treino de resistência e não de velocidade. Após isso você fez um misto de exercício de resistência e velocidade, porém foi pouco explorado. É uma boa tentativa tentar misturar as áreas em um só exercício, mas recomendo que faça isso aumentando ainda mais sua descrição nele. Seu personagem ainda é iniciante nas áreas físicas, assim sendo é importante que foque bem nessa área quando treiná-la.

Quanto ao Kageyose, sua experiência com o Kagemane lhe ajudou muito, seu controle de chakra é considerável e você pode fazer isso mais tranquilidade.

Eu iria lhe conferir as recompensas, mas faltou um detalhe:

Negado
A floresta Nara fica fora da vila, por este motivo faltou seus posts nos lugares que chegam até ela. Você deve passar pelas extremidades da aldeia antes de vir postar aqui, o mesmo serve para quando estiver saindo da área
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Kosuke em 24/10/2015, 19:02


Hora de (des)cansar


Agora com uma equipe Kosuke sabia que teria que treinar mais, não poderia ser o peso morto, queria fazer diferença e o único jeito de resolver era treinando. Por isso foi para a floresta de seu clã, aonde iria se esforçar, pelo menos na teoria.

Começou com um simples alongamento. Esticou seu corpo e tentou alcançar seus pés, depois deu alguns pulos baixos e por fim girava seu tronco de um lado para outro. Então fez dois riscos com pé na terra, tendo a diferença de dez metros de um até o outro.

Logo fez o óbvio, pegou algumas pedras médias, amarrou de forma improvisada com diversas folhas resistentes nas pernas e iniciou sua corrida. Ele se esforçava e conseguia chegar rapidamente. Normalmente levaria menos de dois segundos para ir até o outro ponto, só que os pesos o atrasavam, por uma boa causa, isso ele sabia. Continuou mais algumas vezes, fazendo com que seus pés empurrassem a terra deixando leves marcações, até achar que mesmo sendo uma distância confortável deveria ser apenas um breve aquecimento e não o treino completo.

Por isso, além de aumentar a distância para quinze metros, colocou algumas pedras menores para intensificar seu treino. Mas já sentia que as pedras faziam um bom efeito, pois quanto mais peso melhor ficaria sem elas. Continuou correndo por minutos, já sentindo o suor escorrer por sua testa, enquanto agora respirava pela boca de forma desordenada.

Seu ritmo foi constante. Enquanto se esforçava para completar a trajetória, não tentava ir muito além, já que aquele não seria o único do seu dia. Para não ficar desgastado apenas com o primeiro decidiu sentar no próprio chão e esperar um pouco, e assim que retirou os pesos seu treino para ter mais resistência já começaria.

- E lá vamos nós. – Murmurou como se fosse obrigado já desamarrando as pedras.

Então aproveitou que estava sentando e apenas deitou. Faria algumas variações de abdominais, fortalecendo mais um pouco seus músculos. Primeiro esticou seu corpo, entrelaçou suas mãos atrás da cabeça e levantou suas pernas, uma mais esticada enquanto a outra estava flexionada. Começou o exercício que parecia estar andando em uma bicicleta invisível e quando um joelho ficava mais perto do próprio corpo encostava com o cotovelo do lado oposto. Apenas no começo já sentiu seu coração bater mais rápido, ou seja, seu órgão também estava ajudando em seu exercício cardiovascular levando mais oxigênio para seu corpo.

Aquilo proporcionava força em suas pernas e abdômen, consequentemente mais resistência. Seu ritmo começou devagar e ele contava o número toda vez para tentar alcançar mais. Quando chegou a fazer vinte vezes sentiu seus músculos fazerem um pouco mais de força, por isso quase dobrou a velocidade.

- Eu podia estar descansando, mas não... – Disse para si mesmo com um sorriso no rosto, como se fosse uma mistura de provocação com incentivo.

O treino aumentou assim como seus músculos faziam, parecia que tinha uma pressão mais forte nas regiões treinadas, porém quanto mais continuava mais sentia vontade de parar. Não por se algum tipo de desistente, mas estava chegando perto do número cem, algo que fez ele mesmo se surpreender. Sem contar que sentia estar mais forte e suado, mas estava desgastado.

- Imagina se eu fosse usuário de taijutsu. – E riu de si mesmo, como se tivesse mais alguém além dos animais para escutar sua piada boba.

Por um momento Kosuke pensou em simplesmente sair e descansar, mas por quê? Já estava ali mesmo. Então pegou o pergaminho com jutsus e escolheu o mais simples devido a seu esforço do dia. Ele leu e escolheu o Kageyose, era como se fossem tentáculos de sombra materializada que poderiam segurar coisas, sendo preciso o suficiente para segurar kunais e shurikens.

Como não precisaria necessariamente ficar de pé apenas levantou um pouco e ficou sentado de pernas cruzadas no próprio chão. Primeiro esperou o calor da adrenalina abaixar um pouco e esfriar a sua mente. Quando se achou pronto foi começar o mais rápido possível.

Fez o selo do rato e esticou sua sombra, por já dominar o Kagemane agora não teria tanta dificuldade nisso como antes, agora o problema era a parte de materializá-la. Isso era muito diferente.

Com algum esforço tentou fazer sua sombra sair do chão. Não sabia exatamente algum truque que o ajudaria, apenas forçava com seu chakra para que ela levantasse. A princípio parecia que tudo daria errado, já que ela apenas fazia uma curva. Mesmo assim Kosuke não desanimou, sabia que continuando iria aperfeiçoar.

Concentrou-se um pouco e usando o controle de chakra que possuía conseguiu fazer com que sua sombra subisse quinze centímetros. Poderia parecer pouco para quem estivesse olhando de fora, porém era a primeira vez que fazia aquilo, então ficou mais feliz.

- Dessa vez vai ser mais rápido. – Disse com entusiasmo, enquanto segurava um bocejo.

Esperava que seu cansaço não o atrapalhasse e apenas prosseguiu. Achava que se desse muita atenção para o sono só ficaria pior. Tentou esquecer e focou em seu treino para fazer sua sombra levantar cada vez mais. De fato funcionava um pouco, forçava como se fosse uma sequência de seu corpo e notou que de dez tinha ido para quinze, depois para vinte e cinco.

Mas nem tudo estava tão bom. A parte de materializar estava funcionando, mas a de precisão ainda necessitava treino. A sombra levantava quase deformada, com certeza não segurava uma kunai.

- Acho que seu eu controlar melhor já ajeito a forma e o movimento ao mesmo tempo. Agora como? – Sussurrou pensativo.

O jeito era confiar em seu controle de chakra. Fechou os olhos para mais concentração, e ao mesmo tempo em que imaginou a sombra tomar uma forma mais condizente com a descrição, tentou moldá-la do mesmo jeito com a mão direita esticada. Sua vontade e esforço eram tantos que sua testa suava do mesmo jeito quando fez os exercícios físicos.

Para sua surpresa, ao abrir os olhos tudo realmente tinha acontecido e a forma como seu novo jutsu se comportava realmente o impressionava. Mas Kosuke queria testar mais, não estava satisfeito com apenas uma de pé, por isso fechou sua mão. Por conta disso sua sombra no chão se dividiu em vários ramos, que logo se materializaram e possuíam a forma perfeita. Todas conseguiam fazer curvas e se mexer, não sendo apenas estacas sem utilidade.

Querendo testar ainda mais tirou suas cinco kunais da pochete e jogou para frente. Com o controle sobre o jutsu suas sombras conseguiram passar exatamente no buraco, segurando todas as armas. Por fim apenas fez com que fossem em sua direção em uma fileira, e a cada kunai que pegava, cancelava seu respectivo tentáculo até não ter mais jutsu nenhum.

“Agora é hora do descanso.” – Pensou já se esticando enquanto bocejava.

Kosuke até queria levantar, mas aquele chão, por incrível que pareça, estava confortável e o clima morno só ajudava. Sem contar que sabia que a floresta era totalmente protegida, ninguém além do Clã Nara entraria ali. Por isso apenas deitou, se ajeitou e dormiu.




Jutsu para ser aprendido:

Código:
[b][u]Kageyose no Jutsu[/u][/b]
[color=#0033ff][b]Rank:[/b] D[/color]
[b]Classe:[/b] Ninjutsu, Hijutsu
[b]Descrição:[/b] Este é um ninjutsu usando sombras materializadas, mas em comparação com o Kage Nui no Jutsu da mesma linha, esta técnica dá ênfase no minuto de controle dos movimentos da sombra. É preciso o suficiente para até mesmo fazer os tentáculos passarem por pequenos buracos. Basicamente, esta técnica leva a própria sombra e o usuário transforma e estende-a em incontáveis tentáculos finos, que são então usados para pegar objetos e trazê-los. Além disso, pode-se habilmente fazer uso dos tentáculos de sombra em forma de tentáculo, utilizando-os para levantar e jogar armas como kunai e tal. Esta técnica tem muitas aplicações e usos possíveis. Não há selos de mão utilizados para esta técnica, mas os movimentos da mão lembram o Sabaku Kyū de Gaara.




HP:200/200
CH:50/200
ST:200/200
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Survival em 24/10/2015, 20:27


Aprovado

+1 em Velocidade;
+1 em Resistência;
Jutsu aprendido;
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Kosuke em 24/10/2015, 20:33


OFF: De sub-status eu treinei velocidade e resistência, não força. A parte do "mais forte" é referente ao músculo do abdômen, que dá a resistência, e não a força física.
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Survival em 24/10/2015, 20:39


Perdão, atualizado.
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Kosuke em 25/10/2015, 23:58


Kosuke levantou da floresta e sentiu suas energias totalmente recuperadas. Ele achava meio estranho, mas aquele terreno parecia mesmo ser confortável, então se espreguiçou e saiu sem maiores problemas.




HP:200/200
CH:200/200
ST:200/200
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Akagan em 13/1/2016, 18:27


Treino de constituição mental, controle de chakra e jutsu


Mais um dia de treino. Fantástico, realmente eu teria que treinar para me aperfeiçoar. Iria para um local sagrado para mim, minha floresta, um local que me deixava tranquilo apenas de respirar o ar do seu ambiente. Me aproximaria dos pergaminhos ali próximos e começaria o treino de tal. Um jutsu básico e especifico do meu clã, o kagemane no jutsu.

Tentaria moldar o chakra em alguns pontos específicos, começando pela perna direita. Fazendo de certa forma um aquecimento.
Iria concentrado o chakra apenas naquela região e logo iria formando uma grande ‘’armadura’’ sobre a mesma. Tentaria soltar aos poucos, aquilo de concentrar em pontos específicos era mais dureza do que se parecia, teria que me concentrar ainda mais na hora de liberar para outro local. Pois bem, lentamente iria liberando o chakra moldado na perna direita dessa vez para minhas mãos que estariam formando o selo, iria tentando formar uma grande bola de chakra sobre ela, algo que seria ainda mais complicado, juntar em uma área específica já era difícil, agora juntar e moldar... teria que me dedicar.

Começaria primeiramente no processo de juntar, em seguida tentaria liberar um pouco de cada vez o excesso e assim aos poucos tentando dar a sua forma. Iria aos poucos tendo um certo avanço no processo, nada tão grande assim, porém todo pequeno avanço é menos passos para a perfeição. Algumas gotas de suor caiam sobre o tatame e minha concentração era vista apenas de olho o meu rosto, um pouco de tempo se passava e logo eu conseguia moldar tamanha bola sobre meus punhos.
Tentaria agora forçar meu chakra a fazer uma grande bola sobre meu corpo, Aquilo parecia meio impossível sendo vista a dificuldade que eu tive ao realizar apenas nos meus punho, porém não deixaria o medo de errar falar mais alto. Tentaria exalar uma grande quantidade de chakra sobre os poros do meu corpo e em seguida realizar o mesmo processo de liberar o chakra em excesso, assim de modo a deixar a suficiente para fazer uma bola mais ’’perfeita’’, já que quanto maior a quantidade de chakra que eu iria moldar mais complicado seria.

Iria lembrando dos passos da atividade anterior de moldar nos punhos e logo tentaria apenas expandir os métodos, gotas de suor iriam descendo cada vez mais rápido sobre o tatame o tamanho esforço que eu estava fazendo era gigantesco. Muito tempo iria se passando, até que as primeiras formas iriam aparecendo e aos poucos se estabilizando a ponto de chegar em uma perfeita forma esférica.

Descasaria um pouco do aquecimento e começava a treinar o tal jutsu. Começaria moldando chakra sobre minha sobra, algo fácil para alguém do clã nara. Tentaria fazer meu chakra ter vida sobre ela, assim tentnado a manipular. Concentrar chakra nesse ponto seria bem complicado, não era como a atividade anterior de pontos específicos. Tentaria elevar meu chakra e condensa-lo sobre a sombra. Aos poucos uma sobra arredondada tomava forma ao meu redor. Minha expressão facial foi de surpresa, não esperava um resultado assim, tão rápido. Não demorou muito até minha conclusão da técnica. Perfeito, Dominei aquilo rápido, partiria para o treino de constituição mental agora.

Me sentava sobre o solo e começava uma meditação, de modo a esquecer os problemas do mundo a fora. Tentaria apenas escutar as batidas lentas do meu coração e poucos ruídos menores. Tentava me conectar com meu eu interior, algo que me fizesse se acalmar e entrar no estado zen. Faria uma concentração maior e já era visto minha localização em uma sala escura. Não conseguia enxergar nada além de uma chama branca ao fundo da sala. A chama parecia me chamar, parecia dançar e gritar por mim, tentaria me aproximar.

Tentaria me concentrar para que eu pudesse me levantar na minha mente, para então partir em direção a chama. Tentaria toca-la, porém, algo explodiu ali, me fazendo demais dentro da minha consciência. Eu despertava imediatamente da meditação, porém estaria diferente de quando iniciei o treinamento, me deitaria e aproveitaria o resto do meu prévio estado zen.


Jutsu Aprendido:
Kagemane no Jutsu
Selos: Rato
Rank: C
Classe: Ninjutsu, Hijutsu
Descrição: A Técnica de Imitação das Sombras permite ao usuário estender a sua sombra sobre qualquer superfície (até mesmo água) e na medida em que quiser, desde que exista uma área suficiente. Uma vez que entra em contato com a sombra de um alvo, há a junção dos dois e o alvo é obrigado a imitar os movimentos do usuário. Portanto, os dois podem jogar shuriken um contra o outro ao mesmo tempo, se o usuário desejar que (é claro, para evitar ferir-se, basta o usuário ter o coldre de shuriken em um lugar onde você normalmente não tem, como a parte de trás, de modo que o oponente extrai nada quando o usuário pega uma shuriken). Se o alvo está fora do alcance da sombra, o usuário pode produzir uma melhor fonte de luz para aumentar o tamanho da sua sombra, ou depender das sombras pré-existentes para a sua sombra viajar livremente. Também é possível dividir a sombra, seja para prender mais oponentes de uma só vez, ou para criar uma distração. A sombra também pode ser ligada a pessoas sem controla-las, deixando a "vítima" se mover livremente. Isso tem a finalidade de que a pessoa, que a sombra está ligada, faça contato com uma terceira pessoa, para ligar o último com a sombra.
A principal desvantagem da Técnica de Imitação das Sombras é o fato de ser cansativo usar repetidamente; Hidan nota que a capacidade está sujeita a alguma forma de retorno decrescente e diminui em potência após o uso repetido (Shikamaru só pode mantê-la por 5 minutos por uso). Se o usuário está com pouco chakra, a taxa de desempenho do jutsu também se deteriora. A iluminação insuficiente fará com que a técnica seja menos eficaz. Um adversário muito forte também pode resistir à imitação forçada da sombra.
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Akagan em 14/1/2016, 19:12


Treino duplo de controle de chakra e aprendizado de jutsu



Minha primeira missão acabara de ser concluída, perfeito, pelo menos tenho dinheiro no bolso agora. Iria direto para a floresta do meu clã onde começaria minha seção de treinamentos. Dessa vez iria treinar meu controle de chakra e jutsu, então teria que me empenhar. Começaria com um básico aquecimento do corpo realizando algumas atividades de alongamento e de leve fortalecimento do local trabalhado.

pegava uma espécie de corda que estaria pendurada ali perto, de pé, e com as pernas semi-flexionadas e abertas na linha dos ombros, deixaria os braços estendidos ao lado do corpo, segurando cada extremidade da corda com uma das mãos. Posicionava a corda atrás dos pés e rotacionava para a frente, passando a corda por cima da cabeça, e saltando com os dois pés juntos quando ela tocava o chão. Ficava ali por um bom tempo ate ser visto a vasta quantidade de suor que escorria sobre meu corpo, estaria chegando na exaustão e teria que aproveitar todo o meu treino.

Realizaria agora uma espécie de treino de Step, usaria um objeto semelhante para usar-me nesta atividade. Ficaria de pé atrás daquele objeto, pernas paralelas e braços estendidos ao longo do tronco. Flexionava uma das pernas e subia sobre o objeto, certificando-me de pisar no centro dele. Subia o outro pé e descia, apoiando uma perna de cada vez no chão. Voltava ao início e recomeçava com a outra perna. Isso pode parecer bobo, porém com um tempo iria aparecendo o efeito da atividade, as panturrilha juntamente com os outros diversos músculos da perna iriam sendo trabalhado ali.


Tomaria um pouco do tempo para descansar, ficar repetindo aquilo ali mil vezes sem descansar não iria levar a nada. Fazia polichinelos em velocidade mediana, e depois de algumas repetições aumentaria a velocidade assim exigindo mais do meu físico. Logo após isso daria um descanso de trinta segundos e voltaria para o aquecimento, dessa vez algo um pouco diferente, o aquecimento seria para o abdome, se deitaria e dobrando seus joelhos começaria uma sequência de repetições mais concentradas, depois de longas repetições era vista a cara de dor de sora, mas sem dor, sem resultados, e logo ele tentaria afastar tais pensamento de aumentar o tempo de descanso. O jovem ousaria mais e diminuiria cinco segundos do Seu tempo normal de descanso fazendo assim apenas vinte e cinco segundos.

Perfeito, havia terminando meu longo e difícil aquecimento. Começaria a exercitar meu chakra e dar inicio ao treino do mesmo. Começaria fazendo um selo de bode para estimular o meu chakra, em seguida começaria a faze-lo fluir e então se moldar em seu corpo. Aquele chakra parecia ter vida, fluía como uma chama e aquilo era fruto do grande domínio de Suri nesse tipo de treino. Começaria então a deixar o seu elemento gelo funcionar, fazendo assim um clima frio no ambiente apenas de exalar.

Em seguida começaria a aumentar ainda mais a densidade do chakra, fazendo assim o ambiente que já era frio, gelar ainda mais. O chakra fluía livre como uma chama viva ao redor do meu corpo, a concentração que eu estava tomando ali me forçava a fechar os olhos para manter tal, continuaria assim por um tempo.

Desfazia o selo e deixava a chama que fluía em mim se apagar aos poucos, tentaria aproveitar a sensação fria e saborosa que aquilo me proporcionava. Com um profundo suspiro terminava minha seção de relaxamento que aquilo me trazia. Partia agora para um treinamento mais concentrado. Tentaria moldar o chakra em alguns pontos específicos, começando pela perna direita.

Iria concentrado o chakra apenas naquela região e logo iria formando uma grande ‘’armadura’’ sobre a mesma. Tentaria soltar aos poucos, aquilo de concentrar em pontos específicos era mais dureza do que se parecia, teria que me concentrar ainda mais na hora de liberar para outro local. Pois bem, lentamente iria liberando o chakra moldado na perna direita dessa vez para minhas mãos que estariam formando o selo, iria tentando formar uma grande bola de chakra sobre ela, algo que seria ainda mais complicado, juntar em uma área específica já era difícil, agora juntar e moldar... teria que me dedicar.

Começaria primeiramente no processo de juntar, em seguida tentaria liberar um pouco de cada vez o excesso e assim aos poucos tentando dar a sua forma. Iria aos poucos tendo um certo avanço no processo, nada tão grande assim, porém todo pequeno avanço é menos passos para a perfeição. Algumas gotas de suor caiam sobre o tatame e minha concentração era vista apenas de olho o meu rosto, um pouco de tempo se passava e logo eu conseguia moldar tamanha bola sobre meus punhos.

Tentaria agora forçar meu chakra a fazer uma grande bola sobre meu corpo, Aquilo parecia meio impossível sendo vista a dificuldade que eu tive ao realizar apenas nos meus punho, porém não deixaria o medo de errar falar mais alto. Tentaria exalar uma grande quantidade de chakra sobre os poros do meu corpo e em seguida realizar o mesmo processo de liberar o chakra em excesso, assim de modo a deixar a suficiente para fazer uma bola mais ’’perfeita’’, já que quanto maior a quantidade de chakra que eu iria moldar mais complicado seria. Iria lembrando dos passos da atividade anterior de moldar nos punhos e logo tentaria apenas expandir os métodos, gotas de suor iriam descendo cada vez mais rápido sobre o tatame o tamanho esforço que eu estava fazendo era gigantesco. Muito tempo iria se passando, até que as primeiras formas iriam aparecendo e aos poucos se estabilizando a ponto de chegar em uma perfeita forma esférica.

Aquilo era dureza, porém, necessário para aumentar meu controle de chakra ainda mais. Iria agora treinar ainda mais meu controle de chakra para dominar a minha técnica. Começaria concentrando meu chakra meiton sobre as palmas das mãos, para ser mais exato nos prismas que eu possuía. Iria soltando meu chakra para deixa-lo em modo de chama, fluido sobre todo meu corpo. Aquilo era complicado, porém para mim que já havia praticado aquilo umas ‘’mil vezes’’ já estava quase como normal.

Tentaria agora usufruir do meu elemento meiton e tentar capturar meu chakra, sugando assim toda aquela chama para as minhas mãos. Era um processo de perda e ganho, já que eu estava roubando e capturando meu próprio chakra. Não demorou muito até perceber que aquilo já estava dominado. Aquela técnica era meu escudo e minha arma, podendo me defender de praticamente tudo, teria que fazer bom uso.


Jutsu aprendid[quote="Akagan:

Meiton: Absorver

Rank:  C ~ S
Classe:  Ninjutsu  , Kekkei genkai
Descrição:  Meiton é uma Kekkei genkai de natureza avançada de chakra que pode ser utilizada para absorver, manipular e liberar o chakra tirado do oponente. Graças aos primas que Akagan possui sobre as palmas da mão, juntamente com o estilo Meiton, ele é Capaz de absorver e armazenar ninjutsu, e ninjutsus elementais de até o Rank da técnica. Podendo Libera-lo alguns momentos depois, assim que desejar.

Notas: é a técnica base da KG Meiton

Notas: O jutsu apenas fica armazenado por 3 turnos, apos isso o jutsu elemental  ou ninjutsu  absorvido não funcionara mais.

Notas: C ~ S: caso eu obtenha 4 de ninjutsu adiante, posso simplesmente evoluir a técnica para um Rank superior. Já que ela é a técnica Base da KG.
[/quote]o"]
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Akagan em 15/1/2016, 15:00



Treinamento Duplo de Velocidade e Aprendizado de jutsu


Sim, mais um dia de treinamento estaria para começar por ali. Estaria eu Deitado sobre as gostosas sombras da floresta do meu clã, quase apagando, porém um feixe da luz do sol em direção aos meus olhos me fez despertar totalmente. Levantaria, e com o braço direito começaria a coçar meus olhos graças ao feixe que a pouco o atingiu. Começaria então a tomar coragem para iniciar um treinamento, já estava acordado, teria que aproveitar isso.

pegava uma espécie de corda que estaria pendurada ali perto, de pé, e com as pernas semi-flexionadas e abertas na linha dos ombros, deixaria os braços estendidos ao lado do corpo, segurando cada extremidade da corda com uma das mãos. Posicionava a corda atrás dos pés e rotacionava para a frente, passando a corda por cima da cabeça, e saltando com os dois pés juntos quando ela tocava o chão. Ficava ali por um bom tempo ate ser visto a vasta quantidade de suor que escorria sobre meu corpo, estaria chegando na exaustão e teria que aproveitar todo o meu treino.

Realizaria agora uma espécie de treino de Step, usaria um objeto semelhante para usar-me nesta atividade. Ficaria de pé atrás daquele objeto, pernas paralelas e braços estendidos ao longo do tronco. Flexionava uma das pernas e subia sobre o objeto, certificando-me de pisar no centro dele. Subia o outro pé e descia, apoiando uma perna de cada vez no chão. Voltava ao início e recomeçava com a outra perna. Isso pode parecer bobo, porém com um tempo iria aparecendo o efeito da atividade, as panturrilha juntamente com os outros diversos músculos da perna iriam sendo trabalhado ali.

Tomaria um pouco do tempo para descansar, ficar repetindo aquilo ali mil vezes sem descansar não iria levar a nada. Fazia polichinelos em velocidade mediana, e depois de algumas repetições aumentaria a velocidade assim exigindo mais do meu físico. Logo após isso daria um descanso de trinta segundos e voltaria para o aquecimento, dessa vez algo um pouco diferente, o aquecimento seria para o abdome, se deitaria e dobrando seus joelhos começaria uma sequência de repetições mais concentradas, depois de longas repetições era vista a cara de dor de sora, mas sem dor, sem resultados, e logo ele tentaria afastar tais pensamento de aumentar o tempo de descanso. O jovem ousaria mais e diminuiria cinco segundos do Seu tempo normal de descanso fazendo assim apenas vinte e cinco segundos.

Trabalharia agora um treino para a virilha e a parte interna das coxas, me sentaria ao cão com a coluna reta, Traria os pés em direção à virilha, com os joelhos dobrados aproximava os calcanhares da virilha o máximo que podia sem sentir dor, porém forçando de leve para trabalhar minha resistência das pernas. Procurava manter os joelhos próximos ao chão, usando as mãos se fosse preciso. Aquilo era bastante inquietante, porém me ajudaria na atividade de treino de velocidade, continuaria a atividade por cerca de dois minutos e logo em seguida descansava mais um minuto para realizar a próxima etapa do treino.

Começaria agora uma corrida parada no mesmo lugar, levantando os joelhos até próximo da barriga e e os descendo perfeitamente no lugar de inicios. Iria aumentando velocidade gradativamente, de modo a iniciar um desgaste físico. Faria aquela atividade por cerca de trés minutos e depois descansaria um minuto apenas.

Iria agora realizar um treino especifico para a parte do joelho, iria flexionando o meu joelho esquerdo e botando o peso do corpo por cima enquanto deixava a outra perna estirada, Iria fazendo movimentos leves para pressionar o local que estava sendo trabalhado, fazia isso por cerca de dois minutos. Sem descanso algum, realizava o mesmo fundamento com a outra perna com a mesma intensidade que a primeira.

Agora iria realizar um treino mais concentrado nos músculos do braço e peito, ficaria de barriga ao chão flexionando os braços e realizando movimentos repetidos, começaria uma sequência de ‘’marinheiro’’, a dor era vista no meu rosto , aquilo era apenas um aquecimento mas o mesmo levaria tudo bem a sério. Nem teria motivo de pegar leve, ele queria resultados e fazer isso certamente não traria os esperados resultados, Descansaria por um curto período de tempo para amenizar um pouco as dores e logo tomava folego para uma próxima atividade.

Começaria agora uma treino especifico para os glúteos. Mantinha uma postura ereta e não posicionava os pés muito a frente do corpo. Controlava perfeitamente a subida e descida no movimento, descendo pelo menos até um ângulo de 90º nas articulações do quadril e joelhos.

Em seguida, depois de um certo tempo na atividade anterior, começaria uma outra derivada da atividade passada. Mantinha os joelhos flexionados em um ângulo de 90º. Realizando agora os movimento em velocidade moderada. Mantinha minha atenção no movimento para evitar girar quadril.
• Após terminar a longa sessão de treino da área de glúteos, partiria agora para o abdômen. Deitaria ao chão, em um local com mais grama concentrada, para amaciar um pouco. Esticava meus braços e posicionava– os embaixo das minhas costas com as mãos embaixo dos glúteos, deitando sobre eles. Então levantava minhas pernas esticadas até realizar um ângulo de 90º entre elas e meu tronco. Realizaria movimentos alternados sobre elas, descendo com cautela uma, e subindo com ainda mais cautela a outra. Aquilo era horrível para o abdômen, sentia ele rasgando por todo momento do treinamento.

Após um logo tempo de aquecimento, partiria para o treinamento de um jutsu do meu clã, o kageyose no jutsu, consiste em criar tentáculos muito uteis, servindo para pegar uma kunai e até mesmo usa-la com a sombra. Começaria um leitura cautelosa e demorada para entender o passo a passo. Pois bem, após uma certa compreensão da técnica começaria a inflar meu chakra sobre minha sombra, mesmo esquema do kagemane. Iria tentar deixar meu chakra se fundir com a sombra de modo a manusear ela perfeitamente, já que era o mesmo lance do kagemane aquilo era moleza para mim.

Não demorou muito para dominar aquela técnica. Iria agora começar uma corrida totalmente extensa pela a floresta, para circula-la em tempo mínimo. Começaria a correr desesperadamente para completar logo aquela atividade, O sol já estava se pondo, e aquilo ficaria ruim se eu não voltasse para a vila logo. Terminaria a atividade e então descansaria.


Jutsu aprendido:
Kageyose no Jutsu
Rank: D
Classe: Ninjutsu, Hijutsu
Descrição: Este é um ninjutsu usando sombras materializadas, mas em comparação com o Kage Nui no Jutsu da mesma linha, esta técnica dá ênfase no minuto de controle dos movimentos da sombra. É preciso o suficiente para até mesmo fazer os tentáculos passarem por pequenos buracos. Basicamente, esta técnica leva a própria sombra e o usuário transforma e estende-a em incontáveis tentáculos finos, que são então usados para pegar objetos e trazê-los. Além disso, pode-se habilmente fazer uso dos tentáculos de sombra em forma de tentáculo, utilizando-os para levantar e jogar armas como kunai e tal. Esta técnica tem muitas aplicações e usos possíveis. Não há selos de mão utilizados para esta técnica, mas os movimentos da mão lembram o Sabaku Kyū de Gaara.
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Kosuke em 16/1/2016, 23:45


Treino de Controle de Chakra, Resistência e Shurikenjutsu



Após um longo tempo sem treinar Kosuke sabia que não poderia ficar mais daquele jeito. Primeiro seria a missão e depois os treinos para poder então ‘voltar ao normal’. Se ele continuasse assim talvez as pessoas o chamassem de preguiçoso. Como alguém poderia pensar assim dele?

Então após chegar à floresta já iniciaria seu treino sem demoras. O primeiro feito foi utilizar duas vezes seu jutsu Uteki Usui, assim além de uma nuvem formada a cima também começou a chover. Seu treino consistiria basicamente em usar seu controle para que a água simplesmente desviasse dele, como uma espécie de guarda-chuva.

Para conseguir realizar deveria não apenas fazer uma leve ‘armadura’ com seu chakra natural, como exercer certo controle sobre o de Suiton e assim cada gota desviaria de seu corpo. Logo começou expelir sua energia pelo corpo na esperança de que a água simplesmente mudasse de direção e passasse rente ao corpo.

“Droga.”

A sensação da água até foi diminuída, porém mesmo assim seu corpo foi ficando molhado aos poucos. Kosuke começava a ficar gelado e suas roupas pesavam, definitivamente não seria um bom jeito para ficar ali. Deveria tentar finalizar o treino rapidamente, já que quanto mais demorasse pior ficaria para se concentrar.

“Isso vai ser fácil, só esperar.” – Pensou enquanto suspirava.

Fechou os olhos e focou em apenas sentir e ouvir cada gota de água caindo sobre seu corpo. Principalmente em sua cabeça e depois em seus ombros, abaixando sua temperatura e o encharcando mais, que como resposta natural teve algumas partes tremeram para gerar calor. Para ajudar Kosuke controlou sua respiração, inspirando pelo nariz e soltando o ar aos poucos pela boca.

“Isso é psicológico.”

Então começou a controlar sua energia ao redor do corpo, tentando exercer uma espécie de força de Suiton na água que caía em seu corpo. Aos poucos sua cabeça e ombro foram parando de sentir as gotas, assim como o som mudava de algo firme para maleável. Kosuke abriu seus olhos e apenas viu o que já sabia, o seu treino tinha sido concluído.

- Próximo.

Primeiro saiu da área da chuva e decidiu que iria treinar sua resistência, afinal suas roupas já estavam mais pesadas mesmo, apenas aproveitaria a oportunidade que criou. Rapidamente deitou com as costas no chão, flexionou suas pernas e se preparou para iniciar algumas abdominais. Treino físico não era seu forte, porém sabia que uma hora ou outra deveria fazer, então adiar apenas seria pior.

Posicionou suas mãos atrás de sua cabeça, entrelaçando os dedos para possuir mais suporte, e começou utilizando a força de seus abdomens. No começo a única dificuldade era encontrar um ritmo e disposição para continuar em frente, o que não demorou, pois ia devagar e sua mente estava concentrada no som da natureza ao seu redor.

Após algumas repetições seu abdômen começava a sentir o efeito do treinamento, como se outro peso exercesse ainda mais força. Não chegava a ser insuportável, porém algumas gotas de suor já escorriam de sua testa e a respiração tornava-se aos poucos inconstante. Fazer exercício enquanto estava molhando com certeza não era uma forma de estar bem segundo Kosuke, mas ainda assim não iria desistir no meio.

A velocidade com que conseguia subir novamente parecia encontrar uma estabilidade, não variando muito já que chegava ao final. Ele apenas não estava com suor por mais partes do corpo porque a água da chuva já tinha feito esta função.

- Chega... – Disse a si mesmo já levantando.

Aquilo já tinha sido o suficiente, sentia seu abdômen mais forte do que antes, logo seu treino não tinha o porquê de continuar. Ainda assim não iria simplesmente parar, pois se tinha a intenção de voltar ao ritmo era isso que iria fazer.

Já de pé chegou próximo a uma árvore, retirando uma kunai, e marcou dois ‘X’, um aonde seria a cabeça e outro o estômago. Kosuke repetiu a marcação em outros dois troncos que estavam próximos, formando uma espécie de linha horizontal. Aqueles ali seriam seus alvos, como se estivesse sozinho contra três ninjas e sua única opção fosse utilizar as armas. Será que sobreviveria? Certeza ele não possuía, porém poderia treinar para conseguir resolver caso realmente acontecesse.

Em seguida deu longos passos para trás, parando apenas ao ficar aproximadamente a sete metros de distância das árvores. Buscou se concentrar controlando a respiração e observando os seus alvos, decidindo que arma e que lugar lançaria. Seus dedos passavam de leve em sua pochete ninja e quando estava pronto levantou a tampa, pegou e jogou as armas sem demora. Era uma kunai na cabeça do meio e duas shurikens, uma no topo e outra aonde seria seu estômago.

Kosuke observou o resultado e não possuía muita felicidade ao ver. Nenhuma realmente tinha acertado o encontro dos traços e a única arma que tinha chegado perto era a shuriken, que se fosse real conseguiria acertar a cabeça. Já as outras duas estavam ou muito a cima ou muito abaixo, podendo ser defendidas sem problemas. Ou seja, era um problema que deveria ser corrigido.

Por enquanto apenas iria jogar reto, sem curvas. Queria ser simples e eficaz, ainda não possuía habilidade o suficiente para inventar métodos que apenas o atrasariam a primeiro passo. Então iria tentar novamente, apenas observando mais os alvos e tentando concertar a trajetória das armas. Feito isso jogou duas kunais e uma shuriken da esquerda para a direita.

Kosuke olhou as armas seguirem com certa velocidade para o tronco, sendo que no caminho pareciam estar prontos para acertarem os alvos com precisão.

- Agora eu consigo! – Já disse animado.

Porém ao fincarem na madeira percebeu que não estavam tão precisas. Claro que mais próximas de onde pretendidas, porém ainda imperfeitas, sempre mais acima ou abaixo. Mas já que a distância tinha diminuído isso mostrava que treino possuía uma razão e que não seria impossível concluir.

Com o pensamento positivo Kosuke foi retirar as armas para deixar os alvos livres, aproveitando para analisar novamente. Então voltou a mesma distância e lançou três shurikens, todas mirando aonde deveriam ser as cabeças. Com os olhos fechados ele apenas esperou o som de quando fincassem para ver com surpresa.

“Será que foi?” – Pensou abrindo aos poucos.

Ao reparar no resultado viu que tinha errado novamente, porém agora as armas estavam ainda mais próximas dos pontos certos nos alvos, ficando impressionado consigo mesmo como tinha evoluído. Ainda otimista jogou novamente, só que três kunais mirando nos alvos inferiores dos troncos.

Observou as armas chegarem uma a cada uma sem demoras nos alvos pretendidos, acertando com perfeição a intersecção dos traços. Realmente o treino tinha sido concluído, mas apenas para ter certeza de que não eram golpes de sorte tentaria mais uma vez e se conseguisse acertar daquele jeito novamente iria então para sua casa.

- Agora sim! – Disse para si mesmo enquanto retirava as seis armas fincadas e retomava a posição.

Para não demorar e possuir logo a resposta, Kosuke apenas deu uma última respirada e jogou duas shurikens e uma kunai, sendo duas para a cabeça e uma ao estômago. Desta vez estava com os olhos abertos e viu todas as armas acertarem seus respectivos pontos corretos, fazendo com que um sorriso automático fosse formado.

Sabia que seu treino tinha sido concluído, então não restava nada a não ser pegar as armas de volta e sair do local.



HP: 400/400
CH: 375/600
ST: 200/200





Jutsu Utilizado:
Suiton – Uteki Usuix2
Selos: Carneiro
Rank: D
Classe: Ninjutsu, Suiton
Descrição: Com este jutsu o usuário libera uma grande quantidade de água pela boca em direção ao céu, criando uma nuvem comum com 7 metros de altura por 5 de largura. Caso o jutsu seja utilizado em alguma nuvem já existente ou novamente em uma feita pela própria técnica a mesma começa a entrar em processo de precipitação.
Notas:
- Não pode ser utilizado em outro alvo a não ser o céu.
- O processo de precipitação é apenas o de água.
- Jutsu de suporte.
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Mizaki Inagashi em 17/1/2016, 02:08


Aprovado;

+ 1 em shurikenjutsu, resistência e controle de chakra.
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Kosuke em 17/1/2016, 04:20


Kosuke estava se sentindo cansado, por isso se acomodou no próprio chão da floresta e então começou a dormir. Ele sabia que aquele lugar era confortável e seguro, então não teve muito problemas.


HP: 400/400
CH: 375/600
ST: 200/200
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Mizaki Inagashi em 17/1/2016, 15:29


Descanso aprovado; Já se passaram mais de 6 horas desde a postagem então já pode postar com status recuperados.
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Replace A Volta em 28/3/2016, 10:32


Treino de Jutsu, Controle de Chakra e Selos
Tudo estava indo bem, e eu finalmente havia chegado ao local desejado. Olhei para uma árvore e logo percebi que ali estavam algumas descrições sobre as técnicas de meu clã, e pelo jeito seria fácil treinar ali, pois haviam muitas sombras no local. Comecei por me assentar no chão e, desta forma, fechei meus olhos, focalizando meu chakra em meu interior para que assim fosse possível a meditação e, logo após isso, me vi novamente em um plano negro, flutuando sobre aquela enorme escuridão e, por mais uma vez, uma réplica exata de mim surgiu ali. O clone, desta vez, empunhava uma espada, pouco maior que o seu braço. Me assustei, pois aquela criatura parecia mais destemida, mais determinada, e ainda mais poderosa e, além disso, exalava uma vontade imensa de destruir a mim e a tudo que me fosse ligado. Assustado, decidi partir logo para o ataque, correndo em direção ao adversário e desferindo dezenas de socos contra ele, mas fora totalmente inútil, já que o mesmo desviara de todos os movimentos mas, mesmo assim, continuei o atacando, pois em algum momento ele ficaria cansado. Erro meu. A criatura continuou ilesa, apenas desviando das dezenas de socos que eu continuava desferindo incansavelmente. Em um momento, pensei que iria ser derrotado por aquela abominação, pois em um simples movimento horizontal, ela fatiou-me ao meio.

Estava tudo perdido, eu estava morrendo? Não... Aquilo era apenas em minha mente... Eu não podia morrer... Não é!?
Fechei os olhos e, por mais que aquilo realmente me doesse, consegui me concentrar, materializando meu corpo da forma inicial, estando assim regenerado do corte. Enquanto a regeneração era feita, a expressão da réplica começou a mudar, sangue escorria pelos seus orifícios, o crânio parecia estar atravessando a carne, se tornando um exoesqueleto, semelhante ao de uma formiga. Isso não aconteceu somente ao rosto, todo o corpo da criatura começou a sangrar, e os ossos saíram, se tornando uma proteção maior e também um show de horrores a quem se aventurava a olhar. Me mantive concentrado e sem medo, pois aquilo não podia me machucar realmente, era apenas uma ilusão de meu subconsciente. Eu me sentia mais poderoso, parecia que minha mente havia me deixado mais forte e, desta vez, parti para uma ofensiva mais confiante, desferindo golpes contra todo o corpo do oponente, e fazendo com que os ossos que continuavam a sair se rachassem e, por fim, a criatura foi arremessada para longe por um soco desferido na face da mesma por mim. Tudo estava bem, pelo menos por alguns segundos, já que minha réplica acabou por voltar, de uma forma quase instantânea. Uma troca de golpes começou, alguns eu acertava contra o adversário, e alguns ele acertava contra mim. Mal sabia eu que aquela era a minha sede de matança materializada em pessoa. Com um movimento rápido e preciso, roubei a espada que pertencia ao monstro e contra ele desferi um fatal golpe, decepando sua cabeça. Mal pude comemorar, pois meus olhos se abriram no mundo real.

Quando percebi, havia conseguido chegar ao equilíbrio perfeito. Meu chakra agora podia ser manipulado de uma forma mais eficaz, parecia que aquele embate em minha mente realmente havia sortido efeito. Várias folhas bailavam sobre o ar, e ao impulso de meu chakra, ficavam a flutuar por mais tempo. Agora o desafio era outro, concentrar-me o suficiente para conseguir realizar um jutsu de meu clã e, ao mesmo tempo, fazer selos de forma rápida o suficiente para que conseguisse evoluir a velocidade de minhas mãos. Olhei ao redor e, por sorte, tive uma ideia, utilizaria as próprias folhas como cobaias para o treino de meu jutsu. Comecei a fazer selos de forma imparável, enquanto as folhas continuavam a cair. Minha sombra começava, aos poucos, a se materializar, porém não era o suficiente, emanei ainda mais chakra e o comprimi sobre minha sombra, sobrecarregando-a de chakra e, desta forma, ela parecia estar mais sucessível a se materializar. Em poucos segundos, vários selos de mão foram realizados por mim e minha perícia sob os mesmos parecia aumentar aos poucos, enquanto minha sombra se materializava. Enfim, minha sombra se materializou em diversas ramificações que perfuraram cada folha ali presente, enquanto eu parava aos poucos de fazer os selos e apontava minha mão aberta aos alvos, para controlar melhor a minha sombra. Pós isso, me sentei sobre o chão e soltei um abafado sopro, pois havia me esforçado muito naquele treino.

HP: 200/200
CH: 200/200
ST: 200/200

OBS: Não sei quantas palavras são necessárias pra treinar jutsu mas caso não tenha o suficiente ai, peço que considere como um treino de Controle de Chakra e Selos.

Jutsu Treinado:

Kageyose no Jutsu
Rank: D
Classe: Ninjutsu, Hijutsu
Descrição: Este é um ninjutsu usando sombras materializadas, mas em comparação com o Kage Nui no Jutsu da mesma linha, esta técnica dá ênfase no minuto de controle dos movimentos da sombra. É preciso o suficiente para até mesmo fazer os tentáculos passarem por pequenos buracos. Basicamente, esta técnica leva a própria sombra e o usuário transforma e estende-a em incontáveis ​​tentáculos finos, que são então usados para pegar objetos e trazê-los. Além disso, pode-se habilmente fazer uso dos tentáculos de sombra em forma de tentáculo, utilizando-os para levantar e jogar armas como kunai e tal. Esta técnica tem muitas aplicações e usos possíveis. Não há selos de mão utilizados para esta técnica, mas os movimentos da mão lembram o Sabaku Kyū de Gaara.
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Survival em 28/3/2016, 11:33


Seu treino atingiu o número mínimo de palavras (500), no entanto, por vezes ele me pareceu confuso, focando-se mais num treino de constituição mental do que selos propriamente dito. Vale lembrar que o Kageyose no Jutsu apenas oferece suporte para apanhar objetos e afins, e não para perfurá-los como o Kage Nui no Jutsu.

A forma como descreve suas ações são notórias e bem claras, porém o treino foi um pouco dispersivo. Ainda sim, seu último parágrafo o salvou de ficar inválido.

Regras: http://naruto-survival.forumeiros.com/t22-treinos

Aprovado

+1 em Controle de Chakra;
+1 em Selos;
Jutsu aprendido;
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Replace A Volta em 10/5/2016, 20:09


Em alguns passos, partia para minha vila natal depois de ficar por muito tempo parado em meditação.

Hp: 200
CH: 200
ST: 200
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Clã Nara

MensagemPostado por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum