Naruto Survival 4.0



 
CalendárioInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
» Academia Ninja de Konoha
por Naoki Hoje à(s) 01:41

» Zona de Treinamento Avançando
por Kodahma Sano Hoje à(s) 01:31

» Fronteiras do País das Fontes Termais
por Naoki Hoje à(s) 00:43

» Pedido de Elemento Secundário/Terciário
por Survival Hoje à(s) 00:11

» Planícies e Florestas
por Kon Reeves Hoje à(s) 00:08

» Pedido de Elemento e Tipo Sanguíneo
por Survival Hoje à(s) 00:06

» Vila do Bambu
por Kon Reeves Hoje à(s) 00:03

» Banco de Atualizações Gerais
por Naoki Ontem à(s) 23:04

» Orfanato Kurama
por Naoki Ontem à(s) 23:03

Acesso Rápido
Quem está conectado
1 usuário online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e nenhuma Visita :: 1 Motor de busca

Naoki

O recorde de usuários online foi de 39 em 2/10/2016, 21:50
Calendário do RPG
Primavera

Estação: Primavera
Ano: X020
Procurados
Parceiros
http://pt-br.naruto.wikia.com/wiki/Wiki_Naruto
RPG - Hogwarts SchoolFórum grátisShinki RPGPokéMytushttp://www.heroisdoolimporpg.com/Pokémon Agenda RPGhttp://poke-mythical.forumeiros.com/http://narutorpgakatsuki.com.br/

Nosso Banner









Tópicos similares

    Compartilhe | 
     

     Saguão dos Ancestrais

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
    Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
    AutorMensagem
    Survivalavatar
    Exibir perfil



    Mensagens : 5493
    Data de inscrição : 06/12/2014
    Localização : Naruto Survival

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    0/0  (0/0)
    Reputação Reputação: 0
    MensagemAssunto: Saguão dos Ancestrais   4/7/2017, 22:09

    Relembrando a primeira mensagem :



    Saguão dos Ancestrais

    O grande saguão de Kumogakure está localizado ao extremo nordeste da aldeia, abrigado ao cume de uma montanha esculpida pelas mãos dos homens, e para se chegar até ele é necessário subir as escadarias dispostas em sentido espiral no interior da montanha.

    O ambiente é adornado em tons ciano-dourado, sustentado por pilastras de bronze e decorado com tecidos adornados pelas mãos dos mais renomados artesãos de Kumogakure. Além do padrão orbital que constituí a geometria do salão, há também aberturas por todos os lados que permitem a passagem de luz e ar em pontos estratégicos, garantido o boa iluminação e ventilação do local. No piso lustrado quase intocável, uma passarela indica o caminho até o epicentro do saguão, onde um altar é erguido sobre os raios solares que o atingem pelas janelas. O salão é consideravelmente espaçoso nos seus 50 metros de diâmetro e 10 metros de altura.

    As estátuas que se inserem entre os pilares maiores homenageiam os ancestrais do Ninshū, como os sábios Hagoromo e Hamura, os herdeiros Indra e Ashura e a lendária deusa-coelha Kaguya. Não se sabe o porquê de suas criações, mas especula-se que no passado serviram de ponto de encontro para os remanescentes do caminho Ninshū.


    Última edição por Survival em 8/7/2017, 18:21, editado 1 vez(es)
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com

    AutorMensagem
    Kodahma Sanoavatar
    Exibir perfil



    Comportamento Exemplar Nenhuma Nenhuma Nenhuma Nenhuma Suna | Genin
    Mensagens : 1409
    Data de inscrição : 16/05/2016
    Idade : 19
    Localização : Sunagakure no sato

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    205/450  (205/450)
    Reputação Reputação: +14
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 03:43

    ATO I: IGNIÇÃO
    As coisas pareciam não terem começado da maneira que imaginara, pelo visto cada centímetro de avanço percorrido enquanto estivesse naquelas terras acabaria por se tornar uma vitória pessoal a se comemorar, não seria uma simples brincadeira de criança superar os desafios a quais seria submetido e ele mesmo mais do que ninguém tinha conhecimento de seus limites e preparo regular, por sorte nunca fora alguém que muito se importava com estatísticas ou coisa do tipo, se tinha colocado a cara a tapa era porque acreditava que poderia ser útil para um propósito maior a longo prazo, e mesmo que isso significasse não se tornar chunnin agora apenas cumpriria seu dever de lutar até o fim com quem fosse necessário.

    Qualquer tipo de formalidade acabara sendo friamente deixada de lado, pelo menos até aquele momento, novas figuras (se é que poderia chama-los assim) surgiam diante a presença dos candidatos, para Sano todos eram novidade afinal acabara de chegar ao cume do pico graças ao auxílio de um shinobi da casa, precisava retribuir a ajuda de algum modo afinal além de entender o posicionamento enxergado como errôneo, apreciava aqueles valores, por mais que estivessem obstruídos pela busca incessante de poder do mundo shinobi contemporâneo. Ordens eram dadas, e um sujeito de aparência completamente distinta de qualquer habitante de Sunagakure tomara a iniciativa de dar o exemplo, Kodahma não era lá alguém que gostasse de chamar atenção entretanto se encaixava bem como um indivíduo que sabia seguir ordens, sendo assim acompanhava a movimentação do nativo do fogo e se posicionava a lateralidade destra desse aguardando por novas instruções.



    Kodahma Sano:
    HP: 500/500
    CH: 1000/1000
    ST: 153/200 (-47)


    Equipamentos/Armas:
     



    "O silencio pode ser ensurdecedor..." - Kodahma Sano
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Bluesdayavatar
    Exibir perfil



    Colaborador Mestre do Taijutsu Mestre do Dōjutsu Mestre do Ninjutsu Mestre do Senjutsu Konoha | Genin
    Mensagens : 699
    Data de inscrição : 15/03/2017

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    780/950  (780/950)
    Reputação Reputação: +10
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 04:05

    Chuunin Shiken: Imponência

    Hisoka ficava encarando Yui. Mas logo tudo aquilo mudava com a aparição do responsável pela primeira tarefa. Ele tinha uma aura, uma aura chamativa. Certamente era muito poderoso e aquela capa não enganava os olhos apurados de Yui que a tudo podiam ver.

    " E lá vamos nós... "

    A garota se levantou imediatamente e seguiu atrás do Stalker. Ele ficava de frente ao imponente Gaia. Ela logo a seu lado, virado reto para frente, formando a segunda fileira de gennins. Olhava reto, sem encarar o mentor daquela etapa. O que viria era um mistério, mas a jovem Hyuuga estava preparada.


    HP: 800
    CH: 1000
    ST: 1990

    Inventário:
     




    HP: 800
    CH: 1000
    ST: 2200
    CHN:
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    The Almightyavatar
    Exibir perfil



    Narrações mais Envolventes Mestre do Ninjutsu Mestre do Genjutsu Konoha | Genin
    Mensagens : 472
    Data de inscrição : 30/09/2016

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    160/750  (160/750)
    Reputação Reputação: +8
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 05:23


    私のガイドを発射します
    pressure
    Sua chegada ao topo do cume era exaustiva e agitada, lotada de personalidades distintas que se juntavam a trama que estava por se iniciar naquele exame. A subida, da grande maioria, parecia complicada. O ar e a altitude diferenciada de Kumogakure causavam um impacto climático no corpo de Sousuke, e, aparentemente, em outros participantes também. Os vários indivíduos eram observados pelos olhos atentos e perspicazes do Uchiha; uma garota e um garoto de cabelos vermelhos, alguns rapazes de cabelos escuros - talvez, algum conhecido? O destaque ficava por conta de um sujeito que, estranhamente, parecia transmutar seu corpo. Seus braços tomavam um aspecto manchado, e a pele uma tonalidade incomum, que lembrava a do cobre. Eles, surpreendentemente, se esticavam como uma borracha e auxiliavam alguns participantes a subirem o restante da escadaria. A feição de Sousuke se alterou por um instante, numa elevação das sobrancelhas, demonstrando sua perplexidade perante ao feito. Mas, na mesma velocidade, ele retomava sua compostura. Porém, a estranha habilidade estava armazenada em sua mente.

    O saguão se agitava com tantas presenças diferentes, que traziam um ar mais descontraído ao belíssimo local. Agora podia reparar mais em sua estrutura, como costumava fazer. O chão lustrado verde-água, incrivelmente, refletia uma leve silhueta dos integrantes. O caminho dourado ia da entrada até o centro, levando a uma espécie de altar. Este que parecia receber uma atenção especial do Deus do Sol, já que os feixes de luz pareciam direcionar-se propositalmente para a pequena estrutura. As estátuas, agora mais visíveis, tinham rostos talhados e definidos. Quatro homens e uma mulher de longos cabelos eram retratados nas esculturas, que não pareciam servir para outro propósito além do embelezamento. Mas, apesar de seus fascínio pela arquitetura do local, Sousuke não podia deixar de notar as outras três presenças no local. Um deles já "conhecido"; o tal transmorfo bom samaritano. Estão, eles chegaram aqui primeiro. Sua mente já arquitetava as possibilidades para tal feito, visto que eles não pareciam fadigados. Não foi através de um grande esforço. Chegaram antes? Talvez. Ou simplesmente possuem uma resistência maior que a de todos os outros... Poderia parecer paranoico, mas aquela era a realidade daquele exame: eles eram seus oponentes. Por mais que não desejasse ferir qualquer um, um reconhecimento era inevitável. Mesmo em meio aqueles poucos instantes, já sabia algo a respeito de alguns dos participantes. Não deixou de registrar também suas fisionomias: uma garota e um rapaz de cabelos brancos - portando bandanas de Konoha? Não conseguia identificar pela distância. Porém, seu tempo para as análises inciais parecia ter findado.

    Um novo personagem surgia, acompanhado de outros cinco. O principal, o qual a guia parecia ter mencionado como Gaia, se destoava de qualquer um no salão. A careca caia bem no sujeito bronzeado, que exibia um vistoso bigode acinzentado. O corpo era grande, parcialmente ocultado pelo sobretudo negro que usava. Sua postura era rígida e intimidadora, parecendo transpôr um respeito imediato a todos na sala. Os outros eram menos memoráveis: cinco sujeitos bem parecidos fisicamente, todos utilizando ternos pretos completos. Pareceu trocar alguma palavras com a guia, referindo-se a ela como Narui. Talvez o garoto não guardasse o nome da moça, mas, ao menos, o ouvira. O homem ainda encarava os participantes, com um olhar indiferente e compenetrante. Sousuke não se sentia amedrontado pela presença do sujeito, mas, talvez, um pouco intimidado. Nada que mudasse sua maneira de se portar, que permanecia intacta. A questão era um pouco mais psicológica.

    O cansaço da subida ainda o afetava ligeiramente, fazendo com que sua respiração se tornasse um pouco mais acelerada. O suor adquirido na caminhada também ainda estava em seu pele, apesar de aos poucos desaparecer. A guia, Narui, finalmente começava as instruções. Os Gennins tomavam posição, iniciando a formação da fila. Sousuke se posicionava diretamente atrás de um garoto de cabelos castanhos curtos, uma bandana de Suna e algumas pinturas estranhas no rosto. Não por escolha, mas sim por mero acaso acabava atrás do rapaz. Finalmente, tudo estava para começar. Apesar da situação inovadora e dos acontecidos repentinos, o Uchiha mantinha a calma. Sua respiração aos poucos se normalizava, e sua mente estava tranquila. Sabia porque estava ali, e para que. Não tinha dúvidas de sua capacidade ou receio perante a dos demais. Sua vontade era forte, poderosa. Ela queimava intensamente dentro de seu ser, guiando-lhe a cada passo. A brisa suave de Kumo bagunçava suas madeixas negras, dançando junto de seus pensamentos. Aquilo era apenas o início de sua jornada.

    Sousuke:
    HP: 800/800
    CH: 2300/2300
    ST: 363/400


    THERE'S NO BEGINNING, THERE'S NO END, THERE IS ONLY CHANGE.

    Observações:
     
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Mizon Massacreavatar
    Exibir perfil



    Mestre do Taijutsu Mestre do Senjutsu Kumo | Genin
    Mensagens : 485
    Data de inscrição : 17/07/2016
    Idade : 18
    Localização : In the Desire

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    415/850  (415/850)
    Reputação Reputação: +1
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 11:53

    Inicio



    Após alavancar os atrasados, embora ainda houvessem mais alguns chegando, poderia observar algumas atitudes destes para com minha ajuda, uma garota de konoha, com cabelos vermelhos esvoaçantes muito diferentes de qualquer coloração que eu já havia visto chegou a abraçar-me enquanto eu puxava os Genins e ao fim de minha ação beijou-me na lateral do rosto, mostrando gratidão e apresentando-se, um olhar não muito amistoso foi a única resposta dada para aquele ato até o momento, enquanto meus punhos tomavam a coloração normal novamente e as marcas negras que ao se moverem pareciam estar em brasa eram recolhidas para dentro do kimono, era visível que todos tinham conhecimento agora de parte das minhas habilidades, não pude deixar de notar que um dos Genins me reconhecera citando até mesmo o nome do meu clã. Passando pela garota ruiva, sem olhar para a mesma, apoiava minha mão no ombro do homem de longos cabelos negros que havia falado comigo a pouco; - Não se engane, Juugos são bestas presas dentro de homens, este aqui apenas está na coleira. Por enquanto... - Diria, num tom meramente sarcástico enquanto reparava na birra do casal de cabelos brancos, voltando-me para a jovem de cabelos rubros, olhando diretamente para ela desta vez responderia aos seus atos finalmente, enquanto esta aparentemente ainda prestava atenção na responsável pelo exame; - Não se preocupe em agradecer, garota, chegar aqui é o menor dos problemas que teremos hoje. Aliás, me chamo Mizon... - Uma breve pausa nas falas, virando-me agora para os portões, para então dizer: - Espero que todos vocês tenham gostado das calorosas boas-vindas da minha vila. - Então a mulher, revisando a hora, apressou-nos a adentrar o saguão.

    Soltando minha mão do ombro do garoto, que havia vindo acompanhado do mais resistente entre nós pelo que fora visto, rumava o saguão posicionando-me em fila atrás de uma nova figura que havia acabado de subir correndo as escadarias, um dos jovens atrasados que não pude ajudar; A frente deste estava um outro garoto com a bandana de Suna e marcas em sua face, este carregava seu amigo pelas longas escadarias, um ato tão nobre senão mais nobre que o meu, reconheço.

    Voltando novamente minha atenção aos organizadores, veria que eles começavam a passar ordens para os Genins e sem resmungar esperaria que os outros jovens que adentrassem depois de mim mantessem a fila que fora criada na entrada, esperando pacientemente pela chamada da responsável que aparentemente tinha o nome de Narui, provavelmente esta estaria envolvida diretamente o Kage mas mesmo buscando em minhas memórias de quanto estive em seu gabinete não lembrava dela lá até então; Tudo estava prestes a começar, calmo e tranquilo, esperava as novas instruções.

    Aparência:
     
    Itens Portados:
     
    Considerações:
     


    Mizon:
    HP: 1000/1000
    CH: 1400/1400
    ST: 1368/1400
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Hirashiavatar
    Exibir perfil



    Kiri | Genin
    Mensagens : 87
    Data de inscrição : 12/06/2017

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    230/350  (230/350)
    Reputação Reputação: 2 - Neutro
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 12:25





    Hirashi, após sua intensa corrida, o garoto chegou até o topo do local, porém, frio como sempre, chegava ao local silenciosamente sem demonstrar seu cansaço por ter subido, a enorme escada, porém a afeição do Kaguya mudou quando chegou ao local, ficando mais sério ainda, com um olhar perfurante, ele por alguns segundos sentia a energia que o local passava, a luz que reflitia no lugar, o deixava mais ancioso com o exame.

    O garoto percebeu a pessoa que surgia, um homen que parecia de maior autoridade no local, mais expecificadamente em kumo, era um sujeito serio com um semblante sério, e de certa forma diferente, seria este homen o instrutor do exame?
    Hirashi não se importava, após a primeira ordem do homen o rapaz tomou certa indecisão na hora de obedecer o homen, porém, vendo que a maioria dos participantes avia respeitado a ordem do homen, Hirashi deu um passo a frente se posicionando atrás de um garoto de cabelos pretos oque se parecia ser de konoha por sua bandana, porém o Kaguya não podia fingir que não estava cansado, sua expressão de cansaço mostrava isso sua respiração estava um pouco alterada porém, ele não expressava medo, porém cansaço, o garoto estava disposto a se tornar chunnin custe oque custar, seu objetivo ele tinha que alcançar, ele se manteve em posição respirou fundo, Isso é só o começo
    HP: 200/200
    CH: 200/200
    ST: 764/800
    Cupcake Graphics / Pancakes ♪♫


    Itens:
     


    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Ace Uchihaavatar
    Exibir perfil



    Comportamento Exemplar Avaliações/Atualizações mais Rápidas
    Mestre do Ninjutsu Mestre do Genjutsu Konoha | Genin
    Mensagens : 1631
    Data de inscrição : 10/06/2016
    Idade : 23

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    760/1050  (760/1050)
    Reputação Reputação: +1
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 12:42


    Ouvia o que o Juugo Mizon teria falado para mim e sorria de leve para ele -Sim eu sei a natureza e o interior dos Juugos eu mesmo lidei com o demonio interior de uma juugo como tu dizes ajudei ela a ficar com ele sobre uma coleira, eu repeito os juugos, por isso prazer em te conhecer. Dizia enquanto me levantava.
    Parecia que a Primeira parte estaria prestes a começar, sem demoras caminhava ate Hisoka, e ficaria do lado dele alinhado, ao mesmo tempo olharia em volta para ver a compostura de cada um dos participantes, varias personalidades que cada um demonstrava "Quietos,Inquietos, Calmos, Serios ate mesmo Preguiçosos.
    Sorria pois eu teria testemunhado o ultimo CS, e este era diferente os participantes interagiao mais entre si, e isso sim é um bom CS.
    Via a instrutora meio inquieta e me perguntava o porque foi entao que ela chamou outros individuos tinham uma compostura e tanto, eles pediam para ficar em linha, eu ja estaria em linha com Hisoka, por isso nao me mexi, e ficaria bem quieto e atento para as intruçoes que poderiam ser dadas.
    -Hiso acho que este CS vai ser interessante.
    Falaria baixinho para que apenas Hiso ouvisse.

    HP: 1200
    CH: 2800
    ST: 972/1000

    Equipamentos:
     
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    tenkoavatar
    Exibir perfil



    Kiri | Genin
    Mensagens : 127
    Data de inscrição : 28/02/2017
    Idade : 19

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    80/150  (80/150)
    Reputação Reputação: 0
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 13:56

    o jovem ninja chega no lugar e fica na fila para participar do exame chunin e que na qual esta muito confiante.

    Tengetsu Hōzuki::
    HP: 200
    CH: 200
    ST: 155




    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Uzumaki Mahinaavatar
    Exibir perfil



    Konoha | Genin
    Mensagens : 60
    Data de inscrição : 11/06/2017
    Idade : 13

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    30/350  (30/350)
    Reputação Reputação: +3
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 15:49

    CHUUNIN SHIKEN
    O INFERNO DAS ALTURAS
    A subida de escadas mais difícil da minha vida realmente me levou até as alturas do cansaço. A ajuda do homem com técnicas misteriosas, as quais foram atribuídas ao clã Juugo, me salvou, assim como outra parcela de pessoas. Eu adentraria no saguão brilhante e lustroso, grandes estátuas estavam dispostas ao redor do grande salão, lá dentro consegui avistar os outros participantes, dois com cabelos grisalhos conversavam aparentando ser um casal de longa data enquanto um participante da vila da areia se mostrava extremamente calado e nenhum pouco carismático ainda estando acompanhado de outro que compartilhava um tom de cabelo próximo ao meu.

    Estava muito grata ao meu salvador e por isso lhe agradeci da forma que desejei no momento, o beijo não pareceu agradar o mesmo, mas ainda assim o corpulento continuou mostrando-se muito gentil e respondendo a todos, uma conversa sobre o clã do garoto me deixou um pouco confusa, mas logo após ela o mesmo dispensou meus agradecimentos e apresentou-se para mim. Seu nome era Mizon e eu nunca me esqueceria do mesmo, certamente nossas vidas se cruzaram de forma permanente a partir daquele momento, por isso continuaria a interagir com o rapaz dizendo:

    - Apenas aceite os meus agradecimentos, afinal bons anfitriões sempre fazem isso. Espero que consigamos vencer os desafios deste exame, ficarei triste se meu salvador for eliminado antes de mim...

    Assim que terminei aquela fala as portas começariam a se fechar, eu conseguia sentir a pressão de que o exame finalmente estava começando e que eu simplesmente precisa agir de forma inteligente a partir daquele momento. Finalmente me depararia com um homem que aparentava ser o responsável pela primeira etapa, seu grande bigode chamava minha atenção, achava aquilo atraente, mas ao mesmo tempo não condizente com a falta de cabelos no couro cabeludo do mesmo. Alguns guardas uniformizados estavam dispostos atrás do mesmo como se fossem seguranças, parecia que estávamos prestes a ter uma palestra motivacional com uma estrela cinematográfica não muito bela.

    Novas ordens foram dadas pelo homem chamado de Gaia, revelando o nome da guia, o que fez com que pensasse: “Narui é o nome da Cérbero e Gaia é o nome do Regente do Inferno, aparentemente preciso guardar estes nomes caso queira aumentar minha hierarquia na legião demoníaca”. A contagem era feita e o aval para se iniciar a primeira etapa fora dado, tínhamos ordens expressas de nos distribuir em uma fileira horizontal, segui a ordem me dispondo ao lado de Mizon e sussurrando para o mesmo:

    - Desejo boa sorte, mesmo que você já esteja acostumado a viver nas redondezas do inferno...

    Após dizer aquilo me posicionaria de forma ereta, demonstrando respeito para com o demônio desprovido de cabelos e chifres, mas com um belo bigode. Aguardaria as ordens do mesmo com muita ansiedade.


    Status:
     

    Itens:
     

    Observações:
     


    I'm Mahina. Uzumaki Mahina.
    Ficha  ♤  Criações  ♤  Residência
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Lanakeavatar
    Exibir perfil



    Mestre do Ninjutsu Mestre do Taijutsu Mestre do Genjutsu Konoha | Genin
    Mensagens : 428
    Data de inscrição : 16/02/2017

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    110/950  (110/950)
    Reputação Reputação: 10 ~ Neutro
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 16:20

    A ajuda do jovem de Kumo chegava para todos aqueles que dela necessitavam. Ou mesmo que não a necessitassem era um luxo adquirido ser capaz de chegar ao topo sem ter que se cansar. Ryo aceitava de bom grado a ajuda do jovem e era puxado pelo mesmo. Fisicamente era forte o bastante para puxar todas aquelas pessoas o que seria um feito um tanto quanto impressionante. Certamente que ele seria um feroz adversário.

    - Obrigado! - O Sarutobi agradecia, esboçando um sorriso para o jovem

    A mulher, claramente de Kumo devido às suas vestimentas anunciava que a hora do inicio do exame tinha chegado. Das suas costas apareciam dois homens o que resultava do fechamento das portas. Quem ainda não estava ali tinha perdido a sua chance de participar no exame. No meio de todos estes acontecimentos aparecia um homem com clara autoridade no local. A kunoichi de Kumo mostrava grande respeito pelo homem que dava ordens aos que ali se encontravam. O sujeito observava com indiferença todos os presentes e Ryo observava também o homem, mantendo contacto visual. A sua expressão mostrava determinação mas em simultâneo respeito pelo homem. Certamente tinha realizado atos heróicos e merecia o devido respeito por isso, mesmo Ryo não pertencendo à vila.

    Vendo o que todos os outros naquele local seguiam as instruções dadas pela examinadora o jovem fez o mesmo, alinhando-se à frente tal como todos os outros candidatos que ali se encontravam. O jovem respira fundo e endireitava bem as costas. Aquele era um momento importante.

    - Cá vamos nós... - Pensava

    Sarutobi Ryo:
    HP: 1000/1000
    CH: 2200/2200
    ST: 1200/1174
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Yuuki Uzumakiavatar
    Exibir perfil



    Suna | Genin
    Mensagens : 88
    Data de inscrição : 14/06/2017

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    5/350  (5/350)
    Reputação Reputação: +2
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 17:47

    O Início do Arco Final

    Não demorou muito o seu curto descanso no topo da escada, sentado em um dos diversos degraus que tinha naquela escada colossal. Logo os encarregados daquele evento convidaram os shinobis para entrar na sala. Foi ordenado uma fileira, Yuuki ficou ao lado de seu amigo, Kodahma. Não queria ficar muito separado dele, afinal, era o único que ele conhecia por ali, além de ser o único de sua confiança. O pequeno ruivo não demonstrou muitas surpresas, exceto as estruturas locais.


    Yuuki Uzumaki:
    HP: 400/400
    CH: 1000/1000
    ST: 140/200

    Equipamento:
     

    Considerações:
    Desculpe a demora, e pelo post bosta de sempre -q;




    Olho por olho...Dente por dente...Réquien da furia para a maldade.
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Survivalavatar
    Exibir perfil



    Mensagens : 5493
    Data de inscrição : 06/12/2014
    Localização : Naruto Survival

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    0/0  (0/0)
    Reputação Reputação: 0
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 20:23



    Exame Chūnin - Primeira Etapa - Rodada 1

    Horário: 13:31.
    Clima: Ameno, 22º C.
    Umidade do Ar: Baixa.
    Int. e Dir. do Vento: Médio. Oeste > Leste.

    Os olhos compenetrados que dividiam as atenções dos participantes eram diversos e únicos, uns mais confiantes e outros mais cautelosos, todos dotados de um brilho singular que transmitia o que se passava no interior de suas mentes. Gaia os fitou por inteiro e em silêncio durante vinte segundos, sem nem mesmo ditar uma única palavra sequer, isso porquê apesar dos genins responderem às instruções de Narui alguns ainda pareciam ter problemas em ouvi-la corretamente.

    A guia cobriu a face com a mão. - O que estão fazendo esses dois? - De trás dos participantes a fala saiu baixa, suficiente para que seu superior não a escutasse. A  insatisfação da Jounin se dava com os dois genins de vilas diferentes, Hirashi e Sousuke, que tão precitada quanto inocentemente haviam se posicionado atrás da linha de apresentação dos demais. A negligência daqueles dois poderia custar a credibilidade da funcionária com o chefe de inteligência, ele certamente a culparia depois que tudo acabasse por sua incompetência em deixar os novatos apresentáveis para vossa excelência.

    - Eu disse fila horizonta, o que vocês estão imaginando? - A retórica sussurrante partia da retaguarda de ambos os genins, Narui os empurrava discretamente até as laterais da fileira. - Andem, permaneçam em posição!

    Finalmente Gaia podia começar a falar. Com a palma cobrindo os lábios simulou um tossido forçado. - Haham... - O silêncio finalmente se instaurava. - Vamos começar. - Das suas costas a formação de homens terno se desfazia. Dois uniformizados passejavam pelos flancos do porta-voz com urnas negras e crachás em suas mãos, eles atenderiam cada um dos genin predispostos em fileira e lhes prenderiam com os crachás de seus respectivos nomes.

    - Coloquem todo o dinheiro que carregam consigo nestas urnas. Não se preocupem pois tudo será devolvido ao final da etapa. - Os agentes então faziam seus trabalhos, coletando os fundos monetários de cada ninja antes das instruções iniciais do exame. - Sugiro que não tentem bancar os espertinhos escondendo alguma nota em suas vestes, temos um usuário de Byakugan com os olhos grudados em vocês neste exato momento. Qualquer tentativa de ocultação será simplesmente inválida. - Gaia não blefava, realmente havia um usuário daquele poder ocular escondido em meio às sombras das estátuas, agora este surgia delas para ficar visível aos participantes. Seu nome era Han, um Hyuuga de Konohagakure que não tirava os olhos deles por um segundo sequer. Manteria-se atento para qualquer irregularidade enquanto os homens de terno finalizavam a coleta.

    Gaia ponderou a avaliação de Han antes de seguir com as instruções, avançaria somente se tudo estivesse nos conformes. - Pois bem, acredito que muitos de vocês vieram aqui achando que iriam lutar até não terem mais forças... Hehe - O riso irônico saiu discreto por debaixo do bigode avantajado. - Tolos. Um Exame Chūnin não é apenas uma questão de força. Talvez vocês até possam lutar nas próximas, mas só depois de passarem pelo meu pequeno inferno que chamo de teste teórico. Sejam bem vindos a ele, e se quiserem sobreviver escutem com atenção as próximas instruções que vou dar.

    Um aceno visual do avaliador levou outros dois homens terno a agir, desta vez carregando maletas e as abrindo no altar em frente ao chefe de inteligência. Uma delas continha grandes maços de dinheiro enquanto a outra pilhas de cartas. Gaia apanhou três delas de maneira aleatória e as mostrou diretamente aos genins. Eram cartas com desenhos de pedra, papel e tesoura.



    Pedra - Papel - Tesoura


    - Em resumo, este será um jogo de pedra, papel e tesoura. Vocês receberão três cartas de uma única "naipe" cada um, juntamente de cinco mil ryous. Ninguém além de vocês mesmo saberá das cartas que tem. O único objetivo do jogo é terminá-lo com ao menos uma carta de cada naipe em mão. Simples, não? - Gaia apertou um botão discreto localizado num ponto cego abaixo da borda do altar, com isso ele ativara o mecanismo para emergir outros quatro altares iguais aquele em pontos equilaterais do saguão, todos no entorno do altar principal ao qual o avaliador fazia voz. Cada altar era composto de uma mesa coberta por um tecido de veludo esverdeado com uma abertura estreita em formato de fenda ao meio dela, dentro da fenda um espaço armazenava as cartas descartadas cujo nome se atendia por "cemitério".

    - Estes altares serão seus campos de batalha. Neles vocês poderão desafiar outros participantes à fim de conseguirem as cartas que necessitam através de um duelo. Para desafiar alguém, basta chegar até um destes altares e indicar o desafio à uma pessoa dizendo em voz alta o nome que consta no crachá da mesma ou então apontando pra ela. Essa pessoa pode recusar o duelo, no entanto terá de pagar dois mil e quinhentos ryous ao desafiante ou então descartar uma de suas cartas à banca que por acaso fica neste altar onde estou. Se o desafio for aceito, então os dois deverão comparecer ao altar referido e jogarem suas cartas simultâneamente. Quem vencer descarta sua carta jogada para o cemitério e leva a carta jogada pelo adversário. Se der empate, os dois descartam suas cartas para o cemitério. Vocês também podem usar o dinheiro que receberam para comprar novas cartas da mesma naipe que a sua na banca, cada uma custa cinco mil ryous e só pode ser comprada se você possuir cartas repetidas desta mesma naipe consigo. - A fim de retificar o entendimento de suas informações, Gaia permaneceu quieto por um momento esperando que todos tivessem digerido o que acabara de falar. - Vocês terão uma hora para conseguirem as três naipes de carta que necessitam, quem completar este objetivo antes do prazo basta chegar até o altar principal e mostrar suas cartas. O dinheiro que sobrar desta etapa ficará com vocês. Vale lembrar também que se usarem algum jutsu, kekkei genkai, estilo de luta, modo, armas ou dinheiro próprio serão desclassificados. Sair das imediações do salão, ficar sem cartas, agredir alguém, danificar, esconder ou perder o crachá de identificação também resultará em desclassificação. A única arma que vocês possuem são suas próprias inteligências. Boa sorte à todos. - As palavras finais de Gaia foram resolutas, concisas, permanentes. Nada mais seria dito pelo porta-voz do exame, nem mesmo dúvidas seriam respondidas ou falas repetidas. Exceto pelo seu breve parecer aos agentes que o auxiliavam na distribuição de cartas aos participantes, cada um receberia o dinheiro e  maço de três cartas pela ordem de inscrição, ambos objetos selados por um simples envelope para que só eles mesmo pudessem abri-los e visualizá-los.

    As condições sobre a resolução da primeira etapa haviam sido impostas e o relógio digital solenemente anexado ao teto marcava seus primeiros segundos de inicio de teste. Narui e Gaia retirar-se-iam do saguão deixando para trás os homens terno e seus fiscais, Han e Shimura, este último um ninja sensorial recém chegado ao recinto. Cada altar contava com a fiscalização de um dos agentes de Gaia, inclusive o próprio altar central, a "banca". Eles seriam os juízes das partidas disputadas daqueles que ousassem o desafio, e também as mais autênticas testemunhas sobre quem passaria ou não para a próxima fase. Restava saber agora quantos prodígios existiriam entre aqueles genins, a etapa só permitiria que os mais espertos e perspicazes sobrevivessem, talvez fossem poucos ou muitos, ou ainda nenhum, mas uma coisa era certa, a primeira etapa havia finalmente começado.

    Regras OFF:
     

    NPCs:
     
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
    Hisoka Kurayamiavatar
    Exibir perfil



    Narrações mais Imparciais Maior Atividade
    Mestre do Shurikenjutsu Mestre do Kenjutsu Mestre do Senjutsu Mestre do Fūinjutsu Konoha | Genin
    Mensagens : 2443
    Data de inscrição : 02/09/2016

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    1155/1500  (1155/1500)
    Reputação Reputação: 42 ~ Vigilante
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 21:46




    O porta-voz da primeira etapa começou recolhendo as economias de seus participantes. Tudo ainda estava confuso, mas Hisoka não tinha um único tostão no bolso. No momento que um guarda se aproximasse para pegar o dinheiro, o rapaz somente ergueria os braços na lateral da cabeça e viraria o corpo para o detentor do dito Byakugan, Doujutsu com capacidades desconhecidas por parte de Kurayami, porém certamente com poderes surpreendentes. Com um sorriso despreocupado, nem ao menos daria o luxo de dizer algo, pois sabe que não detinha capital e isto logo seria confirmado. Em seguida, manteria o foco nas instruções repassadas sobre a primeira etapa, que seria completamente focada no âmbito da erudição.

    O saguão foi consumido por um silêncio maçante após as palavras de Gaia. Os competidores, estagnados, pareciam pensar no que fazer. Quem seria o primeiro a duelar? Afinal, os primeiros acabariam mostrando todo o naipe que tem e facilitando a situação para os demais. É difícil imaginar que alguém tome a coragem para deter tamanha responsabilidade. O que viria depois? Um completo caos. Um desafiando ao outro, de forma que dificilmente alguém conseguiria subir ao topo vitorioso. A cada passo, seria de ciência, para todos no salão, quais cartas ele teria e certamente um novo duelo o esperaria. O objetivo desta etapa pode parecer duvidoso, porém certamente é testar, acima de tudo, a capacidade intelectual de seus participantes. Um shinobi é formado não somente de poder, mas de inteligência e aptidão em solucionar problemas.

    O barulho sucessivo dos lacres do envelope sendo rompidos seriam instaurados no ambiente, no qual Hisoka observou suas três cartas de mesmo naipe, equidistantes umas das outras e seguras pela mão direita, com o polegar e os três dedos posteriores servindo como pinça. Os olhos se estreitaram, buscando pensar numa solução mais saudável para uma prova que certamente não tem como saída o aparato dado por eles. Talvez ele esteja pensando muito a fundo, afinal, é difícil deduzir qual ação os ninjas tomariam, mas as vezes os humanos são bem previsíveis. Confusão e caos marcariam o resultado final caso seguissem as jurisdições repassadas por Gaia. Disso ele não tem dúvida.

    Hisoka fechou o leque do trio de cartas, forçando-as na palma de sua mão após abaixar o braço, repousando-o ao lado de seu corpo. Os consecutivos baques surdos provenientes de sua bota contra o solo a cada passo dado ecoaram pelo recinto, facilmente audíveis devido o provável silêncio. Seu destino era o altar principal, aquele que somente os ganhadores frequentariam após adquirir três naipes distintos em suas cartas. Ao chegar lá, lugar onde teria atenção de todos ali presentes, levantaria o baralho, revelando que possuía um trio de papéis.

    – Humhum. – Pigarreou a garganta, buscando chamar o foco de todos ali presentes. A expressão em seu semblante era de indiferença, demonstrando não ligar pelo fato de ter mostrado as cartas que tinha na manga. – Olá, competidores. Talvez poucos tenham percebido neste meio tempo, mas o método instaurado por Gaia é impossível. Realizar duelos seria uma completa perda de tempo que acarretaria em ninguém conseguir passar por essa fase. Como ele disse, existem três possibilidades: ninguém passar. É o que acontecerá caso nós fiquemos uma hora brincando de poker. – Levantou o dedo indicador da mão livre, indicando o número um. – Alguns passarem, o que poderá acontecer caso alguns não compreendam minhas palavras. – Deu de ombros, levantando o dedo médio desta vez, apontando o número dois. – E todos passarem. É este meu objetivo. – Finalmente elevou o anelar, designando o número três. Suspiraria, indicando certo aborrecimento com a situação que se fez passar, mas talvez a única que levaria a algo. – Bem, nós temos trinta e três cartas juntos. Eu prestei bastante atenção nas regras e elas foram claras. Sair das imediações do salão, ficar sem cartas, agredir alguém, danificar, esconder ou perder o crachá, usarem algum jutsu, kekkei genkai, estilo de luta, modo, armas ou dinheiro próprio ocasionará em desclassificação. – Parafraseou Gaia, mostrando com exatidão as palavras usadas. – Ademais, não existe nenhum tipo de prescrição na utilização de nenhum método, que não infrinja nada do que falei, para passarmos nesta etapa. Como eu disse, eles repassaram o duelo como se fosse a única maneira, quando, na verdade, ela é a pior maneira possível. Seria inverossímil alguém ganhar desta maneira, pois seria chamado para duelar sempre antes de subir ao pódio, de maneira que, ou perderia as cartas que ocasionariam na sua vitória ou teria de pagar o dinheiro. Em algum momento, ele ficaria sem dinheiro e teria de descartar as próprias cartas, levando para a primeira opção. – Passou a língua dentre os lábios, livrando-os da ressecação, aproveitando para recuperar o fôlego. – Sendo assim, proponho todos nós trocarmos cartas entre si. Eu já mostrei as minhas, assim, quem tiver pedra e tesoura, que venham, pois darei duas das que tenho. – Abaixou as cartas e se preparou para voltar ao seu local, mas no meio do altar, parou para relembrar uma situação. – Esqueci de um fato. Talvez não tenha cartas para todos, mas não se preocupem. Todos ganharam cinco mil ryous, sendo assim, cada um compre uma carta enquanto ainda possuem os naipes iguais. Não há nenhuma regra quanto a ficar sem dinheiro ou terminar com mais de três cartas, contanto que três sejam de diferentes naipes. Não precisa se avoaçarem em confusão, afinal, todos conseguirão passar desta forma. Basta serem pessoas civilizadas. Obrigado e passem bem. – Voltou a descer a escadaria, coçando a nuca e mantendo o semblante indiferente.

    Após falar, Hisoka se dirigiu até o recinto no qual poderia comprar mais uma carta. Lá, entregaria os cinco mil ryous para receber, em troca, mais uma carta do "naipe" papel. Seu trabalho estava encerrado, somente restando se instaurar num canto a espera de indivíduos com cartas do tipo pedra e tesoura, para que pudessem trocar.

    Equipamentos:
     

    Hisoka Kurayami:
    HP: 1400/1400
    CH: 6200/6200
    ST: 3500/3500

    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Ace Uchihaavatar
    Exibir perfil



    Comportamento Exemplar Avaliações/Atualizações mais Rápidas
    Mestre do Ninjutsu Mestre do Genjutsu Konoha | Genin
    Mensagens : 1631
    Data de inscrição : 10/06/2016
    Idade : 23

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    760/1050  (760/1050)
    Reputação Reputação: +1
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 22:06


    Olhava para os instrutores e ouvia atentamente sem interromper as intruçoes, quando era minha vez de dar dinheiro eu seguia o exemplo de Hisoka e levantava as maos.
    Para ele ver que nao haveria dinheiro para dar.
    Apos isso apenas recebia os 5 mil e as cartas abria elas e observaria as cartas sorteadas, antes que pudesse pensar em algo, Hisoka falaria para todo o mundo me deixando confuso sobre qual seria a ideia apos ouvir tudo eu olhava para as minhas cartas, e depois para o examinador e dava os 5 mil para ele, para comprar uma carta do mesmo naipe.
    Caminhava ate Hisoka.
    -Ei Hiso, ouvi o que falaste, e pensando bem faz sentido, eu tenho pedra, vamos trocar?.
    Direcionava uma carta pedra para ele trocando com uma de papel dele.
    Depois ficaria ao lado dele, -Oiçam bem ele tem razao falem entre voces e sigam as instruçoes que hiso falou e iremos todos passar, inteligencia, é um teste de inteligencia, logo perder tempo com duelos nao é muito inteligente ainda por mais pelo tempo que temos de limite, neste momento eu tenho 2 cartas de pedra a mais trocarei com quem tiver de tesoura, so se aproximarem.
    Dizia e apos olharia para as cartas de hisoka.

    HP: 1200
    CH: 2800
    ST: 972/1000

    Equipamentos:
     
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Yuuki Uzumakiavatar
    Exibir perfil



    Suna | Genin
    Mensagens : 88
    Data de inscrição : 14/06/2017

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    5/350  (5/350)
    Reputação Reputação: +2
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 22:33

    O Início do Arco Final

    Uma fila horizonta. Dali era possível ouvir claramente a voz de Gaia, um homem em que tinha um semblante desafiador, e que demonstrava ter bastante experiência. As suas palavras eram entendidas por Yuuki facilmente, os homens de terno que trabalhavam no evento, foram entregando envelopes de papeis que possuíam um trio do mesmo tipo de carta, cartas conhecidas como um jogo de pedra, papel e tesoura. Também vieram por recolher todo o dinheiro dos participantes, para devolver no final Era possível ouvir todos rasgando os envelopes para ver os seus tipos de cartas, o silêncio tomava conta daquele Templo. Ao ver as suas três cartas, Yuuki rapidamente as guardou dentro do envelope, não deixando ninguém visar.

    Não demorou muito para alguém tomar uma incrível decisão, que provavelmente abriu os olhos de todos ali presentes, era um tanto de sábio aquele rapaz. Estava surpreendendo desde de o começo do exame chunnin. As suas falas tomou a atenção de Yuuki e provavelmente a de todos ali presentes. Ao escutar o que ele tinha a falar, Yuuki se dirigiu até o rapaz que tinha um penteado branco. Apesar do Uzumaki ser uma pessoa inocente, ele se manteve um pouco desconfiado com a situação, mas como o outro tinha dito antes, esta forma era a mais provável de todos passarem.


    -Ei! Você de cabelo branco. Entendi o que quiser dizer, estou com as mesmas cartas que você. Aqui!

    Neste momento, ele mostrou as três cartas que tinham no envelope para o rapaz todo de branco. Porém, quando estava próximo a ele, um outro chegou, este parecia ser um adulto, seus cabelos longos chamavam um pouco de atenção, dele ouviu que este de cabelo negros possuía cartas do tipo pedra. Era uma boa chance para começar as trocas, rapidamente o pequeno ruivo chamou a sua atenção.

    -Ei, você... Você possui pedra, não é? Então, eu possuo três desta aqui, quer trocar comigo?

    Foi direto no assunto, não queria perder nenhuma chance, afinal, não tinha regras que proibia trocas de cartas. Aquela apresentação de antes permitiu acesso à uma nova chance à todos ali presentes. Ainda faltava o seu amigo de Suna, após ter falado com o homem de cabelo longos de Konoha, ele se aproximou de seu amigo, e logo lhe foi direto a pergunta.

    -Kodah, eu possuo esta, e você? Quer trocar comigo?

    Disse mostrando as suas cartas recebidas originalmente. Dependendo da respostas dos dois, o genin de Suna provavelmente, estaria aprovado na primeira fase do Exame, e se fosse por isso, ele devia toda a gratidão ao jovem em que teve a coragem de abrir a mente de todos. Desde de o início o garoto só se surpreendia, nada além disso, inteligência era um dos pontos fortes de Yuuki, mas talvez outros tinham formas diferentes de pensar, e acabaram por pensar mais rápido.

    Após isso, o ruivo se dirigiu até o recinto para comprar mais uma carta de seu "naipe". Pagou os cinco mil ryous que tinha recebido do evento, e abriu o envelope, e em seguida segurou as cartas em sua mão esquerda e após isso guardou a mão esquerda no bolso do casaco. E esperou alguém se estivesse disposto a trocar com ele.


    Yuuki Uzumaki:
    HP: 400/400
    CH: 1000/1000
    ST: 140/200

    Equipamento:
     

    Considerações:
    Post feito troca após troca, caso sejam feitas ou não;




    Olho por olho...Dente por dente...Réquien da furia para a maldade.
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Lanakeavatar
    Exibir perfil



    Mestre do Ninjutsu Mestre do Taijutsu Mestre do Genjutsu Konoha | Genin
    Mensagens : 428
    Data de inscrição : 16/02/2017

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    110/950  (110/950)
    Reputação Reputação: 10 ~ Neutro
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 22:42

    O Sarutobi ouvia atentamente as regras que eram explicadas. Apesar de toda a complexidade que tentavam fazer passar as regras em si eram bem simples. Tudo aquilo era um jogo. O único objetivo era meramente obter três cartas iguais. Nada mais simples. O jovem entregava também todo o dinheiro que tinha na sua posse, que por sinal era muito pouco, e então abria o seu envelope. Nada demais ali, apenas três simples cartas.

    O jovem começou então a pensar no teste e no que ele acarretaria mas logo foi interrompido pelo jovem de cabelo branco de Konoha. Ele explicava que toda a lógica por detrás daquele jogo podia resolvida de uma forma bem simples: uma troca entre os participantes. O Sarutobi ouvia e ia acenando com a cabeça, compreendendo a lógica por detrás da sua ideia.

    Um outro de Konoha, aparentemente amigo do jovem de cabelos brancos, começava também a mostrar interesse nas negociações. O Sarutobi encolheu os ombros. De facto tudo o que fora dito tinha completa lógica. Ryo caminhou então em direção ao duo de shinobis de Konoha que entretanto tinham um jovem ruivo próximo deles.

    - Yo! - Cumprimentava - Interessados numas trocas? - Questionava de forma descontraída, como se conhecesse todos os que ali se encontravam desde a infância - Preciso de uma carta de papel e outra de pedra. Algum de vocês tem dessas por aí?

    Sarutobi Ryo:
    HP: 1000/1000
    CH: 2200/2200
    ST: 1200/1174

    Considerações:
     
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    The Almightyavatar
    Exibir perfil



    Narrações mais Envolventes Mestre do Ninjutsu Mestre do Genjutsu Konoha | Genin
    Mensagens : 472
    Data de inscrição : 30/09/2016

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    160/750  (160/750)
    Reputação Reputação: +8
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 23:11


    私のガイドを発射します
    pressure
    Ele não disse horizontal, pensou. Se ajuntava a tal fila ordenada pelo instrutor do exame, que prosseguia em uma longa oratória. Então, seria uma espécie de poker. A ideia era fazer os participantes duelarem através de cartas de pedra, papel e tesoura, até que cada um tivesse uma carta de cada. Pequenos altares surgiam em volta do central, adornadas com panos forrados. Do principal, maletas eram buscadas, trazendo o dinheiro e os maços de cartas. A explicação era grande e rigorosa, mas Sousuke absorvia cada detalhe. Então, poderiam ser eliminados ali mesmo. Não se sentia intimidado, afinal, sempre fora reconhecido por sua perspicácia. Entregava seu dinheiro para o homem de terno, sem reclamações. Suspirou, coletando as cartas e deixando o crachá posicionado em suas roupas.

    As virou em sua direção, observando o naipe. Então... é isso. Correu seus olhos por todas as direções, observando os participantes. Quem seria o primeiro a realizar a primeira jogada? Era de um risco tremendo, pois estaria a revelar quais cartas possuía. Aquilo era um teste de inteligência, pura estratégia. Um Chunnin certamente precisava saber lidar com situações inesperadas e de risco, que o menor erro custaria sua imediata eliminação. Aquilo, então, era o exame: algo que os faria sentir na pele o que era possuir tal graduação, tal responsabilidade. Os pensamentos de Sousuke o deixavam avoado, quase não percebendo a primeira movimentação que surgia por parte dos indivíduos. O baque dos passos ecoava pela sala, emitidos pelo garoto de cabelos brancos que havia chegado lá antes de todos. Seria ele então, o primeiro a duelar? Sua atitude era não condizia com as regras, afinal, não era necessário caminhar até o altar para anunciar o duelo. Entretanto, Sousuke não se manifestou. Avistou a bandana - de fato, o rapaz era um ninja de Konoha. Ele limpou a garganta, e começou sua oratória.

    Belo movimento, rapaz. Pensou, ao ouvir as palavras do sujeito. De fato, era uma ideia esplendida. Trocar as cartas não feria qualquer regra imposta por Gaia, tão pouco causaria uma eliminação. Claro, era arriscado revelar seu naipe daquele jeito. Porém, cedo ou tarde, todos saberiam qual era. Papel né... não me ajuda. Porém, com certeza haveriam outros ali que seriam de proveito para o Uchiha. Ao ver o rapaz descendo, fitou seu chakra. Hisoka... Gravou o nome daquele sujeito, que o surpreendia cada vez mais. Por certo, seria um competidor formidável. Outros dois se manifestavam - ambos de cabelos negros. Observava os nomes descritos nos crachás: Ace e Ryu. O primeiro trocava uma pedra com Hisoka, e o outro anunciava possuir cartas de tesoura. Todos já compravam uma carta sobressalente. Aparentemente, o esquema seria aceito. Bem, é o melhor a se fazer, de fato. decidiu-se.

    Sousuke caminhou até a banca, entregando os 5 mil ryous que recebera e comprando mais uma carta de seu mesmo naipe. Caminhou até a frente dos restantes, com passos tranquilos. Com os olhos fechados, ergueu as cartas que possuía, deixando-as a mostra por entre os dedos da mão direita.

    — Eu tenho 3 cartas de naipe papel para trocar. Quem se voluntaria? — Falava, com os olhos semicerrados. Sua respiração estava tranquila, enquanto fitava cada um dos tais. Havia um certo receio em sua mente, já que alguns poderiam não compadecer ao esquema feito pelo garoto de cabelos brancos. Porém, com a quantidade de membros que se juntavam, aqueles que optassem por um duelo certamente não se dariam bem. Após o anúncio, se voltava para o tal Hisoka, cochichando ao seu lado.

    — Bela estratégia. — Permanecia quieto, aguardando pela manifestação de quem quer que desejasse trocar cartas com ele. A primeira etapa, aparentemente, estava resolvida.

    Sousuke:
    HP: 800/800
    CH: 2300/2300
    ST: 363/400


    THERE'S NO BEGINNING, THERE'S NO END, THERE IS ONLY CHANGE.

    Observações:
     
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Kodahma Sanoavatar
    Exibir perfil



    Comportamento Exemplar Nenhuma Nenhuma Nenhuma Nenhuma Suna | Genin
    Mensagens : 1409
    Data de inscrição : 16/05/2016
    Idade : 19
    Localização : Sunagakure no sato

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    205/450  (205/450)
    Reputação Reputação: +14
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 23:37

    ATO I: IGNIÇÃO
    Lógica parecia ter passado longe mediante a fala de Gaia, um homem de notável respeito e nome diante a seus subordinados. Sano por mais que se esforçasse em reconhecer um caminho que o levasse até a vitória não conseguia, todas as combinações possíveis de ações embasadas nos duelos levariam inegavelmente a falha, mas será mesmo que duelar seria a única maneira de conseguir as cartas que queria? Provavelmente não, mas quem seria o protagonista a apresentar a solução e acima de tudo arriscar sua integridade? Mesmo que quisesse não seria o genin de Suna, afinal se comunicar com aquele número de pessoas estava longe de seu alcance. -Tsk.. - O resmungo expressava sua incapacidade de ajudar de alguma forma sem que necessitasse recorrer a um porta voz, fora ai que novamente um dos participantes roubara os holofotes e mais do que enxergar a situação também apresentava a solução.

    Yuuki sempre demonstrara um senso de iniciativa mais marcante, dessa vez não seria diferente uma vez que o ruivo dirigia a palavra ao genin que tinha em seu crachá a identificação "Hisoka Kurayami", Kodahma sem muito o que fazer seguia seu amigo na abordagem e se posicionava junto a ele, o tal Kurayami também parecia atrair companhia já que um homem de longos cabelos negros identificado como "Ace Uchiha" presente estava na roda de trocas. Um quarto se apresentava revelando sua proposta, pelo visto o mesmo detinha cartas semelhantes a do titereiro, no caso pertencentes ao naipe tesoura, de inicio imaginara que aquilo poderia ser um problema entretanto com uma breve analisada no número de participantes, cartas e combinações pode ver que não, isso se todos aderissem ao método.

    Apresentando suas três cartas tesoura taciturno como de costume as oferecia aos dois primeiros sujeitos de Konoha, sabendo que o terceiro que atendia pelo nome de Ryo também tinha interesse na carta pedra do Uchiha aguardaria pela confirmação desse dizendo com quem realizaria a troca uma vez que aquilo não dificultaria a vida de nenhum dos interessados. Das mãos de Yuuki recebia uma carta do naipe papel, com um acenar de cabeça agradecia pois lhe seria útil, em troca também lhe oferecia uma das suas esperando que aceitasse de bom grado. Se tudo lhe fosse correspondido teria agora em mãos três cartas de naipes diferentes, o bastante para avançar para a próxima fase além de manter os cinco mil ryous que recebera da STAFF do evento, perfeito certo? Não para aquele jovem de índole pura, quando realizara a contagem de cartas e afins sabia que se optasse por preservar aquela quantia acabaria por comprometer o sistema e assim provocar a eliminação de alguém, esse era o objetivo mas não daquela maneira, sendo assim caminhava até o banco de cartas e adquirira uma quarta figura de mesmo naipe que as outras, desse modo poderia ceder-lá a quem precisasse.  



    Kodahma Sano:
    HP: 500/500
    CH: 1000/1000
    ST: 153/200


    Equipamentos/Armas:
     



    "O silencio pode ser ensurdecedor..." - Kodahma Sano
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Mizon Massacreavatar
    Exibir perfil



    Mestre do Taijutsu Mestre do Senjutsu Kumo | Genin
    Mensagens : 485
    Data de inscrição : 17/07/2016
    Idade : 18
    Localização : In the Desire

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    415/850  (415/850)
    Reputação Reputação: +1
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   9/7/2017, 23:56

    O plano de Hisoka



    Entregava sem delongas os ryous que possuía, visando não ter problemas futuros. Observava os arredores e os atos dos organizadores prestando muita atenção neles neste momento, procurando ver o que eles estavam esperando de nós. Tendo entregue, começariam as instruções da etapa.

    Após dadas as instruções, tendo pego minhas três cartas e os Ienes, observaria a falácia de Hisoka Kurayami, o genin de Konoha que agora revelara ser um ótimo estrategista ao menos de inicio, seu plano era consistente o suficiente para que todos ali passassem desta primeira fase caso todos fossem de acordo e alguns já haviam aderido ao método de Hisoka visando isto, juntando um pequeno grupo em volta do mesmo e do garoto que o acompanhava, "Ace", logo meus olhos se voltariam para a jovem de cabelos ruivos um pouco mais afastada do grupo, talvez esta fosse a maior simpatizante comigo e parecia sensato, já que concordei com o plano dos demais, tentar começar minhas trocas com ela.

    Caminhando calmamente, de modo pesado, com todos aqueles músculos era difícil não fazer barulho ao chocar minhas sandálias com o solo. Já perto da jovem, não diria nada, talvez mostrasse um pouco de timidez por baixo da casca grossa mas ainda com uma expressão indiferente mostrei meu trio de tesouras para ela, esperando que ela entendesse apenas com este ato. - Então, Mahina não é? Achei que, com tudo que havia se passado, pudéssemos... Você sabe... Ajudar-nos, trocando nossas cartas entre nós... Que naipe tens? - Diria, com uma das mãos atrás da cabeça um tanto quanto corado naquele momento.

    Aparência:
     
    Itens Portados:
     
    Considerações:
     


    Mizon:
    HP: 1000/1000
    CH: 1400/1400
    ST: 1368/1400
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Hirashiavatar
    Exibir perfil



    Kiri | Genin
    Mensagens : 87
    Data de inscrição : 12/06/2017

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    230/350  (230/350)
    Reputação Reputação: 2 - Neutro
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   10/7/2017, 00:49





    Hirashi, ouvia cuidadosamente as instruções de Gaia, - Um jogo de pedra, papel, tesoura, que ideia idiota, que jeito estranho de fazer a primeira parte do exame. - Falou o Kaguya, um jogo simples porém interessante, então um homen veio pegando o dinheiro de todos os participantes, dando 5000 ryos e um envelope, Hirashi o abria, - Pedra, bom não faz diferença afinal, esse jogo é pura sorte. - Pensou o Kaguya, porém no meio da situação, um garoto de cabelo branco deu a ideia de trocas no jogo, achando uma pequena brexa, em um jogo tão simples, Hirashi vendo que seria uma otima ideia, logo percebeu os participantes tomando iniciativa já começando as trocas, então o rapaz se aproximou do examinador dando a ele seus 5000 ryos para ele em troca de mais uma carta do mesmo naipe.

    Hirashi logo percebeu um garoto de cabelos negros, oferecendo uma troca, oferecendo uma carta do naipe papel, então o Kaguya se aproximou do rapaz, - Ei, vc, Sousuke não é mesmo? quero fazer uma troca, vejo que vc tem papel não é mesmo,
    eu tenho cartas do naipe pedra, vamos trocar?
    - Então Hirashi mostrou suas três cartas para Sousuke, indo direto ao ponto, após sua tentativa de troca, o garoto foi até Ryu, uma pessoa no qual aparentava ter o naipe tesoura, - Ei Ryo vamos trocar, vejo que você tem cartas de tesoura, eu tenho cartas de pedra, nesse caso vamos trocar? - Após o Kaguya ter a intenção da troca mostrou suas cartas a Ryu, que dependendo com a resposta de Sousuke, mudariam de acordo, se a troca acorrece ou não, após isso, se as trocas dessem certo, o garoto se focaria na troca de cartas entre outros participantes, assim encerrando esta parte do exame.

    HP: 200/200
    CH: 200/200
    ST: 764/800
    Cupcake Graphics / Pancakes ♪♫


    Itens:
     
    Considerações:
    - Intenção de trocar pedra por papel com The Almighty;
    - Intenção de trocar pedra por tesoura com Lanake;


    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Uzumaki Mahinaavatar
    Exibir perfil



    Konoha | Genin
    Mensagens : 60
    Data de inscrição : 11/06/2017
    Idade : 13

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    30/350  (30/350)
    Reputação Reputação: +3
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   10/7/2017, 14:56

    CHUUNIN SHIKEN
    O INFERNO DAS ALTURAS
    A primeira etapa do exame era realmente amedrontadora, um teste de inteligência que afetaria o futuro de todos, se fosse possível saber o real poder de todos, aquela seria a hora de eliminar os mais fortes, aliás, sabíamos que os três mais resistentes eram aqueles que subiram as escadas sozinhos, seria sábio eliminá-los naquela etapa, era tudo o que conseguia pensar enquanto as regras do jogo eram apresentadas pelo bigodudo.

    Segui as instruções fielmente, sabia que desobedecê-las implicaria em minha derrota automática, meu dinheiro foi completamente depositado no saco, por sorte, ou por azar, era pobre e aquela quantia não me importaria muito, já que era de um valor baixo, um crachá era posto em mim, evidenciando meu nome, algo que realmente facilitaria as coisas.

    Após depositar corretamente minhas economias receberia minhas cartas e logo veria o naipe delas sutilmente, tudo ficava claro para mim naquele momento, eu possuía três cartas iguais e todos os outros deveriam possuir também, mas isso implicava que uma carta estaria em baixa, já que estávamos em onze pessoas, logo, na hipótese mais alegre, existiam um conjunto de doze cartas de dois tipos de naipe e apenas nove de um naipe raro.

    Uma sugestão partiu de um dos quais subiram a escada primeiro, o garoto de cabelos brancos e curtos fez uma proposta interessante e sensata, mas ele era o pior para fazer aquilo, era um dos mais fortes e todos queriam que ele saísse, por isso uma incerteza brotava dentro de mim, o plano dele funcionaria em um mundo idealmente civilizado, mas não confiava muito nessas coisas. Se desprender imediatamente do dinheiro não era algo inteligente, desta forma se perderia uma chance de recusar um desafio, se mais de uma pessoa lhe desafiasse seria a ruina. O mais inteligente naquela situação seria organizar tudo e ver qual era a carta mais escassa, pensando por este lado aquela fala do homem parecia um pouco arrogante, ele era o mais forte e fazendo esta proposta seria o primeiro a receber as propostas de troca, isso asseguraria que ele ficasse no topo da cadeia alimentar ali.

    A situação não era muito boa naquele momento para nenhum dos competidores mais fracos, a oportunidade de um se colocar a frente com um plano que retirasse os mais fortes inexistia, tudo que poderia fazer era aceitar aquilo, sabia que diminuía minhas chances dali para a frente, mas a única opção viável era aquela. Suspirei, mas então percebi que meu herói se aproximava de mim. Com seu jeito de durão ele se aproximou de mim e me fez uma proposta, ficando muito tímido, no momento eu fiquei encantada ainda mais com ele, tudo que veio na minha mente fora: “Ele é como o Superman, bom e ordeiro, além de ter belos músculos, quem diria que encontraria mei herói favorito aqui”. Após este pensamento olharia as cartas dele e então mostraria as minhas para ele e diria:

    - Eu tenho papel, parece que o destino nos faz compatíveis até na sorte... Vamos trocar comigo!

    Após dizer isso aceitando a proposta de Mizon faria a troca com ele e logo em seguida cochicharia algo na orelha do mesmo:

    - Hey Superman, o plano dele é bom, mas requer que todos aqueles que tenham as cartas em menos quantidade participem. Não compre uma carta ainda, vamos tentar conseguir uma pedra separadamente e depois um compra pedra para o outro, depois doamos a carta excedente, tudo bem assim, não? Afinal não sabemos como é a distribuição das cartas. Precisamos nos garantir também, saiba que as pessoas querem os mais fortes fora nesta etapa e sabemos que é um dos mais fortes... Vamos lá senhor herói! Em busca da pedra!

    Após dizer aquilo e acertar os detalhes da troca com o mesmo, teria uma carta de tesoura e duas de papel, por isso precisava de alguém que disponibilizasse pedra em troca de uma carta de papel. Eu confiava que a intenção de todos era fazer que todos passassem, mas o senhor Gaia deveria ter pensado nisso e certamente aquela etapa envolvia um planejamento muito maior, e imaginava que dar cartas de determinado naipe para apenas duas pessoas fosse a resposta para isso, limitando o número de cartas de um único naipe a seis inicialmente e seguindo o plano de Hisoka, sendo limitado a oito. Sabia que Ace não estaria interessado em mais um papel, por isso iria em direção ao participante com o crachá de Hirashi e então diria para o mesmo:

    - Gostaria de trocar uma carta de pedra por uma de papel?

    Pensava que a carta de pedra era a mais rara e que estava destinada a apenas dois participantes sortudos, a chave do sucesso seria obter esta carta. Queria tentar consertar um possível furo nesse plano, mas não tinha as evidências necessárias e nem queria contrariar Hisoka, apenas queria que realmente todos passassem naquela etapa. Afinal desejava continuar a evoluir na competição com meu querido herói e se o real jogo fosse jogado ele seria um dos principais alvos de eliminação.


    Status:
     

    Itens:
     

    Observações:
     


    I'm Mahina. Uzumaki Mahina.
    Ficha  ♤  Criações  ♤  Residência
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Bluesdayavatar
    Exibir perfil



    Colaborador Mestre do Taijutsu Mestre do Dōjutsu Mestre do Ninjutsu Mestre do Senjutsu Konoha | Genin
    Mensagens : 699
    Data de inscrição : 15/03/2017

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    780/950  (780/950)
    Reputação Reputação: +10
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   10/7/2017, 17:48

    Chuunin Shiken: Pedra - Papel - Tesoura

    A etapa se iniciava. Os ryous eram recolhidos por uma intensão. Ninguém roubar. As explicações eram feitas. Yui prestava atenção e ia percebendo o que faria.

    " Querem eliminar 45% logo de cara? Seria esse o tal inferno? Não. Pouco provável. A intensão é analisar possíveis Chuunins, e não fazer um jogo de azar e eliminar quem realmente tem as qualificações de chuunin."

    Yui recebia seu pequeno deck de cartas, que os levava de encontro ao peito no mesmo instante. Olhava de canto de olho, sem abaixar a cabeça. Viria as identificações de Pedra. Nisso, em meio a sua reflexão sobre a etapa, eis que o Stalker se pronúncia a todos. Ele dava uma explicação utópica para aquela fase de eliminação. Ela começava a acreditar nele, olhava seu jeito convincente. Até que um estalo em sua mente veio.

    " Genjutsu? "

    Ela sabia que o rapaz treinou com um grande mestre que ficava nos campos. Poucos eram os que iam até Yachi para treinar, se já não dominassem o básico. Ele também parecia muito disposto também, após a escadaria. Ele era forte. Mas provavelmente não parecia gostar do combate físico. Seu corpo era franzino, e as roupas escondiam qualquer coisa a mais, diferente do nativo de Kumo que se denunciava com seu porte anatômico. Yui preferia quem viesse até ela para lutar, independentemente se fosse superior a ela no combate corpo a corpo. Mas a Hyuuga estava presa por um momento no discurso. Seu Byakugan quase que ia ativando para tentar descobrir se era um genjutsu emitido por voz ou gestos. Mas outro estalo.

    " O Hyuuga... "

    Nada tinha acontecido e Yui quase se deixava levar. Quase cometeu um erro. Só não lembrava muito daquele sujeito e nem ficou sabendo de um integrante do clã estar envolvido nessa questão. Provavelmente para não dar vantagem aos Hyuugas que poderiam ir. No entanto, algo ainda a incomodava e a mesma enquanto o pessoal começava a se mover, ela meio que ficava um pouco perto da mulher guia e acabava a cochichar para si mesma. Talvez ela ouvisse no máximo.

    Isso me parece um teste de inteligência. Entretanto... Nunca falaram que a quantia de cartas tinha a mais. Pode ter uma ou duas com pedra e 4 com tesoura. Isso não é um teste de inteligência especificadamente. E sim de velocidade em tomar decisões, coordenar um time em missões, a gestão em administrar é fundamental para que não deixe que shinobis sejam tomados por pânico. Mas neste caso... — Respirava um pouco — Pode ter aqueles que não sigam a ideia de trocas. Sou obrigada a dançar conforme a música e me adiantar em não sobrar para o final. Hora de agir.

    Yui logo ia com seus cinco mil ryous e comprava uma carta extra. Ela avistava o brutamonte de Kumogakure. Ela se dirigia até o mesmo. Estava com uma garota que havia ajudado. Talvez tivesse se aliado por hora. Pouco importava. Ela seguia apressada até os dois e antes que ambos falassem com qualquer, Yui entrou na frente dos dois de forma amistosa. Seu olhar era gentil como ela própria sempre fora. Havia guardado duas cartas presa a sua cintura para evitar roubos. Nunca se sabe quem tem tais habilidades de gatunos. Com as cartas viradas para baixo, uma em cada mão, ela de frente a Mizon e Mahina, ela virava a carta rapidamente para que os mesmos olhassem. Assim que Yui notasse que haviam visto, ela abaixaria de volta para que ninguém mais a visse e perguntaria.

    Com licença. Algum de vocês dois tem alguma carta que não seja esta que mostrei a vós? Se sim,
    podemos trocar?


    Yui aguardaria ambas as respostas, mantendo as que tinha em segredo. Só porque era uma troca, não quer dizer que todos precisem saber o que Yui tem. Era sábio ser cauteloso, embora tenha se arriscado com dois shinobis. Mas estes que Yui não temia pelo fato de uma ser de sua própria vila e o outro por demonstrar ser usuário de taijutsu.

    Considerações:
    - Tentativa de troca com Mahina e Mizon.
    - Corrigido status ST, pois original é 2200 e não os 2000. Com -10 = 2190


    HP: 800
    CH: 1000
    ST: 2190

    Inventário:
     




    HP: 800
    CH: 1000
    ST: 2200
    CHN:
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    tenkoavatar
    Exibir perfil



    Kiri | Genin
    Mensagens : 127
    Data de inscrição : 28/02/2017
    Idade : 19

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    80/150  (80/150)
    Reputação Reputação: 0
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   11/7/2017, 12:53

    o jovem ve o sistema para passar no exame chunin e vai ate seu amigo ace uchiha o jovem confiante diz :

    - Ei Ace vamo trocar ??

    Tengetsu Hōzuki::
    HP: 200
    CH: 200
    ST: 155




    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Hatake Ioriavatar
    Exibir perfil



    Alcunha Lupino Branco
    Narrações mais Rápidas Avaliações/Atualizações mais Rápidas
    Mestre do Ninjutsu Mestre do Taijutsu Mestre do Kenjutsu Konoha | Nukenin | C
    Mensagens : 1736
    Data de inscrição : 15/07/2016
    Idade : 23

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    1005/1050  (1005/1050)
    Reputação Reputação: -21 - Delinquente
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   11/7/2017, 20:39



    Exame Chūnin - Primeira Etapa - Rodada 2

    Horário: 13:41.
    Clima: Ameno, 22º C.
    Umidade do Ar: Baixa.
    Int. e Dir. do Vento: Médio. Oeste > Leste.

    Um jogo, aparentemente, fácil. Regras haviam sidos dadas, suas cartas postas na mesa, Gaia e todos os outros que o ajudariam a avaliar esta primeira etapa com seus olhos compenetrados em cada participante ali presente, imaginando entre si como os mesmos fariam para completar esta fase com o louvor necessário. Afim de proteger a integridade e regras deste exame, o Hyuuga ajudante permanecia constantemente com seu Doujutsu ativo, seu olhar era fixo, pois o mesmo não necessitava que seu olhar percorresse pelo ambiente, poderia ver todos, ao seu lado, um rapaz loiro, Shinobi sensorial de Kumo, este percorria o seu olhar sério entre os participantes, enquanto os homens de terno preto e óculos escuros permaneciam com suas mãos cruzadas atrás de sua cintura.

    O primeiro a expressar alguma reação ao desafio dado era um Shinobi de Konoha, um Uchiha, Hisoka Kurayami. Se mostrando confiante, o mesmo explanava um leve sorriso em seu rosto, ouvindo as palavras de Gaia. Imaginando todas as possibilidades que poderiam ocorrer dentro desta etapa do exame, o Uchiha pegava seu envelope o abrindo, quando ouviu o barulho da sola de sapatos se aproximarem dele, um dos homens de preto caminhava calmamente em direção a ele, ainda na mesma pose anterior, seu rosto sério e fechado era fixado no Shinobi de Konoha, estava distante o suficiente para não causar qualquer desconforto, mas ele poderia perfeitamente sentir a pressão que caía sobre si apenas com a aproximação daquela figura de vestes negras.

    Ignorando esse fato rapidamente, tentava chamar a atenção dos outros competidores no salão pigarreando, e na esperança que aconteça, explanava sua opinião sobre aquela primeira etapa, e também seu possível desejo de auxiliar a todos para que passem nesta primeira etapa. O avaliador e seus auxiliares poderiam ouvir as palavras do Uchiha ecoarem pelo grande salão, Gaia estava com seus braços debruçados sobre a mesa central, apenas com seu rosto erguido em direção ao Uchiha, mas enquanto ouvia suas palavras ele erguia seu corpo, cruzando seus braços enquanto que, com sua respiração pesada, puxava ar para seus pulmões enquanto o soltava levemente, balançando sua cabeça negativamente, de forma tão discreta que quase ninguém conseguiria perceber. Por outro lado, Shimura caminhava lentamente para o lado de Han, aproximava seu rosto ao lado do Hyuuga, enquanto parecia cochichar, enquanto olhava para Hisoka, e ao afastar seu rosto, Han apenas balançava sua cabeça de forma positiva, mas também discreto, parecia concordar com algo que ele falava.

    Ele desceu as escadarias indo até Gaia, lhe dando o dinheiro que possuía para comprar mais uma carta do naipe de suas outras. - Bonitas palavras, mas será que eles lhe seguirão? - Gaia falava para Hisoka, enquanto entregava a carta para ele, e depositava seus 5.000 Ryous. O mesmo ia para um canto da sala, aguardando que os outros participantes colaborassem com sua ideia. Ouvindo as palavras dele, o outro membro a se expor era outro Uchiha, conhecido esse como Ace. Este se encaminhava para junto de seu familiar, junto com ele, mais dois dos membros de terno negro também desciam, mas ainda permanecendo distantes, sua voz também ecoava pelo ambiente, concordando com os termos impostos pelo rapaz que teria "iniciado" aquela primeira etapa.

    Ace entregava uma carta do seu pequeno baralho para Hisoka, enquanto explanava as cartas que ele também possuía, também na esperança que os demais participantes apoiem a iniciativa proposta. Novamente, o silêncio tomava conta daquele enorme local, até que um rapaz ruivo se pronunciava, parecia concordar com os termos, no entanto, sabia que o Uchiha grisalho não poderia lhe auxiliar, pelo mesmo possuir o mesmo tipo de carta que ele. Este garoto se denominava Uzumaki Yuuki, sabendo das condições de Hisoka, ele então partia para junto de Ace, lhe oferecendo uma de suas cartas em troca de pela que ele possuía, mas este já estava negociando com Hisoka, Ace teria uma decisão difícil nas mãos, em escolher qual dos concorrentes ajudar.

    Quieto e cauteloso, outro Shinobi de Konoha se erguia de onde estava indo até Gaia. Este era de um Clã famoso em sua aldeia, seu nome era Sarutobi Ryo. Depositava todo seu dinheiro, pegando para si mais uma carta de seu naipe, que lhe era entregue por Gaia. Abriu seu envelope e pegas suas cartas, nada de surpreendente, como o próprio já poderia suspeitar, as cartas de que lhe eram entregues eram todas do mesmo naipe, inclusive a que ele comprava. Com uma aproximação um tanto brusca, mas amistosa, Ryo ia de encontro aos outros participantes, explanando suas cartas e lhe expondo como um dos participantes dispostos a realizar uma troca.

    Desta vez, Han, com seu Doujutsu, focava seu olhar, por mais que não fosse necessário, nos participantes que estavam se agrupando, cruzando seus braços. Gaia olhava para ele, seu olhar já dizia para ele seu questionamento, o Hyuuga, calmamente balançava sua cabeça de forma negativa, e logo o velho careca voltava sua atenção a mesa e, principalmente, aos participantes que se agrupavam, enquanto Shimura novamente cochichava algo no ouvido de Han, o mesmo movia seus lábios respondendo para ele, em um tom tão baixo que ninguém ali conseguiria ouvir, apenas os dois que estava juntos.

    Mostrando, de início, um pingo de insegurança, outro Uchiha então se unia ao jogo. Sousuke, entregando seu dinheiro e recebendo as suas cartas, entendia como o jogo ia funcionar, no entanto, ouviu também as palavras ditas pelo garoto grisalho, o que o fazia, por um segundo, embaralhar seus pensamentos, mas logo entendia a estratégia proposta. Desceu os grandes degraus, entregava o dinheiro entregue para Gaia, comprando mais uma carta para si mesmo. - Você vai fazer parte dessa estratégia proposta por alguém que nem conhece? Pense bem... Boa sorte. - Dizia, apenas para Sousuke, em um tom baixo, enquanto depositava seu dinheiro. Retirava a carta, entregando ao Uchiha, e logo o mesmo ia de encontro ao outros que se reuniam, oferecendo suas cartas, assim como todos ali, o que lhe resta, é eles terem a capacidade de auxilia-lo.

    Recebendo seu envelope, e ouvindo as palavras do ruivo, Kodahma Sano também entrava no jogo. Um Gennin de poucas palavras, ele olhava para os participantes, após ouvir as palavras de Yuuki, enquanto ouvia passos parto de si, um homem de terno negro se aproximava dele, apenas de seus óculos escuros, ele sabia que o mesmo lhe observava, o que o fazia se questionar se estava perto de infringir alguma regra do campeonato. Não demorou para que o mesmo ignorasse o fato e descesse as escadas ficando junto ao Uzumaki, enquanto o homem de terno que o observava também descesse, ficando junto aos outros que também estavam a olhar todos os participantes ali. Sem dizer uma palavra, Sano apenas mostrava as cartas que possuía para todos os membros daquela pequena confraria, no aguardo de trocar e receber as cartas que precisava.

    Estava na hora do "protetor" também se pronunciar diante ao jogo. Conhecido por Mizon, entregou seu dinheiro, permanecendo apenas com os 5.000 Ryous determinados para a execução da primeira etapa. Como todos ali, ouviu as palavras do Uchiha, porém, este estava mais interessado em ajudar a jovem de cabelos ruivos de Konoha, alguma empatia havia sido despertada no Juugo, pela garota Uzumaki. Aproximando-se gentilmente dela, indagou as cartas da garota, e ficou no aguardo de sua resposta.

    Um dos dois únicos Shinobis de Kiri no local, Hirashi, questionava-se sobre o método usado nesta primeira etapa do exame, estranhando o método que era proposto a eles. Também ouviu as palavras ecoadas no local, e uniu-se ao pequeno grupo de trocas, seu primeiro "alvo" era Sousuke, indagava-o sobre suas cartas logo oferecendo as suas para troca, e logo passou para Ryo, executando a mesma ação, tanto para ele quanto para os outros ali.

    Mahina, por sua vez, ouvia as palavras do Juugo, pensando sobre a integridade de Mizon, talvez, ali, havia sido criado uma pequena dupla que seguiria unida ao longo deste exame, caso eles passassem. Mencionava suas cartas, enquanto também se aproximava para junto do mesmo para falar algo, rapidamente um homem de terno se aproximou, não para ouvir, apenas para ficar atento a qualquer irregularidade. A menina ruiva mencionava sobre o plano de Hisoka, e compartilhava sua ideia quanto a isso. Do alto de onde estava, Mahina falava em tom alto para Hirashi, lhe oferecendo uma troca, restaria apenas a esperar se ele aceitaria tal.

    Questionando-se também, sobre as impressões inicias sobre o jogo, a jovem Hyuuga, conhecida como Yui, ficava confusa em seus pensamentos, enquanto entregava seu dinheiro. Sendo a única a mostrar um ponto de vista diferente de Hisoka, Yui chamava a atenção de todos para si, talvez para criar uma discórdia entre os membros do pequeno grupo, ou simplesmente apenas um outro método de se pensar. Ao terminar de falar, se uniu a Mahina e Mizon, mostrando discretamente suas cartas para eles, aguardando uma possível troca com os mesmos, caso aceitem.

    Por fim, o gentil membro do Clã Hozuki, Tenko, descia as escadas indo até Ace Uchiha, pedindo-lhe uma troca. Gaia, observando tudo isso, respirava fundo, enchendo seus pulmões de ar, logo soltando-o. Harui se aproximava dele, cochichando algo em seu ouvido, enquanto olhava para os dois grupos que se formavam ali, a resposta de Gaia, apenas, era um pequeno levantar de ombros, que desciam em seguida. - Já se passaram dez minutos, crianças. - dizia Gaia, em tom alto, para deixar os participantes em alerta do tempo que ainda podiam usufruir.


    Considerações:
     
    NPCs:
     
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Hisoka Kurayamiavatar
    Exibir perfil



    Narrações mais Imparciais Maior Atividade
    Mestre do Shurikenjutsu Mestre do Kenjutsu Mestre do Senjutsu Mestre do Fūinjutsu Konoha | Genin
    Mensagens : 2443
    Data de inscrição : 02/09/2016

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    1155/1500  (1155/1500)
    Reputação Reputação: 42 ~ Vigilante
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   11/7/2017, 21:11




    Surpresa. Esta pode ser a palavra que resume a primeira etapa do exame chunnin. Sinceramente, Hisoka não esperava que todos ali presentes contribuíssem com sua ideia. Sempre existem um ou dois acéfalos para discordarem. Os famosos cabeças-dura, orgulhosos e cegos quanto aos objetivos relevantes. Para sua sorte, ninguém se contrapôs, demonstrando confiança no que foi repassado. Este era o escopo do teste afinal. Verdadeiros chunnins são capazes de tomar rápidas decisões mesmo nas situações mais adversas. Aliás, não somente rápidas, como efetivas e aptas a persuadir o grupo de indivíduos que lidera. Hisoka não se considera um líder, muito menos um exímio exemplo como promovedor de trabalho em equipe, porém seu trabalho não foi nada mal. Conseguiu organizar todos e evitar uma possível circunstância de tumulto e caos. Provavelmente ninguém passaria na primeira etapa caso seguissem as instruções maliciosamente feitas por Gaia.

    Reservado em seu canto, Ace foi o primeiro a apresentar suas cartas, mostrando deter o naipe de pedra. Sem delongas, Hisoka puxou uma de suas cartas papel com os dedos indicador e médio da mão direita, formando uma pinça, entregando-lhe em troca de uma pedra. Além disso, um outro indivíduo se aproximou. Ele detinha um corpo relativamente malhado, não tanto quanto o Juugo, porém certamente mais que o próprio Hisoka. Em sua vestimenta, o crachá de identificação apontava para "Sarutobi Ryo". O clã Sarutobi é bastante conhecido no vilarejo, afinal o terceiro Hokage, Hiruzen, pertencia a esta linhagem. O rapaz detinha o naipe tesoura, dada a exclusão feita mentalmente por Kurayami. Sem pestanejar, puxaria outra carta papel, dando-lhe em troca de uma com seu naipe. Desta maneira, o Uchiha teria duas cartas papel, uma pedra e uma tesoura, suficientes para que pudesse prosseguir para a próxima etapa.

    – Bem, é isso. – Disse em baixo tom.

    Seus charmosos e chamativos passos novamente ecoaram pela sala, dada suas botas negras aveludadas dignas de bastante dote estético. No caminho, um rapaz passou próximo ao seu corpo, sussurrando palavras em seu ouvido. Sua identificação nomeava-o "Uchiha Sousuke". Quem diria, mais um de seu clã. Apesar Hisoka de não ter sua linhagem revelada devido seu sobrenome não-parental, provavelmente num dado momento a verdade viria a tona. Com um sorriso breve, repousou a mão esquerda sob o ombro do garoto, respondendo-lhe com serenidade:

    – Sua cooperação foi essencial. – Após a fala, seguiu em frente com a mão esquerda no bolso do sobretudo. A direita, por sua vez, guardava as quatro cartas.

    Nos degraus do altar principal, Hisoka estava a poucos centímetros do fim da primeira etapa. Logo antes de chegar no cume, retiraria a carta papel restante de sua mão direita, lançando-a em direção de Ace. O arremesso, amparado com seus dotes de mestre na arte do Shurikenjutsu, permitiria que a carta rasgasse as correntes de ar, garantindo pouco atrito, assim como uma suavidade na locomoção. Menos de um segundo depois, completaria o trajeto, virando-se para todos com as três cartas distintas em sua mão direita. Da mesma maneira que iniciou a etapa, revelando os naipes com a mão direita elevada, finalizaria o teste. Todavia, desta vez, detém não três cartas papel, mas uma papel, outra pedra e uma tesoura.

    Considerações:
    – Somente confirmei a troca de uma carta papel por pedra com @Ace, já realizada no turno passado.
    – Interação com @Lanake, que já havia vindo falar com meu personagem sob a troca de cartas. Ele revelou ter tesoura, sendo assim, houve a tentativa de troca. Somente aguardo a confirmação dele que será dada em seu devido post.
    – Caso tudo esteja dentro dos conformes, personagem irá finalizar com: 1 carta papel (do naipe ganho), 1 carta pedra (proveniente de @Ace) e 1 carta tesoura (proveniente de @Lanake); menos de um segundo antes de ir para o topo, o personagem jogou 1 carta papel restante para @Ace.
    – Personagem possui 0 Ryou.


    Equipamentos:
     

    Hisoka Kurayami:
    HP: 1400/1400
    CH: 6200/6200
    ST: 3500/3500

    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Yuuki Uzumakiavatar
    Exibir perfil



    Suna | Genin
    Mensagens : 88
    Data de inscrição : 14/06/2017

    Ficha do personagem
    Experiência Experiência:
    5/350  (5/350)
    Reputação Reputação: +2
    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   11/7/2017, 21:29

    O Início do Arco Final


    Estava indo tudo como planejado, sem nada para interromper aquele evento que estava. As trocas estavam sendo realizadas, tudo estava sendo positivo para Yuuki até o momento. Após ter todas as cartas em suas mãos, e mais uma extra de seu naipe. O garoto viu que não tinha muita mais coisa para se fazer ali, e foi subindo os degraus da escada. Lá no topo, o homem em que fez este belo plano, mostrava as suas cartas, não era duvidava que ele seria o primeiro, porém, Yuuki estava logo atrás, subindo e ficando ao seu lado. Ele levantou o braço canhoto e mostrando as três cartas, pedra, papel e tesoura. A outra cartas extra de seu naipe, ficou escondida no bolso de seu casaco. Esperava que estivesse tudo ocorrendo certo.


    Yuuki Uzumaki:
    HP: 400/400
    CH: 1000/1000
    ST: 140/200

    Equipamento:
     


    Considerações:
    0 ryous;
    Estou com as três cartas do jogo, sendo que tenho mais uma extra do meu naipe, estando ela no bolso do casaco;
    Como foi citado antes, troca com Ace Uchiha e Kodahma Sano realizadas; (Ganhei 1 pedra do Ace e 1 tesoura do Sano);




    Olho por olho...Dente por dente...Réquien da furia para a maldade.


    Última edição por Yuuki Uzumaki em 11/7/2017, 21:30, editado 1 vez(es) (Razão : Erro nas considerações)
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
    Conteúdo patrocinado
    Exibir perfil



    MensagemAssunto: Re: Saguão dos Ancestrais   

    Voltar ao Topo Ir em baixo
     
    Saguão dos Ancestrais
    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
    Página 2 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
     Tópicos similares
    -
    » Saguão de Entrada

    Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
    Naruto Survival 4.0 :: País do Trovão :: Kumogakure no Sato :: Localidades :: Arena do Exame Chūnin-
    Ir para: