Naruto Survival 4.1
Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» Primeiro Campo de Treinamento
Hoje à(s) 10:32 por Shirou Emiya

» Posto de Atribuição de Missões
Hoje à(s) 10:31 por Chris17

» Banco de Atualizações Gerais
Hoje à(s) 10:10 por Shirou Emiya

» Academia Ninja de Konoha
Hoje à(s) 10:08 por Shirou Emiya

» Pedido de Narrador/Avaliador
Hoje à(s) 10:05 por Shirou Emiya

» Avenida Principal do Centro Comercial
Hoje à(s) 10:05 por Chris17

» Floresta Úmida
Hoje à(s) 04:15 por Kon Reeves

» Ruas e Alamedas do Centro de Atendimento
Hoje à(s) 04:08 por Chris17

» [Criações] Kon Reeves
Hoje à(s) 04:03 por Kon Reeves

» Hospital de Konoha
Hoje à(s) 04:00 por Chris17

Acesso Rápido
Quem está conectado
8 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 7 Visitantes :: 1 Motor de busca

Senju Sayuri

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 39 em 2/10/2016, 21:50
Calendário do RPG
Primavera

Estação: Primavera
Ano: X020
Procurados
Parceiros
http://pt-br.naruto.wikia.com/wiki/Wiki_Naruto
RPG - Hogwarts SchoolFórum grátisShinki RPGPokéMytushttp://www.heroisdoolimporpg.com/Pokémon Agenda RPGhttp://poke-mythical.forumeiros.com/http://narutorpgakatsuki.com.br/

Nosso Banner









mensagens recentes
ambientação


novidades
00/00
Novidade número um,
00/00
Novidade número dois,
00/00
Novidade número três,
00/00
Novidade número quatro,
00/00
Novidade número cinco,
00/00
Novidade número seis,
00/00
Novidade número sete,,
00/00
Novidade número oito,
00/00
Novidade número nove,
00/00
Novidade número dez,
00/00
Novidade número onze,
00/00
Novidade numero doze,
acesso rápido

Floresta do Silêncio

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Floresta do Silêncio

Mensagem por Survival em 26/11/2015, 10:15


Relembrando a primeira mensagem :



Floresta do Silêncio

Escondida em um vale rochoso há uma distância razoável da vila da névoa está a Floresta do Silêncio. Graças ao relevo que a cerca a neblina não consegue chegar até lá, tornando-o uma maravilha natural. É um local paradisíaco com um riacho com pedras em seu centro, é cercado por uma mata nativa repleta de pequenos animais. Normalmente não há nenhum predador ou criatura perigosa por ali, tronando-o um ponto tranquilo digno do nome que carrega.

A história do local é um tanto quanto contraditória com o que ele parece representar. Cerca de cem anos atrás ocorreu uma grande batalha naquele vale deixando centenas de mortos e pintando-o de sangue. As pessoas começaram a evitar o local pelas lembranças que ele representava, com o tempo se tornou um hábito ninguém aparecer por la.

Fonte: Naruto Project

Fluxo do Rio Yosuga

Vem de: Desfiladeiro Yosuga
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por GEHENA em 16/6/2016, 14:12


Como devo começar contando minha experiencia? Bem pelo começo espero. Eram dois irmãos Qiu Yun e Chen Xiaolian. Sim, nomes incomuns para pais incomuns, pelo menos eu acho.

Segurei em suas mãos por todo o caminho até chegar no riacho. - Bem sente-se, vou contar uma historia. - Tive de puxar minha calça para cima para ficar no córrego, bem ao que parecia as crianças gostavam da água em seus pés. - Então que tipo de historia vocês gostariam de ouvir? - Bem, elas cresceram animadas; luta e sangue, princesas e fadas. Bem eu não conhecia nenhuma, mas lembrei de uma que minha vovó costumava contar sempre que algo incomum acontecia no clã. - Era uma vez, em um certo lugar havia três porquinhos. Eles deixaram seus pais e decidiram que cada um iria construir uma casa para morar. O primeiro porquinho construiu uma casa de palha, o segundo uma casa de madeira. O terceiro uma casa de tijolo. Então..-


Pelo incrível que pareça havia ganhado a atenção das crianças, bem eu não era tão ruim no final. - Um grande lobo veio.E com um sopro fez a casa de palha voar e engoliu o porquinho por completo depois de colocar sua linguá para fora. Depois disso ele foi até a casa de madeira e ateou fogo na casa de madeira, engolindo o porquinho por completo depois de colocar a linguá para fora... - Bem, ao que parecia elas não estavam gostando tanto assim, pelo menos Chen Xiaolian era a que mais parecia interessada. - E quando finalmente chegou na casinha de tijolos... Ele destruiu com uma marreta e transformou o porquinho em carne moída e o comeu depois de colocar a lingua para fora. FIM. - Eu admito a historia era uma bosta, mas bem tinha um significado bem amplo, para qualquer adulto, pelo menos era isso que eu acreditava.

- O lobo não podia comer apenas um porquinho? Por que comeu os três? - Perguntou. - Bem, vocês gostam de tomar remédio? Se pudessem escolher entre remédio ou doce qual escolheria? Na verdade é sobre união, se os porquinho no começo não tivessem largado seus pais(clâ) Nada disso iria acontecer.- Então me responderam. - Não comemos muitos doces... Os remédios nos deixam sonolentas e os doces, bem raramente.-

Bem, acho que depois disso eu fiquei calado sentando com eles olhando ao redor, meus pés na água escutando o silencio. - Bem, vamos voltar? - Sequei os pés das crianças e ajudei a calças os calçados e seguir para a aldeia.
HP: 200
CH: 800
ST: 200


Missão:

Passeio com as crianças
Rank: D
Descrição: Uma jounin da equipe médica, aconselhou que algumas crianças internadas no hospital fizessem um passeio para tomar um ar fresco para auxiliar no tratamento contra o câncer. O passeio deve ser feito num curso de algum rio próximo a alguns quilômetros da vila. Cuidado com as crianças que estão enfraquecidas, qualquer ferimento à alguma delas ocasiona a falha da missão e a jounin acertará as contas com as próprias mãos.
Locais: Tópicos dos Arredores da Aldeia



Lembra-te que és mortal!
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Kai em 21/6/2016, 22:20


Treino de controle de chakra e constituição mental

Eu estava destinado em se tornar um espadachim da névoa, meu sonho se resumia a isso embora ainda houvesse muito o que descobrir sobre meu passado e o clã Uzumaki. O tempo passou e eu me tornei um dos sete portadores das espadas lendárias, ainda não tinha alcunha mas era conhecido por quase toda a aldeia da névoa e da folha, meu nome ecoara quase sempre acompanhado de algum comentário negativo e por vezes as pessoas conheciam-me como um assassino antes mesmo de as conhece-las. Bom, até agora eu não ligava para isso, havia outras coisas que mereciam minha atenção, tal como os treinos diários que nunca saiam de minha rotina.

Adentrando a região desolada, alcancei as margens rochosas do rio que cruzava o local, a tranquilidade do ambiente acalmava meu espírito, não sentia tamanha paz e sossego assim por meses. Decidi me acomodar à beira do leito, cruzando as pernas e permanecendo em posição de meditação, fechei os olhos lentamente e expeli um único suspiro lento e comprido. Aos poucos emergi em meu próprio ser, ignorando outros acontecimentos que não fosse os dos sons da natureza, podia escutar o movimentar das águas, o canto dos pássaros e o barulho do vento agitando as folhas das árvores. Cada som natural permeava meu córtex cerebral e tomava espaço de pensamentos aleatórios, meu chakra estava sereno, fluindo lentamente de meu estômago par minha cabeça quase de maneira autônoma. Já havia gasto, ou melhor, investido alguns minutos ali, uns dez ou talvez quinze, não sabia bem ao certo mas aquilo era de cera forma viciante.

Por fim, abri os olhos e me encontrei novamente naquele cenário naturalmente esbelto, tomei postura novamente e me levantei de minha posição de repouso. Me sentia mais leve graças à meditação, tudo parecia fluir mais devagar e era como se eu compreende-se a essência harmônica do ambiente, o piar dos pássaros tinha um motivo, o balançar das árvores também, a natureza estava ali tão presente quanto eu, bastava aceitá-la e meu espírito se tornaria um só. Tendo este conceito em mente, suavemente desci minhas mãos para o fluxo do riacho e as mergulhei cobrindo todo o palmo. Meu chakra começaria a agir ali, sendo facilmente convocado após minha sessão de meditação e de meus treinos anteriores, tudo colaborava para o melhor trabalho de minha energia física e espiritual, as duas bases do chakra. Emanei as primeiras ondas em torno de meus pulsos e então me esforcei para redirecioná-las externamente, agindo em confronto com o movimento das águas e tentando criar um espaço entre estes dois atuantes, minha mão e água.

Depois de alguns minutos praticando com afinco minha tentativa de separar as águas, finalmente obti o resultado que procurava, dividindo a corrente antes mesmo de alcançar a pele de minhas mãos. O resultado era satisfatório e havia cumprido por hoje minha sessão de exercícios diários, restava agora eu sair do local e procurar algo a mais para me entreter.

Status:
HP: 400/400
CH: 1250/1400
ST: 724/800

Itens:

Manoplas de Metal
Descrição: Elas são um par de grandes manoplas , de metal — cada irmão usava uma — que também abrigava uma longa, corrente retrátil de shuriken correndo entre os dois, que é usada para ligar um inimigo e, em seguida, rasgar em pedaços. No caso da corrente de shuriken ser neutralizada, as manoplas têm também um mecanismo de libertação para liberar o usuário para ataques individuais com as garras afiadas nos dedos, envenenados para a letalidade adicional.
Notas: Correntes separadas e com veneno rank D em apenas uma delas;


Katana
Descrição: Uma katana comum de cabo em coloração vermelha, modificada com o único propósito de ser empunhada pelo Sabre Vermelho da Névoa. O tecido que adorna a empunhadura, bem como o trapo que a prende na bainha, derivam ambas das vestes de seu portador.


Katana
Preço: 300 ryous
Quantidade: 1 unidade
Descrição: Historicamente, kataná (刀) é o nome de uma das muitas espadas japonesas tradicionalmente manufaturadas (日本 刀nihonto ) que foram usadas pelos samurais do Japão feudal . As versões modernas do kataná às vezes são construídas valendo-se de materiais e métodos não tradicionais, contudo, estas n. A kataná se caracteriza pela sua aparência distinta : um a lâmina de gume único, ligeiramente curva, relativamente grossa, com um guarda circular ou quadrada e longo cabo/empunhadura para acomodar duas mãos.


Armadura de Batalha Shinobi
Preço: 1000 ryous
Quantidade: 1 unidade
Descrição: Durante a era antes das vilas ocultas, os shinobi usavam uma armadura que era semelhante ao de um samurai. Ela proporcionava uma defesa maior do que o vestuário simples que os shinobi usariam em missões que não seriam para batalhas decisivas devido a ser feito de placas de armadura pesadas. Os shinobi de Konoha continuaram a usar a armadura até pelo menos a Primeira Guerra Mundial Shinobi, quando na segunda a transição para coletes começou.
Nota¹: A parte de metal da armadura protege contra quaisquer danos de lâminas básicas que não estejam infundidas com chakra.
Nota²: Diminui a velocidade do usuário em 3 m/s;


Samehada
Descrição: Samehada (鲛肌; Literalmente significa "Pele de Tubarão") é uma grande espada senciente, comparável em tamanho ao Kubikiribōchō. Ela é descrita como "a mais terrível de todas as sete espadas da névoa" e até ganhou o título de "Grande Espada" (大刀, Daitō), acrescentando ainda mais em sua reputação temível.
Embora na maior parte é envolta por ataduras, a construção de Samehada é atípica na medida em que a lâmina real é constituída a partir de uma série de escalas de execução virada para baixo ao longo da totalidade do seu comprimento, até ao seu máximo, na base do qual está um pequeno crânio. Samehada cresce na proporção da quantidade de chakra que absorve fazendo com que suas escamas se tornem tão longas que elas finalmente lembram barbatanas de tubarão e sua boca, situada na ponta da lâmina se tornam ainda mais visíveis. Mantendo Samehada enrolada em ataduras, aparentemente ajuda a inibir este crescimento até um certo ponto.
Notas:- Samehada escolhe seu dono pelo "gosto" do chakra. No entanto, ela oferece certa repulsa a chakra Katon;
- Samehada pode absorver 200 pontos de chakra por post ao fazer contato físico suficiente com o oponente e transferi isso a seu portador, seja em forma de chakra ou em HP. Se for um Jinchuuriki ou Bijuu, ela absorve o dobro;
- Samehada gasta chakra contínuo de rank S de seu utilizador sempre que for utilizada;
- Na etapa de fusão, o portador ganha características da espada, tais como, absorver chakra por contato físico, estender picos espinhosos de seu corpo e rastrear chakra;
- Samehada pode repudir um portador projetado lâminas em seu cabo;
- Samehada tem personalidade própria e controlada/narrada pelo portador somente quando estiver sobre sua posse;
- Depois de algum tempo convivendo com seu portador, Samehada pode possuir a mesma assinatura de chakra que o dono, isso significa que aos sentidos de ninjas rastreadores será como o usuário ter um clone de seu chakra consigo;
- Samehada pode absorver chakra de técnicas de até seu rank;
- Samehada não fala, só rosna;


Ficha | Criações | Casa


- 7 Espadachins da Névoa
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Convidado em 21/6/2016, 22:24


Treino Aprovado
+ 1 Controle de Chakra
+ 1 Constituição Mental
+ 50 exp
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Kai em 21/6/2016, 22:46


Me retirei do local

Status:
HP: 400/400
CH: 1250/1400
ST: 724/800

Itens:

Manoplas de Metal
Descrição: Elas são um par de grandes manoplas , de metal — cada irmão usava uma — que também abrigava uma longa, corrente retrátil de shuriken correndo entre os dois, que é usada para ligar um inimigo e, em seguida, rasgar em pedaços. No caso da corrente de shuriken ser neutralizada, as manoplas têm também um mecanismo de libertação para liberar o usuário para ataques individuais com as garras afiadas nos dedos, envenenados para a letalidade adicional.
Notas: Correntes separadas e com veneno rank D em apenas uma delas;


Katana
Descrição: Uma katana comum de cabo em coloração vermelha, modificada com o único propósito de ser empunhada pelo Sabre Vermelho da Névoa. O tecido que adorna a empunhadura, bem como o trapo que a prende na bainha, derivam ambas das vestes de seu portador.


Katana
Preço: 300 ryous
Quantidade: 1 unidade
Descrição: Historicamente, kataná (刀) é o nome de uma das muitas espadas japonesas tradicionalmente manufaturadas (日本 刀nihonto ) que foram usadas pelos samurais do Japão feudal . As versões modernas do kataná às vezes são construídas valendo-se de materiais e métodos não tradicionais, contudo, estas n. A kataná se caracteriza pela sua aparência distinta : um a lâmina de gume único, ligeiramente curva, relativamente grossa, com um guarda circular ou quadrada e longo cabo/empunhadura para acomodar duas mãos.


Armadura de Batalha Shinobi
Preço: 1000 ryous
Quantidade: 1 unidade
Descrição: Durante a era antes das vilas ocultas, os shinobi usavam uma armadura que era semelhante ao de um samurai. Ela proporcionava uma defesa maior do que o vestuário simples que os shinobi usariam em missões que não seriam para batalhas decisivas devido a ser feito de placas de armadura pesadas. Os shinobi de Konoha continuaram a usar a armadura até pelo menos a Primeira Guerra Mundial Shinobi, quando na segunda a transição para coletes começou.
Nota¹: A parte de metal da armadura protege contra quaisquer danos de lâminas básicas que não estejam infundidas com chakra.
Nota²: Diminui a velocidade do usuário em 3 m/s;


Samehada
Descrição: Samehada (鲛肌; Literalmente significa "Pele de Tubarão") é uma grande espada senciente, comparável em tamanho ao Kubikiribōchō. Ela é descrita como "a mais terrível de todas as sete espadas da névoa" e até ganhou o título de "Grande Espada" (大刀, Daitō), acrescentando ainda mais em sua reputação temível.
Embora na maior parte é envolta por ataduras, a construção de Samehada é atípica na medida em que a lâmina real é constituída a partir de uma série de escalas de execução virada para baixo ao longo da totalidade do seu comprimento, até ao seu máximo, na base do qual está um pequeno crânio. Samehada cresce na proporção da quantidade de chakra que absorve fazendo com que suas escamas se tornem tão longas que elas finalmente lembram barbatanas de tubarão e sua boca, situada na ponta da lâmina se tornam ainda mais visíveis. Mantendo Samehada enrolada em ataduras, aparentemente ajuda a inibir este crescimento até um certo ponto.
Notas:- Samehada escolhe seu dono pelo "gosto" do chakra. No entanto, ela oferece certa repulsa a chakra Katon;
- Samehada pode absorver 200 pontos de chakra por post ao fazer contato físico suficiente com o oponente e transferi isso a seu portador, seja em forma de chakra ou em HP. Se for um Jinchuuriki ou Bijuu, ela absorve o dobro;
- Samehada gasta chakra contínuo de rank S de seu utilizador sempre que for utilizada;
- Na etapa de fusão, o portador ganha características da espada, tais como, absorver chakra por contato físico, estender picos espinhosos de seu corpo e rastrear chakra;
- Samehada pode repudir um portador projetado lâminas em seu cabo;
- Samehada tem personalidade própria e controlada/narrada pelo portador somente quando estiver sobre sua posse;
- Depois de algum tempo convivendo com seu portador, Samehada pode possuir a mesma assinatura de chakra que o dono, isso significa que aos sentidos de ninjas rastreadores será como o usuário ter um clone de seu chakra consigo;
- Samehada pode absorver chakra de técnicas de até seu rank;
- Samehada não fala, só rosna;


Ficha | Criações | Casa


- 7 Espadachins da Névoa
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Shirou Emiya em 22/6/2016, 12:45



Sadness

Chego na floresta do silêncio em busca de informações sobre um certo laboratório que se encontrava por ali. Estava andando com cautela, para não ser notado e muito menos descoberto por alguém, afinal, eu não queria me complicar naquela missão.




Status:
HP: 390/400
CH: 770/1000
ST: 265/400

Missão:
O Laboratório nas Ruínas
Rank: D
Descrição: Após uma longa procura, enfim você encontrou o laboratório, consegue ver que são ninjas com as bandanas riscadas, de vários países. Você deve explorar tudo ao redor das ruínas, para levar o máximo de informações possível.
Locais: Tópicos dos Arredores da Aldeia



avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Senju Hitomi em 22/6/2016, 16:32


Narração

A Floresta do Silêncio era um belíssimo local, repleto de uma vegetação verde e robusta que se estendia por toda a extensão do vale do Rio Yosuga. Apesar da aparência pacífica do local, esta Floresta tinha sido o palco de um massacre, passado numa guerra da qual quase ninguém se lembra. No entanto, as pessoas continuam a evitar o local. Isto talvez se devesse a superstição, ou talvez algo mais, mas a realidade é que este local era bem pacífico e desprovido de seres humano... Tornando-o o local perfeito para criar uma base secreta...

Shirou procurava por pistas que o indicassem até ao tal Laboratório que aqui se localizava, visando obter mais informações sobre este. Depois de algumas horas de pesquisa, Shirou encontrou aquilo que talvez fossem vestígios de um acampamento. Tinha impressões nas ervas daquilo que pareciam ser sacos-cama, pelo tamanho humanóide, e vestígios de uma antiga fogueira. Shirou podia investigar este acampamento um pouco mais, ou seguir o seu caminho noutras direcções. Qual será a sua escolha?
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Shirou Emiya em 22/6/2016, 16:45



Sadness

Parei por um momento para analisar se não tinha ninguém por perto e mantive meus olhos e ouvidos atentos ao ambiente. Dei uma olhada no acampamento e investiguei a fogueira, podiam ainda existir brasas, indicando que não havia muito tempo que as pessoas saíram do local. Após procurar por pistas ali, tentei me atentar para algum tipo de pegada, ou algo que me guiasse para o caminho do Laboratório.




Status:
HP: 390/400
CH: 770/1000
ST: 265/400

Missão:
O Laboratório nas Ruínas
Rank: D
Descrição: Após uma longa procura, enfim você encontrou o laboratório, consegue ver que são ninjas com as bandanas riscadas, de vários países. Você deve explorar tudo ao redor das ruínas, para levar o máximo de informações possível.
Locais: Tópicos dos Arredores da Aldeia



avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Senju Hitomi em 22/6/2016, 16:55


Narração

Sabiamente, Shirou pesquisou pelos restos do antigo acampamento e chegou a várias conclusões importantes. Primeiro: quem o fez não deve estar muito longe, pois parece muito recente. Segundo: talvez estejam aqui pelo mesmo motivo que ele, por isso tentar encontrar algum trilho pode ser vantajoso.

Depois de procurar pelo acampamento por alguns minutos, Shirou repara que um único rasto de pegadas seguia para Oeste, em direcção ao Rio. No entanto, de certeza que haviam mais pessoas estiveram neste acampamento improvisado. Podia ser uma armadilha ou apenas o desleixe de alguém, mas a verdade é que esta era a única pista que Shirou encontrava nesta zona, abrindo um leque enorme de hipóteses das quais Shirou terá de optar.
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Shirou Emiya em 22/6/2016, 17:02



Sadness

Talvez, seguir aquelas pegadas fossem minha única alternativa, mesmo que se tratasse de uma armadilha. Pelo chão, provavelmente, alguma coisa me esperava, por isso, usei chakra em meus pés para subir em uma árvore e seguir, lá de cima, a trilha de pegadas que estavam logo à frente.




Status:
HP: 390/400
CH: 760/1000
ST: 265/400

Técnica Usada:
Kinobori (Andar)
Rank: E
Classe: Ninjutsu
Descrição: Concentrando chakra nas solas do pés, o ninja pode escalar árvores, paredes, além de outras superfícies, sem usar as mãos e sem cair, pois fica com os pés grudados.

Missão:
O Laboratório nas Ruínas
Rank: D
Descrição: Após uma longa procura, enfim você encontrou o laboratório, consegue ver que são ninjas com as bandanas riscadas, de vários países. Você deve explorar tudo ao redor das ruínas, para levar o máximo de informações possível.
Locais: Tópicos dos Arredores da Aldeia



avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Senju Hitomi em 22/6/2016, 18:10


Narração

Graças à sua inteligente decisão, Shirou pode seguir as pegadas até ao local de um estrangulamento causado pelo próprio bosque onde 2 Ninjas aguardavam escondidos nos arbustos por aqueles que estejam à procura do Laboratório. Talvez sejam os seus guardas, talvez apenas mais um grupo que esteja à procura do Laboratório, ou talvez sejam apenas ninjas renegados à procura de ganhar alguma coisa extra. De qualquer das formas, o laboratório não estava à vista, o que complicava as coisas ao bravo Genin. Qual o caminho que este irá seguir?

NPCs:

Ninja #1:
HP: 400/400
CK: 800/800
ST: 200/200


Ninja #2:
HP: 400/400
CK: 200/200
ST: 800/800
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Shirou Emiya em 22/6/2016, 21:20



Sadness

Eu pairo por um tempo na árvore e observo as ações dos ninjas, tentando esconder, ao máximo, minha presença. Ainda em cima da árvore, saco uma kunai e direciono-a para um bandido, mirando em sua cabeça; e, sacando outra kunai, salto bem em cima do outro, para matá-lo. Caso eu consiga matar ambos os bandidos, revisto seus corpos em busca de algum equipamento e procurar por mais indícios da localização do laboratório.




Status:
HP: 390/400
CH: 760/1000
ST: 265/400


Missão:
O Laboratório nas Ruínas
Rank: D
Descrição: Após uma longa procura, enfim você encontrou o laboratório, consegue ver que são ninjas com as bandanas riscadas, de vários países. Você deve explorar tudo ao redor das ruínas, para levar o máximo de informações possível.
Locais: Tópicos dos Arredores da Aldeia



avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Senju Hitomi em 23/6/2016, 14:34


Narração

Com habildiade, Shirou atira com precisão na direcção da cabeça de um dos Ninjas inimigos. No entanto, a sua Kunai embate na placa protector exibindo o símbolo da sua aldeia, deflectindo a kunai e impedindo que esta se espete no seu crânio, ferindo-o mortalmente. Ainda assim, o choque projecta a sua cabeça para trás, fazendo perder o balanço e cair. Com o som, o outro ninja fica alerta e olha para o local do som, distraindo-se do ataque voador de Shirou que saltava por cima dele e terminava com a sua vida usando a sua Kunai para desferir o golpe letal.

No entanto, o outro ninja recompõe-se e, vendo o seu colega a ser eliminado, enfurece-se e, depois da execução de alguns selos, tenta atingir o seu inimigo com uma técnica de água, técnica essa em que o usuário cospe uma água altamente viscosa e infundida com chakra para tentar capturar o seu adversário num fluído altamente pegajoso e difícil de escapar. De seguida, este inimigo invoca uma Clava Gigante, usando um pergaminho que se localizava nas suas costas, e, usando esta arma, tenta esmagar o Shirou, mesmo que este não se encontre preso pela técnica de água usada anteriormente.

NPCs:

Ninja #1:
HP: 400/400
CK: 700/800
ST: 200/200

Armas e Jutsus Utilizados:

Clava Gigante
Descrição: Esta clava é uma ferramenta de Kotetsu, que ele armazena em um pergaminho e invoca durante a batalha quando necessário. A clava se assemelha a uma concha com inúmeras saliências em toda a sua superfície e uma marcação no centro, que se assemelha a um olho. Seu cabo é envolto com bandagens e uma corrente liga à clava até a base do punho. Kotetsu usa-o em combinação com a Liberação de Água: Captura do Campo de Xarope de Amido de Izumo facilitando a desferir um golpe devastador após o alvo ficar imobilizado.
No anime, foi mostrado que as saliências sobre o clava podem se espalhar ou integrarem-se para formar apêndices semelhantes a asas, que lhe permitem subir para o céu e evitar ataques do adversário; mesmo quando separados, Kotetsu parece ser capaz de manter o controle sobre a trajetória do clava com o uso de gestos de mãos.

Suiton • Mizuame Nabara
Selos: Bode, Tigre
Rank: C
Classe: Ninjutsu
Descrição: O usuário cospe uma água altamente viscosa e infundida com chakra, visando a uma superfície de amplo alcance. Isto é um fluxo de líquido viscoso, que pode ser usado para formar uma armadilha adesiva que pode inibir a mobilidade de uma pessoa. A pessoa pode efetivamente reduzir a área do seu inimigo de atividade com esta técnica e tem o efeito de ser capaz de tomar o controle completo sobre o campo de batalha. O âmbito normal desta técnica é normalmente a poucos metros, mas se preparado, também é possível fazer uma lagoa inteira de xarope de amido. Ser pego na técnica pode ser evitado por canalizar o chakra para os pés permitindo andar nela desinibida, previamente.


Ninja #2: (Morto)
HP: 0/400
CK: 0/200
ST: 0/800
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Shirou Emiya em 24/6/2016, 13:20



Sadness

Para tentar parar àquela água que vinha em minha direção, cuspi uma imensa bola de fogo na direção do jutsu, para fazer com que a água evaporasse e me livrasse daquilo. Já para sair do segundo movimento, eu concentrarei chakra em meus pés para dar um salto rápido para o lado, desviando do primeiro golpe com a clava. Considerando o peso de tamanho instrumento, seria difícil erguer com facilidade e, portanto, saco uma kunai e tento estocá-la na cabeça do segundo ninja renegado.




Status:
HP: 390/400
CH: 660/1000
ST: 265/400

Técnica Usada:
Katon • Gōkakyū no Jutsu
Selos: Cobra, Bode, Macaco, Javali, Cavalo, Tigre
Rank: C
Classe: Ninjutsu
Descrição: Após formar os selos de mão necessários, o usuário amassa seu chakra dentro do corpo e o converte em natureza de fogo e, em seguida, o expulsa da boca. O fogo expelido pode tomar a forma de uma esfera de fogo maciça ou de um lança-chamas contínuo. O alcance do ataque é alterado através do controle do volume de chakra que está sendo reunido. As chamas lançadas vão engolir o seu alvo, e deixar uma cratera na superfície da terra. Esta técnica, aparentemente, exige mais do que as reservas chakra média e dificilmente um genin é capaz de faze-la.

Missão:
O Laboratório nas Ruínas
Rank: D
Descrição: Após uma longa procura, enfim você encontrou o laboratório, consegue ver que são ninjas com as bandanas riscadas, de vários países. Você deve explorar tudo ao redor das ruínas, para levar o máximo de informações possível.
Locais: Tópicos dos Arredores da Aldeia



avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Senju Hitomi em 24/6/2016, 14:44


Narração

Shirou bloqueou o primeiro ataque com eficácia e, seguidamente, desvia-se do segundo. No entanto o embate da clava no chão foi tão forte que projectou o Genin no ar, fazendo tomar algum dano apesar do desvio. Ainda assim, este volta a erguer-se e espeta a sua Kunai no adversário, matando este com sucesso. Pesquisando os seus pretences, Shirou encontra no seu bolso um mapa que indicava a localização do laboratório, onde estavam desenhados os acidentes geográficos do local onde Shirou já estava. Shirou podia seguir este mapa para ir de encontro ao laboratório, que se localizava a jusante da sua localização.

NPCs:

Ninja #1: (Morto)
HP: 0/400
CK: 0/800
ST: 0/200

Armas e Jutsus Utilizados:

Clava Gigante
Descrição: Esta clava é uma ferramenta de Kotetsu, que ele armazena em um pergaminho e invoca durante a batalha quando necessário. A clava se assemelha a uma concha com inúmeras saliências em toda a sua superfície e uma marcação no centro, que se assemelha a um olho. Seu cabo é envolto com bandagens e uma corrente liga à clava até a base do punho. Kotetsu usa-o em combinação com a Liberação de Água: Captura do Campo de Xarope de Amido de Izumo facilitando a desferir um golpe devastador após o alvo ficar imobilizado.
No anime, foi mostrado que as saliências sobre o clava podem se espalhar ou integrarem-se para formar apêndices semelhantes a asas, que lhe permitem subir para o céu e evitar ataques do adversário; mesmo quando separados, Kotetsu parece ser capaz de manter o controle sobre a trajetória do clava com o uso de gestos de mãos.

Suiton • Mizuame Nabara
Selos: Bode, Tigre
Rank: C
Classe: Ninjutsu
Descrição: O usuário cospe uma água altamente viscosa e infundida com chakra, visando a uma superfície de amplo alcance. Isto é um fluxo de líquido viscoso, que pode ser usado para formar uma armadilha adesiva que pode inibir a mobilidade de uma pessoa. A pessoa pode efetivamente reduzir a área do seu inimigo de atividade com esta técnica e tem o efeito de ser capaz de tomar o controle completo sobre o campo de batalha. O âmbito normal desta técnica é normalmente a poucos metros, mas se preparado, também é possível fazer uma lagoa inteira de xarope de amido. Ser pego na técnica pode ser evitado por canalizar o chakra para os pés permitindo andar nela desinibida, previamente.


Ninja #2: (Morto)
HP: 0/400
CK: 0/200
ST: 0/800
[/quote]

[center]NPCs Derrotados!

+10 de EXP (x2) (Já atribuído)center]
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Shirou Emiya em 24/6/2016, 18:13



Sadness

Minha missão estava praticamente completa, ou pelo menos, era isso o que eu pensava. Agora que eu possuía um mapa, eu apenas precisaria investigar os arredores do laboratório e recolher o máximo de informação possível. Escalo, novamente, a árvore e sigo meu caminho até o laboratório por ali, escondendo ao máximo minha presença. Após chegar no laboratório, caso não possuísse mais imprevistos, busco informações em seus arredores, notando cada detalhe do local.




Status:
HP: 390/400
CH: 660/1000
ST: 265/400


Missão:
O Laboratório nas Ruínas
Rank: D
Descrição: Após uma longa procura, enfim você encontrou o laboratório, consegue ver que são ninjas com as bandanas riscadas, de vários países. Você deve explorar tudo ao redor das ruínas, para levar o máximo de informações possível.
Locais: Tópicos dos Arredores da Aldeia



avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Senju Hitomi em 25/6/2016, 05:16


Narração

Após a vitória frente aos seus adversários e a leitura do Mapa, Shirou continuou a sua investigação, anotando todas as informações que considerava importantes num pequeno caderno de anotações. No fim, quando se achasse que tava pronto, iria dar a missão por terminada e voltava a casa.
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Shirou Emiya em 25/6/2016, 08:04



Sadness

Juntei todas as minhas anotações sobre o laboratório "perdido" e tomei meu caminho rumo a Kiri, para concluir a missão.




Status:
HP: 390/400
CH: 660/1000
ST: 265/400


Missão:
O Laboratório nas Ruínas
Rank: D
Descrição: Após uma longa procura, enfim você encontrou o laboratório, consegue ver que são ninjas com as bandanas riscadas, de vários países. Você deve explorar tudo ao redor das ruínas, para levar o máximo de informações possível.
Locais: Tópicos dos Arredores da Aldeia



avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Hozuki Yuigetsu em 1/7/2016, 06:55



"A true leader can only demand to his followers what he is willing to do himself"

Servindo Kiri
Passeio com as Crianças


Chegamos à Floresta e vejo logo porque é que este local foi escolhido para o passeio. Era um lugar belo e calmo, com uma paisagem natural muito preservada que iria permitir às crianças passar um bom dia com seus amigos em Natureza. A sua doença, talvez não permitisse que tivessem muito mais possibilidades de o fazer, por isso fico um pouco triste com a realização que os Deuses não nos julgam de forma justa, mas antes arbitrária sem qualquer sentido de justiça ou igualdade.

As crianças aproveitaram para brincar no Rio Yosuga, que hoje estava bem calmo, para procurar por seixos bonitos, conchas e peixes que os prendassem com a sua visita. Eu, pelo meio disso, fico em pé no Rio com a minha atenção totalmente focada nas crianças e a sua protecção, estando atenta para nenhuma deles se magoar ou afogar no rio. Uma delas aproxima-se de mim e pergunta-me o nome, pelo que respondo com o sorriso meigo.


- Eu sou a Yuigetsu, Yui para amigos como tu. E tu como te chamas, pequeno?

- Eu sou o Ayako, Yui! Sabes, pareces uma ninjas muito forte... Podias-me ensinar algumas coisas? Eu também quero ser um ninja forte, como o meu pai.

E, de um momento para o outro, descubro a minha maior fraqueza. Com estas palavras, uma facada súbita no meu coração tirava todo o ar dos meus pulmões e me impossibilitava de falar. O meu sangue retirou-se e escondeu-se todo no meu coração, com medo de sair, deixando-me branca e inerte. Cada centímetro do meu corpo preenchia-se com uma dor inexplicável e inigualável que me deixava afónica e sem reacção. Crianças com cancro. Isso era uma existência que nunca podia perdoar aos Deuses.

No momento em que lágrimas se começam a formar na minha face, transformo-me em água, tentando disfarçar, misturando-me com a própria água do rio. De seguida, volto a reformar-me por detrás do jovem garoto e começo a fazer-lhe cócegas.


- Queres ser um ninja? Um ninja nunca se deixa apanhar despercebido! Cóceguinhas, cóceguinhas, cóceguinhas!

A criança ria-se com meus "violentos ataques" e, rapidamente, todas as outras entram na brincadeira comigo e com as enfermeiras, curiosas acerca do meu corpo estranho de água.

No fim da brincadeira, secamo-nos todos muito bem e encaminho o grupo de volta para a Aldeia, depois de uma tarde bem passada à beira rio.


STATUS:

HP: 200/200
CH: 480/600
ST: 80/200

Missão:
Passeio com as crianças
Rank: D
Descrição: Uma jounin da equipe médica, aconselhou que algumas crianças internadas no hospital fizessem um passeio para tomar um ar fresco para auxiliar no tratamento contra o câncer. O passeio deve ser feito num curso de algum rio próximo a alguns quilômetros da vila. Cuidado com as crianças que estão enfraquecidas, qualquer ferimento à alguma delas ocasiona a falha da missão e a jounin acertará as contas com as próprias mãos.
Locais: Tópicos dos Arredores da Aldeia
Jutsus:
Mizu no Kinobori (Andar na Água)
Rank: D
Classe: Ninjutsu
Descrição: Concentrando chakra nas solas do pés, o ninja pode andar na água como se tivesse andando no chão, diferentemente do Kinobiri essa técnica é mais complexa pois não é só necessário concentrar o Chakra no pés é necessário manter um fluxo constante nos pés formando uma espécie de "perna-de-pau" de Chakra embaixo d'água.

Suika no Jutsu
Rank: D
Classe: Ninjutsu, Hijutsu
Descrição:A Técnica de Hidratação é uma técnica corporal protéica através da qual o usuário pode liquefazer seu corpo à vontade. Ela é técnica de assinatura do clã Hōzuki.
Por liquefazer o corpo à vontade, esta técnica torna impossível receber danos de ataques físicos. De um único fio de cabelo para a pele e os músculos, tudo pode ser liquefeito e solidificado à vontade. Seja para evitar um ataque inimigo durante uma batalha de curto alcance, para se infiltrar em uma estrutura, ou para lançar um ataque surpresa em um estado liquefeito, esta técnica apresenta um valor estratégico. Com isso, o usuário também pode re-moldar partes do seu corpo para situações adequadas.



avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Seleshynya em 26/7/2016, 21:53



Primeira missão
Vislumbrei-te quase como um sonho/Alguns chamam de mágica/Pensei ter-te ao meu lado, mas
O passado é um fantasma----------




A saída da aldeia não fora tão difícil quanto eu havia imaginado. As crianças estavam eufóricas , de formas diferentes, a sair daquele hospital por pelo menos algumas horas. Conversamos no caminho sobre diversas coisas , desde o tratamento deles até seus sonhos e desejos para quando saíssem do hospital ; mesmo sabendo eu que o tratamento dela seria delicado e demandaria um tempo um tanto longo. Durante o caminho até a floresta comecei a cantarolar algumas cantigas para distrair as crianças, sabia que poderia não funcionar mas para minha surpresa todas prestavam a atenção no pequeno trecho que eu começava a cantar.
-"Mirror, tell me something
Tell me who's the loneliest of all?
Mirror, tell me something
Tell me who's the loneliest of all?
Fear of what's inside of me
Tell me can a heart be turned to stone?
Mirror, mirror, what's behind you?
Save me from the things I see!
I can keep it from the world
Why won't you let me hide from me?
Mirror, mirror, tell me something
Who's the loneliest of all?
I'm the loneliest of all

Parei por um pequeno minuto e olhei na direção do pequeno grupo, as 3 meninas que estavam no grupo olhavam para minha direção um tanto maravilhadas já os meninos olhavam para os lados esperando para ver logo a floresta e o rio, voltamos a andar e durante esse tempo continuei em silêncio. Dez minutos andando , com algumas paradas para as crianças descaçarem, foram o bastante para chegarmos a floresta. Delimitei para que as crianças não se afastassem muito do local onde eu estava, dei até 5 metros de distância para que ela pudessem brincar um pouco; o rio estava quase seco e não apresentava perigo para as crianças. Sentei-me em uma pedra e começei a cantar novamente para dar o tempo para as crianças poderem brincar um pouco.
"Red like roses fills my dreams and brings me to the place you rest
White is cold and always yearning, burdened by a royal test
Black the beast descends from shadows
Yellow beauty burns gold"

O sol começava a sumir dos céus e o mesmo tornava-se alaranjado , chamei as crianças para que nos voltássemos para a aldeia e para que a Jounin não me matasse se eu atrasasse na entrega do pequeno grupo. A caminhada seria longa, mas as crianças estavam um pouco animadas logo após daquele pequeno dia de descanso.

status ninja:
HP: 200
CH: 200
ST: 200
equipamento:


  • 5 Kunais


  • 5 Senbons


  • 1 Tantō  infundida com o Chakra de Kai

(link de comprovação aqui)
missão:
Passeio com as crianças
Rank: D
Descrição: Uma jounin da equipe médica, aconselhou que algumas crianças internadas no hospital fizessem um passeio para tomar um ar fresco para auxiliar no tratamento contra o câncer. O passeio deve ser feito num curso de algum rio próximo a alguns quilômetros da vila. Cuidado com as crianças que estão enfraquecidas, qualquer ferimento à alguma delas ocasiona a falha da missão e a jounin acertará as contas com as próprias mãos.
Locais: Tópicos dos Arredores da Aldeia


copyright 2014 - All Rights Reserved for Larissa
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por GEHENA em 30/7/2016, 13:34


Prosseguiu pelo melhor caminho que julgava, certo ele não esperava que fosse logo este local, mas seguiu viagem mesmo assim. Gehenna manteve os passos ritmados prestando atenção ao redor, por vezes demonstrava uma certa inquietação ou até mesmo poderia notar que o silencio da floresta o pertubava... Prosseguiu em direção da vila portuaria, pois já havia recebido toda informação basica de como chegar ao pais do fogo.


 
Hp: 600
CK: 1400
ST:  200



Pergaminhos:


Hissatsu Hyoso
Selos: Cobra, Rato, Dragão, Macaco, Tigre, Cão
Rank: S
Classe: Ninjutsu
Descrição: O usuário libera espinhos gigantes feitos de gelo, capazes de perfurar através de uma casa de campo. Haku usou esta técnica quando ele defendeu-se de seu pai e da multidão reunida quando eles tentaram matá-lo por causa de sua kekkei genkai.

Hyoton • Saihyozuchi
Rank: --
Classe: Ninjutsu
Descrição: O usuário envolve os punhos com gelo, aumentando o seu poder de ataque ou, alternativamente, usar os punhos para bloquear ataques mais fortes do que eles seriam capazes de suportar.
Nota: Requer conhecimento do Estilo de Luta Saihyoken.

Saihyoken
Rank: --
Classe: Ninjutsu, Estilo de Luta
Descrição: O Punho Quebra-Gelo (???, Saihyoken) é uma forma de combate utilizada por Rahyo, onde ele envolve seu punho com gelo para bloquear ataques de taijutsu que venha receber. Com esta técnica, Rahyo foi capaz de parar com sucesso o Furacão da Folha de Might Guy.


Equipamentos.:


Tanto
Quantidade: 1 unidade
Descrição: A Tanto é simplesmente uma pequena katana. Vários Chunin, Iryo-nin e Shinobi de Konohagakure, quando vão para a batalha usam-a amarrada nas costas inferiormente. A versão que a Raiz usa é de dois gumes e não tem ponta, destinado somente para o corte e defesa. Eles carregam a Tanto verticalmente na parte traseira especificamente por trás do ombro, Sai é um dos notáveis usuários de Tanto, que ele carrega nas costas por trás do ombro direito. Sakumo e Hatake Kakashi — após ter herdado isso — usam uma Tanto especial, conhecida como Sabre de Chakra da Luz Branca. Gamabunta e Gamakichi também carregam estas, embora versões gigantescas que se encaixam em seu tamanho.


Kimono
Quantidade: 1 unidade
Descrição: Este vestuário exclusivo da aldeia da névoa, já foi muito utilizado por Ninjas Caçadores (Oinin). Sua camada de seda, seguida por outro tecido grosso e azul listrado, vai até o pescoço do usuário, possibilitando a menor chance de perfuração de armas e principalmente projéteis. Além de dar liberdade de movimentos, o kimono é leve e não faz ruídos, um bom equipamento para ambientes silenciosos.
Nota: Todo o tecido do kimono protege contra quaisquer danos de lâminas básicas que sejam disparadas e não estejam infundidas com chakra.


Off;:
País da Água x Mar Chigiri É a minha primeira expedição, então já comecei errando postando na fronteira primeiro. srry.



Lembra-te que és mortal!
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Hozuki Yuigetsu em 4/8/2016, 19:04



"A true leader can only demand to his followers what he is willing to do himself"

O Trabalho Não Acabou
Missão


Chegada à Floresta, vejo logo porque é que este local foi escolhido para a sessão de pesca do tal Tofune. Era um lugar belo e calmo, com uma paisagem natural muito preservada que permitia a qualquer pessoa passar um bom dia à beira rio em Natureza. No caso de um pescador, o Rio límpido de água pura apresentaria uma grande riqueza de peixes para passar o dia a pescar.

Fui-me desclocando pela Floresta abaixo, procurando o curso de água do Rio Yosuga. Afinal de contas, não da para pescar no meio do monte, não é? Fui andando pela Floresta e, realmente, não tinha cá vivalma. Esta praticamente vazia, exceptuando-me a mim, claro, e ao pescador Tofune, que estava cá para ver se finalmente vencia o duelo contra um peixe qualquer de grande porte.

Quando finalmente chego ao Rio, que hoje estava bem calmo, vejo Tofune a lançar a sua linha para a água e a ver se algo pegava o isco.


Tofune:
- Filha da p*t@, não pega nada...

Aproximo-me de Tofune e apresento-me:

Yuigetsu:
- Olá! O meu nome é Yuigetsu. Sou a ninja enviada para o ajudar com a pesca.

O pescador olhava para mim num relance e voltava a concentrar-se na cana, tudo enquanto falava:

Tofune:
- Ah! Ainda bem que chegou. Arre que este bicho não quer ser apanhado! Sabes de alguma coisa que possa ajudar? Algo para o enganar e fazer sair da toca, por exemplo?

Colocava o mão no queixo e ficava a pensar um pouco... Depois de pensar por alguns segundos, lembro de uma ideia:

Yuigetsu:
- Eu posso lançar um Genjutsu para ludibriar o peixe a sair. Posso até dar-lhe a ilusão de um único caminho e obrigá-lo a ir até ao isco. Que tal?

O velho pescador ficou a pensar por uns momentos.

Tofune:
- É bem capaz de funcionar... Tenta lá isso!

Concentro-me então e começo a emanar o meu chakra através dos poros do meu corpo, usando Libertação Yin para produzir ondas de chakra que alterem a visão do mundo subaquático de todos os peixes nesta zona do Rio. Afasto muito deles, via diferentes ilusões, para longe do isco, focando-me para fazer com que o único trajecto viável para o nosso alvo seja mover-se até este. Com o passar do tempo, o peixe sai do seu esconderijo e, muitos minutos depois, finalmente morde o isco! Tofune começa a puxar a sua cana, tentando puxar o peixe para terra firme, mas de nada vale. Ele é muito forte e não estava a funcionar!

Tofune:
- Garota, faça qualquer coisa!

Sem muito mais a fazer, usei a minha técnica de liquefação para formar tentáculos de água, que usaria para tentar englobar o peixe e apreendê-lo tive de segurar com força, a besta não se deixava ficar quieta e lutava o quanto podia para sair do meu agarro. Continúo a agarrá-lo com força e puxo-o para fora de água. Este ainda se debate no chão, abanando-se para tentar voltar à água e respirar. Isto dava-me pena do peixe... Muita pena. Parecia a minha vida numa imagem. Um peixe solitário, ludibriado a seguir o caminho que outros traçaram para ele e, quando parecia que ia trincar a recompensa, ZAS! Puxado para fora de água e deixado no chão para morrer sufocado.

Olhei para o pescador e falei:


Yuigetsu:
- Pronto... Você já ganhou. Posso colocar o peixe de volta na água?

O pescador não entendia o que eu estava a dizer mas, olhando-me nos olhos, soube que não iria deixar a coisa correr de outra maneira. Assentiu com a cabeça e eu, com todo meu cuidado, devolvi o peixe ao seu habitáculo.

Feito o meu trabalho, virei costas e segui para Kiri.



STATUS:
HP: 200/200
CH: 1460/1600 (-140)
ST: 200/200


Missão:
Um pescador em apuros
Rank: D
Descrição: Tofune continua a ganhar a vida com a pesca, só que desta vez ele encontrou um peixe raro muito difícil de ser capturado. Ele vai precisar de sua ajuda para capturá-lo, se conseguir pode até virar o maior pescador do país da água.
Locais: Tópicos dos Arredores da Aldeia
Jutsus:
Magen • Kokoni Arazu no Jutsu
Rank: C
Classe: Genjutsu
Descrição: Um genjutsu que permite enganar os outros para persuadir o adversário, fazendo-o acreditar que está em outro local. A principal característica desta técnica é que ela pode ser lançada sobre uma superfície extensa, portanto, tudo e qualquer coisa que entrar na área de efeito da ilusão cairá sobre a técnica. Dito isso, ela pode não funcionar tão bem em pessoas que são bem versadas ​​ou possuem outras formas hábeis em genjutsu.


Suiton - Mizu Shokushu no Jutsu
(Libertação da Água - Técnica do Tentáculo de Água)
Selos: N/a
Rank: C
Classe: Ninjutsu/Hijutsu
Descrição: Utilizando o poder da Kekkei Genkai do Clã Hozuki, o usuário transforma os seus braços em longos tentáculos de água, que aumentam em muito o seu alcance e raio de movimentos. Ao fazer manipular o chakra aquático na ponta do tentáculo, o usuário pode agarrar pessoas e objectos, bem como pode dar um poderoso movimento de rotação na ponta criando uma broca aquática na ponta, que pode perfurar alguns materiais mais fracos, como um corpo humano sem protecção de cota de malha, coletes chunnin, armaduras, etc.
Notas: É uma técnica que tem um gasto normal de activação e, durante 5 posts após o post de activação, um gasto contínuo de manutenção (podendo ser desactivada antes). Os tentáculos conseguem chegar até 5 metros de comprimento cada, podendo um deles ficar com 10 metros de comprimento se o usuário usar toda a água dos dois tentáculos num único. É necessário ter a Kekkei Genkai do Clã Hozuki para executar a técnica.



avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Hozuki Yuigetsu em 20/8/2016, 16:36



"A true leader can only demand to his followers what he is willing to do himself"

O Monstro da Névoa
Missão: Expedição de Mineradores


Depois de algumas horas de caminhada, finalmente acabamos por chegar à Floresta do Silêncio. Até aqui, a viagem tinha sido tranquila, sem qualquer problema. Os mineiros iam falando entre si descontraídos, sobre o que iam encontrar, sobre desporto, sobre mulheres, todo tipo de coisas. Kara continuava a seguir em frente, obstinada a chegar ao local, enquanto eu também ia dirigindo o gurpo por trás, como os Lobos Alpha fazem com o seu grupo.

Como de costume, o local era calmo demais para o meu gosto. A presença humana neste local era sempre algo raro e, por essa razão,  o local tinha a tendência de atrair o tipo errado de pessoas. Para além dos nossos paços, apenas o cantarolar dos pássaros quebrava o silêncio. Estava atenta às minhas redondezas, pronta para a qualquer momento entrar em acção. Na verdade, eu até já tinha um plano na minha mente para o caso de sermos atacados durante o trajecto. Tinha de ser assim, se tivesse de reagir à pressa sem um plano os mineiros morreriam, sem dúvida.

Iamos já com um bom tempo de viagem, quando o grupo encontrou uma árvore caída na frente do precurso. Dei ordem para pararmos, e ficamos a parados no local. Notei também que os pássaros tinham nos abandonado. Eu já sabia que isto teria de dar raia, por isso decidi antecipar-me:


Yuigetsu:
- Cheira-me a armadilha. Ouçam bem: os pássaros calaram-se.

Os mineiros engoliram em seco e Kara pôs-se logo a postos, acenando-me com a cabeça para dizer que estava pronta. Trinquei o meu dedo e, num sussurro, falei:

Yuigetsu:
- Quando atacarem, vou invocar o Marisco Gigante para vos proteger.

Dito e feito, uma chuva de Kunais começou a chover sobre o grupo. Sem dar chances, completei os Selos da invocação e, depois de pousar uma mão no chão, uma núvem de fumo branco formou-se no local. Da prespectiva dos vilões, apenas se via fumo branco e ouvia-se o som de kunais e embater com algo bem duro, fazendo ricochete. Já os mineiros, estavam no interior de uma criatura bem distinta do que estavam habituados, mas que os protegia de todos os males.

Eu já partia para a ofensiva. Em conjunto com o Marisco Gigante, criava um Genjutsu que alteraria as precepções de todos os nossos inimigos, uma técnica em que usava o vapor expelido pelo Marisco para criar poderosas miragens, ocultando a presença real do Marisco, que já se movia, e simulando uma localização falsa, se quisesse, bem como alterações na paisagem que iriam dificultar incrivelmente o trabalho dos meus adversários. Eu, no entanto, saía do Marisco para ir tratar dos meus adversários, tornada invisível pela miragem do Marisco.

Confusos com o decorrer dos acontecimentos, os meus adversários saltavam para o meio da miragem, para tentar perceber o que tava a acontecer.


- Mas que raio, onde eles se meteram?

- Parece-me que a moça de cabelo azul invocou qualquer animal para os proteger. Será que desinvocou o animal e voltaram para Kiri?

Conseguia contar 10 adversários, 5 de cada lado da estrada por onde antes caminhavamos. O Marisco deslocava-se na direcção contrária, indetectado pelos 6, tal como eu. Eles não me conseguiam encontrar no meio da miragem, nem que eu lhes dissesse onde estava. Era muito difícil derrotar este Genjutsu, nem sair dele era possível enquanto estivessemos no seu raio de alcance. Decidi aproveitar o factor surpresa e, colocando os dedos de ambas as minhas mãos na forma de uma pistola, disparei uma poderosa gota de água sobre dois dos indivíduos, mirando na cabeça deles e matando-os instantaneamente. Os outros 8 ficavam agora a postos, executando selos para lançarem técnicas na minha direcção, apesar de confusos com o facto de um "espaço vazio" ter morto os seus parceiros.

Eu já começava a cuspir uma grande quantidade de água pela minha boca, começando o local a ficar inundando quando logo, logo começava a executar os selos necessários para executar uma das minhas técnicas mais poderosas: Suiton • Daikōdan no Jutsu. Um gigantesco tubarão composto por água erguia-se à minha frente, consumindo a água que eu tinha lançado anteriormente para formar o seu corpo. Com um movimento das minhas mãos, o tubarão saía disparado na direcção dos meus inimigos. Pensando que podiam derrotar esta técnica com força bruta, os meus inimigos lançavam os seus Jutsus contra o meu tubarão. Péssima ideia. A minha técnica devorou o chakra das suas técnicas e tornou-se ainda mais poderosa, destruíndo tudo à sua passagem e destruíndo os corpos dos meus adversários, sem chance de sobrevivência.

Depois de tudo isto, desfiz as técnias usadas anteriormente e desinvoquei o Marisco Gigante. Os mineiros puderam então voltar a andar, seguindo então o seu caminho. Passados alguns minutos conseguimos chegar à mina sem quaisquer problemas extra. Fiquei a guardá-los durante mais algum tempo, para o caso de algo mais acontecer. No final de algum tempo, o seu trabalho estava concluído e pude voltar a escoltá-los até Kiri.



STATUS:
HP: 199/200 (-1)
CH: 600/2200 (-1600)
ST: 600/600

Missão:
Expedição de Mineradores
Rank: C
Descrição: Um grupo expedicionário de mineradores quer explorar a região montanhosa de nosso País, porém há relatos de bandidos e alguns ninjas renegados saqueando qualquer um que passe por ali. Sua missão é proteger o Grupo de Mineradores, até que eles investiguem os minerais e pedras preciosas existentes na região. Caso seja confirmado a presença desses minerais, nossa vila irá expulsar e impedir qualquer ataque ao campo de mineração.
Locais: Tópicos dos Arredores da Aldeia
Invocação:

Marisco Gigante
Rank: A+
Relações: Kirigakure
Descrição:Este Marisco Gigante (蜃, Ōhamaguri) foi a invocação pessoal de Gengetsu Hōzuki.
Além de seu enorme tamanho, se assemelhava a um molusco comum. Várias proeminentes linhas escuras cercam ambas as porções superior e inferior do seu invólucro, enquanto que o símbolo Kirigakure é inscrito no seu topo.
A criatura é capaz de produzir uma névoa com que seu invocador pode criar uma miragem enganosa em que os observadores ficam completamente incapacitados de localizar com precisão a posição de si mesmo ou seu invocador, em primeiro lugar depois de abrir sua concha e exalando uma névoa de seus sifões durante toda a duração do técnica. Sua casca era muito robusta, sendo capaz de resistir a um ataque inicial de Ōnoki.
Jutsus:
Kuchiyose no Jutsu
Selos: Javali, Cão, Pássaro, Macaco, Bode
Rank: A+
Classe: Ninjutsu, Jikūkan Ninjutsu
Descrição: A Técnica de Invocação é um ninjutsu de espaço-tempo que permite que o invocador transporte animais ou pessoas através de longas distâncias instantaneamente através do sangue.
Antes de uma invocação animal poder ser executada, um invocador candidato deve primeiro assinar um contrato com uma determinada espécie. O contrato vem na forma de um pergaminho, no qual o contratante usa seu próprio sangue para assinar o seu nome e colocar suas impressões digitais e, uma vez assinado, é válido mesmo após a morte dos contratantes, desde que o contrato em si permaneça intacto. Após isso, eles precisam apenas oferecer uma doação adicional de sangue na mão que assinou o contrato, moldar o seu chakra com selos de mão e, em seguida, plantar a mão que assinou o contrato em uma localização que deseja invocar a criatura. A quantidade de chakra usada durante a invocação determina o quão poderosa a criatura invocada pode ser.
Contrato: Mariscos

Magen • Kijo no Rokaku
Rank: B
Classe: Genjutsu, Renkeijutsu
Descrição: Um genjutsu de longo-alcance (?????, kohan'i genjutsu), em que o Gengetsu Hozuki, em conjunto com a sua invocação, é capaz de manifestar miragens realistas usando a névoa exalada pelo molusco. Como é impossível para observadores distinguir a coisa real, através de métodos normais, esta propriedade faz com que a técnica seja ideal para esconder a localização real de um indivíduo, resultando em confusão entre a oposição como seus ataques são ineficazes e tentam determinar a verdadeira posição do par. No entanto, a fim de manter as ilusões, o molusco deve continuamente exsudar a névoa de seus sifões, durante toda a duração da técnica.
De acordo com o Mizukage, o único método para acabar com a técnica é derrotar o molusco real, mas como a criatura em si permanece camuflada dentro da miragem, esta não é uma tarefa fácil, mesmo se o invocador fornecer conselhos benéficos. Enquanto a técnica está ativa, tanto o Mizukage e o molusco não podem ser detectados através de meios tradicionais, com a exceção dos métodos de tipo de contato (?????, sesshoku taipu)
Nota: Por ser um Renkeijutsu, é necessário que mais de uma pessoa a execute simultaneamente. Nesse caso o usuário e a Kuchiyose Marisco Gigante;

Mizudeppo no Jutsu
Selos:
Rank: B
Classe: Ninjutsu, Hijutsu
Descrição: A Técnica do Revólver de Água é uma técnica usada pelo Clã Hozuki.
O usuário imita uma arma de fogo com a mão e, por meio da Técnica de Hidratação, comprime uma quantidade de água em seu dedo indicador, disparando uma queda com uma força tremenda e velocidade semelhante a um tiro, o suficiente para facilmente perfurar um clone de areia.

Suiton • Bakusui Shōha
Rank: B
Classe: Ninjutsu
Descrição: A Liberação de Água: Onda de Choque Aquática Explosiva (水遁・爆水衝波, Suiton: Bakusui Shōha) é uma técnica onde o usuário cospe um grande volume de água da sua boca, engolindo e esmagando o inimigo com uma enorme onda. O usuário pode montar na onda, permitindo-lhe mover-se em alta velocidade, e atacar o inimigo, agora empurrado pela água, sem medo de contra-ataques. A quantidade de água criada é proporcional à quantidade de chakra utilizado; quando usado com o chakra enorme de Kisame, mesmo um grande deserto pode se tornar um pequeno oceano. Em seguida, o excesso de água pode ser usado para as técnicas de Liberação de Água adicionais.

Suiton • Daikōdan no Jutsu
Selos: Bater as mãos, Cobra, Posicionar mãos em forma de boca de tubarão
Rank: A
Classe: Ninjutsu
Descrição: A Liberação de Água: Técnica do Grande Projétil de Tubarão é uma versão mais forte do Suiton • Suikōdan no Jutsu. O usuário cria um tubarão gigantesco fora da água e, empurrando-o as duas mãos para a frente, envia-o para atacar o adversário. Esta técnica difere da original na medida em que é capaz de absorver o chakra da técnica do adversário e, por sua vez, usa esse chakra para crescer mais e mais até ficar poderoso. Portanto, quanto mais a técnica do adversário for mais forte, mais forte esta técnica será.
Nota: Se esta técnica estiver em confronto com qualquer outra que use chakra, ela engolirá esta técnica e aumentará seu rank para S.


avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Hozuki Yuigetsu em 22/8/2016, 19:38



"A true leader can only demand to his followers what he is willing to do himself"

O Monstro da Névoa
Treino: C. de Chakra, C. Mental e Jutsu


Depois de andar um bom pedaço, começo finalmente a chegar à Floresta do Silêncio. Gostava bem deste lugar, era um bom sítio para se estar onde podemos parar e pensar por um momento. Sim, é o sítio perfeito para treinar.

Ando um pouco mais para o fundo do monte, parando à beira rio. Sento-me de pernas cruzadas e começo a relaxar o meu corpo, aproveitando o correr do rio e o som do vento para descansar a minha mente, que andava atribulada ultimamente. Deixo o meu corpo tornar-se leve e confortável, como se estivesse a flutuar numa núvem, sem uma única preocupação no mundo.

Para ajudar-me a acalmar, começo a tentar abrandar a minha respiração. Com apenas alguns exercícios de respirações lentas e profundas, consigo abrandar o meu ritmo cardíaco consideravelmente, entrando agora numa espécie de transe, induzido pelo total foco no som da minha respiração. A minha mente vagueia tranquilamente, apenas pousando ao de leve em cada assunto e desanuviando-se, atingindo um ponto tal de calma que quase podia ficar aqui para sempre a descansar.

Fico assim a descansar por uns bons minutos, até que decido avançar mais um pouco no meu treino. Começo por aquecer o meu fluxo de chakra, ao concentrar uma grande quantidade desta energia no centro do meu corpo e, logo de seguida, expulsando-a para o meu sistema condutor, aumentando o meu fluxo energético consideravelmente e preparando-me para qualquer treino.

De seguida, procuro maximizar o meu fluxo de chakra para o meu estômago, local que em breve estaria sobre grande pressão de treino. Faço o meu chakra rodear este orgão e energizar todos os pequenos canais e canalículos que conduzam a minha energia até ele, com o intuito de assim prepará-lo para o meu treino. Quando sinto que as células deste meu orgão estão prontas, passo para a segunda fase do treino.

Quero treinar uma técnica, técnica bem forte e útil, nas mãos certas. Removo o pergaminho na qual as suas intruções estavam guardadas e dou uma breve leitura. A técnica consitia em algum simples mas muito difícil de executar. Cuspir água, uma quantidade absolutamente absurda de água para o local onde estou. Água numa quantidade tal que inunde uma grande área em minha volta e forme uma semi-esfera no de água, como uma gota de água num vidro, que impossibilitasse o fácil movimento dos meus adversários e os obrigasse a morrer afogados. Fortuitamente, eu sou uma Hozuki, não morro afogada.

Então o primeiro passo era concentrar chakra. Muito chakra, uma quantidade verdadeiramente absurda. E é isso mesmo que começo a tentar fazer, começo a formar e acumular energia nos meus tenketsus centrais, visando formar uma poderosa, densa e muito concentrada esfera de chakra nestes. De seguida, passo a transferir este chakra para o meu estômago, usando o meus sistema de condução de chakra para executar a transferência, atravessando as paredes deste orgão e começando a depositar aqui o chakra necessário.

Continuo a formar chakra e a transferí-lo para o meu estômago, mantendo-me a fazer isto durante um bom período de tempo até que encho este meu orgão de eneriga. Com esta grande quantidade de matéria-prima para a técnica, começo agora a alterar a Natureza deste chakra para Chakra Suiton, obtendo desta forma uma autêntica bomba de água no meu estômago. À medida que o meu estômago ia enchendo de chakra de água, vou voltando a dar-lhe a forma de esfera e a concentrá-lo mais e mais, de forma a arrumar espaço para formar mais chakra e acumulá-lo ainda mais no meu estômago. Quando este tivesse lotado, começava então a renergizá-lo e agitá-lo, preparando-me então para começar a formar água com este.

Obtida uma concentração máxima desta energia no meu estômago, começo então a activa-la e a formar água verdadeiramente, água que ascendia pela minha gargante e era expelida violentamente e numa velocidade estonteante para fora do meu corpo, visando assim criar ondas épicas em todas as direcções, efectivamente inundando a área. Esta quantidade de água continuaria sempre a expandir-se indefinidamente, se eu não começasse agora a manipulá-la de forma a formar a tal cúpula ou hemisfera. De um momento para o outro, aquilo que era uma Floresta pacífica, foi transformada numa cúpula de água de grandes dimensões, rodeando uma área brutal de terreno.

Feito o treino, desfaço a técnica e deixo a água correr o seu caminho natural, ficando de seguida no chão a descansar do stress deste treino.



STATUS:
HP: 200/200
CH: 1800/2200 (-400)
ST: 600/600

Jutsu Treinado:
Suiton • Dai Bakusui Shōha
Selos: Bode
Rank: A
Classe: Ninjutsu
Descrição: Esta técnica é uma versão maior da Suiton • Bakusui Shōha. Com ela, o usuário expele uma grande quantidade de água, cobrindo uma área inteira com ondas inevitáveis. A água então toma a forma de uma esfera gigante, ao invés de deixá-la fluir livremente como a técnica original. Com isso, Kisame pode utilizar a sua Suirō Sameodori no Jutsu.


avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Lauts em 22/8/2016, 19:45



Treino Aprovado

+50 de Exp (465 >> 515);
+1 Ponto em C. Mental;
+1 Ponto em C. de Chakra;
Jutsu aprendido (Suiton • Dai Bakusui Shōha)





- 7 Espadachins da Névoa
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Hozuki Yuigetsu em 23/8/2016, 09:55



"A true leader can only demand to his followers what he is willing to do himself"

O Monstro da Névoa
Treino: C. de Chakra, C. Mental e Jutsu


Acordo aqui no meio da Floresta, desperta e pronta para mais. Era meio estranho dormir aqui, mas estava realmente muito cansada ontem. Estava na hora de voltar a treinar, desta vez seria a hora de treinar o Jutsu que acompanhava o jutsu anterior.

Volto a sentar-me no chão, em posição de lótus, e começo imediatamente a relaxar o meu corpo. Tinha acabado de acordar, por isso este passo requeria espreguiçar-me um corpo, estendendo as minhas articulações de forma a desencravá-las e possibilitar um livre deslizamento dos meus membros para a posição mais confortável que possam obter.

Focando-me agora no som do vento, no correr do rio e no chilrear dos pássaros, começo por deixar a minha mente ficar limpa, completamente livre de quaqluer pensamento invasor desnecessário. Era absolutamente fulcral manter uma cabeça limpa para obter maior força mental, são os pensamentos atabalhoados e desnecessários que nos prejudicam durante um combate. Por essa razão, tentava sempre meditar um pouco antes de qualquer treino, visando desta forma obter a fortitude mental necessária para ser uma grande ninja.

Obtido um estado maior de relaxamento, começo agora a preparar-me para o meu treino seguinte: estimulando a acumulação de chakra no centro do meu corpo, começo por formar uma boa quantidade chakra nos tenketsus centrais. De seguida, envio esta energia para o meu sistema condutor de chakra, visando assim maximizar o meu fluxo energético e supra-activar o sistema de condução de chakra e, desta forma, preparar o meu corpo para o uso de técnicas de larga escala.

De seguida, começo por enviar o meu chakra para a periferia do meu corpo, visando criar uma película em volta da minha pele, uma espécie de interface entre o meu corpo e o ar que me rodeia. O objectivo era energizar as células da minha pele, preparando-as para o resto do treino e mantendo-as num estado saudável.

Estando preparada para o resto do treino, começo agora com o treino da técnica. Começo por ler o pergaminho da técnica, visando assim estudá-la e melhor entendê-la, de forma a delinear o melhor treino possível para a sua aprendizagem. A técnica, apesar de ser Rank S, não era constituída por uma premissa muito difícil. Depois de executar o jutsu Suiton • Dai Bakusui Shōha, formando uma gigantesca cúpula de água à minha volta, a técnica Suirō Sameodori no Jutsu tinha como objectivo criar uma ligação de chakra entre a cúpula e o usuário, visando desta forma mover a cúpula com o movimento do usuário. Para indivíduos que se pudessem locomover sem dificuldade na água e até respirar nesta, isto era algo absolutamente incrível, pois permitia continuar a lutar em deixar o oponente escapar da técnica, efectivamente sufocando-o e afogando-o. Era uma técnica ideal para mim.

Muito bem, tinha de começar pelo início então. Depois de executar o selo do Bode e acumular uma grande quantidade de chakra no meu estômago, começo por cuspir então uma grande quantidade de água. Mais uma vez, ondas de largas propoções eram formadas em todas as direcções, voltando a destruir a paz e tranquilidade deste local. De seguida, quando estas tivessem atingido a distância correcta, controlaria a água de forma a não deixar que esta continue, formando agora a cúpula de água que iria usar para o resto do treino.

Começo agora a concentrar chakra na periferia do meu corpo, como já tinha feito anteriormente, ao aumentar o meu fluxo de chakra para a pele e criando uma fina película em volta do meu corpo que começava agora a interagir com a água à minha volta. A partir desta película, começava a libertar em todas as direcções uma rede fina de chakra, rede essa que tentaria expandir em todas as direcções de forma a atingir os extremos da bolha, com o intuito de criar uma ligação entre os extremos e o centro da cúpula, que seria eu, no caso.

Com esta rede de chakra, tentaria agora agarrar a água, criando ligações por pontes de hidrogénio entre as moléculas de água, criando uma certa coesão entre a água e a minha rede de chakra, que tem como objectivo funcionar como uma "mainframe" para a forma da cúpula de água. De seguida, começo a tentar mover-me na água, tentando arrastar a água comigo, usando a rede de chakra como o factor que mantém a forma da estrutura e a sua posição relativamente a mim.

Por força bruta, não estava obviamente a conseguir mover a água, estavamos a falar de toneladas de água. Por isso, tinha de usar a minha rede de chakra de outra forma. Mantendo-a como mainframe estrutural, ou seja, para manter a forma e posição relativa a mim da cúpula de água, uso o chakra para manipular a energia da água em contacto com o chão. Manipulando esta energia, começo então a usá-la para mover o resto da cúpula, como se de um tapete rolante se tratasse, movendo a água como rolamentos, puxando a cúpula através do solo mecanicamente, usando a minha posição como orientação.

Ao fazer isto, reparo que consigo fazer a técnica funcionar, movendo a cúpula de água à medida que me movo no interior da água. Com o meu objectivo concluído, desfaço a técnica e deixo-me pousar no chão, deixando a água escorrer rio abaixo, desfazendo efectivamente ambas as técnicas. No local onde pousasse, ficaria a descansar, deitada.



Considerações:
- Descontei Chakra de Suporte pela técnica, pois considero que não é uma técnica ofensiva continua, mas sim um suporte ou acrescento a outra técnica diferente.



STATUS:
HP: 200/200
CH: 1730/2200 (470)
ST: 600/600

Jutsus:
Suiton • Dai Bakusui Shōha
Selos: Bode
Rank: A
Classe: Ninjutsu
Descrição: Esta técnica é uma versão maior da Suiton • Bakusui Shōha. Com ela, o usuário expele uma grande quantidade de água, cobrindo uma área inteira com ondas inevitáveis. A água então toma a forma de uma esfera gigante, ao invés de deixá-la fluir livremente como a técnica original. Com isso, Kisame pode utilizar a sua Suirō Sameodori no Jutsu.
Jutsu Treinado:
Suirō Sameodori no Jutsu
Rank: S
Classe: Ninjutsu
Descrição: Depois de usar o Suiton • Dai Bakusui Shōha, o usuário atua como o centro da cúpula de água gigante resultante. Uma vez que esta técnica tenha sido ativada, a cúpula altera a sua posição, a fim de refletir a direção de seus movimentos, tornando difícil para o seu alvo fugir enquanto ele continua sua perseguição. Esta técnica fornece para o usuário uma vantagem tremenda no campo de batalha se ele for capaz de respirar em baixo da água, como mostrado por Kisame em sua forma fundida com a Samehada, este modo lhe concede a capacidade de respirar e se mover livremente debaixo d'água, enquanto o seu alvo continua a afogar-se quando eles tentam inutilmente escapar da grande massa de água.
Nota: Requer usar o Suiton • Dai Bakusui Shōha antes.


avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta do Silêncio

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum