Naruto Survival 4.0



 
CalendárioInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
» Segundo Campo de Treinamento
por Hatake Iori Hoje à(s) 19:44

» Testes marotos
por Senju Sayuri Hoje à(s) 19:37

» Deserto do Relâmpago
por Ichimaru Gin Hoje à(s) 19:28

» Parabéns Seleshynya
por Seleshynya Hoje à(s) 18:51

» [Sugestão] Selamento de Bijuus
por Juxé Hoje à(s) 18:21

» Fronteiras do País das Fontes Termais
por Lauts Hoje à(s) 18:11

» [Konoha] Clã Lee
por Survival Hoje à(s) 17:52

» [Sem vila] Clã Uzumaki
por Survival Hoje à(s) 17:52

» Shushuya - Bar e Restaurante
por Otirra Shõto Hoje à(s) 17:45

Acesso Rápido
Quem está conectado
4 usuários online :: 3 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 1 Visitante :: 2 Motores de busca

Hatake Iori, Juxé, Otirra Shõto

O recorde de usuários online foi de 39 em 2/10/2016, 21:50
Calendário do RPG
Primavera

Estação: Primavera
Ano: X020
Procurados
Parceiros
http://pt-br.naruto.wikia.com/wiki/Wiki_Naruto
RPG - Hogwarts SchoolFórum grátisShinki RPGPokéMytushttp://www.heroisdoolimporpg.com/Pokémon Agenda RPGhttp://poke-mythical.forumeiros.com/http://narutorpgakatsuki.com.br/

Nosso Banner









Tópicos similares

Compartilhe | 
 

 Ponte das Fronteiras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5654
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Ponte das Fronteiras   6/3/2016, 19:41

Relembrando a primeira mensagem :




Ponte das Fronteiras

A historia sobre a ponte começa a duzentos anos atrás, quando as quatro aldeias do País do Ferro estavam em guerra pelo domínio comercial do peixe e da seda, na guerra muitas rotas foram interditadas por clãs de samurais liderados pelas tais aldeias. Sabendo que a sansão comercial atrapalharia a subsistência de seus aldeões, a vila Oeste especializada no comércio de madeira e papel para pergaminhos mandou o melhor de seus carpinteiros, intitulado de "Shikimoto" criar uma ponte de urgência no rio que cruzava a aldeia por trás, assim a vila Oeste teria uma rota de escape para vender seus produtos ao exterior. Naquele tempo, a vila do Oeste sofria com a escassez do metal, anteriormente fornecida pela vila do Sul, sabendo disso, Shikimoto, como era de sua natural genialidade, teve a brilhante ideia de juntar encaixar madeiras com nós de corda e fendas em sua superfície, de forma que sua extensão formasse declives paralelos e distribuíssem o peso entre os paredões da grande vala do rio, tudo isso sem o uso de qualquer prego. Hoje a ponte é patrimônio histórico do País do Ferro, além de ponto turístico para visitantes das vilas shinobi.

Uma nobre é comumente vista acima da ponte empunhando seu arco e mirando garrafas flutuantes no leito do rio. Hikaru Li é uma moça jovem, filha de um grande comerciante na Aldeia dos Samurais e também mestre na arte do Arco e Flecha, uma prática até então incomum para mulheres no País do Ferro mas que encontrou seu brilho nas mãos de Li. Dizem que a mulher é possuidora de um olho de águia, capaz de mirar alvos a grandes distâncias e ainda acertá-los com seu arco longo.

Mestre de Treinamento:

Citação :

Nome: Hikaru Li
Especialização: Kyūjutsu (Jutsu);


Última edição por Survival em 22/1/2017, 20:04, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com

AutorMensagem
Yoneavatar
Exibir perfil



Mestre do Shurikenjutsu Samurai Tozama | D
Mensagens : 79
Data de inscrição : 17/07/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
30/550  (30/550)
Reputação Reputação: 1
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   6/10/2016, 13:28




Perseguição


Respiraria fundo, não poderia mostrar sinais de nervosismo, repetiria as mesmas palavras a mim antes de entrar naquele lugar — sou apenas um cliente, apenas um cliente, um cliente! — estufando o meu peito e deixando a minha Katana a mostra, entraria na loja de suplementos.




HP
: 200/200
CK: 200/200
ST: 1000/1000


Armas:
 
Org. das Armas:
 



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GEHENAavatar
Exibir perfil



Narrações mais Envolventes Maior Atividade
Mestre do Ninjutsu Mestre do Kekkai-Ninjutsu Kiri | Chūnin
Mensagens : 1573
Data de inscrição : 08/06/2016
Idade : 20
Localização : Dimensão espelhada

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
410/950  (410/950)
Reputação Reputação: 31 - Purista
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   6/10/2016, 23:13


Narrador




Os guardas estacam observando o rapaz, não iriam interferir com um cliente, mas algo em sua atitude destilava desconfiança. - Senhor cliente, pode me informar seu nome? politicas da loja ser anunciado. - Comentou o mais jovens dos dois, olhando mais atentamente o segundo notaria o arco em posse do rapaz, e em um simples comentário complementaria. - Ele detém um dos arcos da Loja, deixe o passar. - A primeira sentinela pareceu o ignorar e esperava uma resposta.


* Li - ??? Dentro do edifício.
* Yone - Casa; 7 metros
* Yone- Sentinelas; 3 metros
* Yone- Sentinelas; 1,5 metros
* Yone - ponte; 95 metros



Sentinela do Nobre
#1
HP:??
CH:??
ST:??
Velocidade:??

Sentinela do Nobre
#2
HP:??
CH:??
ST:??
Velocidade:??



Lembra-te que és mortal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Yoneavatar
Exibir perfil



Mestre do Shurikenjutsu Samurai Tozama | D
Mensagens : 79
Data de inscrição : 17/07/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
30/550  (30/550)
Reputação Reputação: 1
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   8/10/2016, 20:03




血液


Logo era interrompido por dois sentinelas, parecia que não era qualquer um que entrava por aquela loja, quando logo mencionavam no arco que Li teria me dado parece que aqui  é o lugar certo, então ela pegou o arco do comercio de seu pai? Ou será que é de algum familiar dela? não saberia se eu dizia o meu nome verdadeiro, ou talvez um falso, qual fosse minha resposta em um momento daqueles, não poderia seguir minha investigação dentro daquele lugar.
 
Respirava fundo, estufando meu peito responderia a resposta que o primeiro homem estaria esperando — meu nome... Já que é a politica da loja acho que não tenha problema , pode me chamar de Yone — soltaria todo o ar que estaria em meu peito, desta vez olhando seriamente nos olhos do primeiro sentinela, dizia com uma voz mais grave — então, poderia sair da frente? — esperaria por algum movimento seu, pra que pudesse seguir em frente e ver se conseguia descobrir algo ali dentro.





HP
: 200/200
CK: 200/200
ST: 1000/1000


Armas:
 
Org. das Armas:
 



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GEHENAavatar
Exibir perfil



Narrações mais Envolventes Maior Atividade
Mestre do Ninjutsu Mestre do Kekkai-Ninjutsu Kiri | Chūnin
Mensagens : 1573
Data de inscrição : 08/06/2016
Idade : 20
Localização : Dimensão espelhada

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
410/950  (410/950)
Reputação Reputação: 31 - Purista
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   10/10/2016, 09:34


Narrador




O mais jovem assentiu e liberou caminho, em um passos para a direita erguendo a mão em um simples movimento de livre acesso. - Pode ir. - Em seguida a mesma sentinela o seguiria até a entradar da loja, algo o fazia desconfiar do rapaz, mas agora era apenas o seu dever de guiar o rapaz até a loja. O outro soltou um breve suspiro e permaneceu em sua posição, pelo menos Keichiro não arrumou nenhuma confusão com outro cliente.


Ao chegar no local o sentinela estacou no arco da porta e moveu os lábios para o atendente: "Yone" e o propio conseguiu entender, parou lançando um breve e ultimo olhar para o idoso que se encontrava ao menos doze metros atras do balcão, então se virou mantendo a guarda. O idoso deveria estar na casa dos setenta anos, mas de constituição bem trabalhada, mostrava-se apto para o serviço. - Seja bem vindo Yone... Sou Welm. - Comentou esperando alguma ordem do cliente, estava ali para comprar algo né? mas o que...

Observando ao redor poderia notar que havia diversas mercadorias desde joias a artigos de luxo, procurando um pouco mais encontraria armas, embora fosse um tanto quanto compreensível considerar que o arco havia saído daquele local...





* Li - ??? Dentro do edifício.
* Yone - sentinela; 2 metros as costas
* Yone - Idoso; 12 metros
* Yone - ponte; 100 metros



Sentinela do Nobre - Keichiro
#1
HP:??
CH:??
ST:??
Velocidade:??

Atendente
Welm.
HP:??
CH:??
ST:??
Velocidade:??



Lembra-te que és mortal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Yoneavatar
Exibir perfil



Mestre do Shurikenjutsu Samurai Tozama | D
Mensagens : 79
Data de inscrição : 17/07/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
30/550  (30/550)
Reputação Reputação: 1
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   10/10/2016, 12:50




血液


Colocaria meu arco sob o balcão, esperando com que aquele homem analisasse apenas com seus olhos, após isto dizia a eles — você sugere algumas flechas pra este arco? — me calaria, e esperaria por uma resposta, talvez tentaria ganhar sua confiança após de efetuar algumas compras.




HP
: 200/200
CK: 200/200
ST: 1000/1000


Armas:
 
Org. das Armas:
 



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GEHENAavatar
Exibir perfil



Narrações mais Envolventes Maior Atividade
Mestre do Ninjutsu Mestre do Kekkai-Ninjutsu Kiri | Chūnin
Mensagens : 1573
Data de inscrição : 08/06/2016
Idade : 20
Localização : Dimensão espelhada

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
410/950  (410/950)
Reputação Reputação: 31 - Purista
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   10/10/2016, 14:09


Narrador




O homem observou o arco por algum tempo, realmente era um arco comum de sua loja, mas a questão era se lembrava de vende-lo para o rapaz? Deu de ombros não se importando, era uma loja bem movimentada e não lembraria de todos os rostos e objetos. - Flechas... Existe algum material na qual deseja? Temos as da simples até as feita em fibra de vidro, e até mesmo de carbono. - Com o avanço da tecnologia começaram a fabricar novos materiais, embora possa ter de concordar que pela ocorrência de paz, as armas ja não detinham tanto peso como antes. Ele caminhou lentamente até a esquerda erguendo a mão retirando uma aljava, mais passos e retirou outra aljava. - As comuns são 25 yens a unidade. - Proferiu avaliando o garoto, não parecia precisar de flechas melhores do que estas para praticar. - Então alguma duvida? -





* Li - ??? Dentro do edifício.
* Yone - sentinela; 10 metros as costas
* Yone - Idoso; 2 metros
* Yone - ponte; 100 metros



Sentinela do Nobre - Keichiro
#1
HP:??
CH:??
ST:??
Velocidade:??

Atendente
Welm.
HP:??
CH:??
ST:??
Velocidade:??



Lembra-te que és mortal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Yoneavatar
Exibir perfil



Mestre do Shurikenjutsu Samurai Tozama | D
Mensagens : 79
Data de inscrição : 17/07/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
30/550  (30/550)
Reputação Reputação: 1
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   11/10/2016, 15:28




血液


— Me de quatro delas — dizia colocando o dinheiro sob o balcão, enfim teria de acabar com aquilo o mais rápido, caso eles descobrissem que estaria ali em busca de informações eu estaria ferrado, respirava fundo e dizia — por acaso você conhece alguém que poderia me treinar? Não tenho muito conhecimento em arcos e flecha, talvez eu preciso aprimorar mais um pouco de meus conhecimentos — esperaria ter uma resposta clara, enfim estaria dizendo aquilo indiretamente para ver se ele realmente conhecia Li.



HP
: 200/200
CK: 200/200
ST: 1000/1000


Armas:
 
Org. das Armas:
 



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kazumi Ogawaavatar
Exibir perfil



Mestre do Bukijutsu Samurai Tozama | D
Mensagens : 94
Data de inscrição : 11/01/2017

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
260/350  (260/350)
Reputação Reputação: +5 - Neutro
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   12/1/2017, 21:02

PASSOS NA NEVE

D
esde pequeno eu ouvia os rumores de uma garota que possuía olhos de águia e que vivia sobre a ponte praticando seus tiros, sempre preso por minhas obrigações eu nunca pude visita-la, mas logo após eu conseguir meu título de samurai eu respirei fundo e parti para aquele local, provavelmente não notariam minha falta enquanto comemoravam a formatura de outros conhecidos.

Andando entre a neve eu chegaria até a grande ponte, primeiramente eu olharia aquele rio que nunca havia visto antes, ele era lindo e eu estava me encantando, a neve tornava a cena ainda mais bonita. Segui. Subi a ponte e assim que que pensei ter visto alguém no horizonte gritei:

- Hey! Você conhece a garota arqueira com olhos de águia?

Daria mais passos na direção de onde pensava ter visto alguém.

Status:
 

Itens Carregados:
 

Observações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lautsavatar
Exibir perfil



Alcunha Garoto Demônio
Colaborador Maior Contribuição
Mestre do Genjutsu Mestre do Ninjutsu Mestre do Fūinjutsu Mestre do Dōjutsu Konoha | Chūnin
Mensagens : 5955
Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 15
Localização : Marte

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
105/950  (105/950)
Reputação Reputação: 16 - Neutro
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   12/1/2017, 21:35


Atualizado

O espadachim era abortado por um jovem arqueiro que tinha acabado de se graduar na academia samurai, ele abaixava a sua cabeça pensando em suas palavras em seguida levantava com uma resposta em mente – eu realmente não sei, mas vi uma mulher treinando com arco e flechas para lá, e ela era muito boa – ele apontava o seu dedo para o sul, aonde tinha um pequeno rio.

Meidara Katsu
HP: 400
CH: 200
ST: 1000





- 7 Espadachins da Névoa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kazumi Ogawaavatar
Exibir perfil



Mestre do Bukijutsu Samurai Tozama | D
Mensagens : 94
Data de inscrição : 11/01/2017

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
260/350  (260/350)
Reputação Reputação: +5 - Neutro
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   13/1/2017, 10:04

PASSOS NA NEVE

A
pós alguns passos consegui ver com mais clareza as características físicas do humano que tinha sentido a presença, ele me parecia ter algumas habilidades de combate, por isso aquilo me deixou curioso sobre a identidade do mesmo. Ele parecia ser um rpaz muito generoso, havia me dito sobre a localidade de uma arqueira ao sul, a qual provavelmente era aquela dos rumores, estava feliz com a resposta, mas eu transbordava de curiosidade, por isso fui obrigado a prolongar nossa conversa:

- Entendo. É um prazer o conhecer, meu nome é Kazumi, sou um samurai recém-graduado. Você mora aqui por perto? Também é um guerreiro?

Aquelas eram as perguntas que queria fazer ao garoto, tentaria cumprimenta-lo adequadamente se o mesmo desse alguma oportunidade. Estive minha vida toda cercado por aqueles samurais cabeça dura, gostaria muito de conhecer outros guerreiros com formações distintas, mesmo que me arrependesse depois. Tinha medo da possível gênio da arquearia sumisse dali, mas preferia sanar aquela curiosidade primeiro, ao invés de correr atrás de uma possibilidade.

Status:
 

Itens Carregados:
 

Observações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lautsavatar
Exibir perfil



Alcunha Garoto Demônio
Colaborador Maior Contribuição
Mestre do Genjutsu Mestre do Ninjutsu Mestre do Fūinjutsu Mestre do Dōjutsu Konoha | Chūnin
Mensagens : 5955
Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 15
Localização : Marte

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
105/950  (105/950)
Reputação Reputação: 16 - Neutro
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   13/1/2017, 14:22


Atualizado

O espadachim prestaria atenção nas palavras de Kazumi, diferente dos outros Samurais, este parecia ser mais calmo e com um pensamento não muito ignorando que nem os outros, então logo ele dizia – Hm... Sim eu sou um guerreiro, também treinava na academia alguns anos atrás, mas os meus treinamentos ainda estão distantes de acabar, e não, parei de morar aqui após de me graduar... Então, precisa de ajuda para encontrar a arqueira? Por que fui solicitado por minha família até aqui, eles estão com problemas –  logo ele se calaria, a sua família parecia estar com problemas, mas o seu orgulho era tão grande para que não pedisse ajuda ao arqueiro.

Meidara Katsu
HP: 400
CH: 200
ST: 1000





- 7 Espadachins da Névoa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kazumi Ogawaavatar
Exibir perfil



Mestre do Bukijutsu Samurai Tozama | D
Mensagens : 94
Data de inscrição : 11/01/2017

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
260/350  (260/350)
Reputação Reputação: +5 - Neutro
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   13/1/2017, 19:23

PASSOS NA NEVE

O
homem também era um guerreiro, tinha se formado na academia, mas agora não residia mais naquelas bandas, o homem possuía uma família e esta possuía problemas. Ele parecia ser uma pessoa muito boa e diferente de todos os outros samurais. Suspirei ele me contou sobre sua família ter problemas, mas parecia ser orgulhoso. Pensei um pouco antes de responder e então disse ao mesmo:

- Hum... Entendo. Agora que você me ajudou com minha procura eu preciso retribuir o favor. Já me decidi, vou te ajudar a resolver os problemas da sua família! Não sou forte e sou inexperiente, mas farei de tudo para poder recompensá-lo.

Eu realmente queria ajudar aquele guerreiro, sentia certa empatia pelo mesmo. Sabia que ele era orgulhoso e por isso insistiria naquela história de ficarmos quites. Não sabia quais eram os problemas do mesmo, mas estava determinado a ajuda-lo no caminho do mesmo, talvez aquilo me tornasse mais forte, ou apenas mais humano.

Status:
 

Itens Carregados:
 

Observações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lautsavatar
Exibir perfil



Alcunha Garoto Demônio
Colaborador Maior Contribuição
Mestre do Genjutsu Mestre do Ninjutsu Mestre do Fūinjutsu Mestre do Dōjutsu Konoha | Chūnin
Mensagens : 5955
Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 15
Localização : Marte

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
105/950  (105/950)
Reputação Reputação: 16 - Neutro
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   13/1/2017, 20:28


Atualizado

Obrigado! – dizia o espadachim enquanto andaria na frente, e então o arqueiro seguiria logo atrás após de alto se chamar para ajudar o jovem. Eles andariam e andariam, o clima iria mudando de um momento para o outro, e sem que percebessem estariam andando sob a neve.

Meidara Katsu
HP: 400
CH: 200
ST: 1000


* Continue aqui http://naruto-survival.forumeiros.com/t699-grandes-campos-de-neve





- 7 Espadachins da Névoa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kazumi Ogawaavatar
Exibir perfil



Mestre do Bukijutsu Samurai Tozama | D
Mensagens : 94
Data de inscrição : 11/01/2017

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
260/350  (260/350)
Reputação Reputação: +5 - Neutro
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   24/1/2017, 10:32

PASSOS NA NEVE

H
avia conseguido atravessar todos os campos de neve até chegar na vila oeste, eu estava realmente desgastado após aquela batalha, não poderia fazer mais nada sem um descanso, mas não poderia dormir no meio da neve, sabia que ela era amiga da morte e aliada das doenças. Entrei na vila oeste e então perambulei pelas ruas.

Assim que encontrei um local quente e coberto imediatamente me deitei ali, nem prestei atenção ao redor, simplesmente estava exausto. Deitei-me no chão isento de neve e então disse:

- Estou com muito sono, me desculpe. Boa noite para todos...

Após desejar uma boa noite meus olhos fecharam-se lentamente e então eu dormi, esperava ter sonhos reconfortantes e quentes.

Status:
 

Itens Carregados:
 

Observações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kazumi Ogawaavatar
Exibir perfil



Mestre do Bukijutsu Samurai Tozama | D
Mensagens : 94
Data de inscrição : 11/01/2017

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
260/350  (260/350)
Reputação Reputação: +5 - Neutro
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   24/1/2017, 20:53

A ARQUEIRA ESCARLATE

E
u me espreguiçava em um local desconhecido, mas ainda assim aconchegante, me recordei do que tinha acontecido. Retirei a moeda do bolso para confirmar aquilo, não tinha sido um sonho, eu realmente estava na vila Oeste. Levantei-me do chão e após retirar a poeira da minha roupa me dirigi à ponte. Ainda estava interessado em encontrar a garota dos rumores.

Caminhei por um bom tempo até que consegui ver com totalidade as pessoas sobre a ponte, iria procurar uma garota com um arco e então perguntar:

- Com licença, você é garota com grandes habilidades em Arquearia?

Se não encontrasse a garota com o arco eu simplesmente perguntaria para a garota mais próxima.

Status:
 

Itens Carregados:
 

Observações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GEHENAavatar
Exibir perfil



Narrações mais Envolventes Maior Atividade
Mestre do Ninjutsu Mestre do Kekkai-Ninjutsu Kiri | Chūnin
Mensagens : 1573
Data de inscrição : 08/06/2016
Idade : 20
Localização : Dimensão espelhada

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
410/950  (410/950)
Reputação Reputação: 31 - Purista
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   25/1/2017, 16:10


Atualizado



A jovem garota fora encontrada na ponte enquanto olhava inocentemente para a corrente. Trajando uma armadura de couro leve, daqueles que apenas constituía em um peitoril ao lodo direito do corpo. Ela mais ouviu do que viu a pessoa a abordando, franziu a testa confusa. — Menino ou menina? — Não sendo nenhum eufemismo Li era uma jovem muito atraente e requisitada, até mesmo recebia diversas proposta de casamento até mesmo na tenra idade de 16.

Com o longo arco e uma aljava na lombar a garota, esta que parecia ser a mestra do arco esperava uma resposta. De fato não fora para humilhar nem nada semelhante, pois ela mais que ninguém compreendia que dependendo de quem fosse teria de encontrar um meio de ensinar.


Mestra em Kyūjutsu
HP: 2600/2600
CH: 1400/1400
ST: 5000/5000



Lembra-te que és mortal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rinavatar
Exibir perfil



Suna | Genin
Mensagens : 190
Data de inscrição : 30/08/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
55/250  (55/250)
Reputação Reputação:
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   25/1/2017, 16:22


Andejando, caminhava lentamente, como quem anda ao léu. Sua respiração rítmica, apesar de tudo o que houvera passado. Hércules, o pequeno cachorro que haveria optado por seguir-lo, começava a cansar seus braços e era posto no chão. Seus pensamentos, vazios e concentrados em uma única coisa: se defender dos possíveis ataques que poderiam ocorrer, naquela vida bandida que optava por escolher.

'' O que fui fazer, agora mesmo já devem estar atrás de mim, e tudo por um boato: uma mestra que lhe ensinaria a arte do arco e flecha, sem nem ao menos saber se era mesmo verdade.

Sem rumo, caminhava com passos largos e serenos, com Hércules - um cachorro qual decidiu me seguir em viagem - ao meu lado, estávamos felizes e procurando a mestra que provavelmente estaria na ponte da fronteira, ao achegar-me por aquela paisagem a procurava pela ponte ou pelas extremidades desta, a mestra que provavelmente me treinaria na arte do arco e flecha.

Hércules - Pet:
 



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kazumi Ogawaavatar
Exibir perfil



Mestre do Bukijutsu Samurai Tozama | D
Mensagens : 94
Data de inscrição : 11/01/2017

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
260/350  (260/350)
Reputação Reputação: +5 - Neutro
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   26/1/2017, 16:03

A ARQUEIRA ESCARLATE

A
garota dos rumores realmente estava ali, ela era muito bela e aparentava realmente ser jovem, não poderia acreditar que realmente havia ouvido sobre a mesma, no entanto a primeira frase dita pela mesma e dirigida para minha pessoa não me deixou muito feliz, nem constrangido, apenas um pouco confuso com tudo aquilo. Simplesmente bufei e olhando para a mesma disse enquanto arrumava meus cabelos:

- Sou garoto, meu nome é Kazumi Ogawa, é um prazer conhece-la, qual seu nome?

Esperaria a mesma responder a resposta e imediatamente após isso pegaria meu arco em punhos e diria para ela:

- Enfim, estou aqui para aprimorar minhas habilidades com o arco, poderia me ajudar nisso? Ficaria muito grato caso fizesse isto.

Novamente aguardaria a resposta da mulher, olharia para uma das extremidades da ponte no meio tempo e analisaria o local.

Status:
 

Itens Carregados:
 

Observações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GEHENAavatar
Exibir perfil



Narrações mais Envolventes Maior Atividade
Mestre do Ninjutsu Mestre do Kekkai-Ninjutsu Kiri | Chūnin
Mensagens : 1573
Data de inscrição : 08/06/2016
Idade : 20
Localização : Dimensão espelhada

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
410/950  (410/950)
Reputação Reputação: 31 - Purista
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   26/1/2017, 19:43


Atualizado



Rin um total 'gringo' seguia pela ponte e encontrava duas garotas com arcos longos, pareciam estar uma especie de pratica... Li assentiu compreendendo o quadro do garoto, ele se parecia com uma garota, se não fosse pela sua intuição feminina talvez se confundisse. Retornando o foco para a pratica ela retirou seu arco de forma eficiente e já demonstrou uma posição básica de disparo.

— O basico é aprender a se portar com o arco, observe-me meu ombro a maneira em que puxo a corda. Agora você. —
Ao primeiro sinal ela ergueu a mão até o pescoço do rapaz, não se force a olhar para sua postura, ela tem de ser feita naturalmente. Mais alguns retoques na postura ela assentiu.

— Agora quero que atravessa a ponte de um lado para o outro, a cada ponta quero que refaça a postura, e quando se sentir mais cansado, mais exausto nas seis corridas, volte e refaça a mesma postura. — Concluiu, um bom condicionamento físico também era basico para um arqueiro.

Consideração: Rin, pode entrar no RP pedindo treino.

Mestra em Kyūjutsu
HP: 2600/2600
CH: 1400/1400
ST: 5000/5000



Lembra-te que és mortal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kazumi Ogawaavatar
Exibir perfil



Mestre do Bukijutsu Samurai Tozama | D
Mensagens : 94
Data de inscrição : 11/01/2017

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
260/350  (260/350)
Reputação Reputação: +5 - Neutro
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   28/1/2017, 13:50

A ARQUEIRA ESCARLATE

A
garota realmente não perdia tempo, sua beleza era incomparável, mas aquilo não tirava meu foco nem atraía meus olhares para ela, não desejava nada além de treinamento. Um ar mais carregado me atingiu assim que Li sacou seu arco, sua posição era, sem dúvidas, maravilhosa, não poderia imaginar uma posição mais eficiente e magnífica, por isso via que a maior qualidade da mesma não era a beleza, mas sim sua maestria com o arco, naquele momento que senti que tudo estava sendo como eu queria.

Saquei meu arco e assim que percebi minha postura estava sendo ajustada pela garota, me senti um pouco envergonhado com ela me tocando, mas mesmo assim absorvi com clareza aquela posição. Assim que a mulher assentiu eu olhei para ela e disse:

- Entendido, melhorar posição é essencial e um bom físico também. Vou fazer o que me pediu, com licença.

Colocaria o arco em minhas costas e então começaria a percorrer a ponte, o frio era grande devido ao inverno rigoroso do país do ferro, mesmo estando acostumado com aquele frio eu nunca havia treinado rigorosamente naquele frio, o vento gélido penetrava minhas roupas e esfriava meus músculos que trabalhavam para me movimentar de um lado para o outro da ponte. Entendia a preocupação da mulher com meus músculos, afinal eram de grande importância para um arqueiro, quanto mais resistente o corpo mais longe a flecha consegue chegar.

Logo no final do primeiro percurso sentia que meus músculos já estavam se cansando, isso devido àquelas condições extremas, no frio tudo fica mais difícil de movimentar, por isso a maioria dos animais hibernava, mas eu não poderia descansar como eles, eu precisava ficar forte, precisava mostrar meu valor.

Ao chegar nas extremidades do percurso eu entendia o motivo daquele treinamento, eu precisava mover perfeitamente meu corpo mesmo nas situações de cansaço. Era difícil entrar naquela posição ideal rapidamente, pois todos os músculos tomavam posições diferentes e a dor gélida acompanhava esta mudança, demorava um pouco até atingir a posição e a dor auxiliava no processo, após ficar na posição meus músculos doíam, mas em poucos instantes eu conseguia me recompor e continuar com o trajeto.

Meus músculos doíam cada vez mais, mas eu sabia que precisaria de fazer aquilo, se eu não conseguisse vencer aquele desafio eu nunca me tornaria relevante no exército de samurais, por isso continuava a me movimentar mesmo que os  músculos pedissem uma pausa.

Estava em um ritmo bom, conseguia realizar aquilo com sucesso, mas sabia que a finalidade daquele treino seria me aprimorar por isso estava focado em fazer aquilo mais rápido, retirei energia de todas as minhas células e avancei com a corrida. Aumentava minha velocidade aos poucos, minhas pernas doíam, mas eu as ignorava, sabia que poderia continuar a correr e aumentar minha velocidade.

A respiração estava pesada, mas eu tentava conciliar com minhas pernas, precisava levar oxigênio para as mesmas, esperava que meu coração aguentasse. Meus lábios estavam secando devido ao frio, mas ainda assim eu continuava correndo, sentia que minhas pernas assumiam a situação, não precisando pensar muito.

Consegui entrar nas posições mais rapidamente, assumia a posição com o arco muito mais rápido, era como se descobrisse músculos que desconhecesse, principalmente em volta dos ombros. Minha coluna se alinhava rapidamente e logo em seguida voltaria a correr, as corridas eram muito pesadas, mas eu não demonstrava sinal de desistência, faria aquilo até não aguentar mais.

Estava cansando, até mesmo o arco pesava, mas eu continuava a correr, corria como se minha vida dependesse daquilo, estava investindo pesado naquilo. Músculos cansados que ainda se moviam, era como se estivessem sendo alimentados pela minha vontade. Entendia minha situação, mas não parei até meus músculos entrarem em greve e então ficar ajoelhado no meio da ponte, ofegante, olharia para a garota e perguntaria:

- Fiz isso corretamente? Não aguento mais correr...

Esperava a resposta da mulher ansiosamente. Tinha dado meu máximo, esperava que fosse aceito, mesmo que ainda assim fosse um pouco patético.

Status:
 

Itens Carregados:
 

Observações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GEHENAavatar
Exibir perfil



Narrações mais Envolventes Maior Atividade
Mestre do Ninjutsu Mestre do Kekkai-Ninjutsu Kiri | Chūnin
Mensagens : 1573
Data de inscrição : 08/06/2016
Idade : 20
Localização : Dimensão espelhada

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
410/950  (410/950)
Reputação Reputação: 31 - Purista
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   29/1/2017, 06:53


Atualizado



A garota sorriu radiantemente diante do estado do jovem, ela queria isso mesmo nada mais nada menos que ele estando praticamente morto. — Agora que que dispare, naqueles alvos. — Comentou enquanto apontava para os alvos no outro lado da margem. Ela não aprecia interessada em falar que um bom condicionamento físico era essencial, ela simplesmente queria mostrar que todos o arqueiros teriam de ser capazes de estar pronto para disparar flechas assim que comandado era essencial para um arqueiro e samurai; Seguir ordens.

— Lembre-se da postura, não olhe se estar fazendo certo! Faça! — Do outro lado da margem a quinze metros havia uma espécie de alvo, e era ali que o rapaz deveria acertar. — Concentre-se na respiração... puxe a corda em vez da flecha. — O cansaço fora algo perturbador, mas uma determinação condizente teria de ser forjada e isso o rapaz teria de demostrar no treino.



Consideração: Perdão pela demora. realmente ficou muito bom o treino, uma penas você ter escolhido ser velocidade e resistência. (poderia ter sido resistência 2x ou até mesmo velocidade 2x)


Mestra em Kyūjutsu
HP: 2600/2600
CH: 1400/1400
ST: 5000/5000



Lembra-te que és mortal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kazumi Ogawaavatar
Exibir perfil



Mestre do Bukijutsu Samurai Tozama | D
Mensagens : 94
Data de inscrição : 11/01/2017

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
260/350  (260/350)
Reputação Reputação: +5 - Neutro
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   30/1/2017, 14:37

A ARQUEIRA ESCARLATE

A
garota pareceu gostar de me ver quase morto, talvez ela fosse sádica, mas isso não importava, eu só queria ficar mais forte, ela sem dúvidas era uma mestra exímia, não pensava em ter mais ninguém para me ensinar, ela podia ser jovem como eu, mas estava em um nível completamente diferente. A minha missão naquele momento se converteu em outra, a qual tinha mais a cara de um treino de arquearia, estava feliz, por isso me levantei e aos poucos entrei na posição, meus músculos ainda doíam, mas isso não importava.

Entraria na posição que havia sido ensinada pela mulher, os músculos de meu ombro doíam quando eu arqueava o arco, mas sentia que a posição era bem mais eficiente que eu anteriormente adotava. Respirei fundo e  então disse para a garota:

- Vou começar!

Após dizer aquilo disparei a primeira flecha, eu já tinha uma precisão relevante, por isso acertaria o alvo, mesmo que não fosse em seu centro perfeito, tinha muita aptidão com o arco, por isso eu mesmo propus um desafio para mim, atirar mais de uma flecha por vez, seria bem mais fácil fazer isso a uma distância não muito grande, mas eu tentaria. Colocaria duas flechas no arco e então entraria na posição, atirei as flechas, mas nenhuma das duas atingiu seu alvo, fiquei envergonhado, mas mesmo assim continuei. Mais duas flechas foram postas em meu arco e então me lembrei das palavras da mulher, focar na corda ao invés das flechas, e foi isso que fez, arqueei e logo em seguida as flechas foram arremessadas, dessa vez elas conseguiram acertar o alvo, mesmo que uma delas pegou bem na borda de um dos alvos.

Estava decidido a aperfeiçoar aquela técnica, por isso me exaltei e coloquei quatro flechas no arco ao mesmo tempo, fiz tudo como achava correto e logo as quatro flechas atingiram o alvo em cheio, estava feliz, parecia que havia conseguido aprender a lançar mais de uma flecha por vez. Olhei para Li e disse animado:

- E então o que acha?

Esperaria a garora responder a pergunta e logo em seguida iria pegar as flechas que havia arremessado, afinal, um arqueiro sem flechas se torna  um civil indefeso.

Status:
 

Itens Carregados:
 



Observações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GEHENAavatar
Exibir perfil



Narrações mais Envolventes Maior Atividade
Mestre do Ninjutsu Mestre do Kekkai-Ninjutsu Kiri | Chūnin
Mensagens : 1573
Data de inscrição : 08/06/2016
Idade : 20
Localização : Dimensão espelhada

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
410/950  (410/950)
Reputação Reputação: 31 - Purista
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   31/1/2017, 07:23


Atualizado


O jovem avançava conforme poderia naquele treino, embora pudesse-se perceber que o mesmo era inexperiente sua força de vontade e até mesmo determinação cativaram a decisão da mestra. Ela iria continuar a ajuda-lo a melhorar. — Erga mais o cotovelo em suas próxima tentativa, mas até o momento você assimilou bem a postura de uma arqueiro, parabéns. — Concluiu e esperou o rapaz, pois ela estava animada para continuar o treinamento, simplesmente estava pronta para ensinar mais coisas sobre arco e flecha para o rapaz.




Mestra em Kyūjutsu
HP: 2600/2600
CH: 1400/1400
ST: 5000/5000


Treinamento concluído;
+ 1 Em Kyunjutsu
+ 1 Em Resistência;
+ 1 Em Velocidade
+ 100 de EXP;
[+] Técnica aprendida;



Lembra-te que és mortal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kazumi Ogawaavatar
Exibir perfil



Mestre do Bukijutsu Samurai Tozama | D
Mensagens : 94
Data de inscrição : 11/01/2017

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
260/350  (260/350)
Reputação Reputação: +5 - Neutro
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   1/2/2017, 11:07

A ARQUEIRA ESCARLATE

E
stava espantado com aquela garota, ela simplesmente  era impecável naquilo, mesmo ajustando bem minha posição ela conseguia achar um erro em meus cotovelos, não gostaria de retornar para casa com aquele erro, seria como sentisse uma coceira ali, algo que eu precisava eliminar e apenas a garota possuía o remédio, por isso assim que a garota disse aquilo eu me curvei perante ela e disse:

- Por favor, me ensine mais! Desejo melhorar ainda mais, farei tudo o que quiser.

Após dizer aquilo me sentia pronto para mais um treino, já estava ligeiramente cansado, mas meu orgulho era maior, ou então minha determinação desenfreada.

Status:
 

Itens Carregados:
 


Observações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GEHENAavatar
Exibir perfil



Narrações mais Envolventes Maior Atividade
Mestre do Ninjutsu Mestre do Kekkai-Ninjutsu Kiri | Chūnin
Mensagens : 1573
Data de inscrição : 08/06/2016
Idade : 20
Localização : Dimensão espelhada

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
410/950  (410/950)
Reputação Reputação: 31 - Purista
MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   1/2/2017, 14:36


Atualizado



Pronto para mais uma rodada de treinamento a mestra assentiu. — Já recuperou suas flecha? Pois bem continuaremos. — Li nem mesmo precisava dizer algo para que o garoto voltasse a posição de arquearia. Fora neste momento em que começou a falar bem proximo de seu ouvido. — Não importa o que aconteça, você deve se concentrar. — Então esperou a primeira flecha... Voltou a fazer a mesma na segunda, terceira. Na quarta, na quinta então na sexta ela começou a falar alto em seu ouvido. — VAMOS EU SEI QUE CONSEGUE... — isso até a decima flecha...



Mestra em Kyūjutsu
HP: 2600/2600
CH: 1400/1400
ST: 5000/5000






Lembra-te que és mortal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado
Exibir perfil



MensagemAssunto: Re: Ponte das Fronteiras   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ponte das Fronteiras
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Conheça a região das Fronteiras Prateadas
» Passar por cima e por baixo de uma ponte
» Desenho dos Personagens da Campanha do Norte: A Comitiva das Fronteiras
» ♦ Grupo 5 - O levante - Externo, Tarde (Ares)
» [Kusa] Ponte do Céu e da Terra

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Survival 4.0 :: Outros Locais :: Outros Países :: País do Ferro :: Território do País do Ferro-
Ir para: