Naruto Survival 4.0



 
CalendárioInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
» [Criações] Senju Sayuri
por Survival Hoje à(s) 16:21

» Pedido de Elemento e Tipo Sanguíneo
por Survival Hoje à(s) 16:18

» [Criações] Hatake Iori II
por Survival Hoje à(s) 15:50

» [Criações] Lauts 2.0
por Survival Hoje à(s) 15:36

» Primeiro Campo de Treinamento
por Otirra Shõto Hoje à(s) 15:31

» [Criações] Freed
por Survival Hoje à(s) 15:29

» País do Fogo x País das Fontes Termais
por Matsumoto Ichiro Hoje à(s) 15:08

» Monumento Hokage
por Senju Sayuri Hoje à(s) 14:55

» Avenida Principal do Centro Comercial
por Matsumoto Ichiro Hoje à(s) 14:42

Acesso Rápido
Quem está conectado
3 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 2 Visitantes :: 1 Motor de busca

Kai

O recorde de usuários online foi de 39 em 2/10/2016, 21:50
Calendário do RPG
Primavera

Estação: Primavera
Ano: X020
Procurados
Parceiros
http://pt-br.naruto.wikia.com/wiki/Wiki_Naruto
RPG - Hogwarts SchoolFórum grátisShinki RPGPokéMytushttp://www.heroisdoolimporpg.com/Pokémon Agenda RPGhttp://poke-mythical.forumeiros.com/http://narutorpgakatsuki.com.br/

Nosso Banner









Tópicos similares

Compartilhe | 
 

 Florestas e Montanhas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5618
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Florestas e Montanhas   16/4/2016, 23:44



Florestas e Montanhas

Grande parte do território do País da Água é preenchido por florestas e montanhas, outrora cortadas pelas vertentes do Rio Yosuga. Sua flora assume um aspecto sombrio nas manhãs e em dias frios, quando a névoa se instala na região baixando a visibilidade e reconhecimento de pontos de referência, o que leva muitos desavisados a se perderem facilmente por aqui. Sua fauna está baseada em animais de pequeno porte, roedores e aves são os mais vistos, na encosta das montanhas alguns podem buscar abrigos em cavernas naturais.

Um desses abrigos, no entanto, tem servido de retiro para uma criatura de grande porte. Há rastros brilhosos por toda a caverna, bem como um espaço destinado para o repouso da tal, poucos ninjas afirmam ter visto a "coisa" nessa região:



Este local dá acesso aos outros locais do País da Água, sejam localidades ou fronteiras. O local está entre Kirigakure e suas Fronteiras, por isso sempre que for a um destes destinos (ou alguma localidade do País da Água) é necessário postar aqui.

Citação :
Fluxo do Rio Yosuga

Vai para: Desfiladeiro Yosuga


Última edição por Survival em 30/5/2017, 22:00, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
Lautsavatar
Exibir perfil



Alcunha Garoto Demônio
Colaborador Maior Contribuição
Mestre do Genjutsu Mestre do Ninjutsu Mestre do Fūinjutsu Mestre do Dōjutsu Konoha | Chūnin
Mensagens : 5751
Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 15
Localização : Marte

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
705/850  (705/850)
Reputação Reputação: 13- Neutro
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   3/5/2016, 21:23


 

MISSÃO RANK D

 


Após um pequeno interrogatório eu tinha sua descrição física presa em minha mente enquanto alguns falavam que ele andava pelas florestas e montanhas de Kiri. Lá estava eu com minhas pernas cruzadas, sentada no ponto mais alto olhando abaixo de mim, pois talvez eu conseguisse velo dali, mas enfim minha visão ficava um pouco embaçada por causa da nevoa que já era de origem da nossa vila.

— Devo descer e procurar por lá — dizia descendo a montanha com o Chakra concentrado pelos meus pés apenas para não me escorregar já que pelo local estava úmido, então ficava ali pensando se ele estivesse sumido deveria ter montado algum acampamento ou algo do tipo pelo local.

Com um pulo subia em cima da arvore então começava a pular de uma para a outra pela busca do tal ninja que tinha desaparecido ou talvez fugido de sua casa, quando de repente olhando para ao oeste via uma pequena fumaça saindo do chão, enfim que não parecia ser nevoa. Corria em direção dessa fumaça quando de repente sentia algo passando pelos meus pés enfim parecia mais um fio, rapidamente sentia um vulto passando debaixo de meu pescoço e eu olhava para arvore a minha direita vinha uma Kunai ali presa, quando de repente via mais duas a minha frente.

Minha pele de repente começava a se tornar escura, com minhas mãos já anormais colocavam a minha frente assim pegando as Kunais que vinham em minha direção então dali da arvore pulava em direção ao chão, fazendo um grande estrondo, alguns frutos caiam das arvores por conta disso. De repente uma arvore se abria e de la saia um jovem com uma cara meio que assusta em seguida dizia — Saia daqui monstro... Se não chamarei meus aliados! — tais informações físicas eram iguais aos que os outros acadêmicos diziam a mim, eu iria me aproximando daquele pivete que rapidamente fechava a arvore, com meu punho fechado dava um soco nela e assim segurando o garoto pelo pescoço, não poderia mata-lo se não daria ruim para mim, ele não aguentava muito tempo e seu corpo logo adormecia.

Pegaria o corpo do garoto então colocaria em minhas costas, pegaria todos seus pertences que teria dentro daquela arvore (se tivesse algum) e sairia dali indo em direção da academia ninja.



HP: 200
CK: 200
ST: 200


Estilo - Senninka:
 



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   4/5/2016, 10:17

Rumo ao desconhecido - Parte II

Meu vulto permeava os troncos e galhos da floresta, mantendo uma velocidade constante de quinze metros por segundo. Parecia não me importar com a paisagem, estava focada em chegar na costa marítima o mais rápido possível, portanto não poderia perder meu tempo com coisas irrelevantes naquele momento. Apesar de ser um longo caminho, logo estaria me despedindo do país da água, esperava encontrar o que estava procurando.

Esdeath

HP: 400/400
CH: 600/600
ST: 200/200
Voltar ao Topo Ir em baixo
Survivalavatar
Exibir perfil



Mensagens : 5618
Data de inscrição : 06/12/2014
Localização : Naruto Survival

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
0/0  (0/0)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   4/5/2016, 11:17

O Sol incidia ainda seus últimos raios de luz naquela tarde de um dia desconhecido, a névoa que circundava o território cobria também a copa das árvores, aprofundando-se à medida em que o crepúsculo surgia. O som das cigarras ecoavam pelo ambiente, sendo estas as únicas companhias de Esdeath no momento, a esta altura da aldeia, seu rastro ainda era fresco, mesmo que estivesse solando árvores, os galhos quebrados, superfícies demarcadas e até mesmo o cheiro da garota denunciavam sua localização com facilidade.

Aos poucos, contudo, o ambiente tornou-se silencioso, esfriando a cada minuto que passava percorrendo a larga extensão do País da Água, a pouca visibilidade tornou-se um problema para a kunoichi em seus primeiros momentos, mal encontrava o próximo galho a ser pisado, algo que pode melhorar com o tempo quando suas pupilas se dilataram um pouco.

Aviso: Se quiser viajar realize uma expedição: http://naruto-survival.forumeiros.com/t499-pedido-de-expedicao
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naruto-survival.forumeiros.com
Lautsavatar
Exibir perfil



Alcunha Garoto Demônio
Colaborador Maior Contribuição
Mestre do Genjutsu Mestre do Ninjutsu Mestre do Fūinjutsu Mestre do Dōjutsu Konoha | Chūnin
Mensagens : 5751
Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 15
Localização : Marte

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
705/850  (705/850)
Reputação Reputação: 13- Neutro
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   4/5/2016, 20:19




MISSÃO RANK E




— Aquele Jounnin... Mandando-me procurar por flores, ele irá ver comigo futuramente! — resmungava enquanto caminhava pela montanha com a ajuda concentrando o Chakra pelos meus pés para que não escorregasse e também não forçasse muito minhas pernas. *— A tal flor rara, tem uma coloração amarela com algumas pintas pretas —* ficava ali me relembrando das falas do cirurgião enquanto tinha passado pela rua e perguntado por essas flores.

Chegava ao topo da montanha, minha visão ficava um pouco embaçada já que a nevoa por ali era um pouco mais densa e o vento era mais frio do que o normal. Tampando meus olhos do vento ficava ali olhando sempre para os meus pés, o local era cheio de flores mas não achava nada oque era citado por aquele homem, quando olhava a minha direita via algumas flores amarelas com pintas pretas, enfim não poderia ser outra e o dia já estava estressante após ter recebida aquela missão. Rapidamente pegava aquelas flores apenas com minha mão direita e as jogava para dentro da cesta então descia a montanha o mais rápido possível e sairia daquele local.



HP: 200
CK: 200
ST: 400








- 7 Espadachins da Névoa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GEHENAavatar
Exibir perfil



Narrações mais Envolventes Maior Atividade
Mestre do Ninjutsu Mestre do Kekkai-Ninjutsu Kiri | Chūnin
Mensagens : 1573
Data de inscrição : 08/06/2016
Idade : 20
Localização : Dimensão espelhada

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
410/950  (410/950)
Reputação Reputação: 31 - Purista
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   13/6/2016, 17:05

Para dizer a verdade demorei um pouco para chegar no local; me subornaram com uma xícara de chá quente e biscoitos de chocolate, claro eu recusei a primeiro oferta, mas o takoyaki no espeto, desculpe por isso, minha culpa... Ao chegar no local das filmagem percebi que já haviam começado a filmar.

A jovem se movia em alta velocidade pela floresta, ao longe uma criatura em passos falhos é avistada a frente, carne em seu pescoço já estava dilacerada deixando o liquido negro e fétido cair por seus trapos que cobriam brevemente o corpo maltrapilho. A mulher lançou a mão até a boca abafando o grito, quantas mais dessas criaturas voltariam a atormentar os vivos? - Corta! Corta! - A voz do diretor era grave e imponente fazendo-me desperta da magica do cinema.

Em seguida parei de olhar para as filmagens e seguir com o trabalho, para ser sincero eu fui bem ativo durante a tarde. Claro algumas vezes aproveitei para assistir algumas cenas, mas de fato fiquei ali andando e algumas vezes olhando a gravação, outras enfrentei alguns paparazzis que teimavam em escrever e fotografar, acho que o pior de tudo era os "spoilers sobre as filmagens". -  Pelo jeito o roteiro é sobre uma maldição de retorno a vida e começavam a comer cérebro de um grupo de adolescentes... - Assenti em concordância enquanto erguia o braço delimitando o perímetro. Não podia negar que o filme faria um bom sucesso, bem a atriz principal era uma bela mulher, uma jovem adulta, mas que facilmente se passava por uma adolescente e sua interpretação de uma filha ao reencontrar os pais mortos, bem comprem o Blu-ray e irão saber do que estou falando.

Em mais de uma ocasiões tive de reagir energeticamente para interceptar alguns sujeitos que começavam a reclamar e algumas vezes elogiar, único problema é que estavam na hora da gravação: O quão talentosa a atriz era. - Ei, estão gravando, se não quiser sair do local, tem de ficar em silencio. - Ele ficou quieto, o que de certa forma era reconfortante, até simpatizava com o grupo que estava ali. Em sua grande maioria eram fãs do trabalho da atriz e acompanhavam ela com fervor e apoiavam com garra de um tigre, ou algo assim.

Ao final das gravações, parecia que tudo ocorreu bem, claro tive de ficar em frente segurando alguns fãs mais impulsivo que pulavam querendo um autografo, mas no final a atriz tinha até mesmo assinado a grande maioria. Ao final da tarde recebi o selo do diretor concluindo a missão, assim segui em direção da aldeia.
HP: 200
CH: 400
ST: 200

Pergaminho:
 



Lembra-te que és mortal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GEHENAavatar
Exibir perfil



Narrações mais Envolventes Maior Atividade
Mestre do Ninjutsu Mestre do Kekkai-Ninjutsu Kiri | Chūnin
Mensagens : 1573
Data de inscrição : 08/06/2016
Idade : 20
Localização : Dimensão espelhada

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
410/950  (410/950)
Reputação Reputação: 31 - Purista
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   2/7/2016, 11:51



Acho que o pior é a incerteza do que se quer, sabe. Para se conquistar um coração definitivamente tenho que ser esperto, mas não falo dessa esperteza que todos conhecem, falo da esperteza de sentimentos. O que me faz lembrar muito com um certo alguém. - Merda, pareço com meu pai... - A fazenda não era grande coisa. A caminho até a casa do fazendeiro pude contabilizar três construções no local: estabulo, cocheira e a casa principal. Ao encontrar com o homem ele me deu uma breve introdução dos acontecimentos. - Coelhos? - Perguntei, gostava de coelhos. - Eles devoram minha plantação como esfomeados, por favor faça algo. - Okay, não esperava por coelhos... Adorava eles.

Os campos eram extensos, muito extenso. Olhando eu poderia chutar que pelo menos eram de quinze metros quadrados em um total de vinte campos de plantações, virei para olhar a casa grande, poderia amaldiçoa-lo por deixar este detalhe de fora. Caminhei durante poucos minutos, para minha surpresa não eram apenas coelhos que comiam ali; Javali, macaco e até mesmo um cachorro. Acho que este ultimo era do fazendeiro. - Bela coleira garoto. - Ele latiu e voltou a correr pela plantação.

Esperei por algum tempo por mais sinais de animais, no fim não se mostraram. Então era a hora de agir. deslizei três senbons pela manga da roupa até as mãos, imediatamente as lancei uma em cada animal, mais três senbons deslizaram da manga esquerda se encaixando nos nós de meus dedos, desta vez não lancei. Olhei para trés pequenos coelhos abatido, era sempre chato ver o sangue deles manchando seu pelo branco. Os recolhi e retirei as senbons, no fim, os deixei próximo de uma arvore.

Continuei até estar próximo do meu alvo. Escalei em uma das arvores e observei o javali, estava comendo cenouras, tudo bem, ninguém vai acreditar nisso. Lancei as senbons, tecnicamente foi um belo lançamento, pena que era demasiado duro para perfurar. O porco olhou para cima da arvore, grunhiu e saiu correndo... Correr atras de um porco selvagem não é fácil. um galho atras do outros, mal tive tempo de pensar direito quando os galhos acabaram, saltei em direção do chão, neste mesmo momento o porco parou, estático algo estava a frente... Um vulto branco saltou contra o porco abocanhado sua cabeça, serio, não foi legal.


Por alguma razão eu já estava tecendo selos, mal esperei a criatura voltar o olhar para mim quando já estava começando a congelar. Soltei o ar dos pulmões observando tudo aquilo, não achava que seria uma missão tão abrangente, estava pensando em apenas alguns animalzinho comendo a plantação, mas isso? Injusto. Demorei mais tempo reavendo minhas armas, quando retornei aos campo de cultivo já estava entardecendo.

Procurei pelo macaco, não que ele fosse o principal alvo, acho que o javali era o pior de todos. Como não encontrei retornei até o fazendeiro. Apos o relatório tornei a voltar ao campo, assoviei chamando o cachorro, para minha surpresa ele estava com o macaco... Nojento.

Entreguei o cachorro e o macaco para o fazendeiro, bem isso bastaria por enquanto. Voltei para a aldeia.








Hp:400
CK:890
ST:200

Spoiler:
 



Jutsu:
 

6 senbons usadas



Lembra-te que és mortal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hozuki Yuigetsuavatar
Exibir perfil



Mestre do Ninjutsu Mestre do Kenjutsu Mestre do Senjutsu Mensagens : 647
Data de inscrição : 24/06/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
655/1050  (655/1050)
Reputação Reputação: 29 - Purista
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   2/7/2016, 19:30


"A true leader can only demand to his followers what he is willing to do himself"

Servindo Kiri
O Mestre em Transformações


Na minha viagem pelo País da Água em busca do imitador do Daymio, encontrei várias pessoas que reportavam a sua passagem pelo local, e como este exigia oferendas e dinheiro por parte das pessoas que encontrava nas pequenas aldeias que visitava. No entanto, eu tinha confirmação por parte da minha aldeia que o Daymio está, como costume, no seu Palácio, e já não sai deste à meses, nem irá tão pouco sair. Vou seguindo o rasto de rumores deixados pelo Mestre Henge e sigo o meu trajecto até uma pequena aldeia no meio da ilha principal do País da Água.

Ao aproximar-me da aldeia, ainda de longe, consigo averiguar que se encontra em alvoroço e festa, por alguma razão. Decido ir-me aproximando. Uso Henge no Jutsu para ganhar a aparência de uma camponesa e vou andando pela aldeia a perguntar o que se passava.


Yuigetsu:
- Olá, o que é que se passa ali?

- O Daymio agraciou-nos com a sua presença e exigiu que fizessemos uma festa em sua honra... Estranho que é a primeira vez que isto acontece, mas temos de o obdecer ou os seus guarda-costas tiram-nos a tosse...

Yuigetsu:
- Oh... Entendi... Obrigado.

O meu alvo encontrava-se aqui, sem dúvida. Aproximo-me por entre a multidão e fico a observá-lo. O Henge estava de facto muito bem feito, tinha a aparência exacta do nosso Senhor Feudal. No entanto, comportava-se como um javardo e estava a meter-se com todas as raparigas da aldeia, apalpando-as e tocando-lhes inadequadamente e sem permissão. Qualquer resposta por parte destas era impedida pelos 2 brutamontes ao seu lado. Foi nesse momento que tive uma ideia brilhante!

Vou-me desfarçar, usando outra vez o Henge, numa rapariga atraente e tentar seduzi-lo, para ficar sozinha com ele e terminar com a sua vida prontamente. Uso mais uma vez Henge no Jutsu e transformo-me numa rapariga de facto atraente que, sem dúvida, seduziria o Senhor Feudal.


Imagem Ilustrativa:
 

Vou-me aproximando do degenerado e, prontamente, ele nota em mim. Continuo a andar mas não na direcção dele, apenas passando na frente dele de forma provocadora e sem lhe dirigir um único olhar, de forma a intrigá-lo e chamar ainda mais a atenção. Rapidamente, ele fica possuído por luxúria e chama por mim.

- Ei, ruiva! Anda até aqui, quero falar contigo.

Eu já sabia o que ele queria e, com isto, já sabia que a minha missão ia ser bem-sucedida. Aproximo-me dele e toco-lhe no ombro delicadamente. Olhando-o profundamente nos olhos, falo numa voz calma, enveludada e sedutora:

Yuigetsu:
- Chamou por mim... Meu Amo?

Quase conseguia ver as pupilas dele a transformarem-se em corações e sabia que ele estava sobre o meu feitiço. Com o decorrer da noite, fiz-me interessada nas conversas dele, ri-me das suas piadas e não disse uma única palavra quando ele me tocava aqui ou ali. Aliás, nem fiz reacção nenhuma, o que lhe dava 3 vezes mais vontade de o fazer.

No final da noite, ele já nem olhava para mais ninguém para além de mim, toda a sua atenção estava virada na Dona da sua Luxúria. Convidou-me para subir até ao quarto dele, ao que eu consenti. A felicidade na cara do homem era patente, nem me dava pena matá-lo, considerando a felicidade que ele sentia agora. Ele comandou aos seus guardas para que estes desapareçam e eles obedecem. Subimos até ao quarto dele e o farsante deitava-se na sua cama.


- Vem até aqui, meu amor. Vou te dar uma noite que nunca vais esquecer!

Yuigetsu:
- Ohh, mas como acredito, meu Amo!

Sento-me em cima dele, ignorando aquilo que se passava abaixo da sua cintura, e aproximo-me para o beijar. No entanto, a medida que me aproximo, liquefaço o meu corpo e seguro com força as suas mãos e pernas com os meus restantes membros. Com a água que formava a minha cabeça, começava a sufocá-lo no momento em que era suposto o beijo se concluir. Que otário. Neste momento, ele começa a dar luta mas já é tarde demais. Já estava a abafar com a água que formava o meu corpo e os meus membros semi-liquefeitos agarravam os membros dele com força tal que este nunca ia conseguir fugir de mim. Passados alguns minutos de esforço, o homem deixa de se mover e volta a ter a sua forma original, sendo que neste momento sei que ele estava morto. Para me precaver, volto a reformar o meu corpo e, com uma kunai, corto a sua garganta e volto a guardar a arma.

Terminado o meu serviço, saiu do edifício pelo telhado e, usando Shunshin no Jutsu, desapareço da região sem deixar rastos da minha presença



STATUS:
HP: 200/200
CH: 675/800 (-125)
ST: 200/200

Missão:
 
Jutsus:
 



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GEHENAavatar
Exibir perfil



Narrações mais Envolventes Maior Atividade
Mestre do Ninjutsu Mestre do Kekkai-Ninjutsu Kiri | Chūnin
Mensagens : 1573
Data de inscrição : 08/06/2016
Idade : 20
Localização : Dimensão espelhada

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
410/950  (410/950)
Reputação Reputação: 31 - Purista
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   5/7/2016, 11:11



Definitivamente adorava esse local. A nevoa que cobria a floresta se tornava cada vez mais densa, frio e vento eram comuns o que apenas aumentava o nevoeiro ao redor da floresta, de fato um bom lugar para esconder algo. Em determinado momento segui caminho pelos galhos, em galho e galho, copa de arvores não eram problemas para mim, mas de fato não esperava encontrar algum laboratório e muito menos ursos modificados... Desci nas proximidade de uma montanha; algo havia chamado minha atenção, considerando a nevoa acho que tinha sorte: Marcas de garras, pegadas e principalmente o cheiro de urso. Claro, era urina mas é melhor ocultar certas descrições.

Fiquei de cocoras para investigar as pegada, era maior que minha mão isso estava obvio, mas a questão era, seria realmente um urso? Levantei e segui as pegadas. Cheguei próximo de uma caverna outra peculiaridade ali era os sinais; humanos, ninjas? Saltei para a copa da arvore e me cobrir com um galho, muito semelhante a uma capa.

Estar de tocaia em uma arvore, olhando para a caverna em que nem tinha me dado o trabalho de olhar dentro é cansativo, se eu estivesse errado? Bem seria mais cansativo ainda.

Quase uma hora olhando aquilo... Cansei e desci seguindo para a caverna. O ar era estagnado, quase como artificial. Levei a mão para ao nariz, esse odor... Não iria avançar mais, mas era minha missão e sinceramente, estava temeroso, não era fácil a se acostumar com odores de putrefação e maldade(Morte).

Ao chegar ao final da caverna me deparei com uma extensão de galerias e ali próximo tinha uma jaula. Outras coisas jogadas as pressas, coletores, agulhas e até mesmo um tubo gigante no qual... Dentro havia um urso de pelo amarelo, morto? desacordado, abandonado. Alguma luzes ainda se mantinham presente no painel do mesmo, mas na realidade o local era abandonado, sem duvida. Aproximei do tubo erguendo a mão para toca-lo, consequentemente; crack. "?"

Crack,crack... Arregalei os olhos, merda. Saltei três vezes me afastando do tubo, então se quebrou... Eu não saberia dizer o motivo do vidro ter se quebrado, armadilha? foi o urso? Difícil dizer.

O que era para ser um banho acabou se tornando algo... Estanho, a água que envolvia o urso ficou ali em sua volta como se ele não estivesse pronto para sair, franzia a sobrancelha, estava sonhado? De imediato sai do local, se aquela criatura detinha o controle sobre a água, ou pior o que mais teria naquele lugar. Em todo caso não fiquei para olhar o urso, deveria relatar a descoberta o mais rápido possível. O pior de tudo, o que havia acontecido com os ninjas renegados que cuidavam da pesquisa? Haviam eles sido mortos ou fugiram, não ficaria para descobrir. Voltei para a aldeia.





Hp:400
CK:870
ST:200


Missão.:
 




jutsu:
 



Lembra-te que és mortal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kaiavatar
Exibir perfil



Alcunha Demônio da Névoa
Mestre do Senjutsu Mestre do Ninjutsu Kiri | Nukenin | B
Mensagens : 1169
Data de inscrição : 04/01/2016
Idade : 20

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
490/1200  (490/1200)
Reputação Reputação: -36 - Delinquente
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   24/7/2016, 19:17

Deixado a aldeia, eu me intitulava agora um Nukenin, nome dado àqueles que renegam sua vila. Mais do que tudo eu ainda era um ninja, e podia me locomover discretamente entre as árvores do País da Água sem causar muito alvoroço. Meus pés solavam os galhos de árvores e eu me afastava cada vez mais da aldeia, já não era necessário manter meu jutsu por isso o desfiz no caminho. Continuaria meu trajeto até tomar uma boa distância.

Status:
HP: 300/400
CH: 1950/2000
ST: 800/800

Itens Usados:
 


Ficha | Criações | Casa


- 7 Espadachins da Névoa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Kaiavatar
Exibir perfil



Alcunha Demônio da Névoa
Mestre do Senjutsu Mestre do Ninjutsu Kiri | Nukenin | B
Mensagens : 1169
Data de inscrição : 04/01/2016
Idade : 20

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
490/1200  (490/1200)
Reputação Reputação: -36 - Delinquente
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   26/7/2016, 00:17

Treino de Controle de Chakra e Jutsu

Debandei-me sobre um punhado de árvores solando meus pés em seus galhos, já fazia um tempo que não era assolado pela sensação de perigo, algo inoportuno para o momento mas que não deixava de ter sua causa. Depois de causar todo aquele rebuliço no prédio do Kage, eu sabia que em breve a ANBU estaria atrás de mim, eles tinham ninjas Oinins que davam conta de fugitivos como eu, talvez o órgão militar agisse de maneira autônoma em relação ao Mizukage, mesmo que agora ele se encontra-se morto ou quase isso.

Aterrizei enfim numa clareira entre a mata e certifiquei-me de fazer uma varredura do local com os olhos, precisava me assegurar se estava sendo seguido ou não. Para não deixar que a sensação do perigo me atrapalhasse no treinamento, decidi fazer uma breve inspeção nas árvores próximas a fim de eliminar de vez minha desconfiança, só assim poderia me concentrar em fazer um treino disposto.

Meus joelhos dobraram ao sopé de uma árvore e por ali eu me manti acostado, de pernas cruzadas e com as mãos fechadas no selo do Tigre. Reuni uma boa parcela de chakra naquela posição manual, dizem que o prodígio se atinge com paciência, pois bem, nesse momento eu tinha muita. Impressionante saber que mesmo naquela situação eu pudesse encontrar o reconforto de meu espírito para suprir uma modelagem de chakra complexa, talvez a prática incessante de meus treinos estivessem me presenteando com o conhecimento empírico de minhas novas habilidades e isso já era um bom começo. Foi então que meu chakra transbordou como se estivesse num vaso, e pude vê-los saindo pela minha pele e fluindo em meu entorno, uma camada envoltória azul leve que dançava como fumaça. Redirecionei essa essência para cada uma das pontas de meus dedos da mão direita e a estabilizei por ali, desfiz o selo do Tigre e usei de minha mão esquerda agora livre para desvencilhar um pergaminho de minhas vestes e o abrir em minha frente, notei como as palavras descreviam a técnica que almejara desde o inicio daquele pequeno treinamento. - Então é assim...

Assim que finalizei as descrições do jutsu, fitei a palma de minha mão que irradiava meu chakra em tons púrpuros, visualizei a minha pele esmaecendo nestas essências e, por fim, kanjis surgindo entre elas. Cada ideograma simbolizava um elemento, assim com o descrito no pergaminho, não entendia muito bem o significado de tal apologia, mas o entendimento prática me bastava por ora. Cravei os dedos sobre o chão e vi o selo se emanando a partir dali, embora não houvesse nenhum alvo em especifico eu havia compreendido os princípios por trás da técnica.

Decidi usar os últimos momentos para meditar, a fim de limpar minha mente da tensão e das demais sensações desconfortáveis que a cercavam. Investi alguns minutos naquilo ainda sentado de pernas cruzadas na árvore e foi então que abri os olhos e notei um único pássaro debandando para Kirigakure, em seu pé parecia haver um pequeno tubo que normalmente é usado para enviar mensagens. Cético, decidi investigar o caso seguindo a criatura pelos galhos das árvores. Em dado momento retirei uma kunai de duas pontas de minhas vestes e passei um fio de aço de dentro da pochete em sua argola, cortei a extensão do cabo em 20 metros e arremessei meu projétil em direção ao animal, usei de minha manipulação bruta magnética para direcionar a kunai no entorno do pássaro e traze-lo ao chão sem tentar feri-lo. Uma vez que tivesse no chão, iria até ele para ver o que carregava.

Organização das armas:
 

Status:
HP: 300/400
CH: 990/2000 (-410)
ST: 800/800

Considerações:
 

Jutsu Treinado:
 

Itens:
 


Ficha | Criações | Casa


- 7 Espadachins da Névoa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Lautsavatar
Exibir perfil



Alcunha Garoto Demônio
Colaborador Maior Contribuição
Mestre do Genjutsu Mestre do Ninjutsu Mestre do Fūinjutsu Mestre do Dōjutsu Konoha | Chūnin
Mensagens : 5751
Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 15
Localização : Marte

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
705/850  (705/850)
Reputação Reputação: 13- Neutro
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   26/7/2016, 00:54


Treino Aprovado

+50 de Exp (30 >> 80);
+2 Ponto em Controle de Chakra;
Jutsu aprendido; (Gogyō Fūin)





- 7 Espadachins da Névoa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kaiavatar
Exibir perfil



Alcunha Demônio da Névoa
Mestre do Senjutsu Mestre do Ninjutsu Kiri | Nukenin | B
Mensagens : 1169
Data de inscrição : 04/01/2016
Idade : 20

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
490/1200  (490/1200)
Reputação Reputação: -36 - Delinquente
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   26/7/2016, 08:03

Off: Eu interpretei pegando o pombo que me foi enviado há três dias deste local: Aviário. Creio que seja justo considerar isso e se for, por favor me mostre a mensagem que me foi mandada.


Ficha | Criações | Casa


- 7 Espadachins da Névoa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Senju Hitomiavatar
Exibir perfil



Nenhuma Konoha | Genin
Mensagens : 1580
Data de inscrição : 03/05/2016
Idade : 23

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
70/550  (70/550)
Reputação Reputação: 3
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   26/7/2016, 08:05

Narração

Enquanto Kai passava pelo local, Kai capturou um pombo destinado a ele e leu a sau mensagem:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hozuki Yuigetsuavatar
Exibir perfil



Mestre do Ninjutsu Mestre do Kenjutsu Mestre do Senjutsu Mensagens : 647
Data de inscrição : 24/06/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
655/1050  (655/1050)
Reputação Reputação: 29 - Purista
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   26/7/2016, 18:38


"A true leader can only demand to his followers what he is willing to do himself"

Ganhar Experiência
Missão


Depois de uma longa caminhada a partir da Entrada de Kiri, começo a adentrar numa floresta, provavelmente o melhor local para encontrar o cogumelo pretendido. Junto com o pergaminho a detalhar a missão estava o desenho do cogumelo pretendido e uma advertência, advertência esta que me avisava a ter cuidado para não apanhar qualquer cogumelo parecido com o da imagem. Deveria de procurar perto de um riacho no interior da floresta, pois era aí o local onde estes cogumelos aparecem verdadeiramente.

Caminho pela floresta adentro, tomando atenção aos meus redores e procurando vestígios que possam indicar o local do tal riacho. Na realidade, a lógica dita que a água das chuvas teria a tendência para descer pela floresta e seus montes abaixo, alimentando os riachos e ribeiros que aqui se localizassem. Por essa razão, faz sentido que o caminho que eu tenho de seguir é aquele que me leve para uma menor elevação, pois a água terá tendência a ter seguido esse mesmo percurso.

Com isto em mente, sigo sempre o meu caminho pelos montes desta floresta abaixo, procurando sempre por vestígios do tal cogumelo. Pelo caminho, encontro vários cogumelos diferentes, uns mais parecidos que outros com o cogumelo da imagem, mas nenhum deles é completamente idêntico ao da imagem. Por isso, simplesmente ignoro-os e continuo o meu caminho pelo monte abaixo, esperando rapidamente encontrar o tal riacho prometido no pergaminho.

Pelo caminho, começo a ouvir sons de água a correr e parece-me que me estou a aproximar. A partir desse momento, comecei a guiar-me mais pelo ouvido do que propriamente pelo "andar para cima ou para baixo", por isso estava a aproximar-me com maior precisão do local. Passados alguns minutos, finalmente encontrei: um belo curso de água que zigzagueava por entre rochas e penedos polidos, formando até pequenas cascatas e quedas de água. Um local bem ao meu gosto. Aproximei-me e comecei a analisar as bordas do rio pelo objectivo desta missão: o cogumelo.

Procurei ao longo do riacho e de facto encontrei vários cogumelos; pena que nenhum deles era aquele que eu queria. Uma pena, teria de demorar mais um pouco. Olhando agora para o outro lado do curso de água, consegui ver o que queria: um pequeno aglomerado de cogumelos brancos e vermelhos. Sem dúvida que, ao comparar a imagem com aquilo que via à minha frente, não havia dúvida de que eram os cogumelos certos. Na realidade, o desenho deve ter sido feito por alguém muito experiente pois eram praticamente indestiguíveis!

Comecei a atravessar o riacho e senti-me logo em casa: água era realmente o meu elemento. Esta dava-me apenas pelos joelhos e não tinha uma corrente muito forte, por isso não tive dificuldade em atravessar a linha de água. Chegada ao outro lado, tirei uma kunai da minha pochete e cortei 3 ou 4 cogumelos, guardando-os também eles na pochete, juntamente com a minha kunai.

Recolhidos os ingredientes, segui caminho de volta para a aldeia.



STATUS:
HP: 200/200
CH: 550/600
ST: 200/200

Missão:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kaiavatar
Exibir perfil



Alcunha Demônio da Névoa
Mestre do Senjutsu Mestre do Ninjutsu Kiri | Nukenin | B
Mensagens : 1169
Data de inscrição : 04/01/2016
Idade : 20

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
490/1200  (490/1200)
Reputação Reputação: -36 - Delinquente
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   26/7/2016, 19:43

Com cuidado para não abarrotar a mensagem e nem machucar o pássaro, desvencilhei o pequeno rolo da pata do animal e o abri rompendo seu selo. Para minha surpresa, vi que a mensagem referia-se à mim e sobre meus feitos há três anos em Konoha, a pessoa que escreveu isso provavelmente tomara conhecimento do caso e decidiu me procurar por um motivo ou outro, que por sinal ainda me era nebuloso, de qualquer forma parecia querer minha ajuda para algo. Assim que terminei de ler a mensagem, apalpei com cuidado as asas da criatura e a fechei em minhas mãos, deixando com a cabeça para fora para que pudesse respirar e visualizar o ambiente à volta.

Decidi que ficaria sentado na encosta de uma árvore por ora, afinal, eu estava um pouco cansado.

Organização das armas:
 

Status:
HP: 300/400
CH: 990/2000
ST: 800/800

Itens:
 


Ficha | Criações | Casa


- 7 Espadachins da Névoa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Mugetsuavatar
Exibir perfil



Kiri | Genin
Mensagens : 62
Data de inscrição : 22/06/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
130/150  (130/150)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   26/7/2016, 19:52



Chegou ao pé da montanha após caminhar do portão da sua vila até alí. Assim que chegou se deparou com um grupo de médicos que estavam alí também para procurar a tal flor e também para mapear os locais aonde foram encontrada. Isso facilitaria e muito, pois sempre que necessário eles poderiam voltar e pega-las. O jovem recebeu um pequeno pergaminho junto com um pincel, assim como um recipiente para guardar as flores achadas. Ele pegou esses equipamentos e se juntou aos demais até que todos formassem seus grupos. Isso era necessário, pois apenas alguns conheciam a montanha e a floresta que a cobria. Esses seriam divididos entre os grupos, sendo cada um incumbido de leva-los floresta adentro.

Terminada as divisões todos começaram a seguir floresta adentro. O grupo do jovem foi para a parte leste da montanha, diferente dos demais. O guia foi na frente auxiliando os demais enquanto todos seguiam procurando a tal flor. Marcas eram deixadas nas árvores para que fosse mais fácil na hora de voltar. Cada um ia demarcando os locais por onde passavam no pergaminho, fazendo um mapa daqueles locais. Até o momento eles não haviam achado nada, por isso continuaram a caminhar floresta adentro. Andaram durante horas e mais horas até começar ficar tarde, até que começaram a ficar descontentes. Estavam quase desistindo quando o jovem conseguiu ver em meio a várias folhas um brilho púrpura. Foi direto até ele e quando se aproximou percebeu que se tratava da tal flor. Ele então gritou para os outros, que ao ouvirem correram para onde ele estava e começaram a procurar mais por ali. O jovem pegou aquela flor e a colocou dentro do tal recipiente. Eles haviam achado um dos locais onde a tal flor nascia. Durante mais alguns minutos todos eles foram catando a maior quantidade possível de flores, e quando virem que já era o suficiente voltaram.

Assim que chegaram ao ponto de partida se depararam com os outros grupos a espera. Todos tiveram a mesma sorte que eles, e também estavam com bastante flores. O jovem garoto entregou todas a que ele achou ao responsável pelos médicos e voltou para dentro da vila, rumo a secretaria para pegar sua recompensa.


Armas:
 

Missão:
 

HP: 400 CH: 595 ST: 200



Armas:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Katerina Yunoavatar
Exibir perfil



Mensagens : 70
Data de inscrição : 18/07/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
30/350  (30/350)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   26/7/2016, 22:54


✪Um pescador em apuros

ARMAS BÁSICAS
HP 200 - ST 200- CH 135
VELOCIDADE 6m/s
Descrição: Tofune continua a ganhar a vida com a pesca, só que desta vez ele encontrou um peixe raro muito difícil de ser capturado. Ele vai precisar de sua ajuda para capturá-lo, se conseguir pode até virar o maior pescador do país da água.





O dia estava indo bem, ultimamente as missões de Yuno incluíam limpar a rua e ajudar idosos. Ou seja muita coisa inútil que envolviam andar demais, ela já estava ficando bem cansada daquelas missões ranks E. Sabia que tinha potencial para coisas mais difíceis, mas Kiri ainda não confiava 100% na criança.

Enquanto os ninjas mais velhos tinham missões legais, fazia missões de emboscadas e infiltrações, ela ficava como um pombo correio do país da água levando e trazendo coisas de um lado pro outro.

-Espero que essa missão seja mais divertida...

A jovem falou em voz alta enquanto ia em direção ao lago de pesca, ajudar um homem a pescar provavelmente seria muito fácil e ainda iria poder praticar um hobbie. Pensou  até em dar um mergulho depois da missão, mas ela não tinha tempo , Yui estava sempre correndo e se descobrisse que a irmã estava brincando depois do serviço iria se chatear com Yuno.

Ela balançou a cabeça tentando tirar a imagem de Yui enforcando-a  de sua mente, pelo visto não teria como brincar naquela tarde. Após algumas horas de caminhada a menina chegou no local de sua missão. E foi naquele momento que ela observou o pescador, ele parecia abatido e com várias olheiras como se tivesse chorado ou com falta de sono.

-Senhor? Está bem? Sou a ninja encarregada de ajuda-lo. Yunogetsu, prazer.

O homem que olhava desolado para o lago virou-se para encarar a ninja. Havia uma enorme vara de pescar encurvada, a menina não sabia a quanto estava naquela situação, mas daqui aquele objeto de madeira não iria aguentar por muito tempo.

“Obrigada jovem, não possuo força o suficiente para puxar esse enorme peixe, e a vara não irá aguentar a tração de sua resistência, temos que cansa-lo antes de tirar da água”

A menina começou em como poderia cansar aquele peixe, não via outra alternativa se não entrar logo na água e dar uns chacoalha naquele animal, iria ser o jeito mais facil e ela ainda ia tomar o banho de lago que queria.

-Se ele cansar, fica facil de puxar essa vara?- A garota perguntou já tirando os sapatos para cair na água, mas o velho estava um pouco inconfiante.

"Esse não é um peixe comum senhorita, esse peixe tem uma enorme energia!"

- Pode deixar, eu também tenho. - A garota sorriu e mergulhou no lago perto de onde a linha do anzol afundava, prendeu a respiração e começou a procurar o enorme peixe, ele tentou fugir mas o anzol que estava preso em sua guelra não permitiu. Emergiu da água a fim de guardar mais oxigênio e mergulhou de novo dessa vez nadando em direção ao enorme animal. Demorou um pouco para que ela conseguisse se aproximar, pois o peixe se movimentava muito, mas qaundo conseguiu, concentrou um pouco de chakra no punho esquerdo e deu um socao no peixe nocauteando-o, sem mata-lo, afinal peixe fresco era sempre melhor pra fazer sushi. Depois do feito subiu para a superfície e gritou para o velho pescador.

- Tudo bem, agora é só puxar !

Sem muita resistencia o homem começou a puxar o animal e Yuno saiu da água. O dia estava quente e a menina juntou o util ao agradavel, aquela missão realmente tinha sido boa. Depois de sair dolago terminou de ajudar o homem a puxar o peixe e então pediu para que ele assinasse o pergaminho, afirmando que a garota havia feito a missão. Despediu-se do velhote e voltou para a vila afim de entregar o relatório de missão cumprida. Com menos pressa do que antes retornou para o centro.
jutsus:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kaiavatar
Exibir perfil



Alcunha Demônio da Névoa
Mestre do Senjutsu Mestre do Ninjutsu Kiri | Nukenin | B
Mensagens : 1169
Data de inscrição : 04/01/2016
Idade : 20

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
490/1200  (490/1200)
Reputação Reputação: -36 - Delinquente
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   27/7/2016, 15:48

Treino de Controle de Chakra, Constituição Mental e Jutsu

Passei algum tempo debaixo daquela sombra com o pássaro em minhas mãos, deixá-lo preso poderia ser desconfortável mas, sabendo que poderia vir a me ser util teria de segurá-lo pelo menos por mais um tempo. - Shh... - Falei baixo para que se acalmasse.

O sol já deveria estar se pondo, notei que as nuvens o cobriam no oeste. Se estivesse certo a noite poderia ser uma faca de dois gumes, contribuindo tanto para minha quanto para a ocultação de outros, e nesse jogo de esconde-esconde eu preferia ser o último a ser visto. Quando voltei minha atenção ao pássaro, vi que o entardecer enfim chegara. Todo esse tempo parado naquele local sem ideia do que fazer me fez ficar extasiado e com as articulações enervadas, o clima de tensão já era pesado e se eu quisesse me livrar dele precisaria respirar um pouco. Não demorei para começar ali mesmo uma sessão de meditação, congelando meu olhar sobre um ponto em específico de uma árvore aleatória em minha frente, visualizei os traços de seu caule atenciosamente, como forma de ignorar o ambiente ao redor, uma tática simples de concentração que favoreceria-me no aperfeiçoamento de minha mente naquele momento.

O vento que dançava meus cabelos trazia-me uma momentânea sensação de paz, corroborada pela minha meditação enfurnada que almejava alcançar o equilíbrio de meu espírito com a natureza. Respirei fundo, e com essa lufada de ar agraciei-me com as essências locais quase esquecendo o pombo em minhas mãos, o peso de meus ombros diminuíra consideravelmente depois daquilo. Por fim, aquela faxina mental resultou em algo, já podia criar meu próprio Fuuinjutsu baseado numa ideia que emergira subitamente em meu córtex cerebral. Reuni chakra, precisaria de pelo menos um pouco para sustentar a técnica em si, porém, a fim de ampliar a dificuldade e consequentemente o ganho em cima disso, manejei minha essência vital para cobrir-me como um manto, o azul quase invisível surgira dali emanando conforme o que imaginara e em segundos estaria envolvendo todo meu corpo.

Aspirei o ar novamente e com isso cheguei a um consenso de espírito, meu corpo e mente trabalharam juntos para focalizar o envoltório de chakra num único ponto: A palma de minha mão direita. Deixei a ave acolhida na mão sobrante e tratei de levar aquela primeira para dentro de minhas vestes, retirando um pequeno pergaminho e o demarcando com um kanji simples, feito pelo contato de minha mão para com a superfície do papel. Separei esse pedaço do restante do pergaminho e o posicionei em minha frente, já estava sentado e isso facilitaria o processo, bastava apenas recolher o pássaro entre meus braços suavemente para não assustá-lo. Fiz o selo do tigre e o pergaminho agiu conforme o esperado, seus restos foram desintegrados no mesmo instante em que forneci uma pequena e quase insignificante parcela de chakra para o mesmo. "Consegui!" Voalá. A minha técnica estava pronta.

Tomei a ave novamente em minhas mãos e me retirei do local em passos lentos e cuidadosos.

Status:
HP: 300/400
CH: 980/2000
ST: 800/800

Jutsu treinado:
 

Itens:
 


Ficha | Criações | Casa


- 7 Espadachins da Névoa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   27/7/2016, 15:55

Treino Aprovado

+ 1 Controle de Chakra
+ 1 Constituição Mental
Jutsu Aprendido : Akirakana shōko
+ 50 exp ~ 30 -> 80
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kaiavatar
Exibir perfil



Alcunha Demônio da Névoa
Mestre do Senjutsu Mestre do Ninjutsu Kiri | Nukenin | B
Mensagens : 1169
Data de inscrição : 04/01/2016
Idade : 20

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
490/1200  (490/1200)
Reputação Reputação: -36 - Delinquente
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   27/7/2016, 23:11

Voltei a passar pela região ainda com o pergaminho e o pombo em mãos. Adentraria a mata rumo à Kirigakure, mas não antes de efetuar um Henge no Jutsu e me moldar na aparência de um gennin qualquer. Realizei ainda um novo jutsu para selar Samehada em minhas costas e ocultá-la por ora.

Status:
HP: 300/400
CH: 870/2400
ST: 800/800

Jutsus usados:
 

Itens:
 


Ficha | Criações | Casa


- 7 Espadachins da Névoa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Mugetsuavatar
Exibir perfil



Kiri | Genin
Mensagens : 62
Data de inscrição : 22/06/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
130/150  (130/150)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   29/7/2016, 15:52



Caminhava por um caminho de terra ao redor da vila aonde supostamente os bandidos vinham espalhando o medo pelo que dizia no pergaminho da missão. Com seu rosto parcialmente coberto pelo seu cachecol azulado, previniu-se a todo momento começando com a preparação de um jutsu simples de substituição. Mantinha a atenção ao redor, pois não sabia em qual momento viria a ser atacado ou se seria de fato. Continuou andando procurando vestigios dos supostos ladrões.

Armas:
 

Missão:
 

Jutsu Preparado:
 

HP: 400 CH: 600-5=595 ST: 200

Obs: Substituição pronta para ser utilizado caso seja atacado de surpresa.



Armas:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   29/7/2016, 18:26

Narrador

O jovem estava na tentativa de finalizar sua missão, não era algo tão difícil, mas todo cuidado era pouco. Assim, poderia andar por aquele local mais um tempo. O clima frio era algo que já estava acostumado, agora teria que tomar cuidado com os ladrões que atormentavam aquele local.

Ao chegar ali, percebia que a névoa aumentava ainda mais, mas não o impedia de observar o caminho claramente, estes de dividiam em dois, um para onde tinha alguma vegetação típica daquele local, enquanto na outra direção, apontava para um caminho mais limpo, com apenas algumas pedras que prejudicavam um pouco a caminhada, agora era a decisão do jovem escolher por onde ía.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mugetsuavatar
Exibir perfil



Kiri | Genin
Mensagens : 62
Data de inscrição : 22/06/2016

Ficha do personagem
Experiência Experiência:
130/150  (130/150)
Reputação Reputação: 0
MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   29/7/2016, 18:48



Até o momento nada havia acontecido, nem mesmo um vestígio dos ladrões. Mas algo estava meio que estranho. Uma névoa se intensificou durante a sua caminhada. Ela não chegou a reduzir sua visão totalmente, ao ponto de conseguir ver dois caminhos se aproximando. Não pensou duas vezes, seguiu a estrada com várias pedras. O que o levou a isso?

Armas:
 

Missão:
 

Jutsu Preparado:
 

HP: 400 CH: 600-5=595 ST: 200

Obs: Substituição pronta para ser utilizado caso seja atacado de surpresa.



Armas:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Exibir perfil

Convidado

MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   29/7/2016, 19:10

Narrador

Ele então escolhia o caminho que tinha os pedregulhos, possivelmente os ladrões estariam ali e assim, seguindo sua viagem poderia ver apenas a alguns metros de seus olhos, poderia até tentar ver mais daquela situação, mas teria que forçar bastante a vista para ver as coisas mais claramente.

Agora, andando a passos lentos, encontrava um pequeno grupo, eram 3 pessoas que ele ainda não conseguia deduzir quem era, estes poderiam ter informações em relação aos ladrões, ou até mesmo ser os criminosos. Estes estava ao redor de uma fogueira, as pedras naquele local era grande, suficiente para esconder a presença de alguém, também que teria tomar cuidado em relação a isso, poderia fazer o que bem entendesse, já que não conseguia escutar o que eles falavam.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado
Exibir perfil



MensagemAssunto: Re: Florestas e Montanhas   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Florestas e Montanhas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 8Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Florestas e Montanhas
» Montanhas do Gelo Eterno
» Pinheiros e Montanhas
» Los Angeles, a cidade dos ``anjos´´
» Treinamento Solo - ???

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Survival 4.0 :: País da Água :: Território do País da Água :: Arredores-
Ir para: